Creative_Cloud_mnemonic_RGB_128px

Atualização do Adobe Media Encoder CC disponível.

Para obter mais informações, consulte o Resumo dos novos recursos.


Este artigo descreve os recursos novos e alterados no lançamento do Adobe Media Encoder CC em outubro e dezembro de 2013.

Consulte o resumo de novos recursos (junho de 2013) para obter mais informações sobre alterações na versão de junho de 2013 do Adobe Media Encoder CC.

Melhorias no Adobe Media Encoder CC (dezembro de 2013)

  • A versão Adobe Media Encoder CC (dezembro 2013) suporta codificação de áudio Dolby Digital Plus por meio de SurCode. Essa nova opção está disponível para todos os codificadores H.264 e MPEG-2. Defina a opção do multiplexador para “MP4”, “TS” ou “Nenhum”. Observe que o áudio Dolby Digital Plus é apenas para uso externo. Por enquanto, nenhum aplicativo Adobe pode importar esse formato.
  • Exportar H.264 permite agora misturar MP3 e áudio Dolby além de áudio AAC. Nas versões anteriores, apenas era possível misturar áudio AAC.
  • As predefinições de Vimeo estão agora configuradas agora para usar áudio de 48 kHz de acordo com as especificações recomendadas de Vimeo.
  • As predefinições sincronizados com a nuvem agora mostram um ícone de CC no Navegador de predefinições, que as diferencia das predefinições salvas localmente.

Observação:

Desde 15 de setembro de 2017, os aplicativos da Adobe Creative Cloud dependem do sistema operacional (OS) para codificar/decodificar formatos de áudio Dolby Digital e Dolby Digital Plus. A Adobe não incorpora mais as bibliotecas nativas Dolby com os produtos da Creative Cloud.

Para obter informações sobre como essa alteração afeta a reprodução de áudio Dolby em seu produto, consulte os aplicativos da Adobe Creative Cloud usam o suporte nativo do sistema operacional para o Dolby.

preset-synced-to-cc

Alterações no Adobe Media Encoder CC (outubro de 2013)

Visão geral das atualizações mais recentes no Adobe Media Encoder CC (outubro de 2013)

Visão geral das atualizações mais recentes no Adobe Media Encoder CC (outubro de 2013)
Patrick Palmer

Melhorias na exportação de AVCI-Intra

O desempenho da exportação de MXF OP1a AVCI foi aprimorado significativamente. Agora, o Adobe Media Encoder usa o codec MainConcept AVCI para esse formato e, por isso, os arquivos são renderizados mais rapidamente. As opções a seguir foram adicionadas:

  •  AVCI100 1080p50
  •  AVCI100 1080p60
  •  AVCI200
  •  XAVC Intra HD (1020x1080)
  •  XAVC Intra 4K(3840x2160)
  •  XAVC Intra 4K(4096x2160)

Todos os formatos acima podem ser exportados usando a renderização inteligente. Para obter mais informações sobre a renderização inteligente, consulte este artigo do Premiere Pro.

Aceleração de GPU

O Adobe Media Encoder agora aproveita o GPU para fins de processamento. CUDA e OpenCL são suportados. A versão mais recente do Adobe Media Encoder usa a GPU para as seguintes renderizações:

  • Dimensionamento (HD em SD; SD para HD)
  • Filtro de timecode
  • Conversões de formato de pixel
  • Desentrelaçado
  • Alterações nas proporções
  • Todos os efeitos na guia Efeitos
  • A GPU acelerou os efeitos no Premiere Pro

Se estiver renderizando uma sequência do Premiere Pro, o Adobe Media Encoder usará a preferência de renderização da GPU definida para o projeto. Todos os recursos de renderização da GPU do Premiere Pro são utilizados. O conjunto limitado de tarefas de renderizáveis da GPU no Adobe Media Encoder Adobe serve apenas para renderizar as GPUs originadas no Adobe Media Encoder.

Se estiver renderizando uma sequência com suporte nativo, a configuração de GPU no Adobe Media Encoder será usada, e a configuração do projeto ignorada. Nesse caso, todos os recursos de renderização por GPU do Premiere Pro são usados diretamente no Adobe Media Encoder.

Se o seu projeto usar VSTs (plug-ins do Virtual Studio) de terceiros, é utilizada a configuração da GPU no projeto. A sequência é codificada no Premiere Pro remoto como nas versões anteriores do Adobe Media Encoder. Se a opção Ativar a importação de sequência nativa do Premiere Pro estiver desmarcada, o Premiere Pro remoto será sempre usado e será utilizada a configuração da GPU.

Predefinições DNxHD

As predefinições MXF OP1a DNxHD foram renomeadas para combinar melhor com a maneira que as resoluções Avid são nomeadas em outros aplicativos. Devido a essa alteração, as predefinições DNxHD importadas de versões anteriores do Adobe Media Encoder CC podem não ser iguais às de versões mais recentes.

Interpretar gravação

As taxas de quadros que são definidas abaixo da taxa padrão na caixa de diálogo Interpretar gravação agora renderizarão corretamente uma sucessão uniforme dos quadros. As versões mais antigas do Adobe Media Encoder repetiam incorretamente o último quadro para preencher o final do clipe.

Carregamento de projeto do Native Premiere Pro e Prelude

O Adobe Media Encoder agora carrega projetos Premiere Pro e Prelude nativamente, o que significa que a versão sem suporte gráfico do Premiere Pro não é exigida e também os projetos são carregados mais rapidamente. Use esta opção padrão quando você desejar importar uma sequência do Premiere Pro abrangendo os arquivos Red (.r3d) que estão armazenados em um cartão Red Rocket no Adobe Media Encoder.

Observação:

O Red Rocket pode ser usado somente por um aplicativo de cada vez.

Observação:

Se uma sequência do Premiere Pro contém mídia offline, você será notificado antes que a codificação comece. A mídia offline não pode ser vinculada novamente usando o Adobe Media Encoder. Se o seu projeto possuir mídia offline, revincule-o ao Premiere Pro antes de importá-lo ao Adobe Media Encoder.

Importação de XML do FCP

Os arquivos XML do Final Cut Pro (FCP) agora podem ser importados para o Adobe Media Encoder. Não há nenhum mecanismo para revinculação da mídia. Se deseja revincular a mídia, primeiro abra o projeto no Premiere Pro.

Os arquivos XML do FCP do FCPX são diferentes dos arquivos XML originais do FCP e não são importados atualmente.

Sincronizar configurações

O Adobe Media Encoder agora suporta Sincronizar configurações, um recurso encontrado em vários aplicativos da Creative Cloud, inclusive no Adobe Premiere Pro e no After Effects. Se você trabalha em aplicativos da Creative Cloud em duas máquinas, é provável que deseje manter as mesmas configurações de aplicativo em ambas as máquinas. No recurso Sincronizar configurações, é possível carregar as configurações da sua conta da Creative Cloud de uma máquina e baixá-las e aplicá-las na segunda máquina.

As seguintes configurações podem ser sincronizadas com a Creative Cloud:

  1. Preferências do aplicativo
  2. Layout de área de trabalho
  3. Atalhos de teclado
  4. Predefinições de usuário

Consulte o artigo Configurações de sincronização no Adobe Media Encoder para obter informações detalhadas.

Configurações dos efeitos

Os novos efeitos a seguir foram adicionados à guia Efeitos na caixa de diálogo Exportar configurações:

  • Aparência de Lumetri (SpeedGrade .look e LUT)
  • Sobreposição de imagem
  • Sobreposição de nome
  • Sobreposição de timecode

As configurações de efeitos são incluídas automaticamente nas predefinições a menos que você desative a caixa de diálogo Salvar configurações de efeitos ao salvar uma predefinição. A aceleração de GPU ajuda a acelerar todos os novos efeitos.

Observação:

A guia Efeitos substitui a guia Filtros encontrada em versões anteriores do Adobe Media Encoder. O filtro Desfoque gaussiano também foi removido.

Consulte o artigo em Configurações de efeitos para obter informações detalhadas sobre cada um dos efeitos.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online