Versões de janeiro de 2018 (15.0.1) e outubro de 2017 (15.0) do After Effects CC

Observação:

  O Typekit foi renomeado para Adobe Fonts e está incluído na Creative Cloud e em outras assinaturas. Saiba mais.

after-effects

As versões de janeiro de 2018 (15.0.1) e de outubro de 2017 (15.0) do After Effects apresentam novos recursos incríveis para artistas de efeitos visuais, editores e animadores. Leia para obter uma introdução rápida à lista de novos recursos e aprimoramentos.

Para obter um resumo de recursos introduzidos em versões anteriores do After Effects CC, consulte Resumo de recursos | Versões anteriores.


Novos recursos na versão de janeiro de 2018

Suporte à importação de mais formatos de vídeo

 Novidades na versão de janeiro de 2018

Agora, o After Effects é compatível com a importação dos seguintes formatos de vídeo:

  • ARRI ALEXA Mini MXF/ARRIRAW: gravações feitas com uma câmera ARRI ALEXA Mini no formato MXF/ARRIRAW (codec ARRIRAW em um arquivo de contêiner MXF) podem ser importadas para o After Effects.
  • HEVC (H.265) QuickTime: gravações de codec HEVC no formato QuickTime (.mov) como vídeos filmados por um iPhone ou iPad com iOS 11 podem ser importadas para o After Effects.

Melhoria na sincronização de áudio com gravação de taxa de quadros variável

 Novidades na versão de janeiro de 2018

O After Effects mantém a sincronização de áudio quando você reproduz ou exporta uma gravação criada com uma taxa de quadros variável, como vídeo filmado por um telefone móvel.

Caso haja uma diferença significativa entre as taxas de quadro de áudio e de vídeo, manter a sincronização de áudio pode causar instabilidade na gravação com taxa de quadros variável. Para uma reprodução consistente, siga as etapas seguir para escolher se o After Effects deve preservar a sincronização de áudio:

  • Selecione a gravação no painel Projeto.
  • Selecione Arquivo > Interpretar gravação > Principal.
  • Clique em Mais opções.
  • Na caixa de diálogo, defina o modo Taxa de quadros variável para Preservar sincronização de áudio (padrão) ou Movimento suave de vídeo.
  • Clique em OK.

As opções de Modo de taxa de quadros variável só estão disponíveis para uma gravação com taxa de quadros variável em um contêiner MPEG-4 (.MP4). Se você usar uma gravação MPEG-4, H.264, ou HEVC/H.265 com taxa de quadros variável em um contêiner QuickTime (.MOV), será possível sincronizar o áudio ao importar a gravação como um arquivo MPEG:

  • Na caixa de diálogo Importar, defina Habilitar como Todos os arquivosFormato como MPEG.
  • Selecione o arquivo do QuickTime e clique em Abrir (no MacOS) ou Importar (no Windows).

Correções de erros

 Novidades na versão de janeiro de 2018

Esta versão fornece correções a uma variedade de problemas. Para obter mais informações, consulte Lista de correções de erros no After Effects CC 2018.0 (janeiro de 2018).

Outros aprimoramentos

 Novidades na versão de janeiro de 2018

  • As ferramentas Criar ambiente de VR e Extrair cubemap reduzem o uso de memória da GPU ao gerar o cubemap intermediário no formato 3:2 em vez do formato 4:3. Quando a opção Usar mesclagem de bordas está habilitada, a otimização de memória não pode ser usada.
  • O After Effects atribui o perfil de cores sRGB IEC 61966-2.1 ao habilitar o gerenciamento de cores. Isso é aplicável para JPEG, PNG, PSD, TIFF e outras gravações em formato de imagem estática, se não houver perfil de cor incorporado na gravação.
  • O botão Definir quadro de pôster no painel Gráficos essenciais agora se chama Definir tempo de pôster. É possível usar o botão para definir o tempo da composição da qual o quadro de pôster renderiza. O quadro de pôster é renderizado ao exportar o Modelo de animações.

Novos recursos na versão de outubro de 2017

Novidades no After Effects CC (outubro de 2017)

Novidades no After Effects CC (outubro de 2017)

Animação orientada por dados

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_data_driven_animation

Importe arquivos de dados JSON para o After Effects a fim de criar animações interativas no aplicativo. O formato de arquivo JSON é flexível e pode conter bancos de dados facilmente representados de dados estáticos, como estatísticas de eleição, resultados de pesquisa ou relatórios climáticos. O arquivo MGJSON pode ser criado e importado para dados de amostra baseados em tempo por meio de fontes de dados como monitores de condicionamento físico, telemetria e captura de movimento. Esses arquivos de dados podem ser usados como uma gravação para criar animações, gráficos de pizza, controles deslizantes ou gráficos de alta qualidade no After Effects.


Para saber mais, consulte Animação orientada por dados.

Animação orientada por dados
Animação orientada por dados

Editor de atalhos visuais de teclado

 Novidades na versão de outubro de 2017

Altere a forma como você trabalha com edições por teclado utilizando o editor de atalhos visuais de teclado. Você pode atribuir atalhos a teclas conforme desejar, para simplificar o processo de edição por teclado.

Para saber mais, consulte Editor de atalhos visuais de teclado.

Atalhos visuais de teclado
Atalhos visuais de teclado

Acesso de expressões a pontos de caminho em máscaras, formas e traçados do pincel

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_expressions_access

Agora você pode usar expressões para ler e gravar as coordenadas x e y de pontos de caminho ou vértices para máscaras de camada, formas de Bézier, traçados de pincel em Pintura e para os efeitos Pincel tipo rotoscópio e Refinar borda.


Painel Criar Nulos a partir dos caminhos

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_create_nulls_frompaths

O painel Criar Nulos a partir dos caminhos permite criar animações por expressão sem precisar gravar expressões. O painel cria nulos para cada caminho e ponto de forma. Esse script automatiza a vinculação desses nulos usando o novo acesso de expressão em pontos de caminhos e cria animações interativas.


Para saber mais, consulte o Painel Criar Nulos a partir dos caminhos.

Anime nulos com o painel Criar nulos a partir de caminhos
Anime nulos com o painel Criar nulos a partir de caminhos

Transições em 360/VR, efeitos e títulos

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_360vr_effects

O After Effects oferece um conjunto de ferramentas de ponta para edição 360/VR. Crie produções de VR de alta qualidade, efeitos, títulos e transições perfeitas para melhorar a experiência de vídeo imersivo.


Suporte 360/VR
Suporte 360/VR

Melhoria de desempenho

 Novidades na versão de outubro de 2017

screen_shot_2017-09-18at91843am

Os seguintes efeitos agora são acelerados por GPU no After Effects:

  • Transformações de camada (posição, rotação, opacidade, etc.)
  • Desfoque de movimento da camada
  • Amostragem bicúbica
  • Efeito Transformar
  • Efeito Desfoque direcional
  • Efeitos de vídeo de VR imersivos
  • Efeitos de terceiros que usam a API de aceleração por GPU Mercury do Premiere Pro

Melhorias de desempenho no After Effects

Melhorias de desempenho no After Effects

Aprimoramentos dos Modelos de animações

 Novidades na versão de outubro de 2017

O Premiere Pro não requer a instalação do After Effects no mesmo computador para renderizar a maior parte dos Modelos de animações exportados do After Effects. No entanto, há alguns requisitos para que seja possível renderizar sem o After Effects. Durante a exportação, você pode confirmar que o modelo cumpre os requisitos.

Os Modelos de animações agora têm acesso a scripts.

Para saber mais, consulte Modelos de animações.

Suporte para Projetos de equipe 1.0

 Novidades na versão de outubro de 2017

screen_shot_2017-09-18at90341am

O suporte para Projetos de equipe 1.0 inclui várias melhorias na funcionalidade de salvamento automático e outras melhorias.

Melhorias de salvamento automático:

  • Agora é possível procurar nas versões de salvamento automático do projeto em Projetos de equipe.
  • Você pode alterar uma versão anterior de salvamento automático para a versão atual do Projeto de equipe.
  • Você pode criar um Projeto de equipe a partir de uma versão de salvamento automático.

Outras melhorias:

  • Os Projetos de equipe no After Effects agora incluem o status da Sincronização.
  • Agora é possível atribuir emblemas de colaborador a partir da barra de ferramentas.

Para saber mais, consulte o Resumo de novos recursos do Projetos de equipe.


Atualização do mecanismo do renderizador do Maxon CINEMA 4D e CINEWARE

 Novidades na versão de outubro de 2017

screen_shot_2017-09-18at85324am

Maxon CINEMA 4D Lite, incluído com o After Effects, foi atualizado para a versão R19. As modificações incluem:

Melhorias no Viewport OpenGL, o BodyPaint 3D agora usa o OpenGL para pintura, atualização das ferramentas de Linha flexível, Link em tempo real, Sistema Take, efeito Paralaxe, suporte a tags de Cor do vértice e importação de arquivos Alembic 1.6.1 e FBX 2017.1.


Para saber mais, consulte Cinema 4D e Cineware.

Maxon CINEMA 4D Lite R19

 Novidades na versão de outubro de 2017

screen_shot_2017-09-18at85334am

O mecanismo de renderização usado pelo renderizador do Maxon CINEMA 4D e o plug-in CINEWARE foi atualizado para a versão R19.


Melhorias na entrada de texto

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_text_improvements

Você pode usar as novas melhorias de entrada de texto para inserir texto de forma mais eficiente nas camadas de texto. As melhorias de texto incluem:

  • Alternar entre a direção de texto da direita para a esquerda e da esquerda para a direita
  • Ligadura de fonte e suporte a dígitos Hindi
  • Opções simplificadas do Mecanismo de texto para suportar as novas opções de caractere e parágrafo

Para saber mais, consulte Criar e editar camadas de texto.

Visualizações de fonte e outras melhorias no menu Fonte

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_font_menu_improvements

O menu Fonte no painel Caractere agora inclui uma visualização das fontes. Junto com a visualização, o novo menu Fonte também permite:

  • Definir fontes como favoritas e exibir somente suas fontes favoritas.
  • Mostrar somente fontes baixadas do Typekit.
  • Escolher o estilo da família de fontes (por exemplo, normal, itálico, negrito, claro e oblíquo).

Para saber mais, consulte o menu de Fontes.

Nova experiência de introdução

 Novidades na versão de outubro de 2017

ae_new_getting_started

Agora é mais fácil iniciar seu primeiro projeto no After Effects com a nova experiência de introdução. A nova tela de Início ajuda a acelerar o processo de configuração do projeto para que você possa começar a animar imediatamente. O painel Composição agora exibe botões para criar uma composição; ou criar uma composição da gravação. Clique diretamente em um dos botões para iniciar o processo de trabalho.

A caixa de diálogo Importar gravação tem uma nova opção de Criar composição, que adiciona automaticamente a gravação que você importa a uma nova composição.


Nova experiência de introdução
Nova experiência de introdução

Outros aprimoramentos

 Novidades na versão de outubro de 2017

  • A interface do usuário do After Effects usa uma nova fonte do Adobe Clean.
  • O After Effects oferece a fácil identificação de camadas inativas (camadas com a opção Ocultar ativada). As camadas ocultas são representadas por uma linha em negrito entre as camadas visíveis quando a opção Ocultar camada está ativada.
  • A visualização de vídeo do Mercury Transmit no After Effects suporta a saída de cor de 10 bits por canal ao usar um hardware que permite a visualização em 10 bits, como o AJA Io 4K. No Windows, você também pode usar um monitor secundário para a visualização de cor em 10 bits se o GPU e o monitor do computador oferecerem suporte a essa profundidade de cores.
  • A opção Exibir a tela Início ao abrir um projeto no menu Geral foi removida.
  • As gravações de câmeras ARRI, RED ou Sony mantêm as configurações personalizadas da origem quando trocadas pela versão mais recente do Premiere Pro CC.
  • O After Effects não instala mais o Character Animator CC automaticamente. Você pode instalar o Character Animator do aplicativo de desktop da Creative Cloud junto com outros aplicativos de desktop.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online