A Adobe usa tecnologias de aprendizagem de máquina, como a análise de conteúdo e o reconhecimento de padrões, para melhorar os produtos e serviços. Por exemplo, recursos como Preenchimento sensível ao conteúdo no Photoshop e reconhecimento facial no Lightroom podem ser refinados usando a aprendizagem de máquina.

Se preferir que a Adobe não analise os arquivos para melhorar os produtos e serviços, você pode desativar a aprendizagem de máquina a qualquer momento na página Gerenciamento de contas da Adobe.

O que é aprendizagem de máquina?

A aprendizagem de máquina é usada em muitos dos aplicativos e serviços com os quais você interage todos os dias. É apenas um termo para descrever como um computador analisa dados e, em seguida, faz previsões ou fornece sugestões, com base no que ele entende.

Como um exemplo geral de aprendizagem de máquina, um aplicativo de email pode mover automaticamente todas as mensagens de um remetente específico para sua pasta Spam. O computador analisa os dados incluídos nos emails e prevê, a partir dos padrões que descobre, a probabilidade de que as mensagens de um determinado remetente ou domínio sejam spam. Em seguida, ele executa uma ação com base nessa previsão e move as mensagens para fora da sua Caixa de entrada.

Quando você marca uma mensagem como “lixo eletrônico”, o computador pode aprender com isso e melhorar a sinalização automática do lixo eletrônico. Com o tempo, o computador pode considerar mais dados para melhorar cada vez mais a execução de uma tarefa específica. Esse processo de melhoria por meio da experiência é chamado de aprendizagem de máquina.

Quais são os benefícios da aprendizagem de máquina?

Com a aprendizagem de máquina, os programas e dispositivos que você usa fornecem um serviço mais personalizado ao longo do tempo. Quanto mais você usa o software de reconhecimento de voz, por exemplo, melhor o software reconhece sua voz e melhor ele funciona.

Na Adobe, podemos usar a aprendizagem de máquina para ajudá-lo a ser mais eficiente e criativo. Por exemplo, podemos usar a aprendizagem de máquina para ajudar você a organizar e editar imagens. Com o reconhecimento de objeto no Lightroom, podemos marcar automaticamente todas as fotos do seu cachorro. No Photoshop, a aprendizagem de máquina pode nos ajudar a identificar imagens que podem estar muito escuras e ajustar automaticamente o brilho para você.

Também podemos usar a aprendizagem de máquina para fazer sugestões sensíveis ao conteúdo. Por exemplo, se você estiver trabalhando em um modelo de IU, o Photoshop poderá sugerir automaticamente ícones de botão do banco de imagens. Esse tipo de sugestão sensível ao conteúdo pode se tornar mais relevante para o trabalho quando o Photoshop reconhece seus dados, em vez de dados genéricos disponíveis na Internet.

Quais dados você analisa e como os utiliza?

O computador pode analisar o conteúdo quando você envia, recebe ou armazena arquivos usando nossos serviços na nuvem. Não acessamos os arquivos armazenados localmente no seu computador. Usamos dados de seus arquivos, logs de atividades e comentários diretos feitos por você para treinar e melhorar os algoritmos.

Por exemplo, podemos usar o reconhecimento de padrões em suas fotografias para identificar todas as imagens de cães e marcá-las automaticamente para você. Se você selecionar uma dessas fotografias e indicar que ela não inclui um cachorro, usaremos essa informação para melhorar a identificação de imagens de cães.

Usamos as informações que obtemos de todos os usuários da Adobe para melhorar os produtos e serviços para todos. Por exemplo, se você editar fotos de praia para que pareçam saturadas e vibrantes e outro usuário editar fotos de casamento para ter um foco e uma luz suaves, nossos programas poderão entender essas diferenças. Mais tarde, quando um terceiro usuário editar uma foto de praia ou de casamento, poderemos dar a ele sugestões de estilo apropriadas, com base no que aprendemos com você e com outros usuários.

Você pode encontrar uma visão geral sobre como a Adobe pode usar as informações associadas a você no Centro de privacidade da Adobe.

Como é feito o acesso ao meu conteúdo para aprendizagem de máquina?

O computador pode analisar o conteúdo quando você envia, recebe ou armazena arquivos usando nossos serviços na nuvem. Não acessamos os arquivos armazenados localmente no seu computador. 

Como minha privacidade é protegida?

A Adobe leva a privacidade a sério. As informações obtidas por meio da aprendizagem de máquina não podem ser usadas para recriar conteúdo ou qualquer informação pessoal.

Você pode encontrar uma visão geral sobre como a Adobe pode usar as informações associadas a você no Centro de privacidade da Adobe.

Posso desativar a aprendizagem de máquina?

Se preferir que a Adobe não analise seus arquivos para tomar medidas e fazer sugestões, você poderá desativar a aprendizagem de máquina a qualquer momento.

  1. Acesse sua conta da Adobe online e faça logon com sua Adobe ID e senha.

    Observação:

    Sua Adobe ID é o endereço de email que você usou quando comprou uma associação, um aplicativo ou um serviço da Adobe.

  2. Na barra de navegação na parte superior, clique na guia Perfil.

  3. No painel à esquerda, clique em Privacidade.

  4. Na seção Aprendizagem de máquina, desmarque a caixa de seleção ao lado de Sim, permitir que meu conteúdo seja analisado pela Adobe usando técnicas de aprendizagem de máquina.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online