12 de março de 2013. Bem-vindo ao Flash Player 11.6 e ao AIR 3.6. Esta é uma atualização mensal da versão original de 12 de fevereiro de 2013. Esta versão contém correções de segurança e erros.

Problemas corrigidos

  • Carregar telemetry.cfg causa problemas de desempenho na atualização de página (3506936)
  • Falha do navegador Opera (3488141)
  • Falha no Flash Player devido a sobrecarga de inteiros (3475889)

Novos recursos 

Novos recursos nesta versão:
  • Intrínsecos de memória: códigos de operação rápida de memória AVM2
    • A memória rápida agora está exposta por meio do pacote avm2.intrinsics.memory

Os seguintes recursos foram disponibilizados na versão de 12 de fevereiro de 2013 do Flash Player. 

  • Consulta de dados de gráficos
  • IU de permissões aprimoradas para acesso de tela cheia do teclado
  • Suporte para vários SWFs (iOS)
  • Definir a resolução de Retina Display de cada dispositivo (iOS)
  • API de arquivo atualizado, seguindo as seguintes diretrizes da App (iOS)
  • Suporte HiDpi para FlashPro

Para obter uma lista completa dos recursos no Flash Player e no AIR, incluindo os recursos apresentados em versões anteriores, leia o documento aqui.

Observação: o AIR Desktop StageWebView agora usa o System Browser em vez do WebKit incorporado

Versões lançadas

Resultado Versão lançada
 Flash Player Desktop (Windows®, Mac)  11.6.602.180
 AIR Desktop, móvel  3.6.0.6090
 AIR SDK  3.6.0.6090
 AIR SDK e compilador  3.6.0.6090

Problemas conhecidos

  • Em algumas circunstâncias, arquivos somente de áudio não são reproduzidos quando são transmitidos pelo pRTMP (3330232)
  • No iOS, CameraRoll.addBitmapData no AIR não suporta dados de bitmap transparentes (3295239)
  • Trocar a entrada da câmera no netstream faz com que o fluxo de vídeo pare (3311600)
  • Ao reproduzir um fluxo de vídeo, alterar a rotação de retrato para paisagem resulta do dimensionamento incorreto do vídeo em alguns dispositivos móveis (3344041)
  • Ao enviar AIR de modo programático para tela cheia no 10.7.3 e depois, a janela do aplicativo é mostrada em primeiro plano (3310530)
  • No iOS, quando a taxa do microfone estiver definido de 5 a 8 KHz, ocorre latência de áudio (3357306)
  • O StageVideo não mantém o estado de renderização do hardware ao anexar uma câmera (3359992)
  • Em algumas circunstâncias, no Mac, ao visualizar um vídeo em tela cheia, e sair da tela cheia, o vídeo para de renderizar (3362055)
  • No Android, as fontes de sistema não podem ser carregadas no AIR (3474762)

Aprimoramentos de segurança 

Boletim de Segurança  Resultados afetados
 APSB13-09  Flash Player Desktop Windows® & Mac

 Flash Player AndroidTM

Novos recursos: Diretrizes de uso

Suporte de exibição do Mac Retina (hiDPI) para aplicativos do Adobe AIR

Este recursos oferece suporte para compactar aplicativos do AIR para Retina Display (hiDPI) em Macs suportados. Para habilitar o Retina Display, adicione o elemento a seguir no descritor de aplicativo.
Observe que essa tag se aplica no momento somente a Mac OS. Existe uma tag com o mesmo nome <requestedDisplayResolution> na seção <iPhone> para os aplicativos do iOS AIR.

</initialWindow>
.. omitted…
               <requestedDisplayResolution>high</requestedDisplayResolution> -->
      … omitted ….
     </initialWindow>

Atualize o namespace do descritor do aplicativo para 3.6 e recompacte o aplicativo. (Definir o elemento <requestedDisplayResolution> como "padrão" ou não incluir tudo desabilita o suporte ao Retina Display.)

 Este recurso tem algumas limitações:.

1. Conteúdos exibidos com o HTMLLoader não são suportados. (Use StageWebView em vez de exibir seu conteúdo HTML no retina display.)
2. Aplicativos existentes criados com 3.5 ou anterior não serão exibidos na resolução de retina. 

Suporte para vários SWFs

Este recurso oferece suporte para compactar e carregar vários SWFs no iOS no modo AOT. Com este recurso, o usuário pode usar vários SWFs em um aplicativo do AIR iOS usando a classe Loader. Há algumas limitações no iOS para usar esse recurso:

1) O SWF secundário, que deve ser carregado pelo SWF raiz, deve ter o mesmo domínio do aplicativo do SWF. Caso contrário, o SWF secundário resultaria no seguinte erro:
Erro 3747: vários domínios de aplicativo não são suportados no sistema operacional. A seguir está a maneira correta de carregar o SWF secundário:

var aLoader:Loader = new Loader();
var url:URLRequest = new URLRequest("swfs/SecondarySwf.swf");
var loaderContext:LoaderContext = new LoaderContext(false, ApplicationDomain.currentDomain, null);
aLoader.load(url, loaderContext); // load the SWF file

2) Os métodos unload() e loadBytes() na classe loader não funcionarão no iOS.
3) O número de SWFs que podem ser compactados em um aplicativo depende na capacidade da máquina, já que, ao compactar o IPA, a máquina pode ficar sem memória e, assim, a compactação falha por erro de memória.


Consulta de dados de gráficos

Esse recurso permite que você consulte qualquer DisplayObject e obtenha uma representação através dos objetos GraphicsData. Isso é muito útil para serializar/desserializar um DisplayObject, cria exportadores personalizados (folhas de entidades gráficas, SVG, etc.).

Para obter mais detalhes sobre esse recurso: http://www.bytearray.org/?p=4893

Excluir dispositivos da tag requestedDisplayResolution

Um novo atributo "excludeDevices" foi adicionado ao tag <requestedDisplayResolution> no descritor do aplicativo. Esse atributo permitirá que os desenvolvedores desativem explicitamente a resolução de exibição especificada em um ou mais dispositivos iOS. Para usar esse recurso, é necessário o namespace de descritor de aplicativo 3.6 ou posterior. Esse recurso não será suportado no simulador do AIR. Um desenvolvedor por excluir:

Um dispositivo específico ao mencionar o nome exato do modelo. O exemplo a seguir desativa o retina display somente no iPad com modelo de dispositivo de iPad3,1.

<requestedDisplayResolution excludeDevices=”iPad3,1”>high</requestedDisplayResolution>

Vários dispositivos ao fornecer uma lista separada por espaços dos nomes exatos dos modelos. O exemplo a seguir desativa o retina display somente em iPads como o modelo de dispositivo de nome iPad3,1 ou iPad4,1.

<requestedDisplayResolution excludeDevices=”iPad3,1 iPad4,1”>high</requestedDisplayResolution>

Todas as variações de um modelo específico. O exemplo a seguir desativa o retina display em todas as variações de "iPad3", como iPad3,1 iPad3,2

<requestedDisplayResolution excludeDevices=”iPad3”>high</requestedDisplayResolution>

Uma família de dispositivos. O exemplo a seguir desativa o retina display em todos os iPhones (independente do modelo)

<requestedDisplayResolution excludeDevices=”iPhone”>high</requestedDisplayResolution>

De maneira semelhante, o modo retina pode ser ativado para dispositivos específicos excluindo-os da lista quando requestedDisplayResolution é especificado como padrão no descritor do aplicativo. O exemplo a seguir ativa o retina display somente em iPhones (todos os modelos) enquanto os aplicativos continuam a ser executados usando a resolução de exibição padrão em outros dispositivos.

<requestedDisplayResolution excludeDevices=”iPhone”>standard</requestedDisplayResolution>

Nota. O nome do modelo do dispositivo pode ser buscado usando a propriedade flash.system.Capabilities.os. A tabela a seguir lista os nomes de modelos de dispositivos de dispositivos iOS muito usados:

Dispositivo Nome do modelo
iPod Touch quarta geração iPod4,1
iPod Touch quinta geração iPod5,1
iPhone 3GS iPhone2.1
iPhone 4 iPhone3.1
iPhone 4 CDMA iPhone3,2
iPhone 4S iPhone4,1
iPhone 5 iPhone5,1
iPad iPad 1.1
iPad 2 iPad 2.1
iPad 2 (GSM) iPad 2.2
iPad com Retina display (A5) (CDMA) iPad 2.3
iPad com Retina display (A5) (CDMAS) iPad 2.4
iPad Mini (Wi-Fi) iPad 2.5
iPad com Retina display (A5) (Wi-Fi) iPad 3.1
iPad com Retina display (A5) (CDMA) iPad 3.2
iPad com Retina display (A5) GSM iPad 3.3
iPad com Retina display (A6X) (Wi-Fi) iPad 3.4

Alteração de API de arquivo para o suporte da App store

O API de arquivo agora tem 2 novas propriedades:
1) File.cacheDirectory
É uma propriedade estática que aponta para o diretório <APPLICATION_HOME>/Library/Caches nos dispositivos Mac OSX e iOS. File.cacheDirectory apontará para o diretório pai sendo usado pelo File.createTempDirectory em Windows e Android. De acordo com as recomendações da Apple, esse diretório deve ser usado para armazenar dados que podem ser baixados novamente ou regenerados. Arquivos armazenados nesse diretório não terão backup na iCloud. Exemplos de arquivos que você deve colocar no diretório de Caches incluem arquivos de cache de banco de dados e conteúdos para download, como os usados por aplicativos de revista, jornal e mapa.

2) File.preventBackup
Essa propriedade pode ser definida para excluir arquivos de backup na iCloud. O valor padrão dessa propriedade é "false" em todas as plataformas e pode ser definido como true somente em iOS. Quando a propriedade é definida como "true" para um diretório no iOS, não é feito backup de todos os arquivos nesse diretório. Essa propriedade funciona em dispositivos iOS 5.1 e posterior e não funciona no Simulador de iOS. Não é feito backup de arquivos armazenados nos diretórios APP_HOME/tmp/ ou APP_HOME/Library/Caches, independentemente do valor definido para essa propriedade. Na consulta do valor de preventBackup para um objeto de arquivo específico, o último valor definido de preventBackup ou false (o valor padrão) será retornado no iOS e todas as outras plataformas continuarão a retornar false, mesmo se estiver definido explicitamente como true.

Para usar esse recurso, são necessários o namespace de descritor de aplicativo 3.6 e o SWF versão 19 ou posterior.


Diretrizes de autoria

Autoria para o Flash Player 11.6

Para usar o novo Flash Player, você precisará direcionar para o SWF versão 19, passando em um argumento do compilador extra para o compilador Flex: -swf-version=19. As orientações estão abaixo. Se estiver usando o SDK do Adobe Flex:

  • Faça o download do novo playerglobal.swc para Flash Player 11.6
  • Faça o download do SDK Flex 4.5.1 (4.5.1.21328) da tabela do SDK Flex 4.5 SDK.
  • Instale a compilação no ambiente de desenvolvimento
  • No Flash Builder, crie um novo projeto ActionScript: Arquivo -> Novo -> Projeto ActionScript.
  • Abra o painel Propriedades do projeto (clique com o botão direito do mouse e escolha 'Propriedades'). Selecione Compilador do ActionScript na lista à esquerda.
  • Use a opção 'Configurar SDKs Flex' no canto superior direito para apontar o projeto para o Flex compilação 21328. Clique em ok.
  • Configure seu projeto direcionado para SWF versão 19
  • Abra o painel Propriedades do projeto (clique com o botão direito do mouse e escolha 'Propriedades'). Selecione Compilador do ActionScript na lista à esquerda.
  • Adicione à entrada "Argumentos de compilador adicionais": -swf-version=19. Isso assegura que o SWF resultante seja direcionado para SWF versão 18. Se compilar na linha de comando e não no Flash Builder, você precisará adicionar o mesmo argumento de compilador.
  • Certifique-se de ter instalado a nova compilação 11.6 do Flash Player em seu navegador.

Autoria no AIR 3.6 Atualizar para o namespace do AIR 3.6

Você precisa atualizar o arquivo descritor do aplicativo para o namespace 3.6 para acessar as novas APIs e o novo comportamento do AIR 3.6. Se o seu aplicativo não precisar do novo comportamento e das novas APIs do AIR 3.6, não será necessário atualizar o namespace. No entanto, recomendamos que todos os usuários comecem a usar o namespace AIR 3.6 mesmo que ainda não esteja aproveitando os novos recursos do 3.6. Para atualizar o namespace, altere o atributo xmlns no descritor do aplicativo para: <application xmlns="http://ns.adobe.com/air/application/3.6">

Informando um erro

Encontrou um erro? Envie um erro ao banco de dados de falhas do Flash Player e Adobe AIR.

O Flash Player e o AIR podem alavancar seu hardware gráfico para decodificar e reproduzir vídeo H.264. Pode haver problemas de vídeo que só podem ser reproduzidos com seu hardware gráfico e driver específicos. Ao relatar um problema envolvendo vídeo, é importante anotar seu hardware gráfico e driver, junto com seu sistema operacional e navegador (ao usar Flash Player), para que possamos reproduzir e investigar os problemas. Certifique-se de incluir estas informações conforme descrito em Instruções para relatar problemas de reprodução de vídeo. Observação: Devido ao alto volume de emails que recebemos, não é possível respondermos a cada solicitação.

Obrigado por usar o Adobe® Flash Player® e o AIR® e por dedicar seu tempo a nos enviar seu feedback!

Requisitos do sistema

Para obter os requisitos do sistema mais recentes do Flash Player, leia o documento aqui

Para obter os requisitos do sistema mais recentes do AIR, leia o documento aqui

Histórico de versões(s) do runtime


 Data de lançamento Versão do runtime Aprimoramentos de segurança
 26 de fevereiro de 2013 Flash Player para Desktop (Windows, Mac): 11.6.602.171  APSB13-08
12 de fevereiro de 2013 Flash Player para desktop (Windows): 11.6.602.168
Flash Player para Desktop (Mac): 11.6.602.167
AIR Windows, Mac, Android, iOS: 3.6.0.597
AIR SDK e Compilador: 3.6.0.599
 APSB13-05
7 de fevereiro de 2013 Flash Player para Desktop (Windows, Mac): 11.5.502.149  APSB13-04
8 de janeiro de 2013 Flash Player Desktop (Windows, Mac): 11.5.502.146
AIR (Windows, Mac, Mobile): 3.5.0.1060
AIR SDK: 3.5.0.1060
 APSB13-01
11 de dezembro de 2012 Flash Player Desktop Windows: 11.5.502.135
Flash Player Desktop Mac: 11.5.502.136
AIR Windows, Android: 3.5.0.880
AIR Mac: 3.5.0.890
 APSB12-27
6 de novembro de 2012 Flash Player Desktop (Windows, Mac): 11.5.502.110
AIR (Windows, Mac, Mobile): 3.5.0.600
AIR SDK: 3.5.0.600
 APSB12-24
8 de outubro de 2012 Flash Player Desktop (Windows, Mac): 11.4.402.287
AIR (Windows, Mac, Mobile): 3.4.0.2710
AIR SDK: 3.4.0.2710
 APSB12-22
21 de agosto de 2012 Flash Player Desktop (Windows, Mac): 11.4.402.265
AIR (Windows, Mac, Mobile): 3.4.0.2540
AIR SDK: 3.4.0.2540
 APSB12-19

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online