Você está visualizando o conteúdo de ajuda da versão:

Os fragmentos do conteúdo do Adobe Experience Manager (AEM) são criados e gerenciados como ativos independentes da página.

Eles permitem criar um conteúdo neutro ao canal, juntamente com variações (possivelmente, específicas do canal). Em seguida, é possível usar estes fragmentos e suas variações ao criar suas páginas de conteúdo.

Juntamente com o exportador JSON atualizado, os fragmentos de conteúdo estruturados também podem ser usados para fornecer o conteúdo do AEM através do Content Services a canais diferentes das páginas do AEM.  

Observação:

Fragmentos de conteúdo e Fragmentos de experiência são recursos diferentes no AEM:

  • Fragmentos de conteúdo são conteúdos editoriais, principalmente texto e imagens relacionadas. Eles são puro conteúdo, sem design e layout.
  • Fragmentos de experiência são conteúdo totalmente apresentado; um fragmento de uma página da Web.

Fragmentos de experiência podem incluir conteúdo na forma de Fragmentos de conteúdo, mas não o contrário.

Cuidado:

Esta página deve ser lida junto com a seção Trabalhar com fragmentos de conteúdo (e páginas relacionadas), pois apresenta a terminologia e os conceitos básicos, além dos processos de criação e de gerenciamento de fragmentos.

Os fragmentos do conteúdo permitem:

  • Estratégia de marketing e campanha
    • Analise o conteúdo por meio de fragmentos do conteúdo gerenciados centralmente.
  • Creative Pro
    • Rastreamento de ativos criativos por meio de coleções associadas aos fragmentos do conteúdo.
  • Redatores
    • Escreva no editor de fragmento do conteúdo do AEM.
    • É possível criar variações de conteúdo.
    • É possível associar o conteúdo relevante com o fragmento do conteúdo.
    • É possível usar controle de versão/fluxo de trabalho.
    • É possível compartilhar o fragmento do conteúdo.
    • É possível gerenciar traduções centralmente.
  • Produtores e Gerentes de jornada
    • Selecione de fragmentos e variações predefinidos com a criação no AEM.
    • É possível confiar que o fragmento e o conteúdo associado estejam sempre atualizados, já que os redatores e criadores fazem suas atualizações em fragmentos e ativos centralmente gerenciados.
    • É possível confiar no conteúdo de mídia associado que está sendo preparado para relevância.
    • É possível criar variações de conteúdo ad hoc dinamicamente, ao mesmo tempo, garantir que elas permaneçam gerenciadas centralmente no fragmento.

Adicionar um fragmento do conteúdo na página

  1. Abra a página para edição.

  2. Adicione o componente Fragmento do conteúdo; do navegador Componentes ou Inserir novo componente.

  3. Você pode:

    • Abra o navegador Assets e filtre por Fragmentos de conteúdo (o padrão é Imagens). Em seguida, arraste o fragmento necessário na instância do componente.
    • Selecione o componente do fragmento de conteúdo e clique em Configurar na barra de ferramentas. Na caixa de diálogo, é possível abrir a caixa de diálogo de seleção para procurar e selecionar o Fragmento do conteúdo necessário.

    Observação:

    Um método alternativo é arrastar um fragmento do conteúdo específico diretamente para a página. Isso criará automaticamente o componente associado (fragmento do conteúdo).

  4. Inicialmente, o conteúdo do elemento Principal e do Master (variação) serão mostrados. Você pode selecionar outros elementos e/ou variações conforme necessário.

    CF-50

    Observação:

    Para mais informações sobre outras funcionalidades de edição, consulte também:

Selecionar o elemento ou a variação

Abra a caixa de diálogo Configuração do fragmento para configurar o fragmento para o uso na página atual. A caixa de diálogo depende do componente usado:

  • Se estiver usando o Fragmento do conteúdo (We.Retail):

    CF-48
    CF-49
  • Se estiver usando o Fragmento do conteúdo (Geral):

    cf-36

Na caixa de diálogo apropriada, é possível selecionar os parâmetros:

  • Modo de exibição:

    • Elemento de texto simples 
    • Vários elementos
  • Elemento

    • O Principal padrão sempre estará disponível.
    • Uma seleção estará disponível se o fragmento tiver sido criado com um modelo adequado.

    Observação:

    Os elementos disponíveis dependem do modelo usado.

  • Variação
    • O Mestre padrão sempre estará disponível.
    • Uma seleção ficará disponível se as variações forem criadas para o fragmento.
  • Parágrafos: especifique o intervalo de parágrafos a serem incluídos:

    • Todos
    • Intervalo: por exemplo, 1, 3-5, 9-*
      • Tratar cabeçalhos como seus próprios parágrafos
  • Tratar cabeçalhos como seus próprios parágrafos

Conexão rápida no editor de fragmentos

É possível abrir a origem do fragmento para edição (o ativo) usando o ícone Editar na barra de ferramentas do componente. Isso permitirá que você edite e gerencie o fragmento do conteúdo.

Cuidado:

Como sempre, editar a origem do fragmento afetará todas as páginas que fazem referência a esse fragmento de conteúdo.

Adição de conteúdo intermediário

Observação:

O conteúdo intermediário está disponível para fragmentos de elemento único, que consistem em texto multilinha.

Quando um fragmento do conteúdo específico for adicionado à página, há um espaço reservado para Arrastar os componentes aqui entre cada parágrafo HTML (e na parte superior/inferior) do fragmento.

Isso permite adicionar mais conteúdo intermediário, o conteúdo do fragmento (em qualquer um dos pontos disponíveis), sem precisar alterar o fragmento-raiz.

Para conteúdo intermediário, você pode:

Cuidado:

O conteúdo intermediário é o conteúdo da página. Não é armazenado no fragmento de conteúdo.

CF-51

Observação:

Você também pode inserir ativos visuais (imagens) ao fragmento propriamente dito.

Os ativos visuais inseridos no fragmento propriamente dito são anexados ao parágrafo anterior no fragmento. Isso significa que não é possível posicionar conteúdo intermediário entre um ativo visual e o parágrafo anterior.

Cuidado:

Depois de adicionar o conteúdo intermediário a um fragmento de conteúdo na página, a alteração da estrutura do fragmento do conteúdo subjacente (ou seja, no editor de fragmentos de conteúdo) pode causar resultados errôneos/inesperados.

Quando isso ocorre, o conteúdo intermediário é mantido como está: 

  • Os componentes intermediários têm uma posição absoluta na sequência de componentes do fluxo de fragmentos. Essa posição não muda, mesmo quando o conteúdo dos parágrafos no fragmento sofre alteração.
    Isso causa a impressão de que o posicionamento relativo mudou, pois os parágrafos intermediários não têm relacionamento contextual com os parágrafos (fragmento) ao lado dos quais estão posicionados. 
  • A menos que as duas estruturas de parágrafo entrem em conflito; nesse caso, o conteúdo intermediário não é exibido (embora ainda esteja presente internamente).

Usar conteúdo associado

Se você tiver associado seu conteúdo ao fragmento do conteúdo, esses ativos estarão disponíveis no painel lateral (depois de colocar o fragmento na página de conteúdo). O conteúdo associado é efetivamente uma origem especial de conteúdo para conteúdo intermediário.

Observação:

Existem vários métodos de adicionar ativos visuais (por exemplo, imagens) ao fragmento e/ou página.

Observação:

Se você tiver vários fragmentos de conteúdo em uma página, a guia Conteúdo associado exibirá os ativos adequados para todos os fragmentos.

Após adicionar um fragmento com conteúdo associado à página, uma nova guia (Conteúdo associado) será aberta no painel lateral.

Aqui, é possível arrastar os ativos para o local desejado (para um componente existente ou para a posição desejada onde o componente adequado será criado):

CF-52

Ativos inseridos no fragmento

Se os ativos (por exemplo, imagens) tiverem sido inseridos no próprio fragmento, as opções para editar esses ativos no editor de páginas serão limitadas.

Por exemplo, para uma imagem, é possível 

  • Cortar, girar ou inverter a imagem.
  • Adicionar um título ou texto alternativo.
  • Especificar um tamanho.
  • Configurar o layout.

Outras alterações, como mover, copiar ou excluir, devem ser feitas no editor de fragmentos.

Publicação

Os fragmentos precisam ser publicados para que possam ser usados em suas páginas da Web publicadas:

  • Um fragmento pode ser publicado depois de criar o fragmento no console Assets.
  • Se um fragmento não publicado for usado em uma página que está sendo publicada, ele também poderá ser publicado neste momento.  

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online