Lista atual de novos recursos

 

Para obter uma lista dos novos recursos atuais, consulte Novidades desta versão.

Novos recursos da versão 2017.2 (16 de fevereiro)

Dynamic Shared Content APIs

Com o novo fluxo de trabalho de conteúdo compartilhado dinâmico, você pode atualizar os recursos de conteúdo compartilhado sem precisar atualizar o conteúdo individual referente a esses recursos compartilhados. Atualizar o conteúdo compartilhado funciona nos fluxos de trabalho de publicação e comprovação.

Antes dessa versão, para usar a entidade sharedContent você precisava atualizar o conteúdo compartilhado e os artigos vinculados ao conteúdo. Os usuários do aplicativo precisavam tocar na caixa “Atualizar” para obter as atualizações. Com essa versão, você pode usar a nova entidade dynamicSharedContent para enviar conteúdo compartilhado. Quando você atualiza o conteúdo compartilhado dinâmico e o publica, as alterações são feitas automaticamente em todos os artigos de referência.

Os novos recursos de conteúdo compartilhado não afetam os fluxos de trabalho de conteúdo compartilhado existentes. Se quiser aproveitar melhor o conteúdo compartilhado dinâmico, você deve alterar seu conteúdo compartilhado existente para ativar o novo fluxo de trabalho dinâmico. Os fluxos de trabalho sharedContent e dynamicSharedContent são compatíveis.

Use a On-Demand Services API para compartilhar conteúdo em vários artigos HTML e banners.

Aplicativos Android somente para tablet ou somente para telefone

Quando você cria um aplicativo para Android, é possível limitar os dispositivos compatíveis a telefones ou tablets. De acordo com as diretrizes do Android, um telefone é um dispositivo em tamanho pequeno ou normal. Um tablet é um dispositivo com um tamanho de tela grande ou extragrande e largura mínima de 600 dp.

Aplicativos para iOS, compatibilidade com iOS 9 e posterior

Os aplicativos para iOS criados nesta versão são compatíveis com o iOS 9 e posterior, e não são compatíveis com o iOS 8.

Se você escolher atualizar seu aplicativo, observe o seguinte:

  • Os telefones e tablets compatíveis com iOS 9 são, no mínimo, o iPhone 4s e o iPad 2, respectivamente.
  • Os requisitos mínimos de sistema para dispositivos com iOS 8 e iOS 9 são os mesmos.
  • Usuários que executam o iOS 8 continuarão a ter acesso ao conteúdo nos aplicativos instalados.
  • Usuários antigos ou já existentes poderão instalar a versão mais recente compatível com iOS 8 na App Store se o aplicativo ainda não estiver instalado em seus dispositivos com iOS 8.
  • Usuários novos em dispositivos com iOS 8 não podem instalar o aplicativo nesse dispositivo se não fizerem a atualização para o iOS 9 ou posterior.

Conformidade com HTTPS nos aplicativos para iOS

A Apple revelou a data para exigir que os aplicativos tenham conformidade com os requisitos de ATS. Na seção Aplicativos do portal sob demanda, a opção Permitir conteúdo de HTTP foi renomeada para Permitir apenas conexões HTTPS. Por padrão, os aplicativos que você cria permitem conteúdo HTTP. Se você selecionar Permitir apenas conexões HTTPS para cumprir com os futuros requisitos de ATS da Apple, crie uma versão de desenvolvimento do seu aplicativo e teste-a minuciosamente. Verifique se os hiperlinks, banners dinâmicos e recursos de logon estão funcionando corretamente. Além disso, para garantir que os dados de análise sejam reportados corretamente, acesse o Adobe Mobile Services Dashboard e defina as configurações do aplicativo para usar HTTPS. Para obter detalhes, consulte Criar aplicativos iOS para o AEM Mobile.

Correções de erros e aprimoramentos

Esta versão do visualizador do iOS inclui melhorias importantes na estabilidade do aplicativo para artigos que usam sobreposições de memória intensivas. Além disso, essa versão do visualizador do iOS inclui melhorias na estabilidade e na confiabilidade para baixar conteúdo. Para ver uma lista de correções de erros e aprimoramentos adicionais, consulte Notas de versão de correção de erros.

 

Novos recursos da versão 2017.1 (10 de janeiro)

Personalização do aplicativo

Os recursos de personalização do aplicativo nesta versão incluem a capacidade de ativar ou desativar a barra de navegação e o menu do aplicativo nos aplicativos para iOS e para Android. Você pode personalizar a barra de navegação para deixá-la sempre visível ou sempre oculta.

Personalizar configurações da barra de navegação

Com o comportamento padrão, tocar no artigo exibe momentaneamente a barra de navegação e oculta o conteúdo na parte superior do artigo. Quando você deixa a barra de navegação sempre visível, ela não oculta mais o conteúdo do artigo. Os artigos HTML são exibidos com a largura total abaixo da barra de navegação. Os artigos de layout fixo são dimensionados e reduzidos proporcionalmente.

 

Neste exemplo, o menu do aplicativo está desativado e a barra de navegação é definida como sempre visível. O artigo de layout fixo é dimensionado e reduzido abaixo da barra de navegação.

Novo menu Ir para links de navegação

Em um artigo ou banner dinâmico, você pode criar hiperlinks que acionam os recursos disponíveis anteriormente apenas na barra de navegação e no menu do aplicativo. Esses recursos de Ir para são úteis se você desativar o menu do aplicativo ou a barra de navegação. Os seguintes formatos Ir para agora estão disponíveis:

  • Link para compartilhamento em redes sociais – goto://ApplicationViewState/share
  • Link de busca – goto://ApplicationViewState/search
  • Link das configurações do Android – goto://ApplicationViewState/settings

Além disso, as cq.mobile.application.isAppSearchEnabled e cq.mobile.application.isSocialSharingEnabled APIs estão disponíveis para detectar se o aplicativo está habilitado para a Busca ou o Compartilhamento em redes sociais. Consulte Plug-ins do Cordova específicos para AEM Mobile.

Observação:

No momento, uma opção de Ir para da opção Conta no menu do aplicativo não está disponível. No entanto, a exibição da caixa de logon está disponível por meio de APIs. Se quiser criar um banner dinâmico que permita ao usuário fazer logon ou logoff, consulte o código de exemplo em Criar banners e banners dinâmicos: Banners dinâmicos.

 

Pesquisa por direito

O conteúdo restrito agora ficará oculto dos resultados da pesquisa, a menos que o usuário esteja conectado e tenha acesso ao conteúdo restrito. Os artigos de uma coleção que esteja definida como “Autorizada” ou “Gratuita” ainda serão exibidos nos resultados da pesquisa. Os artigos gratuitos sempre são exibidos nos resultados da pesquisa. Em coleções definidas como Restrita, os artigos protegidos ou medidos (pagos) ficarão ocultos dos resultados da pesquisa.

Fazer logon pode fazer com que o conteúdo restrito fique disponível nos resultados da pesquisa.

Correções de erros e aprimoramentos

Banners dinâmicos no Visualizador da Web para desktop agora são compatíveis com chamadas getEntity. Para ver uma lista de correções de erros e aprimoramentos adicionais, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2016.14 (6 de dezembro)

Personalização do aplicativo

A capacidade de alterar cores e fontes na interface do aplicativo é o primeiro de vários recursos futuros para a personalização do aplicativo. No portal de serviços sob demanda, você pode especificar diferentes cores e fontes para várias exibições que aparecem no aplicativo, incluindo a barra de navegação e o menu do aplicativo e as telas de logon e de acesso pago. Você também pode optar por mostrar ou ocultar a opção “Conta”, usada para fazer logon, que aparece na parte inferior do menu do aplicativo.

O aplicativo AEM Preflight não exibe as configurações de personalização do aplicativo. Crie ou recrie um aplicativo personalizado para ver as alterações de personalização do aplicativo.

 

Notificações por push do Android pelo portal

As notificações por push do Android agora estão disponíveis por meio de serviços sob demanda. Você pode enviar notificações por push do Android usando a seção Notificações do portal de serviços sob demanda ou usando APIs. No momento, apenas notificações por texto são compatíveis, e notificações em segundo plano ainda não são compatíveis.

Como um recurso separado, também é possível enviar notificações por push usando o Mobile Marketing Dashboard.

Para enviar notificações por texto do Android, é necessário usar o Google Play Developer Console para configurar seu aplicativo para funcionar com o Google Cloud Messaging. Em seguida, você especifica as informações obtidas neste processo no portal ao configurar notificações por push e criar o aplicativo para Android.

Novo processo de assinatura de aplicativos

A Adobe alterou seu processo de assinatura de aplicativos para manter-se em conformidade com as diretrizes da Apple e usar a versão mais recente do Xcode. A seção Aplicativos do portal sob demanda do AEM inclui uma nova atualização para a Ferramenta de assinatura do AEM Mobile. Depois de atualizar a Ferramenta de assinatura do AEM Mobile, poderá selecionar o certificado do conjunto de chaves do seu computador, em vez de especificar o arquivo .p12 e a senha do certificado.

Para usar esse novo método de assinatura, a versão mais recente do Xcode deve estar instalada no computador e o certificado deve estar disponível no conjunto de chaves do computador. (Clique duas vezes em um arquivo .p12 de certificado e especifique a senha para adicioná-lo à ferramenta Keychain Access.)

Conformidade com ATS do iOS

A partir de 1º de janeiro de 2017, a Apple exigirá que todos os aplicativos conectem-se aos servidores de modo seguro. (Observação: a Apple adiou este requisito.) Os aplicativos do AEM Mobile que se conectam ao conteúdo por meio de hiperlinks, chamadas de direito ou outros links de URL devem usar apenas domínios HTTPS para terem conformidade. Se você precisa usar domínios HTTP em vez de HTTPS, não selecione a opção “Permitir apenas conexões HTTPS” (anteriormente denominada “Permitir conteúdo de HTTP”) ao criar seu aplicativo para iOS. Se essa opção estiver selecionada, o conteúdo HTTP não será carregado no seu aplicativo. Quando a Apple requisitar conexões seguras, talvez você precise justificar seu uso de domínios HTTP para a Apple durante o processo de envio do aplicativo.

Suporte personalizado de autenticação para o provedor de identidade do Gigya

A autenticação personalizada agora dá suporte ao Gigya como um provedor de identidade que permite que os clientes façam logon usando métodos tradicionais e por meio de várias redes sociais, como Facebook, Google e LinkedIn.

 

Melhorias na interface atualizada do portal

O portal de serviços sob demanda foi atualizado com base no feedback dos usuários. Por exemplo, o botão “Substituir conteúdo” está disponível novamente, e a interface do mapa de conteúdo foi aprimorada. Os aprimoramentos também incluem maior consistência em cores, ícones e mensagens. As alterações também incluem correções de erros, como remover as oscilações ao alternar entre serviços.

Correções de erros e aprimoramentos

Todas as plataformas de aplicativo agora incluem uma página “Reconhecimentos” gerada automaticamente. Se você abrir as configurações do aplicativo e selecionar Reconhecimentos, uma lista de licenças será exibida.

Para ver uma lista de correções de erros e aprimoramentos adicionais, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2016.13 (1º de novembro)

Banners dinâmicos

Com banners dinâmicos, você pode exibir conteúdo HTML em cartões nas páginas de navegação. Os banners dinâmicos podem exibir cotações de ações, apresentações de slides do tipo carrossel, feeds de redes sociais e muito mais. Com os plug-ins do Cordova, você aproveita recursos específicos do AEM Mobile, como permitir que os usuários toquem em um slide em um banner de apresentação de slides para navegar para um artigo ou exibir o prompt de logon de direito.

 

Esta página de navegação inclui banners dinâmicos para indicadores de ações, panoramas, logon por direito e feeds de redes sociais.

Interface atualizada do portal

O portal dos serviços sob demanda da Adobe foi atualizado para ficar consistente com outros sites de serviços da Adobe. Os mesmos recursos e serviços ainda estão disponíveis na interface revisada. Por exemplo, o painel de navegação esquerdo pode ser recolhido e expandido, uma barra de ferramentas aparece quando os itens são selecionados e a lista de links de navegação estrutural é substituída por um único link para os serviços do AEM Mobile.

Observe que com esta atualização, o portal sob demanda não é mais compatível com os navegadores Internet Explorer e Edge. Em vez disso, use o Chrome, o Firefox ou o Safari.

Suporte inicial para notificações por push do Android

As notificações por push do Android, que estavam disponíveis anteriormente apenas por meio dos serviços da Marketing Cloud, agora estão disponíveis por meio dos serviços sob demanda. No momento, o envio de notificações por push do Android está disponível apenas por meio de APIs. A opção para enviar notificações por push do Android no portal sob demanda estará disponível em breve.

Novos recursos da versão 2016.12 (4 de outubro)

Notificações por push no iOS e Android via Marketing Cloud

Use a Adobe Mobile Marketing Cloud (Adobe Analytics: aplicativos móveis) para enviar mensagens de push a usuários de aplicativos iOS e Android. As mensagens de push aparecem fora do aplicativo, tornando-se úteis para reaproximar usuários passivos ou transmitir informações específicas de tempo e local. As mensagens de push baseadas na Marketing Cloud usam o GCM (Google Cloud Messaging) para aplicativos Android e o APNS (Serviço de notificação por push da Apple) para aplicativos iOS. Você pode direcionar mensagens de push a usuários especificando segmentos do Analytics ou segmentos personalizados.

A capacidade de enviar mensagens de push da Marketing Cloud é complementar ao recurso Notificações, que permite usar o portal de serviços sob demanda para enviar notificações em segundo plano e notificações por texto a usuários de aplicativos iOS.

Para obter mais informações sobre como enviar mensagens de push, consulte Enviar mensagens de push usando a Marketing Cloud.

 

Para ter uma visão geral da integração da Marketing Cloud com o AEM Mobile, consulte Integração da Marketing Cloud.

Aprimoramentos do modelo de layout e da interface do portal

Tanto esta quanto as versões anteriores incluem os seguintes aprimoramentos no portal de serviços sob demanda:

  • A opção Comprovação agora está disponível ao editar modelos de layout, permitindo que você visualize com mais facilidade suas alterações durante a edição de modelos de layout.
  • Quando você edita um modelo de layout, é possível escolher entre usar a coleção importada anteriormente ou selecionar outra coleção.
  • Uma nova opção de visualização do layout permite que você mostre ou oculte a interface do aplicativo (barra de navegação superior).
  • As configurações de projeto agora incluem um ícone de lixeira que permite excluir a imagem de marca.
  • Na seção Fontes no portal, há uma opção disponível para copiar a lista de fontes disponíveis em seu projeto. Você pode colar este fragmento de código nos artigos HTML para fazer referência às fontes enviadas.

Aprimoramentos do desempenho de aplicativos iOS

Os artigos HTML em aplicativos iOS carregam mais rápido, aprimorando a experiência do usuário.

Suporte de aplicativos Android para o Android 7.0 (Nougat)

Os aplicativos Android criados com a versão 2016.12 oferecem suporte ao sistema operacional Android 7.0 (Nougat). Os aplicativos do AEM Mobile oferecerão suporte ao modo de tela dividida, incluindo o rápido redimensionamento de vídeos nesse modo.

 

Aprimoramentos do visualizador da Web para desktop

O visualizador da Web para desktop agora oferece suporte ao formato de link navto://relative/parent e melhora o desempenho do armazenamento de direitos em cache. Esses recursos já são compatíveis com outras plataformas.

Novos recursos da versão 2016.11 (7 de setembro)

Ocultar projetos

Com o novo recurso Ocultar projeto, você pode evitar desorganizações no portal sob demanda ocultando os projetos não utilizados. Um administrador principal ou um usuário com a permissão “Gerenciar projetos e usuários” pode ocultar um projeto. Quando um administrador de projeto oculta um projeto, ele não aparece mais como padrão na interface do portal para os usuários que têm acesso àquele projeto.

Os usuários podem usar um botão para exibir ou ocultar projetos marcados como ocultos. Quando são exibidos, os projetos ocultos são esmaecidos. Todos os recursos, como publicação e direito, ficam disponíveis em um projeto oculto.

Aprimoramentos do visualizador da Web para desktop

O visualizador da Web para desktop agora é compatível com APIs de extensibilidade anteriormente disponíveis nos visualizadores do iOS e do Android. Esses recursos de API incluem a capacidade de obter o número da página em um local específico de um artigo, obter informações sobre direitos e sobre o conteúdo de uma coleção.

 

Aprimoramentos do visualizador do Android

Os aplicativos Android agora são compatíveis com links navto com porcentagens para navegar em artigos com rolagem suavizada. Por exemplo, o link navto://articlename50% saltaria até a metade de um artigo. Agora, esse recurso é compatível com todas as plataformas.

 

Atualizações de API de criação

As APIs de criação agora incluem suporte aprimorado para enviar notificações por push e detectar projetos ocultos. As APIs de criação fornecem um fluxo de trabalho automatizado para criar e editar projetos e conteúdo do Experience Manager Mobile.

Correções de erros e aprimoramentos

Esta versão inclui uma correção importante para visualizadores do Android nos quais os layouts para telefone apareciam em tablets Android. Além disso, um complemento atualizado do Acrobat para exportar artigos do AEM Mobile inclui várias correções de erros.

Novos recursos da versão 2016.10 (9 de agosto)

API de número da página do artigo no plug-in de contexto do AEM Mobile

Os plug-ins do Cordova para o Experience Manager Mobile foram aprimorados para incluir a capacidade de obter o número da página do artigo usando getContentLocation.  

Aprimoramentos do visualizador do Windows

Os visualizadores do Windows agora incluem dois dos recursos anteriormente disponíveis apenas nos visualizadores do iOS e do Android. A exibição em largura total de conteúdos PDF agora está ativada, bem como banners compatíveis com navto:// e mailto:.

Novos recursos da versão 2016.9 (20 de julho)

Suporte para plug-ins personalizados do Cordova

Com a possibilidade de adicionar plug-ins do Cordova personalizados a um aplicativo do AEM Mobile, você pode estender os recursos de aplicativos do AEM Mobile com funcionalidades personalizadas no nível do dispositivo. Agora, você pode criar conteúdo que aproveita os vários plug-ins disponíveis na comunidade Cordova/PhoneGap, ou pode criar seus próprios plug-ins personalizados. Por exemplo, você pode ativar a digitalização móvel de códigos de barras, acessar geofences e aproveitar bancos de dados móveis em seus aplicativos. Você ainda pode aproveitar os principais plug-ins do Cordova, como Localização geográfica, Câmera e Contatos, que foram disponibilizados em uma versão anterior.

O fluxo de trabalho para criar aplicativos que usam plug-ins personalizados do Cordova é diferente do método padrão de criar aplicativos. Você usa a AEM Mobile Developer Tool atualizada para especificar quais plug-ins do Cordova você pretende usar. Para aplicativos do iOS, você usa a ferramenta para desenvolvedores para modificar o arquivo .ipa baixado. Para aplicativos do Android, você usa a ferramenta para desenvolvedores para criar um arquivo .apk, o qual você envia usando a nova guia Interface personalizada do aplicativo que aparece ao criar ou editar um aplicativo do Android.

No momento, os plug-ins personalizados estão restritos ao nível do artigo. É necessário abrir um artigo para que o aplicativo do AEM Mobile use o plug-in.

 

 

Usando plug-ins personalizados do Cordova para ativar a digitalização de código de barras

Aprimoramentos da Autenticação personalizada

O recurso Autenticação personalizada agora oferece suporte para provedores de identidade genéricos, incluindo um setAuthToken API. Você pode aproveitar a autenticação personalizada sem ter de usar SAML ou OAuth. Os provedores de identidade genéricos permitem dois casos de uso alternativos de autenticação, incluindo:

  • Fornecer uma interface personalizada como um formulário em HTML em vez de usar o prompt padrão de nome do usuário e senha.
  • Criar uma experiência de logon em um artigo em vez de seguir o processo de autenticação padrão.

Esses aprimoramentos permitem expandir seus recursos de autenticação, como incluir vários métodos de autenticação no mesmo aplicativo.

Criando uma experiência personalizada de logon

Aprimoramentos na pesquisa

A pesquisa saiu do Beta e agora é um recurso desenvolvido do AEM Mobile. A pesquisa no aplicativo tem suporte a idiomas e está disponível em todas as plataformas: iOS, Android, Windows e Visualizador da Web para desktop.

 

Pesquisando artigos de determinado autor

AEM Mobile Developer Tool atualizada

Esta versão inclui uma atualização para a AEM Mobile Developer Tool para iOS e Android. Com essa ferramenta para desenvolvedores atualizada, você pode criar e testar aplicativos que incluem plug-ins personalizados do Cordova. Consulte Usar plug-ins do Cordova no AEM Mobile: usar a AEM Mobile Developer Tool.

Novos recursos da versão 2016.8 (23 de junho)

Banners mais versáteis

Banners agora são muito mais flexíveis. Além de compatíveis com links URL, banners agora são compatíveis com links navto:// para coleções ou artigos, permitindo que você vincule ao mesmo artigo ou coleção vários cartões em uma página de navegação. Você pode usar o formato mailto: para enviar emails e pode usar os formatos sms: e tel: para enviar mensagens de texto ou fazer chamadas telefônicas. Você também pode fazer com que banners pulem para a página inicial ou sejam usados como um botão de retorno.

Novas APIs compatíveis com Cordova

Novas APIs no nível de dispositivo estão disponíveis para facilitar o uso de um artigo em vez de uma página de navegação para exibir o conteúdo do aplicativo. A API getEntity aprimorada permite que você obtenha informações para artigos, coleções ou banners no seu aplicativo. Para qualquer entidade da coleção, há uma nova API getChildren que retorna informações para artigos, coleções ou banners em uma coleção. Por exemplo, você pode criar um artigo que usa as APIs para gerar uma exibição em árvore de toda a hierarquia da entidade publicada, com hiperlinks para artigos ou coleções aos quais o usuário está autorizado.

Você pode verificar o status de direito de coleções e também pode usar as APIs getThumbnailImage e getBackgroundImage para exibir informações buscadas.

Suporte a idiomas para pesquisa

Agora você pode especificar qual idioma é usado para indexar os metadados do artigo para pesquisas no aplicativo, fornecendo maior controle das capacidades de pesquisa nos seus aplicativos. Você pode especificar um idioma de pesquisa padrão para artigos nas configurações de projeto e pode substituir essa configuração por qualquer artigo nas propriedades do artigo.

Um artigo aparecerá nos resultados de pesquisa somente se a configuração de idioma corresponder à configuração de idioma do dispositivo. Artigos classificados como espanhol, por exemplo, não serão exibidos nos resultados de pesquisa se o idioma do dispositivo for francês.

A pesquisa ainda é considerada Beta no momento.

 

Rotação do dispositivo (iOS)

Quando você cria um aplicativo iOS, você pode defini-lo somente como retrato, somente como paisagem ou ambos. Se você especificar a opção “Ambos” ao criar seu aplicativo, páginas de navegação, artigos HTML e artigos PDF com rolagem suave preenchem a tela em ambas as orientações. Artigos com layout fixo baseados no InDesign ou em PDF são exibidos em formato letterbox para se ajustar à tela quando o usuário gira o dispositivo em sentido diferente da orientação destino do artigo.

O aplicativo AEM Preflight ainda não foi atualizado para permitir a exibição de dupla orientação. Crie um aplicativo de comprovação personalizado para testar a orientação dupla.

Sobreposições dentro do conteúdo do InDesign geralmente se comportam como esperado após a rotação, mas há problemas conhecidos:

  • Vídeos incorporados são interrompidos e reiniciados ao mudar a orientação.
  • O atraso da reprodução automática de áudio e de sequências de imagens é reiniciado ao mudar a orientação.

Distribuição de conteúdo na China

O AEM Mobile permite que você forneça conteúdo a leitores na República Popular da China depois de ter assinado o documento “China Addendum” referente à ordem de serviço do Experience Manager Mobile. Quando a Adobe processa o documento China Addendum, a opção “Ativar Distribuição na China” aparece nas configurações do projeto da conta.

Agora, a opção de compartilhamento em redes sociais WeChat, que é popular na China, é compatível.

Consulte Distribuir conteúdo na China.

 

Links externos em artigos HTML

Um novo formato está disponível para criar links em artigos HTML que saem do aplicativo e abrem o navegador do dispositivo. Use o formato goto://DeviceBrowser?url= em artigos HTML para links que devem abrir um navegador ou aplicativo externo.

Exemplo: <a href="goto://DeviceBrowser?url=http://www.adobe.com">Site da Adobe</a>

Embora haja uma configuração no painel Overlays do InDesign que ofereça controle sobre a exibição de hiperlinks no navegador do aplicativo ou no navegador externo, anteriormente, não havia opções para que links em artigos HTML saíssem do aplicativo e abrissem o navegador, a menos que ele usasse um formato já permitido, como sms:, mailto: ou itms:.

O formato goto não é compatível com banners.

Consulte Hiperlinks.

Aprimoramentos do visualizador do Android

  • O recurso Conteúdo persistente de nível superior lançado para o iOS no começo de junho, agora está disponível em visualizadores do Android. Qualquer artigo que for adicionado à coleção de nível superior não será mais removido do cache quando o limite de cache for atingido. Dessa forma, os usuários sempre poderão ver qualquer artigo na coleção de nível superior, mesmo se estiverem offline.
  • Se os plug-ins do Cordova estiverem ativados em um aplicativo Android, qualquer instrução “Aceitar” necessária é exibida somente ao navegar para um artigo que usa esse plug-in, não na primeira execução do aplicativo.

Serviço de direito do código exemplo

Configurando o direito no seu aplicativo, você permite aos usuários fazer logon para terem direito ao conteúdo adicional. A Adobe forneceu o código exemplo para serviços de direito básicos. As instruções para editar este código de exemplo e fazer upload dele no servidor estão em Configurar um serviço de direito.

Novos recursos da versão 2016.7 (1º de junho)

Fazer upload de arquivos PDF como artigos

Você pode criar artigos do AEM Mobile a partir de arquivos PDF fazendo upload dos arquivos PDF diretamente quando editar artigos ou usando o complemento do Acrobat para exportar arquivos PDF ao projeto que você especificar.

Em qualquer dos métodos, você pode especificar se o PDF é paginado ou exibido por rolagem suave, e pode permitir a rolagem horizontal nos artigos baseados em PDF paginados. Há suporte para links de páginas dentro do artigo e hiperlinks externos. Outros elementos interativos, como vídeos, não são compatíveis.

Método 1 – Fazer upload de arquivos PDF diretamente

No portal sob demanda, você pode fazer upload de arquivos .pdf em vez de arquivos .article.

Fazer upload de um arquivo PDF

Método 2 – Exportar arquivos de artigo do Acrobat

O complemento AEM Mobile PDF Export para Acrobat facilita a conversão de conteúdo do PDF para exibição em aplicativos móveis. Esse complemento agora está publicamente disponível e não está mais no pré-lançamento. Depois de instalar esse complemento no Acrobat, você pode usar o Acrobat para fazer upload de artigos baseados em PDF ao projeto que você especificar. O Acrobat pode carregar PDFs do sistema de arquivos local de um computador, da Document Cloud, da Creative Cloud, do Dropbox e do Microsoft SharePoint. Você pode fazer upload de arquivos PDF individuais para um projeto, ou pode fazer uma conversão em massa.

 

Exportar um arquivo PDF do Acrobat

Autenticação personalizada

Com a autenticação personalizada, você tem maior controle sobre o processo de autenticação e pode personalizar a experiência de logon em aplicativos do AEM Mobile. A experiência de logon da autenticação personalizada aparece no aplicativo como uma exibição da Web de tela inteira que você projeta.

Esta versão inicial oferece suporte aos seguintes formatos:

  • SAML 2.0, incluindo suporte para MFA/OKTA
  • OAuth 2.0, incluindo suporte para logons de compartilhamento em redes sociais como Facebook ou Gmail

Por exemplo, você pode permitir que seus representantes de vendas façam logon no aplicativo usando seu email e senha juntamente com a verificação de OKTA (SAML 2.0). Ou, você pode permitir que os clientes façam logon no aplicativo usando suas contas do Gmail ou Facebook (OAuth 2.0). O aplicativo obtém tokens de autorização desses provedores de identidade, os quais você pode usar em seu serviço de direito para conceder aos usuários acesso ao conteúdo.

Observe que um serviço de direito que usa Direct Entitlement APIs v2 ainda assim será necessário para autorizar o conteúdo para os usuários.

Os provedores de identidade são configurados nas Configurações principais e aplicados a um projeto nas Configurações de projeto.

 

Fazer logon com Facebook

APIs de autenticação

Use APIs de autenticação para ativar logon de direito de qualquer exibição da Web no seu aplicativo. Com essas APIs, você tem maior flexibilidade para acionar o prompt de logon em qualquer exibição da Web no aplicativo.

As APIs de autenticação dão suporte ao recurso de Autenticação personalizada, oferecendo mais flexibilidade ao vincular sua autenticação personalizada a um serviço de direito v2.

Consulte Usar plug-ins do Cordova específicos para o AEM Mobile.

 

Usar fontes do aplicativo no AEM Mobile

Com a capacidade de fazer referência a fontes do aplicativo em artigos HTML, não é mais necessário fazer upload das fontes separadamente para cada artigo. Ao fazer referência às fontes que são enviadas ao aplicativo, você aprimora a velocidade de download e o desempenho do artigo.

Consulte Criar artigos HTML: fazer upload de fontes compartilhadas em artigos HTML.

Pesquisa (Beta) no Visualizador da Web para desktop

A opção de pesquisa agora está disponível no Visualizador da Web para desktop, permitindo que os usuários tenham acesso rápido ao seu conteúdo. A pesquisa no aplicativo agora tem suporte em todas as plataformas: iOS, Android, Windows e no Visualizador da Web para desktop.

Pesquisa no Visualizador da Web para desktop

Novos recursos da versão 2016.6 (10 de maio)

 

AEM Mobile Developer Tool

A AEM Mobile Developer Tool é um utilitário de linha de comando que ajuda a ativar um fluxo de trabalho consistente para o desenvolvedor testar os recursos de extensibilidade do Cordova. A ferramenta pode ser instalada no desktop local do desenvolvedor. Ela oferece os seguintes recursos:

  • Criar projetos – cria uma estrutura de pastas de projeto do AEM Mobile pronta para o desenvolvimento local.
  • Criar conteúdo – cria um modelo de conteúdo do AEM Mobile capaz de usar as APIs do Cordova e de tempo de execução disponíveis.
  • Executar no simulador – execute, instale e inicie a compilação do simulador que exibirá o conteúdo local do ambiente local.
  • Ajuda – exibe a ajuda dos comandos de linha de comando.

 

Para obter detalhes, consulte Usar plug-ins do Cordova no AEM Mobile.

Suporte do Windows às Cordova APIs

A primeira fase da inclusão de extensibilidade pelo Apache Cordova agora está disponível para aplicativos do Windows. Agora, com a adição do Windows, é possível aproveitar um conjunto de APIs para estender o conteúdo de seus aplicativos e envolver ainda mais os usuários por meio da funcionalidade no nível do dispositivo, nas três principais plataformas de dispositivos.

Quando criar um aplicativo do Windows, use a guia Plug-ins para especificar quais plug-ins principais do Cordova serão ativados.

Conteúdo persistente de nível superior

Qualquer artigo que for adicionado à coleção de nível superior não será mais removido do cache quando o limite de cache for atingido. Dessa forma, os usuários sempre poderão ver qualquer artigo na coleção de nível superior, mesmo se estiverem offline. Por enquanto, apenas visualizadores do iOS são compatíveis com este recurso, mas ele deve estar disponível em breve nos aplicativos do Windows e do Android.

Consulte Gerenciar coleções.

 

Painel Overlays atualizado no InDesign CC 2015

O painel Overlays no InDesign CC 2015 foi reformulado. O novo painel exibe os tipos de sobreposições na seção superior do painel e as configurações da sobreposição selecionada na seção inferior. Essas alterações afetam apenas a aparência do painel; a funcionalidade das sobreposições interativas continua a mesma. O painel atualizado ficará disponível assim que você atualizar o InDesign CC 2015. 

Otimização da imagem da página de navegação

As páginas de navegação carregarão a versão mais otimizada das imagens usadas no cartão, melhorando o tempo de carregamento das páginas de navegação. Essas otimizações ocorrem em segundo plano.

Melhorias na On-Demand Services API

As On-Demand Services APIs agora permitem que você busque informações adicionais como tamanho do artigo e status da publicação de um trabalho. Consulte Integrar sistemas de terceiros ao AEM Mobile.

Aprimoramentos do visualizador da Web para desktop

O visualizador da Web para desktop inclui melhorias na navegação e interface com base em feedbacks dos usuários. Por exemplo, o banner do logotipo agora é menor e permanece no lugar quando o conteúdo é rolado. Além disso, o efeito de foco dos botões próximo/anterior na parte inferior do visualizador da Web ocorre apenas quando a seta do mouse estiver sobre os botões.

Novos recursos da versão 2016.5 (19 de abril)

Compartilhamento em redes sociais em aplicativos Android

Quando você ativa o compartilhamento em redes sociais em um projeto, os clientes podem compartilhar o conteúdo com outros clientes de aplicativos iOS ou Android. Quando um cliente compartilha um artigo de um aplicativo, é exibido um link para o artigo na página de destino de compartilhamento na rede social ou o link pode enviar os usuários diretamente para o URL especificado nas configurações do artigo.

Para obter detalhes, consulte Habilitar compartilhamento em redes sociais.

Aprimoramentos de extensibilidade

  • Use APIs baseadas em aplicativos para acessar informações específicas relacionadas ao aplicativo e fornecer mais informações de autenticação. O visualizador da Web para desktop agora oferece suporte a metadados de entidade de conteúdo, dados do aplicativo, APIs getAuthToken e isAuthenticated.
  • Na seção Conteúdo das configurações do projeto, você pode alterar o padrão para que a opção “Ativar recursos de extensibilidade” seja selecionada em todos os novos artigos. Dessa maneira, se você deseja permitir a extensibilidade em todo o seu conteúdo, não será mais necessário selecionar essa opção para novos artigos.

Aprimoramentos de análise

  • Os aplicativos iOS e Android agora coletam análise para pesquisas no aplicativo, permitindo a visibilidade em consultas e padrões de pesquisa.
  • O visualizador da Web para desktop agora controla os elementos subscriberId e subscriberType na análise.

Consulte Guia de relatórios de análise.

Opção para usar WebKit em conteúdo HTML no iOS 9

Ao criar um aplicativo iOS, você pode ativar o plug-in WKWebView para renderizar arquivos HTML da mesma maneira que eles são renderizados no Mobile Safari. Essa opção usa o WKWebView (WebKit) em vez do UIWebView para artigos HTML e sobreposições da Web em dispositivos iOS 9. Um aplicativo em execução em dispositivos iOS 8 ainda renderizará conteúdo usando o UIWebView. Essa opção está disponível na parte inferior da guia “Plug-ins” ao criar um aplicativo iOS.

Observe que o WKWebView otimiza a execução de JavaScript, mas pode exibir um comportamento diferente do UIWebView. Por exemplo, os arquivos de vídeo e de áudio incorporados não serão carregados em WKWebView.

Para testar o conteúdo HTML e determinar se deseja ativar essa opção no aplicativo, escolha a opção WKWebView no menu Configurações no aplicativo AEM Preflight, quando a atualização se tornar disponível, e visualize o conteúdo HTML.

Consulte Criar aplicativos iOS para AEM Mobile.

Feedback do tamanho do artigo

Quando você faz upload de um arquivo de artigo, o tamanho do artigo é exibido em verde, amarelo ou vermelho, dependendo do tamanho do arquivo. Para os artigos marcados em amarelo ou vermelho, você pode exibir uma estimativa de quanto tempo levará o download do artigo e ver qual conteúdo pode ser aprimorado com a otimização.

Para exibir diferentes métodos para otimizar o conteúdo no seu aplicativo, consulte Otimizar conteúdo usado em aplicativos do AEM Mobile.

Aprimoramentos na pesquisa no aplicativo (Beta)

  • Todos os campos de metadados não internos agora são incluídos nos resultados da pesquisa, inclusive o Título curto e o Resumo curto.
  • O conteúdo excluído não aparece mais nos resultados da pesquisa em aplicativos de comprovação.
  • A transição da exibição dos resultados de pesquisa é mais suave.
  • Aplicativos iOS e Android coletam análise para pesquisas no aplicativo.
  • Os usuários agora podem compartilhar um artigo quando exibido nos resultados da pesquisa.

Consulte Criar projetos: pesquisar (Beta).

 

Outros novos recursos

Esta versão inclui várias correções de erros e aprimoramentos de desempenho, incluindo aprimoramento de desempenho do portal sob demanda quando várias solicitações de publicação estão em andamento. 

Para saber sobre correções de erros desta versão, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2016.4 (29 de março)

Cordova API para o AEM Mobile

A primeira fase da inclusão de extensibilidade por meio do Apache Cordova em aplicativos iOS e Android agora está disponível. Com essa versão, você pode aproveitar um conjunto de APIs para estender o conteúdo de seus aplicativos e envolver os usuários ainda mais por meio da funcionalidade no nível do dispositivo. Essas APIs JavaScript são as mesmas em todas as plataformas de dispositivos e são criadas com padrões da Web, dessa forma, seu conteúdo funciona nas plataformas de dispositivos suportadas.

Esta versão consiste em dois tipos de recursos de plug-ins: principais plug-ins do Cordova e App Runtime APIs.

  • Principais Cordova APIs Os plug-ins suportados incluem: câmera, localização geográfica, contatos, calendário, armazenamento de arquivos, captura de mídia e muito mais. Use esses plug-ins do Cordova para aproveitar os principais recursos do dispositivo móvel, como a determinação da loja mais próxima ao local do usuário e a permissão para que os usuários adicionem informações de contato na lista Contatos de seus dispositivos.
  • App Runtime APIs Use essas APIs baseadas no aplicativo para acessar informações específicas relacionadas ao aplicativo e seu conteúdo com base em um artigo. Por exemplo, você pode obter informações de metadados para um artigo ou uma coleção, determinar se o dispositivo é um telefone ou tablet e verificar se o usuário está autorizado para uma coleção. Essas APIs do aplicativo oferecem a oportunidade de estender a integração com a Adobe Marketing Cloud e sistemas de terceiros fundamentais aos negócios.

 

Ao criar seu aplicativo, especifique quais plug-ins do Cordova você deseja ativar no aplicativo.

As App Runtime APIs estão disponíveis em qualquer aplicativo criado com o AEM Mobile 2016.4 ou posterior. Não é necessário ativá-las ao criar o aplicativo.

Para qualquer artigo que use as principais Cordova APIs ou as App Runtime APIs, você deve selecionar “Ativar recursos de extensibilidade” nas propriedades do artigo.

Para obter detalhes, consulte Usar Cordova APIs e Usar App Runtime APIs.

Recursos do portal sob demanda

Suporte de correspondência parcial para filtragem de conteúdo no Portal

Ao exibir uma lista de artigos ou coleções no portal sob demanda, agora você pode filtrar conteúdo pesquisando palavras parciais. Por exemplo, se você filtrar o conteúdo do título do artigo com base no “produto”, poderá exibir apenas títulos de artigos com o nome “Principais produtos”, “Detalhes do produto” e “Produtos de valor”. As palavras-chave devem incluir pelo menos os primeiros quatro caracteres de qualquer palavra no título (ou no departamento) para resultar em uma correspondência.

 

Para obter detalhes, consulte Gerenciar artigos: classificar e filtrar artigos.

Exibir tamanho de artigos com upload concluído

Quando você faz upload de um artigo ou exibe a guia Arquivo de conteúdo nas propriedades do artigo, é possível ver o tamanho do arquivo do artigo.

Aprimoramentos de direito

Os serviços de direito para seus aplicativos agora são definidos e configurados nas configurações principais e nas configurações de projeto.

Nas configurações principais, um administrador mestre cria serviços de direito para serem usados em projetos. Em cada projeto, o serviço de direito apropriado pode ser selecionado para cada projeto. Essa configuração substitui a configuração anterior de “ID do integrador”. Se o direito já tiver sido ativado em um projeto antes desta versão, o serviço de direito será automaticamente configurado com base nas configurações anteriores e estará disponível no menu suspenso.

Para obter detalhes, consulte Configurar direitos.

Aprimoramentos de tempo de execução

Pesquisa no aplicativo (Beta) em aplicativos Android

A pesquisa no aplicativo agora é suportada em aplicativos iOS, Android e Windows, permitindo aos usuários o acesso rápido ao conteúdo no aplicativo. Consulte Criar projetos: pesquisar.

Aprimoramentos de análise

A análise agora é compatível com o monitoramento do Tipo e da ID do assinante para dispositivos iOS e Android. Consulte Guia de relatórios de análise.

O visualizador da Web para desktop agora está em produção

O visualizador da Web para desktop não é mais considerado Beta. Consulte Configurar o visualizador da Web para desktop.

Links profundos em aplicativos Android

Os recursos de links profundos anteriormente disponíveis apenas em aplicativos iOS agora estão disponíveis em aplicativos Android. Por exemplo, você pode criar um link fora do aplicativo que leve para um artigo específico. Consulte Hiperlinks: criar links profundos fora do aplicativo.

Integração de compartilhamento em redes sociais e do visualizador da Web para desktop

Se o compartilhamento em redes sociais e o visualizador da Web estiverem ativados, os links para os artigos compartilhados poderão abrir o visualizador da Web para desktop em navegadores de desktop e laptop. Consulte Habilitar compartilhamento em redes sociais.

 

Clicar em um link de compartilhamento abrirá o artigo no visualizador da Web para desktop.

Outros novos recursos

AEM Mobile PDF Export para Acrobat agora disponível no pré-lançamento geral

Com o AEM Mobile PDF Export para Acrobat, um complemento do Acrobat DC, você pode converter instantaneamente qualquer PDF em um artigo. Você pode aderir ao programa de pré-lançamento desse plug-in fazendo logon no site de pré-lançamento.

Correções de erros e aprimoramento do desempenho do tempo de execução

Para saber sobre correções de erros desta versão, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2016.3 (8 de março)

Os Modelos de layout estão oficialmente disponíveis (não são mais Beta)

Nesta versão, a seção Modelos de layout do Portal está oficialmente disponível. A nova ferramenta de modelos de layout fornece um editor WYSIWYG fácil de usar para editar cartões e layouts e as seções originais Cartões e Layouts do Portal foram removidas. Nos projetos, os layouts e cartões criados com o método anterior foram convertidos automaticamente em modelos de layout, com todas as configurações e estados de publicação mantidos. Não é necessário fazer nenhuma alteração.

Para editar layouts e cartões, use a seção Modelos de layout do Portal.

 

Use Modelos de layout para definir cartões e layouts.

Mapa de conteúdo

Com a interface intuitiva do Mapa de conteúdo, você pode arrastar e soltar artigos e coleções para adicionar, excluir e reordenar o conteúdo. Gerencie o deslize de nível superior e forneça uma representação visual clara da estrutura do seu aplicativo para telefone, tablet e visualizador da Web.

Arraste e solte conteúdo da seção inferior para adicioná-lo à estrutura.

Todos os itens na linha superior são de “nível superior” e são exibidos no menu do aplicativo. O primeiro item na linha superior é o que os usuários veem quando iniciam o aplicativo.

Você pode adicionar, mover e reordenar itens.

  • Para mover ou reordenar um item, arraste-o para a seção superior. Arraste um item entre outros itens para adicioná-lo ou movê-lo. Arraste o item até uma coleção para adicioná-lo a ela.
  • Clique no ícone + abaixo de uma coleção para expandi-la; clique com a tecla Shift pressionada no ícone + para expandir a coleção sem recolher as outras.
  • Para remover um item, passe o mouse sobre ele e clique no X no canto superior direito.

Para obter detalhes, consulte Gerenciar coleções: usar o Mapa de conteúdo.

Outros novos recursos

  • Os aplicativos Android agora são compatíveis com mensagens no aplicativo pela Marketing Cloud. O recurso Mensagens no aplicativo combinam mensagens personalizadas com acionamentos para entregar mensagens quando condições específicas são atendidas para os aplicativos iOS e Android. Para usar as mensagens no aplicativo com o AEM Mobile, uma licença do Adobe Mobile Analytics é necessária. Consulte Analytics: mensagens no aplicativo.
  • O visualizador da Web para desktop agora é compatível com as sobreposições de panorama e zoom. Todas as sobreposições baseadas no InDesign agora têm suporte no visualizador da web. Consulte Configurar o visualizador da Web para desktop.
  • A pesquisa no aplicativo (Beta) agora é suportada em aplicativos do Windows, bem como no iOS (a pesquisa deve estar disponível em aplicativos Android na próxima versão). Consulte Criar projetos: pesquisar.

Correções de erros

Para saber sobre correções de erros desta versão, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2016.2 (22 de fevereiro de 2016)

A Digital Publishing Solution (DPS 2015) agora é parte do Adobe Experience Manager Mobile

Em 22 de fevereiro de 2016, anunciamos um novo produto chamado Adobe Experience Manager Mobile. Como parte da Adobe Marketing Cloud, esse novo produto combina a funcionalidade de aplicativos da Adobe Digital Publishing Solution (DPS) e do Adobe Experience Manager, além de fornecer recursos totalmente novos, em uma única oferta móvel abrangente para empresas. Saiba mais sobre o que o Experience Manager Mobile tem a oferecer nesta publicação do blog.

O que isso significa para os clientes atuais do DPS?

O DPS agora faz parte do Experience Manager Mobile, portanto, você continuará tendo acesso ininterrupto a todos os recursos do DPS que já usa. A principal alteração que você notará é que a marca e os URLs do DPS serão alterados em vários locais:

  • Os URLs do produto foram alterados. Por exemplo, https://publish.adobe.com agora é https://aemmobile.adobe.com. Os URLs anteriores são redirecionados automaticamente.
  • O aplicativo DPS Preflight agora se chama AEM Preflight.
  • Quando você atualiza o InDesign, a opção de exportação é alterada de “Artigo DPS” para “Artigo Adobe Experience Manager Mobile”.

Melhore a descoberta de conteúdo ativando a pesquisa no aplicativo em seu aplicativo. Ative a pesquisa no aplicativo nas configurações de projeto para indexar metadados do artigo.

 

Se você ativar a pesquisa no aplicativo em seu aplicativo, uma opção Pesquisar aparecerá no menu do aplicativo. Assim, os usuários podem executar pesquisas com base em metadados, como localizar artigos por um autor específico ou localizar todos os artigos que contenham um nome de empresa. Se a string de pesquisa coincidir com metadados do artigo, o artigo será exibido na lista de resultados.

Neste exemplo, uma pesquisa por “Simon” resultou em quatro artigos de um autor chamado Simon.

Para esta versão, a pesquisa no aplicativo é considerada Beta. Observe as seguintes questões:

  • Uma vez que você ativar a indexação de pesquisa, não poderá desativá-la. Os metadados de conteúdo nesse projeto sempre serão indexados quando você criar artigos. Entretanto, é possível desativar as funções de pesquisa no aplicativo do produto ou no aplicativo de comprovação.
  • No momento, a pesquisa é somente em inglês.
  • A pesquisa funciona em aplicativos iOS e Android, mas ainda não em aplicativos do Windows.
  • A pesquisa não é limitada por conteúdo restrito nesse momento. Os resultados da pesquisa podem conter artigos restritos, mesmo que o usuário não tenha direito de acessá-los.
  • A pesquisa não distingue conteúdo exclusivo para telefone ou tablet no momento. Os resultados da pesquisa podem incluir conteúdo do iPad, mesmo que a solicitação venha de um iPhone.
  • No momento, a exibição de cartões nos resultados da pesquisa não é editável.
  • A pesquisa no aplicativo ainda não oferece suporte à pesquisa de conteúdo de artigos HTML.
  • O aplicativo do AEM Mobile Preflight para iOS ainda não tem a pesquisa ativada. No entanto, uma versão atualizada foi enviada à Apple. Quando aprovado, o aplicativo do AEM Mobile Preflight incluirá funções de pesquisa.

Para obter detalhes, consulte Criar projetos: pesquisar.

Novas opções de mapeamento de cartão

Adicionamos duas novas regras de mapeamento de cartão que permitem maior automação de design.

Primeiro, você pode usar a opção “Regra ativa” para aplicar um cartão apenas ao número de itens especificado que corresponde aos critérios. Por exemplo, você pode criar uma regra de mapeamento que aplica um cartão largo somente ao primeiro item na coleção.

Em segundo lugar, você pode usar a opção “Mapear elementos” para aplicar um cartão a cada enésimo cartão que corresponder aos critérios. Por exemplo, se quiser criar cartões com alternância, você não precisa especificar metadados diferentes e verificar se os artigos estão na ordem certa. Em vez disso, basta criar um cartão que aplique a regra a cada dois cartões.

Upload de fontes em massa

Em vez de adicionar uma fonte de cada vez, agora você pode arrastar e soltar várias fontes em uma janela.

Anúncio: cartões/layouts serão convertidos em modelos de layout

Com a próxima versão em março, a seção Modelos de layout do portal não será mais considerada Beta. As seções Cartões e Layouts originais do portal serão removidas. Layouts e cartões criados com o método antigo serão convertidos em modelos de layout automaticamente. Você não precisa fazer nenhuma alteração. Se você quiser editar seus layouts e cartões após a próxima versão, use a seção Modelos de layout do Portal.

Melhorias no visualizador da Web para desktop (Beta)

O visualizador da Web para desktop agora é compatível com os seguintes recursos:

  • URL de domínio personalizado. Você pode especificar um URL de domínio personalizado para hospedar o visualizador da Web para desktop em seu próprio site, em vez de usar o local do servidor padrão da Adobe.
  • Suporte de sobreposição adicional. As sobreposições de áudio e de sequência de imagens agora possuem suporte no visualizador da Web para desktop.
  • Analytics opt-in. A opção “Mostrar caixa de diálogo Analytics Opt-in” agora está disponível quando você configura o visualizador da Web para desktop. Se ativada, os usuários veem uma caixa de diálogo de aceitação antes da exibição do conteúdo.

O visualizador da Web para desktop ainda está em versão Beta.

Para obter detalhes, consulte Configurar o visualizador da Web para desktop.

 

Desempenho e experiência de comportamento do visualizador

  • Os aplicativos iOS e Android incluem desempenho e comportamento melhorados ao carregarem páginas de navegação e artigos.
  • Nos aplicativos Android, os acessos pagos a artigos protegidos e medidos se referem ao logon, e não à compra, se a compra no aplicativo não estiver disponível no aplicativo. Essa alteração foi feita em aplicativos iOS na versão anterior.

Novos recursos da versão 2016.1 (26 de janeiro de 2016)

Execuções de layout

As execuções de layout oferecem flexibilidade de design, permitindo que você defina aparências diferentes para a mesma coleção em tablets, telefones e no visualizador da Web para desktop. Com esse novo recurso, é possível fornecer o mesmo conteúdo para todas as plataformas e dispositivos compatíveis e manter o controle do design. Quando cria um modelo de layout, você pode definir diferentes configurações de layout e cartão para tablets, telefones e Web. As configurações de execução para cada dispositivo de destino determinam a aparência da página de navegação, dependendo do dispositivo.

As execuções de layout são especialmente úteis para projetos com 1 coleção de nível superior, mas também podem ser eficazes para projetos com 2 coleções de nível superior em que você usa qualquer uma das mesmas coleções para telefones e tablets.

No exemplo a seguir, os cartões nesse modelo de layout têm aparências diferentes em tablets e telefones.

 

A execução do tablet tem um layout de 3 colunas enquanto a execução do telefone tem um layout de 1 coluna.

Quando você cria um modelo de layout, somente a execução de tablet é criada inicialmente. Esta é a execução padrão que se aplica a tablets, telefones e Web, a menos que um novo layout de telefone ou Web seja adicionado. Quando você adiciona um layout (também chamado de “execução”) para o telefone ou Web, a execução nova incorpora as configurações da execução padrão do tablet. Daí em diante, todas as alterações feitas nas configurações de cartão ou layout se aplicam somente a essa execução. (As regras de mapeamento do cartão se aplicam a todas as execuções.)

Para obter detalhes, consulte Criar cartões e layouts: execuções de layout.

Melhorias no visualizador da Web para desktop (Beta)

O visualizador da Web para desktop agora é compatível com os seguintes recursos:

  • URL de domínio personalizado. Você pode especificar um URL de domínio personalizado para hospedar o visualizador da Web para desktop em seu próprio site, em vez de usar o local do servidor padrão da Adobe.
  • Suporte a navto em coleções. Links que saltam de artigos para coleções agora são compatíveis com o visualizador da Web para desktop.
  • Execuções de layout. Se você deseja que as páginas de navegação no visualizador da Web tenham uma aparência diferente do que em tablets, pode criar uma execução de layout especificamente para a Web.

O visualizador da Web para desktop ainda está em versão Beta.

Para obter detalhes, consulte Configurar o visualizador da Web para desktop.

 

Desempenho e experiência de comportamento do visualizador

  • Aplicativos iOS incluem alterações e correções de estabilidade com base na análise de registros de falha.
  • Nos visualizadores iOS, os acessos pagos para artigos protegidos e medidos referem-se ao logon em vez de à compra se a compra no aplicativo não está disponível no aplicativo.
  • Os aplicativos Android agora são compatíveis com notificações de download para downloads de coleção.

Novos recursos da versão 2015.8 (18 de dezembro de 2015)

 

 

Coleções restritas

Com coleções restritas, você pode criar aplicativos do DPS que exibem apenas as coleções às quais os usuários são autorizados. Depois que os usuários fazem logon, podem ver conteúdo anteriormente oculto. Esse recurso permite que você defina uma experiência de conteúdo que seja exclusiva e significativa para diferentes tipos de usuários. Por exemplo, um aplicativo DPS distribuído para sua organização de vendas poderia mostrar conteúdo de produto diferente e expor apresentações dependendo da região de vendas ou da unidade de negócios de um usuário.

Para habilitar coleções restritas, configure o direito direto no seu projeto e altere o tipo de produto para “Restrito” para produtos associados com a coleção que deseja ocultar.

Editar produto DPS Learn
Alterar o tipo de produto para Restrito.

Coleções restritas ocultas
As coleções restritas serão ocultadas até que o usuário faça logon.

Para obter detalhes, consulte o artigo de ajuda Configurar coleções restritas ou assista ao vídeo Use Restricted Collections (Usar coleções restritas).

Visualizador da Web para desktop (Beta público)

Além de visar plataformas iOS, Android e Windows, agora você pode exibir o conteúdo do aplicativo DPS 2015 em um visualizador da Web para desktop. O visualizador da Web permite que todos em sua empresa acessem o conteúdo do DPS, mesmo usuários sem dispositivos móveis. O visualizador executa o aplicativo DPS completo em um navegador da Web para desktop, incluindo página de navegação, artigos de layout fixo ou baseados em HTML e opções de direito.

A equipe do visualizador da Web ainda está solucionando erros com conteúdo interativo de layout fixo, por isso, o visualizador da Web é identificado atualmente como Beta público.

Visualizador da Web para desktop

Use a seção Apps do portal para especificar as opções do visualizador da Web para desktop. Clique no link URL para exibir o conteúdo publicado no visualizador. Você pode tornar o visualizador disponível aos clientes usando qualquer método, como por email ou por um link em sua página da Web.

 

Seção Aplicativos do DPS
Use a seção Aplicativos para criar o visualizador da Web e clique no link URL.

Para obter detalhes sobre o visualizador, consulte Configurar o visualizador da Web para desktop.

Versão Mac do DPS Converter para Acrobat (pré-lançamento)

O Adobe DPS Converter para Acrobat é um complemento ao Adobe Acrobat DC que está disponível em computadores Mac OS e Windows. Use o plug-in do Converter para gerar facilmente artigos do DPS de documentos PDF criados com qualquer produto, incluindo Microsoft Office, Photoshop, Illustrator e AutoCAD.

O Adobe DPS Converter para Acrobat permite reaproveitar todos os seus documentos corporativos no DPS, até mesmo preservando hiperlinks. Agora os usuários empresariais que não conhecem o InDesign ou HTML podem criar conteúdo para o DPS com apenas alguns cliques. Uma vantagem adicional dos recursos de edição do Acrobat abre novas possibilidades para soluções de fluxo de trabalho de edição quando você não tem os documentos originais.

Versão Mac do DPS Converter para Acrobat

Para obter informações sobre como participar do pré-lançamento, consulte Available in Prerelease: Adobe DPS Converter for Acrobat (Disponível no pré-lançamento: Adobe DPS Converter para Acrobat).

Limite para o número de itens em uma coleção

Para otimizar o desempenho, um novo limite de 450 itens (artigos, banners e coleções) por coleção já está em vigor.

Novos recursos da versão 2015.7 (24 de novembro de 2015)

Nova ferramenta de criação de páginas de navegação

Uma nova interface para criar cartões e layouts está disponível. Por enquanto, você pode usar o novo método Modelos de layout ou o método existente de guias Cartões/Layouts para criar páginas de navegação. Em breve, apenas o método Modelos de layout estará disponível.

 

Ferramenta de criação de páginas

Com a ferramenta de criação de páginas de navegação, você pode usar a mesma interface para criar layouts e produzir e mapear cartões ao conteúdo. Durante o processo de criação, é possível especificar uma coleção existente para vê-la enquanto ajusta as configurações da página de navegação. Altere o tamanho do dispositivo de destino, ative e desative uma grade e clique em uma área de cartão para editar as configurações de texto ou de imagem da área. Você pode até mesmo reordenar os itens na coleção que importou.

 

Propriedades do layout
Você pode ver o conteúdo real ao definir as propriedades do cartão e do layout.

Você pode importar os layouts criados para editá-los com a ferramenta de criação de páginas de navegação. Ao editar a coleção, você pode especificar qualquer tipo de layout.

Modelos de layout
Quando atribui um layout a uma coleção, você pode especificar um layout ou um modelo de layout.

Para obter detalhes, consulte Criar cartões e layouts.

 

Upload de fontes aprimorado

Fazer upload de fontes para uso em cartões ficou muito mais fácil. O painel Conteúdo e layouts agora inclui uma seção Fontes. Basta arrastar os arquivos de fontes na seção Adicionar fontes e selecionar essas fontes em uma lista suspensa ao editar os cartões.

Carregando fontes
Primeiro, faça upload das fontes . . .

Adicionando fonte
. . . e escolha em uma lista suspensa ao criar cartões.

Para cada fonte usada, recomendamos que você adicione a fonte de dispositivo (OpenType ou TrueType) e a fonte da Web (WOFF). Fontes de dispositivo são usadas nas páginas de navegação dos telefones e dos tablets. Fontes da Web são usadas no visualizador da Web para desktop (atualmente em Beta limitado), nos aplicativos do Windows (se não for possível incorporar o .otf ou o .ttf) e na visualização de fontes em cartões ao usar a nova ferramenta de layout de páginas de navegação.

Observe que sempre que você adiciona uma nova fonte, terá de recriar o aplicativo para tornar a nova fonte disponível.

Melhorias nos links em aplicativos

Navegação às coleções agora é compatível com todas as plataformas

Use navto://collection/[nomedacoleção] para ir de um artigo para uma coleção.

navto://collection/nomedacoleção?openTo=browsePage 

navto://collection/nomedacoleção?openTo=contentView

Vincular às coleções era compatível apenas com aplicativos iOS e Windows.

Botões Pai e Voltar agora são compatíveis com todas as plataformas

Use navto://relative/parent para ir até a exibição principal do artigo atual. Na maioria dos casos, o botão navto://relative/parent funciona da mesma maneira que o botão Voltar. Se o botão pai aparecer em um artigo de destino que esteja na mesma coleção que o artigo de origem, tocar no botão pai levaria até a página de navegação da coleção, ao passo que tocar no botão Voltar retornaria ao artigo de origem.

O formato goto://FolioNavigation/lastview tem o mesmo comportamento que o botão Voltar na barra de navegação.

Esses formatos eram compatíveis apenas com aplicativos iOS.

Navegação contextual aos artigos

Use navto://collection/[nomedacoleção]/article/[nomedoartigo] para ir para um artigo no contexto de uma coleção diferente. Fazer isso permite que os usuários deslizem horizontalmente para ver outros arquivos naquela coleção.

Por exemplo: navto://collection/coffee_equipment/article/deossie_blenders

Neste exemplo, o link leva a um artigo em outra coleção e permite que os usuários deslizem para ver artigos diferentes na coleção de equipamento de café.

Esse formato é compatível com todas as plataformas.

 

Para obter detalhes, consulte Hiperlinks.

Novos recursos adicionais

Deslizar para baixo para atualizar a página de navegação agora disponível no Android

Em vez de navegar para uma exibição diferente e retornar para verificar atualizações de conteúdo, agora é possível deslizar o dedo para baixo na página de navegação para atualizá-la. O prompt de atualização é exibido se uma atualização estiver disponível.   

Arrastar e soltar vários arquivos ao criar aplicativos

Quando você cria um aplicativo, agora pode arrastar e soltar vários arquivos de imagem na seção Ativos. Os tamanhos de imagem adequados são selecionados automaticamente para cada opção.

Para criar ativos para ícones e telas de apresentação, use o gerador de ativos do DPS: Criar ícones de aplicativos e imagens de inicialização.

Arrastar e soltar vários arquivos

Os aplicativos do iOS exigem o iOS 8.1 ou posterior

O iOS 8.1 agora é o SO mínimo exigido para os aplicativos do iOS, em vez do iOS 8.0.

Novos recursos da versão 2015.6 (27 de outubro)

Edição em massa de metadados

No portal, agora é possível selecionar vários itens e editar seus metadados. Por exemplo, você pode selecionar vários artigos e especificar uma palavra-chave que se aplique a todos os artigos selecionados ou pode selecionar várias coleções e aplicar a mesma ID de produto.

Navegar para as coleções (iOS e Windows)

Use navto://collection/[nomedacoleção] para ir de um artigo para uma coleção.

Exemplo: navto://collection/coffee_equipment

Para substituir a configuração Comportamento padrão de abertura, especifique o seguinte:

navto://collection/nomedacoleção?openTo=browsePage 
navto://collection/nomedacoleção?openTo=contentView

Outras melhorias na navegação (somente iOS)

Use navto://relative/parent para ir até a exibição principal do artigo atual. Na maioria dos casos, o botão navto://relative/parent funciona da mesma maneira que o botão Voltar. Se o botão pai aparecer em um artigo de destino que esteja na mesma coleção que o artigo de origem, tocar no botão pai levaria até a coleção, ao passo que tocar no botão Voltar retornaria ao artigo de origem.

O formato goto://FolioNavigation/lastview tem o mesmo comportamento que o botão Voltar na barra de navegação.

Para obter detalhes, consulte Hiperlinks.

O menu do aplicativo agora está disponível para todos os níveis de aplicativos

 

Os usuários agora podem acessar o menu do aplicativo de qualquer página de navegação ou barra de navegação do artigo em um iPad ou iPhone. O lado esquerdo da barra de navegação inclui um botão Voltar e um botão Menu do aplicativo.

Esse comportamento já tinha suporte nos aplicativos Windows e Android. (Em aplicativos Android, você desliza o dedo a partir da esquerda para exibir o menu do aplicativo na exibição do artigo.)

 

Deslizar o dedo para baixo para atualizar a página de navegação (iOS e Windows)

Em vez de navegar para uma exibição diferente e retornar para verificar atualizações de conteúdo, agora é possível deslizar o dedo para baixo na página de navegação para atualizá-la. O prompt de atualização é exibido se uma atualização estiver disponível.  

Limpar todo o conteúdo do aplicativo (iOS)

Os usuários de aplicativos iOS agora podem excluir todos os dados do usuário de seus dispositivos, tanto o conteúdo armazenado em cache quanto o baixado. A opção Limpar conteúdo está disponível nas configurações do iOS.

Melhorias no aplicativo DPS Preflight

O aplicativo DPS Preflight agora está disponível em todas as lojas compatíveis: iTunes App Store, Google Play Store e Windows Store.

A versão para Android do aplicativo DPS Preflight agora é compatível com o modo paisagem. Na exibição da seção Meus projetos, gire o dispositivo para a orientação desejada antes de iniciar o projeto. Quando você toca no projeto para exibi-lo, o aplicativo é definido para a orientação atual. A versão para iOS do aplicativo DPS Preflight também incluirá esse comportamento quando a versão atualizada estiver disponível.

Na versão para Windows do aplicativo DPS Preflight, você pode girar o dispositivo para exibir o conteúdo em diferentes orientações desde que a orientação do dispositivo esteja desbloqueada em Configurações > Tela.

Para obter mais detalhes, consulte Usar o aplicativo DPS Preflight.

Download aberto de coleções (iOS, Android, Windows)

A versão do DPS 2015.5 (3 de outubro) incluiu o suporte a downloads abertos de coleções em dispositivos iOS. Com a versão do DPS 2015.6 (27 de outubro), os usuários podem tocar em um ícone para baixar abertamente a coleção em todas as três plataformas, iOS, Android e Windows. Uma coleção baixada não será removida do dispositivo até que o usuário a remova manualmente.

Sempre que os usuários exibem páginas de navegação e artigos em um aplicativo, o conteúdo é carregado no cache. Quando o limite do cache (300 MB) é atingido, o último conteúdo recentemente exibido é removido do cache. Baixar uma coleção impede que o conteúdo seja removido do cache. Uma coleção baixada não é incluída no cache.

Para que um usuário baixe uma coleção, as seguintes condições devem ser atendidas:

  • A opção “Permitir que o usuário salve a coleção em seu dispositivo” (nova) deve estar selecionada nas propriedades da coleção.
  • O usuário deve ter acesso à coleção.
  • A coleção deve ser baixada de uma página de navegação. Se a coleção estiver definida para Exibição de conteúdo em vez de Página de navegação, ela não pode ser baixada no momento.

Depois de baixar uma coleção, o usuário pode tocar no ícone para tornar os conteúdos da coleção removíveis novamente quando novo conteúdo for adicionado ao cache.

Se a conexão Wi-Fi é perdida durante um download, o download é reiniciado automaticamente quando a conexão Wi-Fi é restaurada.

Se a coleção é atualizada, o conteúdo novo e alterado é incluído automaticamente no download quando o usuário aceita o prompt de atualização.

Adobe DPS Converter para Acrobat (disponível no pré-lançamento)

O DPS integra-se com a Adobe Document Cloud para perfeita conversão de documentos PDF em artigos DPS. Com o Digital Publishing Solution Converter para Acrobat, uma extensão de desktop do Acrobat DC, é possível converter instantaneamente qualquer PDF em um artigo DPS.

Para obter detalhes, consulte Disponível no pré-lançamento: Adobe DPS Converter para Acrobat (apenas em inglês).

Correções de erros

Esta versão inclui várias correções de erros. Para obter detalhes, consulte Notas de versão de correção de erros.

Novos recursos da versão 2015.5 (2 de outubro)

Aplicativo DPS Preflight

O aplicativo DPS Preflight está disponível na iTunes App Store, na Google Play Store e na Windows Store.

Com o aplicativo DPS Preflight, você pode fazer logon e exibir todos os projetos aos quais você tem acesso. Depois de selecionar um projeto, você pode visualizar o aplicativo. Para alternar para um projeto diferente, toque na opção “Meus projetos” na parte inferior do menu do aplicativo.

O aplicativo DPS Preflight é útil para visualizar conteúdo e páginas de navegação. O aplicativo DPS Preflight não oferece suporte a fontes personalizadas para o menu do aplicativo ou opções de direito como compras e acessos pagos.

A orientação padrão atual é retrato. Para alterar a orientação para iPads, entre em Configurações no dispositivo, role para baixo, selecione DPS Preflight e selecione Paisagem.

Para obter mais detalhes, consulte Usar o aplicativo DPS Preflight.

Observação:

na interface, “Comprovação” substituiu “Visualização”. Em vez de selecionar “Ativar visualização”, agora você seleciona “Ativar comprovação”. Em vez de clicar no ícone Visualização, agora você clica no ícone Comprovação. A principal diferença entre o uso do aplicativo DPS Preflight e um aplicativo de comprovação personalizado é que um aplicativo de comprovação personalizado inclui o ícone do aplicativo, as imagens de ativação e (opcionalmente) as fontes personalizadas. Criar um aplicativo de comprovação personalizado também é útil para visualizar conteúdo em orientação paisagem em um dispositivo iPhone, Android ou Windows.

Interface do portal simplificada para criar conteúdo

Quando você cria um artigo, banner ou coleção, não precisa mais especificar o nome em uma caixa de diálogo separada. Em vez disso, você especifica o nome na página de metadados, onde o nome que você especifica é verificado para validade e exclusividade.

Correções de erros

Esta versão inclui várias correções de erros. Para obter mais detalhes, consulte Notas de versão de correção de erros do DPS 2015.

Novos recursos da versão 2015.4 (14 de setembro)

Correções de erros e melhorias de desempenho

Essa versão contém uma série de correções de erros e melhorias de desempenho para aplicativos, incluindo processamento aprimorado de cartões e layouts ao abrir páginas de navegação. Além disso, agora os aplicativos iOS carregam aproximadamente 50% mais rápido que na versão anterior. Para obter mais detalhes, consulte Notas de versão de correção de erros do DPS 2015.

Aplicativos iOS somente para tablet ou telefone

Ao criar aplicativos iOS, você pode especificar se o aplicativo funcionará somente em telefones ou somente em tablets, ou em ambos.

Novo campo de pesquisa de projetos no portal

Agora, sempre que clicar no portal para exibir a lista de projetos na conta, um campo de pesquisa aparecerá, permitindo que você filtre e selecione rapidamente o projeto no qual deseja trabalhar.

Suporte no Android a HTMLResources

Artigos migrados do DPS que fazem referência ao HTMLResources agora funcionam adequadamente em dispositivos Android.

Novos recursos da versão 2015.3 (25 de agosto)

A versão da Digital Publishing Solution 2015.3 de 25 de agosto inclui correções de erros e melhorias de desempenho. Para obter mais detalhes sobre correções de erros, consulte Notas de versão de correção de erros.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online