Siga as etapas a seguir para criar o arquivo de certificado necessário e saber como configurar, testar e enviar o aplicativo do Android ao Google Play. É possível criar um arquivo .apk que pode ser enviado à Google Play Store.

Para obter mais informações sobre como criar um aplicativo Android, consulte Criar aplicativos para Android (AEM Mobile).

 

Criar um arquivo de certificado

Os sistemas Android exigem que todos os aplicativos instalados sejam assinados digitalmente com um certificado p12 no qual uma chave privada é mantida pelo desenvolvedor do aplicativo. Verifique se todos os aplicativos estão assinados. O sistema não pode instalar aplicativos que não estejam assinados. Você pode usar certificados autoassinados para assinar seus aplicativos. Nenhuma autoridade de certificado é necessária.

O certificado criado por você precisa expirar após 22 de outubro de 2033.

Há vários métodos para criação de certificados, incluindo Adobe Flash Professional and Adobe Flash Builder. Se não houver ferramenta de desenvolvedor instalada, você pode usar o utilitário Keytool para criar um certificado. O Keytool é um utilitário de Java SDK que já está disponível nos computadores Mac OS. No Windows, é preciso instalar e configurar Java SDK (também conhecido como JDK).

As instruções a seguir explicam como usar o Keytool na criação de certificados. Para obter informações detalhadas, consulte Assinatura de seu aplicativo no site de desenvolvedores do Android.

(Mac OS) Criar um arquivo de certificado usando o Keytool

  1. Abra Terminal, que está localizado na pasta Applications > Utilities (Aplicativos > Utilitários).
  2. Copie e cole a seguinte linha (substitua “myname.key.p12” e “alias_name” por suas informações):

    keytool -genkey -v -keystore myname.key.p12 -alias alias_name -keyalg RSA -keysize 2048 -storetype pkcs12 -validity 10000

    Ao especificar “10000”, você define a data de expiração após 22 de outubro de 2033.

  3. Digite e confirme uma senha. Especifique esta senha mais tarde ao assinar o aplicativo.

  4. Siga as instruções para especificar as informações do certificado.

    Siga as instruções para especificar as informações do certificado
  5. Quando for solicitada a confirmação das opções, digite “Sim” e pressione Enter para usar a mesma senha.

    Um certificado é criado na localização do prompt, como sua pasta de nome de usuário. Copie este arquivo de certificado para um local conhecido, salve uma cópia de backup e anote a senha.

(Windows) Criar um arquivo de certificado usando Keytool

  1. Baixe e instale Java SDK (JDK). Preste atenção no local de instalação.
  2. (Opcional) Defina um caminho permanente para execução dos comandos de Java SDK. A definição de um caminho permanente permite que você digite comandos de JDK, como “keytool”, de qualquer caminho. Assim, você não precisa navegar até o diretório Java SDK. Para definir um caminho permanente, consulte a etapa 4 do site de JDK.
  3. Abra um prompt de comando. Por exemplo, digite “command” no campo Execução ou no campo de pesquisa.
  4. Se um caminho permanente não foi definido na etapa 2, navegue até o diretório onde os comandos de JDK estão localizados. Por exemplo, digite cd \ e digite cd program files\Java\jdk1.6.0_24\bin (especifique o número correto da versão).
  5. Digite (ou cole) a seguinte linha (substitua “myname.key.p12” e “alias_name” com suas informações):

    keytool -genkey -v -keystore myname.key.p12 -alias alias_name -keyalg RSA -storetype pkcs12 -keysize 2048 -validity 10000

    Ao especificar “10000”, você define a data de expiração após 22 de outubro de 2033.

  6. Digite e confirme uma senha. Especifique esta senha mais tarde ao assinar o aplicativo.

  7. Siga as instruções para especificar as informações do certificado.

    Siga as instruções para especificar as informações do certificado

    Um certificado é criado na localização do prompt, como sua pasta de nome de usuário. Copie este arquivo de certificado para um local conhecido, salve uma cópia de backup e anote a senha.

    Observação: se um arquivo de certificado não for criado, substitua “-keystore myname.keystore” por um caminho de destino (como -keystore c:\users\bob\bobcert.keystore) ao qual você tenha acesso.

     

Configurar produtos dentro do aplicativo (Google Play)

Você pode usar serviços do produto dentro do aplicativo do Google (também conhecidos como “faturamento dentro do aplicativo”) para vender coleções dentro do seu aplicativo. As assinaturas na Google Play não são suportadas neste momento.

Certifique-se de configurar o faturamento antes de disponibilizar o conteúdo aos clientes.

Para obter informações sobre o preço do aplicativo do Google Play, consulte Venda seus aplicativos na Ajuda do Google Play.

  1. Use o site de desenvolvedor do Google Play para criar uma solicitação de aplicativo e fazer upload de seu aplicativo (.apk) visualizador personalizado.

    • Em caso de aplicativos que incluem produtos dentro do aplicativo, o Google Play passou a exigir que seja feito upload do aplicativo (arquivo .apk) usando a guia Beta Testing na seção APK.
    • Ao enviar o aplicativo final, clique em Salvar em vez de Publicar caso ainda não deseje que o aplicativo esteja na loja antes de definir o faturamento dentro do aplicativo.
  2. Siga as etapas no tópico de ajuda Administração do faturamento dentro do aplicativo. À medida que avançar nessas etapas, fique atento ao seguinte:

    • Use exatamente a mesma ID de produto dentro do aplicativo quando definir o faturamento dentro do aplicativo do Android que você usa para a ID de produto da coleção. A ID de produto vincula a coleção ao item de faturamento dentro do aplicativo.
    • Em Tipo de compra, selecione “Managed” (Gerenciada) em vez de “Unmanaged” (Não gerenciada). Caso contrário, seus clientes não poderão restaurar compras.
    • No momento, a Adobe não é compatível com o recurso Android Refund.
    • Preste atenção nas informações da “License Key” (Chave de licença). A Adobe precisa dessas informações (também conhecidas como “segredo compartilhado”) para ativar o faturamento dentro do aplicativo, como descrito na próxima etapa.
  3. No site de desenvolvedor do Google Play, navegue até a seção “Services & APIs” (Serviços e APIs) do aplicativo. Copie a cadeia longa de caracteres em “Your License Key for This Application” (Sua chave de licença para este aplicativo). No portal sob demanda, navegue até a seção Loja das configurações de projeto e cole o valor da chave de licença no campo “Segredo compartilhado do Google Play”.

Carregar o arquivo .apk no seu dispositivo Android

Seu tablet ou telefone Android requer Android 4.4 ou mais recente.

  1. Permita que seu dispositivo instale aplicativos que não sejam do Market. Por exemplo, em um Samsung Galaxy, vá até Settings > Applications (Configurações > Aplicativos) e selecione Unknown sources (Fontes desconhecidas). Depois de terminar a instalação, você poderá desmarcar essa opção novamente.
  2. Conecte o dispositivo ao seu computador. Se necessário, instale o dispositivo para que você possa abrir a pasta para ver os arquivos. Caso não consiga visualizar o dispositivo em seu computador, consulte a Android File Transfer (Transferência de arquivos do Android).
  3. Abra um aplicativo gerenciador de arquivos (como o Dropbox) e instale o arquivo .apk.

Enviar o aplicativo ao Google Play

1. Use a ferramenta de assinatura para assinar o arquivo .apk. Consulte Assinatura de aplicativos iOS e Android para o AEM Mobile.

2. Acesse o portal de desenvolvedor do Google Play e envie o arquivo .apk assinado à Google Play Store.

Se o aplicativo incluir compras de varejo dentro do aplicativo, certifique-se de especificar o segredo compartilhado (chave de licença) na guia Loja das configurações de projeto.

Certifique-se de enviar um arquivo APK beta no portal de desenvolvedor do Google Play.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online