Observação:

Você está visualizando a ajuda da Photoshop Lightroom Classic CC (anteriormente Lightroom CC).
Não é a sua versão? Exibir ajuda do novo Photoshop Lightroom CC.

Um catálogo é uma base de dados que armazena um registro de cada uma de suas fotos. O registro contém três informações importantes sobre cada foto:

  1. Uma referência à localização da foto em seu sistema
  2. Instruções de como você deseja processar a foto
  3. Metadados, como avaliações e palavras-chave aplicadas às fotos para ajudá-lo a localizar ou organizá-las
Ao importar fotos para o Lightroom Classic CC, você cria um link entre a foto e o registro da foto no catálogo. Em seguida, qualquer trabalho que você executa na foto — como adição de palavras-chave ou remoção de olhos vermelhos – é armazenado no registro de fotos no catálogo como metadados adicionais.
 
Quando estiver pronto para compartilhar a foto fora do Lightroom Classic CC — carregue-a no Facebook, imprima ou crie uma apresentação de slides, por exemplo. O Lightroom Classic CC aplica suas alterações de metadados, que são como instruções de revelação de foto, na cópia da foto para que todos possam visualizá-las.
 
O Lightroom Classic CC nunca altera as fotos reais capturadas por sua câmera. Dessa forma, a edição no Lightroom Classic CC é não destrutiva. Sempre é possível retornar à foto original não editada.

 

Tutorial em vídeo: O catálogo do Lightroom Classic CC

Tutorial em vídeo: O catálogo do Lightroom Classic CC
Adobe TV

O catálogo do Lightroom Classic CC em comparação com um navegador de arquivos

A forma de trabalho do Lightroom Classic CC é diferente da de um navegador de arquivo, como o Adobe Bridge. Navegadores de arquivo precisam de acesso direto, físico aos arquivos exibidos. Os arquivos devem estar realmente no disco rígido, ou o computador deve estar conectado a uma mídia de armazenamento que contém os arquivos a serem exibidos pelo Adobe Bridge. Como o Lightroom Classic CC usa um catálogo para manter o controle de fotos, você pode visualizar fotos no Lightroom Classic CC mesmo que estejam fisicamente no mesmo computador que o software.

O fluxo de trabalho do catálogo do Lightroom Classic CC fornece duas vantagens distintas aos fotógrafos:

  1. As fotos podem ser armazenadas em qualquer lugar
  2. Sua edições são não destrutivas

O Lightroom Classic CC oferece a flexibilidade de gerenciar, organizar e editar fotos, porque suas fotos podem estar em qualquer lugar – no mesmo computador com o aplicativo Lightroom Classic CC, em um disco rígido externo, ou talvez em uma unidade de rede. Como o catálogo armazena uma visualização de cada foto, é possível trabalhar com as fotos no Lightroom Classic CC e ver as alterações de edição enquanto você trabalha. O tempo todo, o Lightroom Classic CC não toca nos arquivos originais da foto.

Práticas recomendadas para trabalhar com catálogos do Lightroom Classic CC

É aconselhável abordar seu trabalho no Lightroom Classic CC com precaução. Você pode mover catálogos e fotos, colocar fotos em vários catálogos e combinar ou mesclar catálogos, mas isso pode gerar confusão. Além de isso, os links entre o catálogo e as fotos podem ser rompidos. Siga estas etapas para planejar a instalação do catálogo e minimizar a necessidade de mover fotos e catálogos entre computadores e unidades.

  1. Decida com antecedência onde deseja armazenar o catálogo do Lightroom Classic CC. Não é possível armazená-lo na rede. Você armazená-lo provavelmente em disco rígido do computador ou em um disco externo.  Após decidir onde salvar o catálogo, considere a pasta ou o caminho específico onde o colocará.
  2. Determine onde deseja manter suas fotos. Quanto espaço em disco existe em seu disco rígido? Ele será suficiente? Se estiver trabalhando em vários computadores, considere colocar o catálogo e as fotos em uma unidade externa que você possa conectar a qualquer sistema. Copie ou mova suas fotos para esse lugar antes de importar no Lightroom Classic CC.
  3. Finalmente, inicie o Lightroom Classic CC e importe as fotos para o catálogo adicionando-as no local.
Duas recomendações finais:
  • Embora você possa ter vários catálogos do Lightroom Classic CC, tente trabalhar com apenas um. Não há limite para o número de fotos que você pode ter em um catálogo, e o Lightroom Classic CC oferece diversas maneiras de classificar, filtrar ou organizar e localizar fotos em um catálogo. Por exemplo, você pode usar pastas, coleções, palavras-chave, rótulos e avaliações. Com um pouco de imaginação e prática, provavelmente é possível encontrar forma de organizar e gerenciar com êxito suas fotos em um catálogo.
  • Depois que você começar a trabalhar no Lightroom Classic CC, se for necessário mover ou renomear as fotos — suponhamos que o disco rígido esteja cheio e é necessário alternar para uma unidade externa — execute essas tarefas a partir do Lightroom Classic CC. Não use o Explorer (Windows) ou Finder (Mac OS) para mover fotos. Se você fizer isso, poderá encontrar o temível erro "fotos ausentes" e será necessário restabelecer todos os links.

 

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online