Você está visualizando o conteúdo de ajuda da versão:

Use mecanismos padrão de upload ou sincronização para trazer recursos 3D e seus arquivos referenciados associados ao AEM Assets.

Consulte Upload de ativos.

A Adobe recomenda o upload de todos os arquivos referenciados antes ou junto com o upload do arquivo de modelo 3D principal. No entanto, isso não é um requisito.

Quando o upload é concluído, seus arquivos 3D são convertidos, e um processamento adicional é aplicado para preparar o ativo para visualização e renderização.

Práticas recomendadas para carregar ativos 3D

  • Geralmente, não há restrições sobre onde você faz o upload do conteúdo 3D na hierarquia de pastas do AEM Assets. No entanto, a resolução automatizada de dependências de arquivos do AEM 3D tem limitações de alcance para controlar o tempo necessário para pesquisar repositórios de ativos muito grandes. Portanto, a Adobe recomenda que, ao fazer o upload de ativos 3D e seus dependentes de arquivos, você o faça com uma proximidade razoável de cada arquivo (pasta avô comum). Depois que as dependências de arquivos forem resolvidas, você poderá mover livremente o ativo 3D e seus dependentes para qualquer lugar dentro do repositório, sem perder os relacionamentos estabelecidos.
  • A Adobe recomenda que você escolha uma estrutura de pastas consistente para o conteúdo 3D antes de fazer o upload. As dicas a seguir são algumas das abordagens sugeridas que você pode empregar:
    • Mantenha uma pasta separada para cada ativo 3D que você carregar.
      A pasta contém o arquivo de modelo 3D principal e todos os seus dependentes. Embora seja fácil implementar todos os ativos e dependentes em uma só pasta, é difícil procurar conteúdo. Isso também complica o compartilhamento de dependentes (mapas de textura) entre os modelos.
    • Mantenha os modelos em uma pasta e os dependentes em uma subpasta ou pasta irmão.
      Essa abordagem oferece suporte imediato para o compartilhamento de dependentes entre modelos. No entanto, pode se tornar difícil encontrar dependentes específicos quando o número de ativos é grande.
    • Hierarquias de pastas separadas e paralelas para modelos e dependentes.
      Você pode modelar essa abordagem para como os aplicativos de criação 3D, como o Autodesk Maya, preferem armazenar conteúdo.
  • Ativos dependentes não devem ser excluídos, a menos que o ativo 3D associado ou os ativos que os referenciavam também sejam removidos. No entanto, você pode excluir ativos 3D sem a necessidade de excluir seus ativos dependentes. Se uma dependência for perdida acidentalmente, você poderá resolver facilmente a dependência para restaurá-la.
    Consulte Resolução de dependências de arquivos.

Considerações de desempenho ao fazer o upload de arquivos 3D

Em geral, converter e processar arquivos 3D consome recursos significativos de CPU e memória em um servidor. Esse processo também exige uma quantidade substancial de tempo. Os tempos de processamento geralmente variam muito, dependendo do tamanho do modelo e das capacidades do servidor. Por exemplo, um típico modelo pequeno com menos de 100 mil faces geralmente está pronto para visualização em menos de um minuto e é totalmente processado em 2 a 3 minutos. Por outro lado, um modelo grande com mais de um milhão de faces pode levar dezenas de minutos para ser processado completamente.

Tarefas de conversão, processamento e renderização são enfileiradas conforme necessário para evitar a redução excessiva do servidor. A mensagem “Aguardando processamento...” às vezes é mostrada na Visualização de cartão no momento do upload de ativos. Esse status indica que outras tarefas de processamento ou renderização devem ser concluídas antes que o ativo atual seja processado.

Monitoramento do status de processamento dos seus arquivos 3D carregados

Somente na Visualização de cartão, o status e a progressão do processamento são exibidos como um banner de progresso no cartão do ativo. Cada modelo 3D enviado geralmente passa pelos seguintes 4 a 6 estágios de processamento ordenados:

Estágio de processamento
Processando nomes Descrição
1 Processamento Processamento inicial básico e extração de metadados.
2 Convertendo formato O modelo 3D está sendo convertido de um formato nativo (Autodesk® Maya® ou Autodesk® 3ds Max®) em um formato intermediário (FBX).
3 Criando visualização O arquivo FBX ou OBJ é assimilado e processado. Dependências de arquivos são avaliadas e resolvidas como referências de ativos, quando possível.
4 Criando mapas de iluminação Opcional. Permite aumentar a qualidade da visualização interativa e agilizar a renderização com o renderizador padrão.
5 Criando animação Opcional. Permite renderizar uma animação simples que é usada como uma miniatura visual na Visualização de cartão.
6 Aguardando processamento Mostra quando outros ativos 3D têm prioridade de processamento. Por exemplo, ativos que foram enviados anteriormente, mas ainda não concluíram o processamento.

Observação:

Você pode visualizar um ativo 3D na Visualização detalhada ou renderizá-lo após a conclusão do estágio Criando visualização. Você não precisa esperar que todas as etapas de processamento sejam concluídas.
         

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online