O After Effects CC 2015 (13.5) está disponível. Para obter detalhes sobre o que há de novo e o que mudou no After Effects CC 2015 (13.5), consulte esta página

Importante: Antes de instalar a nova versão do After Effects, leia esta página sobre o comportamento padrão do atualizador. O comportamento padrão é remover todas as versões anteriores do aplicativo. Além disso, veja esta página sobre por que você pode não querer remover as versões anteriores.

A maior alteração para o After Effects CC 2015 (13.5) foi a rearquitetura completa de como a renderização ocorre. Especificamente, separar o tópico de renderização principal do tópico que controla a interface do usuário. Devido a essa grande alteração no funcionamento interno fundamental do After Effects, é necessário atualizar a maioria dos plug-ins. Esses plug-ins incluem centenas de plug-ins incluídos no After Effects e milhares de plug-ins fornecidos por diversos terceiros. O Adobe trabalhou em conjunto com muitos criadores de plug-ins para certificar-se de que eles puderam atualizar seu software para esta versão do After Effects. 

Verifique com os fornecedores dos plug-ins terceiros se há atualizações compatíveis com After Effects CC 2015 (13.5). A maioria está pronta.

Para reiterar, quase todos estão prontos. A Adobe ainda precisa corrigir alguns erros antes que alguns dos criadores de plug-in possam concluir suas atualizações. Esses erros estão listados abaixo, com algumas informações sobre quando eles devem ser corrigidos.

Como de costume, o  Toolfarm está fazendo uma tarefa excelente em acompanhar quais plug-ins têm atualizações e onde é possível obtê-las.


Trapcode Sound Keys (Red Giant)

[Atualização: O erro que afetava Trapcode Sound Keys foi corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.5.1).] 

Esse erro é uma falha da Adobe, e não do Trapcode ou Red Giant. A Adobe tem uma correção em desenvolvimento agora, e a Adobe está visando uma correção para no próximo mês (julho de 2015).

Se for necessário usar Trapcode Sound Keys, a Adobe recomenda executar o plug-in no After Effects CC 2014 (13.2). Então, salve o projeto, abra esse projeto no After Effects CC 2015 (13.5) e continue a trabalhar na versão nova. O erro afetará somente a fase de operação do plug-in quando o áudio é analisado. Portanto, os dados desta análise podem ser usados no After Effects CC 2015 (13.5) sem problemas.

Outros plug-ins Red Giant

Image Lounge: No After Effects CC 2015 (13.5), o plug-in Image Lounge da Red Giant renderiza quadros pretos. Além disso, a interface do usuário nem sempre funciona corretamente. A Red Giant está trabalhando neste problema e pretende liberar em breve uma atualização.

RE:Vision Effects

[Atualização: Este erro que afetava os plug-ins RE:Vision Effects foi corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.5.1).] 

Há um erro que causa um problema ao usar qualquer combinação de dois efeitos de uma determinada categoria. A mensagem de erro informada é:
“Erro do After Effects: falha de verificação interna! {O efeito é I_MIX_GUID_DEPENDENCIES mas não chamou o GuidMixIn no PreRender}”.

Os plug-ins de efeito do RE:Vision Effects não são os únicos que acionam esse problema. No entanto, ele é perceptível em vários efeitos de plug-in deste fornecedor ao usar o elemento de interface de programação problemático.

Esse erro é uma falha da Adobe, e não do RE:Vision Effects. A Adobe tem uma correção em desenvolvimento agora, e visa uma correção para no próximo mês (julho de 2015).

Se for necessário usar estes efeitos, há uma solução simples. Pré-componha a camada em que o primeiro efeito problemático é aplicado e, em seguida, aplique o segundo efeito à camada de pré-composição. Ou então, é possível fazer uma pré-renderização do resultado intermediário do primeiro efeito e, em seguida, aplicar o segundo efeito.

Independentemente da existência desse erro, atualize o RE:Flex v5.2, Twixtor 6.2, ReelSmart Motion Blur 5.1 e RE:Match v1.4 para funcionarem com o After Effects CC 2015 (13.5).

Boris FX

O Boris FX tem notas de versão para os plug-ins recentemente atualizados aqui:
http://www.borisfx.com/bcc-9-aepremiere-pro-9-0-4/

Aqui está um trecho sobre os problemas conhecidos:

O BCC 9.0.4 AE contém as revisões rigorosas necessárias para suporte total das alterações de API de plug-in feitas pela Adobe no After Effects CC 2015 (13.5). O BCC 9.0.4 é totalmente compatível com os requisitos do After Effects CC 2015 (13.5), com a pequena exceção dos problemas conhecidos relacionados a seguir. (As versões BCC anteriores à 9.0.4 NÃO são compatíveis com o After Effects CC 2015 (13.5).) 

  • O filtro Remoção de granulação do BCC obsoleto (substituido pelo filtro de Redução de ruído pelo BCC mais moderno) continua a renderizar todos os projetos em que as amostras de granulação eram bloqueadas anteriormente. Contudo, a Remoção de granulação não fornece suporte para salvar novas amostras de granulação do CC 2015 em diante. O filtro de Remoção de granulação está na categoria obsoleta e recomenda-se que os projetos futuros utilizem a Redução de ruído BCC em vez da Remoção de granulação.
  • O Controlador de movimento BCC continua a renderizar passagens de análise de controle de movimento salvos anteriormente e ainda fornece suporte a carregamento de arquivos de dados de controle gerados externamente, mas a realização de novas passagens de análize de movimento está temporariamente desativada no BCCC 9.0.4 para CC 2015. Uma versão revisada (e melhorada) do Controlador de movimento BCC, totalmente compatível com o AE CC 2015, será lançada no BCC10.
  • Ao ativar o recurso de estabilização no BCC Motion Key, às vezes, você pode experimentar uma pausa maior do que a esperada quando os dados da análise de movimento são recalculados após eventos, como salvar um projeto, clonar uma camada ou uma ocorrência de efeito. Esse atraso ocasional de desempenho será eliminado no BCC10.

Outros?

Se você encontra outros plug-ins com problemas no After Effects CC 2015 (13.5), acesse o fórum de After Effects e nos informe. Certifique-se de observar se o problema é novo no After Effects CC 2015 (13.5). Isto é, informe à Adobe se o mesmo plug-in comporta-se corretamente no After Effects CC 2014 (13.2).

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online