Os usuários do sistema operacional Linux Ubuntu 10.x e 11.x veem às vezes uma tela em branco ou preta com o Flash Player 11 ao reproduzir o vídeo com conteúdo protegido. (Por exemplo, este problema ocorre em serviços como o Amazon Instant Video.) Um módulo Ubuntu HAL ausente (camada de abstração de hardware), que não é instalado por padrão, causa este comportamento. Se o fornecedor expor mensagens de erro do fornecedor, os usuários veem um erro 3323 ou 3322 do DRM.

Pré-requisitos para a reprodução de conteúdo protegido

Para o Ubuntu 10.04 ou posterior, certifique-se de que o módulo da camada de abstração de hardware foi instalada primeiro usando apt-get.
(Observe atentamente quanto a erros de instalação “hal”, já que instalar um pacote danificado poderá continuar a afetar a reprodução do vídeo).

sudo apt-get install hal

Após a instalação da biblioteca “libhal” (HAL) for concluída, feche o navegador e leimpe os diretórios do Adobe Access ao executar os seguintes comandos shell:

cd ~/.adobe/Flash_Player
rm -rf NativeCache AssetCache APSPrivateData2

Observação:

Caso o módulo da camada de abstração de hardware estiver ausente, o Flash Player ainda funciona. No entanto, não é possível reproduzir conteúdo protegido que requer o módulo do Adobe Flash Access DRM (gerenciamento digital dos direitos).

Suporte para versões do Linux de 64 bits direcionadas

A Adobe publica o suporte da plataforma para o Linux de 32 bits e 64 bits na seção de requisitos do sistema do site do Flash Player 11. As distribuições atualmente suportadas (32 bits e 64 bits) são o Redhat Enterprise Linux 5.6 ou posterior e Ubuntu 10.04 ou posterior.

o openSuse também é suportado.

Instalar o plug-in de 32 bits ou de 64 bits correto do Flash Player

Navegue para http://www.adobe.com/br/go/flashplayer para instalar o Flash Player mais recente para sua plataforma e arquitetura.

Se você não souber qual pacote de Linux deve instalar, clique em Você tem um sistema operacional ou navegador diferente? para obter mais opções de sistema operacional.

openSuse e outras versões do Linux

Algumas distribuições do Linux tem sua própria forma de gerenciar pacotes, mais notadamente o openSUSE. O openSUSE usa o RPM como o seu formato de pacote nativo. Entretanto, ele tem sua própria ferramenta de alto nível para gerenciar a instalação do software de sistema. 
Instalações .rpm em openSuse (32 bits e 64 bits) são temperamentais. Às vezes eles geram o erro genérico “A mensagem não recebeu uma resposta (tempo limite por barramento da mensagem)”.

Nesses casos, baixe o arquivo .tar.gz em vez disso e coloque o Flash Player (libflashplayer.so) neste local:

/usr/lib/adobe-flashplugin/libflashplayer.so

Teste a reprodução protegida do conteúdo de vídeo protegido usando o player de demonstração

  1. Inicie o contêiner do player de vídeo de demonstração da Adobe:  http://drmtest2.adobe.com:8080/SVP/SampleVideoPlayer_FP.html

      Observe a versão do Adobe Flash Player no canto inferior esquerdo do shell do vídeo de demonstração. Certifique-se de que indica 11.2 ou superior
       
  2. Reproduzir conteúdo de amostra protegido.
     
      Insira o seguinte URL no campo “Inserir o URL do vídeo: (sensível a maiúsculas e minúsculas)
      http://drmtest2.adobe.com:8080/Content/anonymous.f4v
       
  3. Clique no botão [Play] na parte inferior do contêiner de vídeo.

O conteúdo anonymous.f4v protegido é reproduzido (Este vídeo é chamado de vídeo Getty “train”).

 

Produtos afetados

Adobe Flash Player 11, Flash Access (FAXS), Ubuntu 10.x e 11.x Linux

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online