Se você estiver usando cabeçalhos de solicitação HTTP como um sinal para um traço, poderá testar se o seu sinal é capaz de qualificar visitantes testando pares de valor-chave do cabeçalho HTTP no Trait Builder.

Dependendo do cabeçalho HTTP em uso como sinal de característica, você poderia potencialmente qualificar os visitantes avaliando o site em que seu visitante estava antes de carregar a página atual (cabeçalho 'Referer'), qual navegador o visitante do site está usando (cabeçalho 'User-Agent'), ou até mesmo qual idioma o navegador aceitará (cabeçalho 'Accept-Language').

Para testar se uma expressão de atributo que está usando um cabeçalho HTTP qualifica um visitante para sua característica quando o sinal é recebido em nossos servidores de coleta de dados, você pode testar o cabeçalho HTTP no modo 'Editar' do Trait Builder. Na caixa de texto “Test HTTP Header”, adicione o nome do cabeçalho HTTP (não prefixar a chave do cabeçalho HTTP com “h_”) e o valor desejado no “Test HTTP Header”, usando um símbolo de dois pontos para separar o nome do cabeçalho do seu valor com esta sintaxe:

[HTTP header name]: [HTTP header value]

Em seguida, clique em "Testar".

Por exemplo, ao testar dois cabeçalhos HTTP (referenciador, host) em uma regra de atributo, um teste bem-sucedido será semelhante a este:

correct headers 1
correct headers 2

Enquanto um teste sem sucesso seria semelhante a este:

incorrect headers 1
incorrect headers 2

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online