ATUALIZAÇÃO: este artigo foi atualizado para incluir os problemas corrigidos na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1), na atualização do After Effects CC 2015 (13.6), na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1) e na atualização do After Effects CC 2015 (13.7).Para obter detalhes sobre as novidades e os recursos modificados no After Effects CC 2015 (13.5), leia este artigo.

A equipe do After Effects está acompanhando vários problemas, listados abaixo, que afetam o desempenho ou a praticidade no After Effects CC 2015. Muitos destes problemas foram corrigidos na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1), na atualização do After Effects CC 2015 (13.6), na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1), e na atualização do After Effects CC 2015 (13.7).

Além deste artigo, você também deveria ler sobre os recursos não disponíveis no After Effects CC 2015 (13.5).

Observação:

Alguns dos problemas incluídos neste artigo não são erros, mas alterações sobre como os visualizações funcionam no After Effects CC 2015 (13.5). Estes comportamentos são descritos aqui para que as explicações sejam fáceis de encontrar.

Áudio silenciado ao exportar uma composição para AVI, AIFF, MP3 ou WAV da fila de renderização

Ao exportar para .avi, .aiff, .mp3 ou .wav da fila de renderização no After Effects CC 2015 (13.5.1), o arquivo resultante tem a duração correta, mas o áudio está silenciado. Isso também acontecerá com o QuickTime se a saída de áudio estiver definida como mono.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

Erro fatal quando o controle de movimento é interrompido

Ao iniciar e parar a seguir o controle de movimento, o After Effects pode ter um erro fatal. É muito provável que isso oconteça em quadros grandes (aproximadamente 4 k ou maior), mas poderia acontecer em tamanhos de quadro menor, dependendo dos requisitos de memória.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

A panorâmica horizontal com a ferramenta de mão não funciona no painel Linha de tempo

Ao usar a ferramenta de mão, incluindo manter pressionada a tecla da barra de espaço, no painel Linha de tempo, não será possível efetuar a panorâmica na vista à esquerda ou à direita.

Este problema somente ocorre sob as seguintes condições:

1. Você está usando mais de um monitor de computador.

2. O painel Linha de tempo está em um monitor secundário. Isso inclui quando toda a janela do aplicativo After Effects estiver no monitor secundário.

3. Tal monitor está configurado para estar à esquerda do monitor principal na configuração de exibição do SO.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

As alterações na resolução do mapa de sombra não são salvas

Ao abrir a caixa de diálogo Configurações da composição e alterar o valor para Resolução do mapa de sombra (guia Avançado > botão Opções para do renderizador 3D clássico), o novo valor não será salvo ao clicar em OK na caixa de diálogo. O valor sempre permanecerá na Resolução da composição.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

Os quadros-chave ou outros objetos continuam a se mover depois de arrastar e soltar

Recebemos relatos de usuários que tiveram um problema no qual os quadros-chave, os marcadores ou outros objetos no painel Linha de tempo continuavam se movendo em uma curta distância após soltar o botão do mouse.

Esse problema parece mais comum ao usar um digitalizador Wacom, mas nem todos os usuários com digitalizadores experimentam o problema, e alguns usuários relataram esse problema somente ao usar um mouse.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

Parar um visualização com barra de espaço continua a reprodução dos quadros em cache se nem todos os quadros tiverem sido renderizados

Quando você inicia uma visualização com a tecla de barra de espaço, caso pressione a barra de espaço novamente para interromper a visualização antes que todos os quadros sejam renderizados e armazenados em cache, a visualização não para. Apenas a renderização será interrompida e a reprodução de quadros em cache continuará. Pressionar a barra de espaço novamente irá parar a visualização.

Este problema está corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.6). Por padrão, pressionar a barra de espaço para parar uma visualização agora para imediatamente a visualização.

No After Effects CC 2015 (13.5), fizemos alterações significativas em como as visualizações funcionam.Entre estas alterações estão novos comportamentos para armazenar em cache e parar as visualizações com diferentes atalhos de teclado. Recebemos opiniões claras de que os usuários estavam infelizes com nossas opções para o atalho da barra de espaço.

Além de alterar o comportamento padrão de parar com o atalho da barra de espaço, nós abordamos este feedback com três modificações na atualização do After Effects CC 2015 (13.6):

  • O comportamento de armazenar em cache está agora unificado para todas as visualizações. Não existe mais o controle Favores de visualização. Todas as visualizações usam um único e otimizado comportamento para armazenar em cache.
  • O comportamento de parar é agora configurável por atalho, ao invés de ser considerado pelo (agora removido) controle Favores de visualização. É possível escolher se a visualização parará imediatamente ou iniciará a reprodução dos quadros em cache ao interromper uma visualização antes que o armazenamento em cache seja concluído. (Isso é controlado por uma nova opção com a legenda: Se armazenar em cache, reproduzir quadros em cache.)
  • Se a reprodução dos quadros em cache estiver ativada, a reprodução começa a partir do primeiro quadro da faixa, em vez de continuar do quadro onde a visualização foi interrompida. Esta alteração comportamental esclarece que o After Effects respondeu ao seu comando de interromper a visualização.

Várias sequências de imagens paradas do mesmo diretório faz com que o quadro incorreto apareça

Várias sequências de imagens paradas do mesmo diretório faz com que uma destas gravações exibam a imagem errada nas seguintes situações:

  • Se você alterar as configurações de Interpretar gravação de uma sequência e, a seguir, lembrar e aplicar as configurações em outra sequência do mesmo diretório, a segunda sequência exibe a imagem da primeira sequência.
  • Se você duplicar um item de gravação da sequência de imagem parada no painel Projeto e, a seguir, substituir o item de gravação duplicado por uma sequência de imagem parada diferente do mesmo diretório, a segunda sequência exibe a imagem da primeira sequência.

Estes problemas estão corrigidos na atualização do After Effects CC 2015 (13.6).

Problemas com a gravação sequencial no Camera Raw, incluindo .dng

Vários problemas afetam o uso da gravação da sequência do Camera Raw, incluindo sequências .dng.

  • Ocorre um erro após alterar as configurações de uma sequência do Camera Raw na caixa de diálogo de configurações do Camera Raw: Erro 3415 de formato de arquivo do Photoshop (45 :: 35 ). Ao sair do After Effects, também poderá ocorrer um erro: Erro 1 de formato de arquivo do Photoshop (45 :: 35 ). Este erro pode não ocorrer se você escolher Editar > Editar o original para abrir a caixa de diálogo de configurações do Camera Raw em vez de acessar as configurações através da caixa de diálogo Interpretar gravação.
  • Se alterar as configurações de uma sequência do Camera Raw no After Effects, somente o primeiro quadro ou um número limitado de quadros poderão refletir as alterações. Limpar o cache no After Effects (Editar > Limpar > Memória cache da imagem, ou Editar > Limpar > Toda a memória e cache de disco) pode carregar as configurações alteradas.

Os dois problemas acima foram corrigidos na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1).

  • Se alterar as configurações de uma sequência no Camera Raw em outro aplicativo, por exemplo, no Photoshop ou no Lightroom, tais alterações podem não ser refletidas no After Effects após recarregar a gravação. Limpar o cache no After Effects (Editar > Limpar > Memória cache da imagem, ou Editar > Limpar > Toda a memória e cache de disco) pode carregar as configurações alteradas. Uma solução alternativa mais consistente é salvar, fechar e reabrir o projeto e, a seguir, clicar com o botão direito do mouse na gravação e escolher Recarregar gravação.
  • Em determinadas circunstâncias, escolher Editar > Desfazer após ter alterado as configurações do Camera Raw através da caixa de diálogo Interpretar gravação não irá funcionar ou irá causar um erro fatal do After Effects com um erro: “O After Effects não pode continuar: estrutura de E/S danificada. ( 39 :: 101)”
  • Em determinadas circunstâncias, selecionar uma única imagem do Camera Raw e escolher Editar > Editar o original não funciona, a caixa de diálogo de configurações do Adobe Camera Raw não é exibida. Para solucionar isso, escolha Arquivo > Interpretar gravação e clique no botão Mais opções.

Os três problemas acima foram corrigidos na atualização do CC 2015 (13.6).

Problemas com plug-ins

A maioria dos plug-ins precisam ser atualizados para o After Effects CC 2015. Os plug-ins mais antigos podem causar erros ou não funcionar corretamente. Plug-ins atualizados estão agora disponíveis através de muitos fornecedores, você deve verificar se existem atualizações para seus plug-ins.

Os problemas com plug-ins individuais de terceiros no After Effects CC 2015 são tratados em uma artigo diferente. Consulte tal artigo para obter informações atualizadas.

Vale a pena mencionar aqui dois problemas relacionados a plug-in porque exigem correções na atualização do After Effects CC 2015 (13.5.1), não dos plug-ins em si:

  • Os plug-ins Trapcode Sound Keys (da Red Giant) e plug-ins similares que processam áudio não irão funcionar.
  • O uso de qualquer combinação de dois efeitos de determinadas categorias resultam em uma mensagem de erro:

     

    “Erro do After Effects: falha interna de verificação! {O efeito é I_MIX_GUID_DEPENDENCIES, mas não chamou o GuidMixIn no PreRender}”

     

    Este problema ocorre com efeitos da RE:Vision Effects, embora eles não sejam somente os únicos plug-ins afetados.

Ambos os problemas foram corrigidos na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1).

Parar uma visualização somente de áudio move o CTI até o tempo de parada

Ao parar uma visualização somente de áudio com a tecla Numpad-.(ponto) no After Effects CC 2015 (13.5), o indicador de tempo atual (CTI) irá mover-se para o tempo onde você parou a visualização em vez de ficar no tempo anterior, como fazia nas versões anteriores do After Effects.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

Na atualização do After Effects CC 2015 (13.6), a tecla Numpad-.(ponto) e Option + Numpad-.(ponto) (Mac OS) ou Alt + Numpad-.(ponto) (Windows) agora são atalhos configuráveis no painel Visualizar. Agora também é possível controlar se o CTI se move ao parar para cada atalho de teclado da visualização.

Não é possível interromper a visualização antes da renderização terminar ou durante um atraso longo antes que seja possível interromper a visualização

Sob circunstâncias específicas, o After Effects CC 2015 (13.5) não responde aos cliques do mouse ou à entrada do teclado quando uma visualização está sendo renderizada e armazenada no cache de quadros. Após a visualização ter sido totalmente renderizada, o After Effects irá responder novamente à entrada. Em alguns casos, o After Effects irá responder durante a visualização, mas somente após um longo atraso.

Este problema ocorre quando os efeitos do Warp Stabilizer VFX ou do 3D Camera Tracker forem aplicados a uma camada do projeto, independentemente da composição que estiver sendo visualizada.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

A entrada do teclado não é reconhecida ou é atrasada 

Sob circunstâncias específicas, o After Effects CC 2015 (13.5) não responde à entrada do teclado, por exemplo, ao pressionar um atalho de teclado ou ao digitar em uma camada de texto.

Estes problemas correspondem ao mesmo erro acima descrito no qual o After Effects não responde aos comandos para parar uma visualização, causado pelo mesmo problema com os efeitos do Warp Stabilizer VFX ou do 3D Camera Tracker que são usados no projeto.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

O áudio não é reproduzido no início das visualizações

Ao iniciar uma visualização no After Effects CC 2015 (13.5), o áudio pode não ser reproduzido por um ou mais segundos no início da visualização.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

A manipulação do áudio faz com que o CTI e PTI desapareçam

 

Após manipular o áudio em uma composição, ou seja, manter pressionada a tecla Command (Mac OS) ou Control (Windows) e manipular o indicador de tempo atual (CTI), o CTI e o indicador de tempo de visualização (PTI) param de desenhar no painel Linha do tempo de tal composição até que o After Effects seja reiniciado.

Este erro acontece somente quando o botão do mouse é liberado antes de liberar a tecla Command ou Control ao terminar a manipulação.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

 

A manipulação lenta do áudio provocará o loop do áudio em torno do CTI

 

Ao manipular o áudio, ou seja, manter a tecla Command (Mac OS) ou Control (Windows) pressionada e manipular o indicador de tempo atual (CTI), se você mover o mouse muito lentamente ou mantê-lo parado, o áudio é reproduzido em um loop curto em torno do CTI.

Este comportamento existia nas versões anteriores do After Effects, no entanto, ele se iniciava somente após um curto atraso (1 segundo) se você mantivesse o CTI na mesma posição. No After Effects CC 2015 (13.5), há um erro que causa o loop contínuo do áudio para ignorar este atraso.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

 

Não é possível importar arquivos .mxf das câmeras Sony

 

O After Effects CC 2015 (13.5) é incapaz de importar os arquivos .mxf gerados por câmeras Sony, tais como a FS700, F5, F55 e F65. Tentar importar esse arquivo resulta em um erro, “o arquivo '<nome do arquivo>.mxf' não pode ser importado - esse arquivo .mxf está danificado ou não é suportado”.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erro do After Effects CC 2015 (13.5.1).

 

A imagem de visualização não é atualizada após desfazer ou fazer outra alteração

 

No After Effects CC 2015 (13,6), a imagem de visualização não é atualizada após usar Desfazer ou, às vezes, depois de fazer outra alteração como adicionar ou excluir um quadro-chave.

Este problema ocorria porque o After Effects CC 2015 (13.6) podia inadvertidamente colocar o cache da imagem em um estado inválido que fazia com que a imagem desenhada na tela não fosse atualizada. Esse problema era mais comum no Windows. O uso do comando Editar > Limpar > Toda a memória e cache de disco ou Toda a memória eliminaria o problema, como fechar e reabrir o projeto ou reiniciar o After Effects.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1).

 

O After Effects não se inicia em computadores com processadores mais antigos

 

Em computadores com processadores mais antigos que não têm um conjunto de instruções específico (por exemplo, processadores AMD Phenon II e Athlon), o After Effects CC 2015 (13.6) não se iniciava e exibia a mensagem de erro “O aplicativo não pôde iniciar corretamente (0xc000001d)” ou “O aplicativo não pôde iniciar corretamente (0xc0000142)”.

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1).

 

Reduzir a resolução de artefatos ao usar os painéis Composição, Camada e Gravação com aceleração por hardware

 

Quando a opção Aceleração por hardware nos painéis Composição, Camada e Gravação estiver ativada em Preferências > Exibição, e um painel visualizador estiver definido como Zoom 50% e Resolução completa, a imagem pode mostrar artefatos com resolução reduzida (por exemplo, bordas irregulares distorcidas em linhas diagonais).

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1), e mais problemas de redução de resolução de artefato foram corrigidos na atualização do After Effects CC 2015 (13.7).

 

Erro na visualização ao usar expressões nas propriedades de efeito de áudio

 

Ao iniciar uma visualização de uma composição que contém uma expressão em uma propriedade de efeito áudio, a visualização não se inicia e o After Effects exibe um erro: O efeito não pode usar o retorno de “cancelamento” quando chamado com o comando “comando de efeito de plug-in não reconhecido”. ( 25 :: 19 )

Este problema foi corrigido na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.6.1).

 

O indicador de andamento da renderização demora para aparecer ou não aparece

 

Recebemos relatos de usuários que tiveram um problema no qual, em alguns projetos com tempos muito longos de renderização por quadro, o indicador de andamento da renderização no canto inferior direito do painel Composição não aparece ou demora muito para aparecer após uma alteração no quadro. Isso faz com que o After Effects pareça não responsivo.

Uma causa desse problema foi corrigida na atualização do After Effects CC 2015 (13.6) e algumas causas adicionais foram corrigidas naatualização do After Effects CC 2015 (13.7). Estamos investigando outras causas deste problema para futuras atualizações.

 

O cursor fica preso no estado pressionado após arrastar as bordas do painel com uma caneta digitalizadora

 

No After Effects CC 2015 (13.6), ao tentar redimensionar um painel na área de trabalho usando uma caneta do tablet (por exemplo, um digitalizador Wacom), a borda do painel continua arrastando após você levantar a caneta, ou parece não se mover e, então, move-se ao clicar para baixo com a caneta outra vez.Depois disso, um único clique com a caneta dará início a uma ação de arrastar.

Para sair deste estado incorreto, clique em qualquer objeto de clique único no After Effects, tal como um menu de aplicativo.

Este problema foi corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.7).

 

Zoom com a roda do mouse move somente a primeira exibição em um painel Composição com várias exibições

 

No After Effects CC 2015 (13.6), ao colocar o ponteiro do mouse sobre um painel Composição com várias exibições e usar a roda do mouse para aumentar ou diminuir o zoom, somente a primeira exibição no painel Composição faz zoom.

Este problema pode ser solucionado clicando na ferramenta Zoom para aplicar o zoom, ou usando os atalhos de teclado para ampliar e diminuir o zoom:

  • Aumentar o zoom: . (ponto) no teclado principal, ou Command + = (sinal de igual) no Mac OS ou Control + = (sinal de igual) no Windows
  • Diminuir o zoom: , (vírgula), ou Command + – (hifen) no Mac OS ou Control + – (hífen) no Windows

Dica: mantenha pressionada a tecla Z para alternar temporariamente para a ferramenta Zoom; adicione Option (Mac OS) ou Alt (Windows) para modificar a ferramenta para diminuir o zoom.

Este problema foi corrigido na atualização do After Effects CC 2015 (13.7).

 

O áudio para e a taxa de quadros de visualização se torna lenta durante a interação quando as visualizações estiverem sendo reproduzidas

 

Determinadas ações podem fazer com que a taxa de quadros de visualização se torne lenta quando uma visualização estiver sendo reproduzida no After Effects CC 2015 (13.5). Isto, por sua vez, poderia causar a parada do áudio.

Duas causas deste problema foram corrigidas na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1): colocar marcadores ou mover o cursor do mouse sobre o painel Composição, Camada ou Gravação não causam mais a lentidão da taxa de quadros de visualização.

A causa remanescente mais significativa da lentidão da taxa de quadros durante visualizações é a de mover o cursor de mouse sobre os controles da IU, tal como controles da camada ou da propriedade de efeito.

Para os problemas remanescentes, a opção “Silenciar áudio quando a visualização não estiver em tempo real” agora está desativada por padrão na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1). Isto impedirá que o áudio pare, embora não afete os erros remanescentes que causam a lentidão da taxa de quadros de visualização.

Observe que, quando a opção “Silenciar áudio quando a visualização não estiver em tempo real” estiver desativada e a taxa de quadros da visualização cai abaixo do tempo real, o áudio será distorcido. Essa distorção é definida na concepção: no After Effects CC 2015 (13.5), o relógio de reprodução de áudio foi fixado para que o áudio sempre esteja sincronizado com o vídeo; para considerar os casos nos quais a visualização é mais lenta do que o tempo real, o áudio se torna mais lento reduzindo as amostras (distorção).

Os problemas nos quais o áudio para (não a distorção acima descrita) ocorrem devido a uma interação entre a opção “Silenciar áudio quando a visualização não estiver em tempo real” e os erros:

  • A opção “Silenciar áudio quando a visualização não estiver em tempo real” definida por concepção causa a parada da reprodução do áudio quando a taxa de quadros de uma visualização cai abaixo do tempo real. (Essa opção é nova no After Effects CC 2015 (13.5) e estava ativada por padrão, mas agora está desativada por padrão na atualização da correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1). Esta opção ainda pode ser ativada se desejar.)
  • Os erros que afetam a habilidade do After Effects de reproduzir consistentemente as visualizações na taxa de quadros em tempo real após os quadros serem armazenados em cache. Quando esse problema ocorre, a opção “Silenciar áudio quando a visualização não estiver em tempo real” faz com que o áudio pare de ser reproduzido.

Lembre-se de que é esperado que somente as visualizações dos quadros em cache sejam reproduzidas em tempo real. Se modificar uma composição durante uma visualização de forma que invalide os quadros em cache, o After Effects renderiza e armazena em cache os novos quadros, o que torna mais lenta a taxa de quadros da visualização. Após os novos quadros serem armazenados em cache, a taxa de quadros da visualização deveria estar novamente em tempo real.

É possível monitorar a taxa de quadros de uma visualização no painel Informações.

 

As composições de 60 fps ou superior não são visualizadas em tempo real

 

Se visualizar uma composição com uma taxa de quadros de 60 fps ou superior, o After Effects CC 2015 pode não ser capaz de reproduzir a composição na velocidade de tempo real em alguns computadores. Isso ocorre devido a uma alteração na maneira como o After Effects sincroniza a reprodução com a placa de vídeo.

Na atualização de correção de erros do After Effects CC 2015 (13.5.1), uma nova e experimental preferência de texto foi adicionada para desativar a sincronização vertical do OpenGL. Isso permite que o After Effects atualize os quadros para a placa de vídeo sempre que necessário, mas pode causar o recorte na imagem de visualização se o After Effects enviar os frames para serem exibidos mais rápido do que a placa de vídeo for capaz de processar.

Essa preferência está localizada somente no arquivo de preferências de texto e não na interface de usuário do After Effects. Para ativar essa preferência:

1. No After Effects, escolha After Effects CC > Preferências > Geral (Mac OS) ou Editar > Preferências > Geral (Windows) e, a seguir, clique no botão Mostrar preferências no Finder (Mac OS) ou Mostrar preferências no Explorer (Windows). A pasta preferências do After Effects/13.5 será exibida.

2. Saia do After Effects.

3. Abra o Adobe After Effects 13.5 Prefs.txt 1 em um editor de texto. Na seção [“GPU Display Transform”], altere o valor de “DisableSyncToVerticalRetrace” para 01.

4. Salve o arquivo e, a seguir, inicie o After Effects e faça um teste de visualização da composição.

IMPORTANTE: se você ativar essa preferência, informe-nos sobre ela no fórum de usuário dos usuários do After Effects. Precisamos entender melhor sob quais condições o After Effects não está sincronizando corretamente com a placa de vídeo. Inclua o sistema operacional usado, o modelo da placa de vídeo (e a versão do driver caso usar Windows) e a taxa de quadros de reprodução da sua composição antes e depois de ativar essa preferência.

 

A reprodução das visualizações em cache não está em tempo real no Mac OS X 10.11

 

Ao visualizar uma composição, camada ou gravação no After Effects no Mac OS X 10.11, a reprodução dos quadros em cache não está em tempo real.

Estamos trabalhando com a Apple sobre o problema principal que impede a reprodução em tempo real no Mac OS X v10.11 e temos uma boa compreensão do problema. A Apple fez uma alteração em uma API para itens de desenho na tela no Mac OS X v10.11 (EL Capitan). Essa alteração, em conjunto com algumas alterações de desenho do painel Linha de tempo feitas no After Effects CC 2015 (13.5), faz com que todo o painel Linha de tempo seja redesenhado sempre que apenas um subconjunto do painel Linha de tempo deve ser redesenhado (por exemplo, quando o indicador de tempo de visualização se move, todo o painel é redesenhado na tela ao invés de apenas a parte que foi alterada).

Estamos investigando este problema para a próxima atualização do After Effects.

É possível solucionar o problema ocultando o indicador de tempo de visualização (linha vermelha que se move através do painel Linha de tempo durante as visualizações) durante as visualizações, da seguinte forma:

  • feche o painel Linha de tempo
  • ative o painel Visualizar em tela cheia ou pressione o atalho de teclado do acento grave (‘) quando o mouse estiver sobre o painel Composição
  • reduza a altura ou a largura do painel Linha de tempo e/ou mude propriedades da camada para minimizar a quantidade do espaço de tela usada pelo painel Linha de tempo
  • aproxime o zoom no painel Linha de tempo e mova a exibição ampliada atual para cima ou para baixo da composição para evitar mostrar a parte da linha de tempo que estiver visualizando no momento (ocultando, assim, o indicador de tempo de visualização)

 

Modificar uma exibição da câmera com a ferramenta Câmera unificada é lento

 

O uso da ferramenta Câmera unificada (UCT) para modificar a exibição de uma camada da câmera ao mesmo tempo em que a câmera é usada para a exibição do painel Composição faz com que a exibição seja lentamente atualizada no modo de visualização Off (Qualidade final) ou que haja uma diminuição excessiva da amostragem no modo de visualização Resolução adaptativa.

Esse problema não ocorre com as ferramentas individuais da câmera: ferramenta Câmera orbital, ferramenta Rastrear câmera XY e ferramenta Rastrear câmera Z.

Estamos investigando este problema para uma futura atualização.

 

Não há áudio ao usar o esboço de movimento ou ao animar um pino de marionetes

 

Ao usar o esboço de movimento para animar a posição de uma camada ou animar um pino de marionetes mantendo pressionada a tecla Command (Mac OS) ou CTRL (Windows), o áudio não é reproduzido.

Estamos investigando esses problemas para uma futura atualização.

Para solucionar esses problemas, você pode abrir seu projeto no After Effects CC 2014 (13.2), usar o esboço de movimento ou animar um pino de marionetes nessa versão e, então, salvar o arquivo de projeto e abri-lo novamente no After Effects CC 2015 (13.5 ou 13.6).

 

Não é possível importar arquivos ARRIRAW (.ari) no Mac OS

 

Os arquivos ARRIRAW (.ari) estão esmaecidos e não podem ser selecionados na caixa de diálogo Importar no After Effects CC 2015 (13.6) no Mac OS.

Além disso, se abrir um projeto do After Effects que faça referência a arquivos ARRIRAW, os arquivos serão reportados como ausentes.

Esse problema é novo na atualização do After Effects CC 2015 (13.6) e ocorre apenas no Mac OS. No Windows, o After Effects CC 2015 (13.6) pode importar arquivos ARRIRAW conforme o esperado.

Se o seu fluxo de trabalho permitir, você pode solucionar esse problema transcodificando os arquivos ARRIRAW para um formato intermediário (tal como o codec do GoPro CineForm) que usa o Adobe Media Encoder, ou com o After Effects CC 2014 (13.2). Se desejar modificar as configurações de ARRIRAW no Adobe Media Encoder antes de transacodificar, clique com o botão direito no arquivo ARRIRAW no painel Fila e escolha Configurações de origem.

Estamos investigando este problema para uma futura atualização.

 

O licenciamento de uma imagem do Adobe Stock não substitui automaticamente a imagem de visualização com marca d'água

 

Ao importar uma imagem de visualização (com marca d'água) do Adobe Stock do painel Bibliotecas para o seu projeto e licenciar mais tarde tal imagem, a imagem de visualização não será substituída automaticamente pela imagem licenciada sem marca d’água.

Esse problema afeta somente as imagens estáticas; licenciar um vídeo do Adobe Stock substituirá automaticamente o vídeo de visualização (com marca d'água) conforme o esperado.

Para solucionar esse problema e substituir o uso de uma imagem de visualização em uma composição: adicione a imagem licenciada ao projeto, selecione a imagem de visualização na composição e, a seguir, mantenha pressiona a tecla Option (Mac OS) ou Alt (Windows) e arraste e solte a imagem licenciada do painel Projeto na camada da imagem de visualização no painel Linha de tempo.

Estamos investigando este problema para uma futura atualização.

 

O PSD é recortado após mudar as dimensões do documento no Photoshop

 

Ao editar um arquivo .PSD no Photoshop que é usado no projeto do After Effects, o After Effects CC 2015 (13.6) não reconhece as novas dimensões do documento se elas forem alteradas. Quaisquer alterações na imagem estarão visíveis no After Effects, mas a imagem será recortada ou colocada dentro das dimensões antigas.

Estamos investigando este problema para uma futura atualização.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online