Escolha de uma predefinição do Adobe PDF para converter arquivos

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Inicialização do Acrobat Distiller.

    • Em um aplicativo do Adobe Creative Suite®, escolha Arquivo > Imprimir, selecione Adobe PDF como impressora de destino e clique em Configurações de impressão (Photoshop) ou Configurações > Preferências (InDesign).

    • (Windows) Nos aplicativos do Office 2007 ou mais recentes, selecione Acrobat > Preferências.

    • (Windows) Em outro aplicativo de criação ou utilitário, selecione Adobe PDF > Alterar configurações de conversão.

  2. Escolha uma predefinição no menu Configurações padrão (ou no menu Configurações de conversão).

Predefinições de Adobe PDF

Uma predefinição de PDF é um grupo de configurações que afetam o processo de criação de PDF. Essas configurações foram criadas para equilibrar o tamanho do arquivo com a qualidade, dependendo de como o PDF é usado. As predefinições mais predefinidas são compartilhadas através de aplicativos do Adobe Creative Suite, inclusive InDesign, Illustrator, Photoshop e Acrobat. Você também pode criar e compartilhar predefinições personalizadas para suas necessidades de saída exclusivas. Um arquivo PDF predefinido salvo tem o sufixo .joboptions.

Algumas das seguintes predefinições não ficam disponíveis até que você as mova da pasta Extras (local de instalação padrão) para a pasta Configurações de configurações personalizadas.

Observação:

O Acrobat Standard não inclui a pasta Extras. As predefinições instaladas na pasta Extras estão disponíveis apenas no Acrobat Pro.

Normalmente, as pastas Extras e Configurações de configurações padrão estão situadas nos seguintes locais.

  • (Windows XP) Documents and Settings/All Users/Application Data/Adobe/Adobe PDF

  • (Vista ou Windows 7) ProgramData/Adobe/Adobe PDF

  • (Acrobat Pro no Mac OS) Biblioteca/Suporte de aplicativo/Adobe PDF

Os arquivos de configurações padrão instalados com o Distiller são Somente leitura e Ocultos.

As configurações personalizadas são encontradas nos seguintes locais:

  • (Windows XP) Documents and Settings/[nome do usuário]/Application Data/Adobe/Adobe PDF/Settings

  • (Vista ou Windows 7) Users/[nome do usuário]/AppData/Roaming/Adobe/Adobe PDF/Settings

  • (Acrobat Pro no Mac OS) Users/[nome do usuário]/Library/Application Support/Adobe/Adobe PDF/Settings

Algumas predefinições não estão disponíveis em alguns aplicativos do Creative Suite.

Observação:

Verifique as configurações do PDF periodicamente. As configurações não são revertidas automaticamente para as configurações padrão. Os aplicativos e os utilitários que criam PDFs usam o último conjunto de configurações do PDF definido ou selecionado.

Impressão de alta qualidade

Cria PDFs para impressão de qualidade em impressoras de mesa e dispositivos de revisão. Essa predefinição usa o PDF 1.4, reduz a resolução de cor e imagens em tons de cinza para 300 ppi e imagens monocromáticas para 1200 ppi. Além disso, ela incorpora subconjuntos de todas as fontes, deixa a cor inalterada e não nivela a transparência (para tipos de arquivo com capacidade de transparência). Esses PDFs podem ser abertos no Acrobat 5.0 e no Acrobat Reader 5.0 ou posterior.

Páginas muito grandes (Acrobat Pro)

Cria PDFs adequados para exibição e impressão de desenhos de engenharia maiores que 200 x 200 pol. (508 cm x 508 cm). Esses PDFs podem ser abertos no Acrobat e Reader 7.0 e posterior.

PDF/A-1b: 2005 (CMYK e RGB)

Usado para preservação de longo prazo (arquivamento) de documentos eletrônicos. PDF/A-1b usa o PDF 1.4 e converte todas as cores em CMYK ou RGB, dependendo do padrão selecionado. Esses PDFs podem ser abertos no Acrobat e Reader versões 5.0 e posterior.

PDF/X-1a (2001 e 2003) (Acrobat Pro)

PDF/X-1a requer que todas as fontes sejam incorporadas, as caixas delimitadoras de PDF apropriadas sejam especificadas e a cor para exibição como CMYK, cores spot, ou ambos. Os arquivos compatíveis devem conter informações que descrevam a condição de impressão para a qual eles foram preparados. Os arquivos PDF criados compatíveis com o PDF/X-1a podem ser abertos no Acrobat 4.0 e Acrobat Reader 4.0 e posterior.

PDF/X-1a usa o PDF 1.3, reduz a resolução de cor e imagens em tons de cinza para 300 ppi e imagens monocromáticas para 1200 ppi. Ele incorpora subconjuntos de todas as fontes, cria PDFs sem marcas e nivela a transparência usando a configuração de Alta resolução.

Observação:

As predefinições de PDF/X-1a:2003 e PDF/X-3 (2003) são colocados no computador durante a instalação. Contudo, eles não estarão disponíveis até que você os mova da pasta Extras para a pasta Configurações.  

PDF/X-4 (2007) (Acrobat Pro)

Esta predefinição é baseada no PDF 1.4, que inclui o suporte à transparência viva. PDF/X-4 tem o mesmo gerenciamento de cores e especificações de cores da ICC (International Color Consortium) como o PDF/X-3. Você pode criar arquivos compatíveis com o PDF/X-4- diretamente com aplicativos do Creative Suite 3 (Illustrator, InDesign, e Photoshop). No Acrobat 9, use o recurso de Comprovação para converter PDFs em PDF/X-4 DRAFT.

Os arquivos PDF criados com compatibilidade de PDF/X-4 podem ser abertos no Acrobat 7.0 e Reader 7.0 e posterior.

Qualidade tipográfica

Cria arquivos PDF da produção de impressão de alta qualidade (por exemplo, para impressão digital ou separações de cores de uma fotocompositora ou platesetter). Contudo, ele não cria arquivos compatíveis com o PDF/X. Nesse caso, a qualidade do conteúdo é a consideração mais alta. O objetivo é manter todas as informações em um arquivo PDF que o provedor de serviços de impressão ou impressora comercial necessita para imprimir o documento corretamente. Este conjunto de opções usa o PDF 1.4, converte cores em CMYK e reduz a resolução de cor e imagens em tons de cinza para 300 ppi e imagens monocromáticas para 1200 ppi. Ele incorpora subconjuntos de todas as fontes e preserva transparência (para tipos de arquivo com capacidade de transparência).

Esses arquivos PDF podem ser abertos no Acrobat 5.0 e no Acrobat Reader 5.0 ou versões posteriores.

Observação: antes de criar um arquivo PDF para enviá-lo a uma impressora comercial ou provedor de serviços de impressão, descubra qual é a resolução de saída e as outras configurações necessárias. Ou peça um arquivo.joboptions com as configurações recomendadas. Às vezes, é necessário personalizar as configurações do Adobe PDF para um determinado provedor e fornecer um arquivo .joboptions próprio.

Conteúdo PDF abrangente (Acrobat Pro)

Cria arquivos PDF acessíveis que incluem marcas, hiperlinks, marcadores, elementos interativos e camadas. Este conjunto de opções usa o PDF 1.6 e incorpora subconjuntos de todas as fontes. Ele também otimiza arquivos com adequação de bytes. Esses arquivos PDF podem ser abertos no Acrobat e Reader 7.0 e posterior. (A predefinição Rich Content PDF está localizada na pasta Extras).

 

Observação:

Esta predefinição era chamada eBook nas versões anteriores de alguns aplicativos.

Tamanho mínimo de arquivo

Cria arquivos PDF para exibição na Web ou na Intranet, ou para a distribuição por um sistema de email. Este conjunto de opções usa a compactação, a redução da resolução e uma resolução de imagem relativamente baixa. Ele converte todas as cores em sRGB e (para conversões baseadas no Adobe Acrobat Distiller) não incorpora fontes. Ele também otimiza arquivos com adequação de bytes.

Esses arquivos PDF podem ser abertos no Acrobat e Reader 6.0 e posterior.

Padrão

Cria arquivos PDF para serem impressos em impressoras de mesa ou copiadoras digitais, publicados em um CD ou enviados para um cliente como prova de publicação. Este conjunto de opções usa a compactação e a redução de resolução para manter a redução do tamanho do arquivo. Contudo, ele também incorpora subconjuntos de todas as fontes (permitidas) usadas no arquivo, converte todas as cores em sRGB e imprime com resolução média. Os subconjuntos de fontes do Windows não são incorporados, por padrão. Os arquivos PDF criados com esse arquivo de configurações podem ser abertos no Acrobat e Reader 6.0 e posterior.

Sobre padrões PDF/X, PDF/E e PDF/A

Os padrões PDF/X, PDF/E e PDF/A são definidos pelo ISO (International Organization for Standardization - Organização Internacional para Padronização). Padrões PDF/X se aplicam à troca de conteúdo gráfico; padrões PDF/E se aplicam à troca interativa de documentos de engenharia; padrões PDF/A se aplicam ao arquivamento de longo prazo de documentos eletrônicos. Durante a conversão do PDF, o arquivo que está sendo processado é verificado em relação ao padrão especificado. Se o PDF não atender ao padrão ISO selecionado, você será solicitado a cancelar a conversão ou criar um arquivo não compatível.

Os padrões mais amplamente usados para fluxo de trabalho de publicação em impressora são vários formatos de PDF/X: PDF/X-1a, PDF/X-3 e (em 2008) PDF/X-4. Os padrões mais amplamente usados para arquivamento de PDF são PDF/A-1a e PDF/A-1b (para requisitos menos rigorosos). Atualmente, a única versão do PDF/E é o PDF/E-1.

Para obter mais informações sobre PDF/X, PDF/E e PDF/A, consulte os sites ISO e AIIM.

Para obter detalhes sobre como criar e trabalhar com arquivos PDF/A, acesse www.adobe.com/go/learn_acr_pdfa_br.

Como personalizar as configurações do Adobe PDF

Talvez seja conveniente criar configurações de conversão personalizadas para determinadas tarefas ou determinados dispositivos de saída. As seleções determinam, por exemplo, se as fontes do documento serão 100% incorporadas e agrupadas em subconjuntos, como os objetos vetoriais e as imagens serão compactados e/ou usados em amostra e se o PDF criado incluirá informações de impressão de alta qualidade, como comentários OPI (Open Prepress Interface). Os arquivos de configuração padrão não podem ser modificados, mas podem ser duplicados para ajudar a criar novos arquivos de configuração.

Observação:

Se o PDF for destinado à impressão de alta qualidade, peça ao seu provedor de serviços o arquivo personalizado .joboptions com a resolução de saída recomendada e outras configurações. Dessa forma, o PDF entregue a ele terá características otimizadas para o fluxo de trabalho de impressão.

Criação de um arquivo de configurações do Adobe PDF personalizado

  1. Siga um destes procedimentos:
    • No Acrobat Distiller, selecione no menu Configurações padrão um dos conjuntos predefinidos de opções para usar como ponto de partida, e, em seguida, escolha Configurações > Editar configurações do Adobe PDF.

    • Em aplicativos de criação ou utilitários, selecione Adobe PDF como a impressora de destino, geralmente nas caixas de diálogo Configuração de página ou Imprimir, e clique em Propriedades.

    • (Windows) Na caixa de diálogo do Acrobat PDFMaker, clique em Configurações avançadas na guia Configurações.

      Observação: no Windows, é possível alternar para uma predefinição diferente na caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF. Para isso, selecione Mostrar todas as configurações na parte inferior esquerda e, em seguida, selecione uma predefinição na lista à esquerda.

    Caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF (Windows)
    Caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF (Windows)

  2. Selecione os painéis, um de cada vez, e faça as alterações necessárias.
  3. Salve sua predefinição personalizada de uma das seguintes maneiras:
    • Clique em OK para salvar uma cópia do arquivo predefinido personalizado, que será automaticamente renomeado. Por exemplo, se você editar a predefinição Qualidade tipográfica, a primeira versão personalizada será exibida como Qualidade tipográfica (1).

    • Clique em Salvar como, digite um novo nome descritivo para o arquivo e clique em Salvar.

    O arquivo personalizado é salvo em (Windows) /Documents and Settings/[nome do usuário]/Application Data/Adobe/Adobe PDF/Settings, (Vista) User/[nome do usuário]/AppData/Roaming/Adobe/Adobe PDF/Settings, ou (Mac OS) Users/[nome do usuário]/Library/Application Support/Adobe PDF/Settings.

Exclusão de arquivos de configurações do Adobe PDF personalizados

  1. No Acrobat Distiller, selecione Configurações > Remover configurações do Adobe PDF.
  2. Selecione o arquivo personalizado e clique em Remover.
  3. Repita a etapa 2, conforme necessário, e clique em Cancelar para fechar a caixa de diálogo Remover configurações do Adobe PDF.

Configurações do Adobe PDF

O Configurações > Configurações avançadas do Acrobat Distiller Adobe PDFMaker contém painéis de opções que podem ser selecionados para personalizar sua impressão de PDF.

Opções do painel Geral

Use esse painel para selecionar uma versão do Acrobat para compatibilidade de arquivo e outras configurações de arquivo e dispositivo.

Compatibilidade

Configura o nível de compatibilidade do PDF. Use a versão mais recente (nesse caso, a versão 1.7) para incluir todos os recursos e funcionalidades mais recentes. Ao criar PDFs para uma ampla distribuição, escolha um nível anterior a fim de garantir que todos os usuários possam visualizar e imprimir o documento.

Compactação em nível de objeto

Compacta informações estruturais (por exemplo, marcadores, acessibilidade e objetos não compactáveis), tornando essas informações invisíveis ou inutilizáveis no Acrobat 5.0 ou no Reader 5.0. A opção Somente Marcas compacta informações estruturais; a opção Desativado não aplica nenhuma compactação.

Girar páginas automaticamente

Gira as páginas automaticamente de acordo com a direção do texto.


Observação:

Se a opção Processar comentários do DSC estiver selecionada no painel Avançado e se os comentários de Orientação de visualização estiverem incluídos, esses comentários terão prioridade na determinação da orientação das páginas.

Coletivamente por arquivo

Gira todas as páginas para corresponder à direção da maior parte do texto no documento.

Individualmente

Gira todas as páginas com base na direção do texto da página.

Desativado

Impede que as páginas girem.

Encadernação

Especifica se um PDF será exibido com a encadernação no lado esquerdo ou direito. A configuração Encadernação afeta a aparência de páginas na exibição Two-up contínuo e a aparência de miniaturas lado a lado.

Resolução

Use com arquivos PostScript para emular resoluções com base na impressora em que esses arquivos estão sendo impressos. A faixa de valores permitida varia de 72 a 4000. Use a configuração padrão, a menos que você queira imprimir o PDF em uma impressora específica durante a emulação da resolução definida no arquivo PostScript original.

Observação:

O aumento da configuração de resolução aumenta o tamanho do arquivo e pode aumentar um pouco o tempo necessário para processar alguns arquivos.

Páginas

Especifica quais páginas serão convertidas em PDF.

Incorporar miniaturas

Incorpora uma visualização em miniatura em cada página do PDF, aumentando o tamanho do arquivo. Desmarque essa configuração quando usuários do Acrobat 5.0 e de versões posteriores forem visualizar e imprimir o PDF; essas versões geram miniaturas dinamicamente sempre que se clica no painel Páginas de um PDF.

Otimizar para o Modo de visualização rápida na Web

Reestrutura o arquivo para acesso mais rápido (download de uma página por vez ou provisão de bytes) a partir de servidores da Web. Essa opção compacta texto e arte vetorial, substituindo seleções de compactação no painel Imagens.

Tamanho de página padrão

Especifica o tamanho da página a ser usado quando não estiver especificado no arquivo original. Arquivos EPS apresentam um tamanho de caixa delimitadora, não um tamanho de página.

Opções do painel Imagens

As opções no painel Imagens especificam a compactação e a alteração da resolução de imagens coloridas, em tons de cinza e monocromáticas. Convém experimentar essas opções para encontrar um equilíbrio adequado entre o tamanho do arquivo e a qualidade da imagem.

A configuração de resolução para imagens coloridas e em tons de cinza deve ser de 1,5 a 2 vezes maior que a lineatura de impressão na qual o arquivo será impresso. A resolução das imagens monocromáticas deve ser igual à do dispositivo de saída, mas lembre-se de que salvar uma imagem monocromática em resolução superior a 1.500 dpi aumenta o tamanho do arquivo sem melhorar de maneira perceptível a qualidade da imagem. Imagens que serão ampliadas, como mapas, podem exigir resoluções superiores.

Observação:

A alteração da resolução de imagens monocromáticas pode causar resultados de visualização inesperados, como a não exibição de imagem alguma. Se isso acontecer, desative a alteração da resolução e converta o arquivo novamente. É mais provável que esse problema ocorra com a diminuição da resolução do que com a redução da resolução bicúbica.

A tabela a seguir mostra os tipos comuns de impressoras e suas resoluções medidas em pontos por polegada (dpi), sua lineatura de impressão padrão medida em linhas por polegada (lpi) e uma alteração de resolução para imagens medida em pixels por polegada (ppi). Por exemplo, em um impressora a laser de 600 dpi, deve-se digitar 170 como a resolução para a qual as imagens devem ser alteradas.

Resolução da impressora

Tela de linhas padrão

Resolução da imagem

300 dpi (impressora a laser)

60 lpi

120 ppi

600 dpi (impressora a laser)

85 lpi

170 ppi

1200 dpi (fotocompositora)

120 lpi

240 ppi

2.400 dpi (fotocompositora)

150 lpi

300 ppi

Redução da resolução (Desativada)

Reduz as resoluções de imagem que excedem o valor Para as imagens acima para a resolução do dispositivo de saída, combinando pixels em uma área de amostra da imagem e criando um pixel maior.

Redução da resolução média em

Faz uma média dos pixels em uma área de amostra e substitui toda a área pela cor média dos pixels dentro da resolução especificada.

Diminuição da resolução para

Substitui uma área inteira por um pixel selecionado na área de amostra, com a resolução especificada. O tempo de conversão fica mais rápido que na diminuição da resolução, mas as imagens resultantes são menos suaves e contínuas.

Diminuir resolução pela média bicubicamente para

Usa uma média ponderada, em vez de uma média simples (como na diminuição da resolução) para determinar a cor dos pixels. Esse método é mais lento, mas produz gradações de tons mais suaves.

Compactação/Qualidade da imagem

Aplica compactação em imagens coloridas, em tons de cinza e monocromáticas. Para imagens coloridas e em tons de cinza, defina também a qualidade da imagem:

Suavização para cinza

Suaviza arestas irregulares em imagens monocromáticas. Escolha 2, 4 ou 8 bits para especificar 4, 16 ou 256 níveis de cinza. (A suavização pode fazer com que textos pequenos ou linhas finas pareçam borrados.)

Observação:

A opção Compactar texto e arte vetorial está sempre ativada. Para desativá-la, configure o parâmetro do Distiller. Para obter mais detalhes, consulte as informações do SDK no Acrobat Developer Center em www.adobe.com/go/learn_acr_devcenter_br (PDF, apenas em inglês).

Diretriz

Abre a caixa de diálogo Diretriz para imagens, na qual você pode configurar as opções de processamento das imagens coloridas, em tons de cinza e monocromáticas que sejam menores que as resoluções especificadas. Para cada tipo de imagem, digite um valor de resolução e, em seguida, escolha Ignorar, Advertir e continuar ou Cancelar tarefa.

Opções do painel Fontes

As opções de Fontes especificam quais fontes serão incorporadas em um PDF, e se é necessário incorporar um subconjunto dos caracteres usados no PDF. É possível incorporar fontes OpenType®, TrueType e PostScript. As fontes que contêm restrições de licença são precedidas por um ícone de cadeado . Se você selecionar uma fonte com restrição de licença, a natureza da restrição será descrita na caixa de diálogo Opções do Adobe PDF.

Observação:

Quando arquivos PDF com o mesmo subconjunto de fontes são combinados, o Acrobat tenta combinar os subconjuntos de fontes.

Incorporar todas as fontes

Incorpora todas as fontes usadas no arquivo. A incorporação de fontes é obrigatória para a conformidade com o PDF/X.

Incorporar fontes OpenType

Incorpora todas as fontes OpenType usadas no arquivo e mantém as informações sobre elas, para uso em layout avançado de linha. Essa opção só estará disponível se o Acrobat 7.0 (PDF 1.6) ou o Acrobat 8 (PDF 1.7) estiver selecionado no menu Compatibilidade no painel Geral.

Agrupar fontes incorporadas quando a porcentagem de caracteres utilizados for menor que

Especifica uma porcentagem limite quando se quer incorporar apenas um subconjunto das fontes. Por exemplo, se o limite for 35 e menos que 35% dos caracteres forem usados, o Distiller só incorpora esses caracteres.

Quando a incorporação falhar

Especifica como o Distiller deverá responder se ele não localizar uma fonte a ser incorporada durante o processamento de um arquivo.

Sempre incorporar

Para incorporar apenas algumas fontes, mova-as para a lista Sempre incorporar. Certifique-se de que a opção Incorporar todas as fontes não esteja selecionada.

Nunca incorporar

Mova para essa lista as fontes que não deseja incorporar. Se necessário, escolha outra pasta de fontes no menu pop-up para exibir a fonte na lista de fontes.

Observação:

As fontes que contêm restrições de licença são precedidas por um ícone de cadeado. Se uma fonte com uma restrição de licença for selecionada, a natureza da restrição será descrita na caixa de diálogo Opções do Adobe PDF.

Adicionar nome

Se a fonte desejada não estiver em uma pasta de fontes, clique em Adicionar nome. Digite o nome da fonte, selecione a lista Sempre Incorporar (ou Nunca Incorporar) e clique em Adicionar.

Observação:

Uma fonte TrueType pode conter uma configuração adicionada pelo criador da fonte que impede que essa fonte seja incorporada em arquivos PDF.

Remover

Remove uma fonte da lista Sempre incorporar ou da lista Nunca incorporar. Essa ação não remove a fonte de seu sistema; remove apenas a referência a ela na lista.

Observação:

O Acrobat não inclui as fontes Times, Helvetica e ZapfDingbats. Se você quiser que os destinatários do PDF exibam e imprimam estas fontes nos PDFs criados, incorpore as fontes.

Opções do painel Cor

Caso utilize as informações de gerenciamento de cores no arquivo PostScript ou nos CSFs do Distiller, ou defina as configurações personalizadas, você irá configurar todas as informações sobre o gerenciamento de cores para o Distiller no painel Cores, localizado na caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF.

Arquivo de configurações

Lista as configurações de cores, incluindo aquelas usadas nos aplicativos gráficos. A configuração Nenhum permite a edição das configurações Diretrizes de gerenciamento de cores e Espaços de trabalho.

Diretrizes de gerenciamento de cores

Especifica como o Distiller converte cores não gerenciadas em um arquivo PostScript quando você não usa um arquivo de configurações de cores do Distiller. Esse menu está disponível quando Nenhum está selecionado no menu Arquivo de configurações.

Observação:

Os valores de Diretrizes de gerenciamento de cores podem afetar um PDF de maneiras diferentes, dependendo da configuração de compatibilidade escolhida no painel Geral.

Deixar a cor inalterada

Deixa inalteradas as cores dependentes de dispositivo e, nas cores independentes de dispositivo, mantém o equivalente mais próximo possível. Essa é uma opção útil para gráficas que calibraram seus dispositivos, que usaram essas informações para especificar a cor no arquivo e só estão efetuando impressões nesses dispositivos.

Marcar (ou Converter) tudo para gerenciamento de cores

Marca objetos coloridos com um perfil ICC e calibra cores, tornando-as independentes de dispositivo nos PDFs compatíveis com o Acrobat 4.0 (PDF 1.3) e versões posteriores. Converte espaços de cores dependentes de dispositivo em imagens (RGB, tons de cinza e CMYK) em espaços de cores independentes de dispositivo (CalRGB, CalGray e Cie L*a*b) em PDFs compatíveis com o Acrobat 3.0 (PDF 1.2).

Marcar (ou Converter) somente imagens para gerenciamento de cores

Marca perfis ICC somente em imagens (não em texto ou objetos vetoriais), evitando que textos em preto sofram qualquer alteração de cor durante a destilação de PDFs compatíveis com o Acrobat 4.0 (PDF 1.3). Converte espaços de cores dependentes de dispositivo em imagens (RGB, tons de cinza e CMYK) em espaços de cores independentes de dispositivo (CalRGB, CalGray e Lab) em PDFs compatíveis com o Acrobat 3.0 (PDF 1.2).

Converter todas as cores para sRGB (ou Converter tudo para CalRGB)

Calibra cores, tornando-as independentes de dispositivo. Converte imagens CMYK e RGB em sRGB em PDFs compatíveis com o Acrobat 4.0 (PDF 1.3) ou versão posterior. Converte imagens CMYK e RGB em RGB calibrado (CalRGB) em PDFs compatíveis com o Acrobat 3.0 (PDF 1.2). Recomendado para PDFs que serão usados em tela ou com impressoras de baixa resolução.

Converter todas as cores em CMYK

Converte espaços de cores em DeviceGray ou em DeviceCMYK, de acordo com as opções especificadas no menu Espaços de trabalho. A opção Todos os espaços de trabalho deve ser especificada.

Propósito de renderização do documento

Escolha um método de mapeamento de cores entre espaços de cores. O resultado de qualquer método específico depende dos perfis dos espaços de cores. Por exemplo, alguns perfis produzem resultados idênticos com métodos diferentes.

O Acrobat compartilha quatro propósitos de renderização (Perceptivo, Saturação, Colorimétrico relativo e Colorimétrico absoluto) com outros aplicativos do Creative Suite.

O Acrobat também inclui um propósito de renderização denominado Preservar, que indica que o propósito está especificado no dispositivo de saída e não no PDF. Em vários dispositivos de saída, Colorimétrico relativo é o propósito padrão.

Observação:

Em todos os casos, os propósitos podem ser ignorados ou substituídos por operações de gerenciamento de cores que ocorrem após a criação do arquivo PDF.

Espaços de trabalho

Para todos os valores das Diretrizes de gerenciamento de cores, com exceção da opção Deixar a cor inalterada, você deve escolher um espaço de trabalho para especificar quais perfis ICC são usados para definir e calibrar os espaços de cores em tons de cinza, RGB e CMYK nos PDFs destilados.

Cinza

Escolha um perfil para definir o espaço de cores de todas as imagens em tons de cinza nos arquivos. O perfil ICC padrão para imagens em cinza é Adobe Gray - 20% de aumento de ponto. Escolha Nenhum para impedir que imagens em tons de cinza sejam convertidas.

RGB

Escolha um perfil para definir o espaço de cores de todas as imagens RGB nos arquivos. O padrão, sRGB IEC61966-2.1 é reconhecido por vários dispositivos de saída. Escolha Nenhum para impedir que imagens RGB sejam convertidas.

CMYK

Escolha um perfil para definir o espaço de cores de todas as imagens CMYK nos arquivos. O padrão é U.S. Web Coated (SWOP) v2. Escolha Nenhum para impedir que imagens CMYK sejam convertidas.

Observação:

Escolher Nenhum para todos os três espaços de trabalho exerce o mesmo efeito de selecionar a opção Deixar a cor inalterada.

Observação:

É possível adicionar perfis ICC (como os fornecidos por seu escritório de serviços de impressão) inserindo-os na pasta ICCProfiles da pasta Common, na pasta Windows\System\Color (Windows) ou na pasta System Folder/ColorSync (Mac OS).

Preservar valores CMYK para espaços de cores CMYK calibrados

Quando selecionado, os valores CMYK independentes de dispositivo são tratados como valores dependentes de dispositivo (DeviceCMYK), os espaços de cores independentes de dispositivo são descartados e os arquivos PDF/X-1a usam o valor Converter todas as cores em CMYK. Quando essa opção é desmarcada, os espaços de cores independentes de dispositivo são convertidos em CMYK, desde que as Diretrizes para gerenciamento de cores estejam configuradas como Converter todas as cores em CMYK.

Preservar remoção das cores subjacentes e geração de preto

Retém essas configurações, caso existam no arquivo PostScript. A geração de preto calcula a quantidade de preto que será usada na reprodução de uma cor. A remoção das cores subjacentes (UCR) reduz as cores ciano, magenta e amarelo para compensar a geração de preto. Por usar menos tinta, a UCR é adequada para papel sem revestimento.

Quando funções de transferência forem encontradas

Especifica como lidar com as funções de transferência em PDFs. As funções de transferência são utilizadas para efeitos artísticos e para corrigir as características de um dispositivo de saída específico.

Remover

Exclui todas as funções de transferência aplicadas. As funções de transferência aplicadas devem ser removidas, a menos que a saída do PDF seja no mesmo dispositivo para o qual foi criado o arquivo PostScript de origem.

Preservar

Retém as funções de transferência geralmente usadas para compensar o ganho ou a perda de pontos que pode ocorrer quando uma imagem é transferida a um filme. O ganho ou a perda de pontos ocorre quando os pontos de tinta que compõem uma imagem impressa são maiores ou menores que na tela de meio-tom.

Aplicar

Aplica a função de transferência, alterando as cores no arquivo, mas sem mantê-las. Este método é útil na criação de efeitos de cores em um arquivo.

Preservar informações de meio-tom

Retém todas as informações de meio-tom dos arquivos. As informações de meio-tom devem ser utilizadas com um dispositivo de saída específico.

Opções do painel Avançado

As opções da guia Avançado especificam quais comentários do DSC (Convenções de estruturação de documentos) devem ser mantidos em um PDF e como definir outras opções que afetam a conversão a partir de PostScript. Em um arquivo PostScript, os comentários DSC contêm informações sobre o arquivo (como o aplicativo de origem, a data de criação e a orientação da página) e fornecem uma estrutura para descrições de páginas no arquivo (como declarações iniciais e finais para uma seção de prólogo). Os comentários do DSC poderão ser úteis quando seu documento for impresso ou editorado.

Para obter mais informações, consulte os documentos no Adobe PDF Technology Center em www.adobe.com/go/learn_acr_pdftechnology_br (PDF, apenas em inglês).

Observação:

A opção Formato ASCII foi removida do Distiller, mas ainda está disponível como parâmetro do mesmo.

Permitir que o arquivo PostScript substitua as Configurações Adobe PDF

Usa as configurações armazenadas em um arquivo PostScript em vez do arquivo atual de configurações do PDF. Para obter mais informações sobre como personalizar as configurações do PDF, consulte as informações do SDK no Acrobat Developer Center em www.adobe.com/go/learn_acr_devcenter_br (PDF, apenas em inglês).

Permitir PostScript XObjects

PostScript XObjects armazenam fragmentos de código PostScript a serem usados quando um PDF for impresso em uma impressora PostScript. Use apenas em fluxos de trabalho controlados, quando não houver nenhuma outra opção. Disponível quando a opção Padrão ou Menor tamanho do arquivo estiver selecionada no menu Configurações padrão.

Converter degradês em sombras suaves

Converte mesclagens em sombras suaves no Acrobat 4.0 e em versões posteriores, melhorando a qualidade e reduzindo o tamanho dos PDFs. O Distiller converte gradientes dos aplicativos Adobe Illustrator, Adobe InDesign, Adobe FreeHand®, CorelDraw, QuarkXPress e Microsoft PowerPoint.

Converter linhas suaves em curvas

Reduz a quantidade de pontos de controle usados para criar curvas em desenhos CAD, o que resulta em PDFs menores e renderização mais rápida na tela.

Preservar a semântica de página de cópia de Nível 2

Usa o operador de página de cópia definido na linguagem PostScript level 2, em vez do definido na linguagem PostScript level 3. Se houver um arquivo PostScript e essa opção for selecionada, um operador de página de cópia copiará a página. Se a opção não estiver selecionada, será executado o equivalente a uma operação de página de exibição, mas sem reinicializar o estado dos gráficos.

Preservar configurações de impressão sobreposta

Retém qualquer configuração de impressão sobreposta nos arquivos que estão sendo convertidos em PDF. As configurações de impressão sobreposta criam cores imprimindo uma tinta sobre a outra.

O padrão de impressão sobreposta é a impressão sobreposta diferente de zero

Evita que objetos de impressão sobreposta com valores CMYK zero se separem dos objetos CMYK abaixo deles.

Salvar configurações do Adobe PDF no arquivo PDF

Incorpora o arquivo de configurações (.joboptions) usado para criar o PDF como um anexo. (Para exibir o arquivo de configurações, escolha Exibir > Painéis de navegação > Anexos no Acrobat.)

Se possível, salvar imagens JPEG originais no PDF

Processa imagens JPEG compactadas (já compactadas por codificação DCT) sem recompactá-las. Quando desmarcado, o desempenho melhora porque ocorre apenas a descompactação, e não a recompactação.

Salvar tíquete de tarefa portátil no arquivo PDF

Preserva um tíquete de tarefa do PostScript em um PDF. Os tíquetes de tarefa descrevem o arquivo PostScript e podem ser usados posteriormente em um fluxo de trabalho ou para imprimir o PDF.

Usar Prologue.ps e Epilogue.ps

Envia um arquivo de prólogo e de epílogo com cada tarefa. Esses arquivos podem ser usados para adicionar código PostScript personalizado a ser executado no início ou no final de cada tarefa PostScript que está sendo convertida.

As amostras de arquivos Prologue.ps e Epilogue.ps estão em (Windows) /Documents and Settings/All Users/Application Data/Adobe/Adobe PDF/Distiller/Data, (Vista) /Users/All Users/Adobe/Adobe PDF/Distiller/Data, (Windows 7) /Users/[Nome do usuário]/AppData/Roaming/Adobe/Adobe PDF/Distiller/Data ou (Mac OS) /Library/Application Support/Adobe/Adobe PDF/Distiller/Data.

No Windows Explorer, a pasta Application Data é geralmente oculta; para torná-la visível, escolha Ferramentas > Opções da pasta, clique na guia Visualizar e selecione Mostrar pastas e arquivos ocultos. Para o Windows 7, Iniciar > Painel de controle > Opções de Pasta > Exibir > Mostrar arquivos, pastas e unidades ocultos. Ou, digite o caminho na caixa de texto Endereço.

Observação:

No Acrobat Standard, o Distiller processa arquivos de prólogo e de epílogo apenas se ambos estiverem presentes e localizados corretamente. Os dois arquivos devem ser usados em conjunto.

Observação:

No Acrobat Pro, o Distiller processa arquivos de prólogo e de epílogo apenas se ambos estiverem presentes e localizados corretamente. Os dois arquivos devem ser usados em conjunto. Se os arquivos de prólogo e epílogo estiverem no mesmo nível das pastas de Entrada e de Saída de uma pasta monitorada, eles deverão ser utilizados no lugar dos arquivos da pasta do Distiller.

Processar comentários do DSC

Mantém informações sobre DSC a partir de um arquivo PostScript.

Registrar alertas DSC

Exibe mensagens de alerta sobre comentários DSC que apresentam problemas durante o processamento e os adiciona a um arquivo de registro.

Preservar informações de EPS do DSC

Retém informações para um arquivo EPS, como o aplicativo de origem e a data de criação.

Preservar comentários OPI

Retém as informações necessárias para substituir uma imagem FPO (For Placement Only) ou um comentário por uma imagem de alta resolução localizada em servidores que oferecem suporte a versões da Interface de pré-impressão aberta (OPI) 1.3 e 2.0. Para mais informações, consulte a especificação de OPI 2.0 em www.adobe.com/go/learn_acr_opi2spec_br (PDF, apenas em inglês).

Preservar informações de documentos do DSC

Retém no PDF as propriedades do documento, como o título e a data e a hora de criação.

Redimensionar a página e centralizar a arte final para arquivos EPS

Centraliza uma imagem EPS e redimensiona a página para que ela fique bem ajustada ao redor da imagem. Se essa opção estiver desmarcada, a página será dimensionada e centralizada com base no canto superior esquerdo do objeto superior esquerdo e no canto inferior direito do objeto inferior direito da página. Essa opção só se aplica a tarefas que consistem em um único arquivo EPS.

Opções do painel Padrões

Ao usar as opções de Padrões, você pode verificar o conteúdo do documento no arquivo PostScript para ter certeza de que ele atende aos critérios do padrão PDF/X-1a, PDF/X-3 ou PDF/A antes de criar o PDF. Nos arquivos em conformidade com o PDF/X, também é possível exigir que o arquivo PostScript atenda aos critérios adicionais, selecionando opções no painel Padrões. A disponibilidade das opções depende do padrão selecionado. Também é possível criar um arquivo PDF/X a partir de um PDF compatível usando o recurso Comprovação no Acrobat.

Arquivos em conformidade com o PDF/X

Atende ao padrão PDF/X para a produção de impressões de alta resolução.

Observação:

O PDFMaker, método de conversão usado para converter em PDF arquivos do Microsoft Word e de outros aplicativos, não cria arquivos em conformidade com o PDF/X.  

Arquivos em conformidade com o PDF/A

Atende ao padrão PDF/A para arquivamento de documentos.

Observação:

Se você configurar uma pasta monitorada para criar arquivos compatíveis com PDF/A no Acrobat Pro, não adicione segurança à pasta. O padrão PDF/A não permite criptografia.

Padrão de conformidade

Produz um relatório que indica se o arquivo atende ao padrão selecionado e, caso não atenda, indica quais problemas foram encontrados. O arquivo .log aparece na parte inferior da caixa de diálogo.

Observação:

Os PDFs compatíveis com os padrões PDF/X-1a e PDF/X-3 no Acrobat 6.0 serão usados como padrão PDF/X-1a no Acrobat XI.

Quando em não conformidade

Especifica se o PDF deve ser criado se o arquivo PostScript não estiver em conformidade com os requisitos do padrão.

Continuar

Cria um PDF mesmo se o arquivo PostScript não atender aos requisitos do padrão e registra esses problemas no relatório.

Cancelar tarefa

Cria um PDF somente se o arquivo PostScript for válido e atender aos requisitos do padrão.

Informar como erro (Acrobat Pro)

Indica que o arquivo PostScript não está em conformidade se alguma das opções de relatório estiver selecionada e se estiver faltando uma caixa de apara ou de arte em alguma página.

Definir TrimBox como MediaBox com deslocamentos (Acrobat Pro)

Computa valores para a caixa de apara com base nos deslocamentos da caixa de mídia das respectivas páginas, se nenhuma caixa de apara ou caixa de arte estiver especificada. A caixa de apara é sempre tão pequena quanto a caixa de mídia delimitadora ou menor que ela.

Definir BleedBox como MediaBox (Acrobat Pro)

Usa os valores da caixa de mídia para a caixa de sangria, caso esta não esteja especificada.

Definir BleedBox como TrimBox com deslocamentos (Acrobat Pro)

Computa valores para a caixa de sangria com base nos deslocamentos da caixa de apara das respectivas páginas, caso a caixa de sangria não esteja especificada. A caixa de sangria é sempre tão grande quanto a caixa de apara delimitadora ou maior que ela. Essa opção utiliza as unidades especificadas no painel Geral da caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF.

Nome do perfil do propósito de saída (Acrobat Pro)

Indica a condição de impressão definida para a qual o documento foi preparado; é exigido para conformidade com o PDF/X. Se um documento não especificar o nome de um perfil do propósito de saída, o Distiller usará o valor selecionado nesse menu. Se o processo exigir que o documento especifique o propósito de saída, selecione Nenhum.

Identificador da condição de saída (Acrobat Pro)

Indica o nome de referência especificado pelo registro para o nome do perfil do propósito de saída. Para obter mais informações, clique no ponto de interrogação próximo à opção.

Condição de saída (Acrobat Pro)

Descreve a condição de impressão planejada. Essa entrada pode ser útil para o destinatário pretendido do PDF. Para obter mais informações, clique no ponto de interrogação próximo à opção.

Nome do registro (URL) (Acrobat Pro)

Indica o endereço da Web no qual você pode encontrar mais informações sobre o perfil do propósito de saída. O URL é automaticamente informado para nomes de registros ICC. O nome do registro é opcional, mas recomendado. Para obter mais informações, clique no ponto de interrogação próximo à opção.

Interrompido (Acrobat Pro)

Indica o estado de interrupção no documento. A conformidade com o PDF/X requer um valor Verdadeiro ou Falso. Se o documento não especificar o estado capturado, será usado o valor aqui fornecido. Se o seu fluxo de trabalho exigir que o documento especifique o estado interrompido, selecione Deixar indefinido.

Níveis de compatibilidade com PDF

Ao criar PDFs, é necessário especificar a versão do PDF a ser usada. É possível alterá-la mudando para uma predefinição diferente ou escolhendo uma opção de compatibilidade ao salvar como PDF, ou editar uma predefinição de PDF.

De modo geral, a menos que haja uma necessidade específica de compatibilidade anterior, você deve usar a versão mais atual (neste caso a versão 1.7). A versão mais recente incluirá todos os recursos e todas as funcionalidades mais atuais. Entretanto, para a criação de documentos que serão distribuídos em grande escala, escolha o Acrobat 5.0 (PDF 1.4) ou do Acrobat 6.0 (PDF 1.5) para assegurar que todos os usuários possam visualizá-los e imprimi-los.

A tabela a seguir compara algumas funcionalidades de PDFs criadas com configurações de compatibilidade distintas.

Observação:

O Acrobat 8.0 e 9.0 também usam o PDF 1.7.

Acrobat 4.0 (PDF 1.3)

Acrobat 5.0 (PDF 1.4)

Acrobat 6.0 (PDF 1.5)

Acrobat 7.0 (PDF 1.6) e Acrobat X (PDF 1.7)

Os PDFs podem ser abertos no Acrobat 3.0 e no Acrobat Reader 3.0 ou posterior.

Os PDFs podem ser abertos no Acrobat 3.0 e no Acrobat Reader 3.0 ou posterior. Entretanto, recursos específicos de versões posteriores podem ser perdidos ou talvez não sejam visualizados.

A maioria dos PDFs pode ser aberto no Acrobat 4.0 e no Acrobat Reader 4.0 ou posterior. Entretanto, recursos específicos de versões posteriores podem ser perdidos ou talvez não sejam visualizados.

A maioria dos PDFs pode ser aberto no Acrobat 4.0 e no Acrobat Reader 4.0 ou posterior. Entretanto, recursos específicos de versões posteriores podem ser perdidos ou talvez não sejam visualizados.

Não pode conter arte-final que use efeitos de transparência ativa. Todas as transparências devem ser achatadas antes da conversão em PDF 1.3.

Existe suporte ao uso de transparências ativas em arte-final. (O recurso do Acrobat Distiller nivela a transparência.)

Existe suporte ao uso de transparências ativas em arte-final. (O recurso do Acrobat Distiller nivela a transparência.)

Existe suporte ao uso de transparências ativas em arte-final. (O recurso do Acrobat Distiller nivela a transparência.)

Não existe suporte para camadas.

Não existe suporte para camadas.

Preserva camadas ao criar PDFs em aplicativos que suportam a geração de documentos PDF em camadas, como o Illustrator CS ou posterior ou o InDesign CS ou posterior.

Preserva camadas ao criar PDFs em aplicativos que suportam a geração de documentos PDF em camadas, como o Illustrator CS ou posterior ou o InDesign CS ou posterior.

Existe suporte para o espaço de cores DeviceN com 8 tonalidades.

Existe suporte para o espaço de cores DeviceN com 8 tonalidades.

Existe suporte para o espaço de cores DeviceN com até 31 tonalidades.

Existe suporte para o espaço de cores DeviceN com até 31 tonalidades.

É possível incorporar fontes multibyte. (O Distiller converte as fontes ao incorporar.)

É possível incorporar fontes multibyte.

É possível incorporar fontes multibyte.

É possível incorporar fontes multibyte.

Suporta segurança RC4 de 40 bits.

Suporta segurança RC4 de 128 bits.

Suporta segurança RC4 de 128 bits.

Suporta segurança RC4 e AES (Advanced Encryption Standard) de 128 bits.

Compartilhar configurações do PDF personalizadas

Você pode salvar e reutilizar as suas próprias definições de predefinição do Adobe PDF. Além disso, pode compartilhar uma predefinição personalizada enviando uma cópia do arquivo resultante para outros usuários. Esses usuários, então, podem adicioná-lo aos aplicativos de Distiller instalados nos próprios computadores.

Os arquivos de configurações do PDF têm a extensão .joboptions. Os arquivos predefinidos personalizados são armazenados nos seguintes locais.

  • (Windows XP) Documents and Settings/[nome de usuário]/Application Data/Adobe/Adobe PDF/Settings

  • (Vista/Windows 7) Users/[nome do usuário]/AppData/Roaming/Adobe/Adobe PDF/Settings

  • (Acrobat Pro para Mac OS) User/[nome do usuário]/Library/Application Support/Adobe/Adobe PDF/Settings

  1. Para adicionar um arquivo de configurações do PDF personalizado ao menu, siga um destes procedimentos:
    • Arraste o arquivo .joboptions para a janela de Distiller.

    • No Acrobat Distiller, escolha Configurações > Adicionar Configurações do Adobe PDF, vá até o arquivo copiado .joboptions, selecione-o e clique em Abrir.

O arquivo de configurações aparece como a opção selecionada no menu Configurações padrão.

Como compactar e reduzir a resolução de imagens

Ao converter arquivos PostScript em PDF, você pode compactar objetos vetoriais (como texto e arte vetorial) e compactar e diminuir a resolução de imagens. A arte vetorial é descrita por uma equação matemática e, geralmente, criada com um programa de desenho como o Adobe Illustrator. As imagens coloridas, monocromáticas ou em tons de cinza são descritas como pixels e são criadas com aplicativos como o Adobe Photoshop ou por digitalização. As imagens monocromáticas incluem, em sua maioria, ilustrações em preto e branco criadas por programas de pintura, bem como imagens digitalizadas com profundidade de 1 bit.

Quando você diminui a resolução (ou diminui o número de pixels), as informações são excluídas da imagem. Com o Distiller, você especifica um método de interpolação — diminuição da resolução média, diminuição da resolução bicúbica ou diminuição da resolução — para determinar como os pixels são excluídos. Dependendo das configurações escolhidas, a compactação e a diminuição da resolução podem reduzir significativamente o tamanho de um PDF com pouca ou nenhuma perda de detalhes e precisão.

Quando o Distiller processa um arquivo, normalmente aplica as configurações de compactação às imagens em todo o arquivo. Contudo, você pode atribuir métodos de compactação e diminuição de resolução diferentes a cada imagem.

Variação dos métodos de compactação e diminuição de resolução em um PDF

Antes de criar um PDF, você pode ver as várias abordagens de como aplicar opções de compactação e diminuição de resolução diferentes a cada imagem que será exibida nesse PDF:

  • Use o Adobe Photoshop para alterar a resolução e compactar arquivos de imagens existentes antes de usar o Distiller. Ao criar um PDF no Distiller, não se esqueça de desmarcar as opções de compactação e diminuição da resolução.

  • Crie arquivos PostScript separados para cada parte do documento que deseja processar de maneira diferente e use opções de compactação diferentes para destilar cada uma das partes. Em seguida, use o Distiller para mesclar os arquivos em um único PDF.

  • Sempre que criar imagens coloridas, em tons de cinza ou monocromáticas em um aplicativo de arte (como o Adobe Photoshop), selecione as configurações desejadas de compactação e diminuição da resolução ao salvar as imagens no aplicativo.

  • Insira os parâmetros do Distiller antes das imagens em um arquivo PostScript. É possível usar essa técnica para processar de maneira diferente cada imagem de um documento. Essa técnica é a mais difícil porque exige o conhecimento da programação PostScript. Para obter mais informações sobre a utilização dos parâmetros, consulte a documentação do SDK no Acrobat Developer Center em www.adobe.com/go/learn_acr_devcenter_br (somente em inglês).

Observação:

Para aplicar os parâmetros do Distiller inseridos, selecione Permitir que o arquivo PostScript substitua as Configurações Adobe PDF no painel Avançado da caixa de diálogo Configurações do Adobe PDF no Distiller. Essa opção substitui as configurações selecionadas na caixa de diálogo Adobe PDF.

Métodos de compactação

O Distiller aplica compactação ZIP a texto e arte vetorial, compactação ZIP ou JPEG a imagens coloridas e em tons de cinza e compactação ZIP, CCITT Grupo 3 ou 4 ou Grau de execução a imagens monocromáticas.

Métodos de compactação adequados para tipos de arte diferentes
Métodos de compactação adequados para tipos de arte diferentes

A. ZIP B. JPEG C. CCITT D. Grau de execução 

Pode-se escolher um dos seguintes métodos de compactação:

ZIP

Funciona bem com imagens que possuem grandes áreas de cores únicas ou padrões repetidos e com imagens em preto e branco que contêm padrões repetidos. O Acrobat oferece suporte apenas para compactação ZIP de 8 bits, que é sem perda, ou seja, os dados não são removidos para reduzir o tamanho do arquivo, por isso a qualidade da imagem não é afetada.


Observação:

A implementação do filtro ZIP, realizada pela Adobe, é derivada do pacote zlib de Jean-loup Gailly e Mark Adler, a quem agradecemos pela generosa assistência.

JPEG

Adequado para imagens em tons de cinza ou imagens coloridas, como fotografias de tons contínuos. A compactação JPEG é uma compactação com perdas, o que significa remover dados da imagem e reduzir sua qualidade. No entanto, ela tenta diminuir o tamanho do arquivo com o mínimo de perda de informações. Como a compactação JPEG elimina dados, ela pode atingir tamanhos de arquivos muito menores em comparação à compactação ZIP.

CCITT

Disponível apenas para imagens bitmap monocromáticas. A compactação em CCITT (Consultative Committee on International Telegraphy and Telephony) é adequada para imagens em preto-e-branco e imagens digitalizadas com profundidade de 1 bit. O Grupo 4 é um método generalizado que resulta em uma boa compactação para a maioria das imagens monocromáticas. O Grupo 3, usado pela maioria dos aparelhos de fax, compacta imagens monocromáticos uma linha por vez.

Grau de execução

Produz os melhores resultados em imagens que contêm grandes áreas de branco ou preto sólido.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online