Analisar o arquivo request.log para os padrões de tráfego

As etapas abaixo ensinam como analisar o request.log.  Você começa gerando gráficos de tráfego e, em seguida, faz referência cruzada com o resultado da ferramenta request.log e rlog.jar.

Etapas

  1. Instale o perl e o gnuplot no seu computador

    • No sistema operacional Windows, instale o Cygwin.  Ao instalar o Cygwin, certifique-se de incluir perl e gnuplot durante a instalação na etapa "Selecionar Pacotes".
    • No Mac OS (X), instale o Brew.  Depois de instalar o Brew, abra o aplicativo Mac Terminal e execute o comando gnuplot para instalar o gnuplot.
  2. Faça o download desses dois arquivos para uma nova pasta no seu computador:  

  3. Execute este comando no caminho do seu request.log:

    perl graph-request-log.pl --title "Request Log Graph" --output output.png request.log | gnuplot

    O comando gera um arquivo chamado output.png semelhante a este:

    Para entender o gráfico acima, você deve entender o significado de mediana e percentil.

    Você pode ver no gráfico acima que os usuários não estão realmente usando o sistema até por volta das 7 da manhã.  O tráfego aumenta por volta das 9h.  Em seguida, o tráfego aumenta mais às 11h30 e vemos um pico no número de solicitações e uma desaceleração nos tempos de resposta (que pode ser vista nas marcações de tempo de resposta da mediana e do percentil 98).

    Para documentação mais detalhada sobre esta ferramenta gráfica, veja o Arquivo Leiame.

  4. Usando o gráfico, descobrimos quais horas do dia eram relevantes e, em seguida, pudemos cruzar a referência dessas horas nos arquivos de log (como request.log e error.log).  

    Uma maneira fácil de visualizar arquivos grandes é usando o comando "less" no shell (via Cygwin ou Linux Subsystem no Windows ou Terminal no Mac). Por exemplo, execute este comando "less request.log", pesquise digitando "/2016 11:3[0-9]:" e pressione enter para pesquisar o período de tempo 11:30 no arquivo.

  5. Você também pode fazer referência cruzada do gráfico com a resposta do aplicativo rlog.jar que vem com o AEM em opt/helpers.  Instruções podem ser encontradas no AEM docs.

 Adobe

Receba ajuda com mais rapidez e facilidade

Novo usuário?