Criação de PDFs acessíveis

É importante que o conteúdo seja acessível para o maior público possível e esteja em conformidade com os padrões e regulamentos de acessibilidade, como o WCAG 2.0 e a seção 508 do Rehabilitation Act do governo dos EUA. Considera-se um documento eletrônico “acessível” aquele que é otimizado para leitores de tela e outros dispositivos de assistência usados por pessoas com deficiência. Produzir conteúdo acessível também tem um papel importante na otimização de documentos PDF para a indexação bem-sucedida por mecanismos de pesquisa da Internet.

Para conseguir esse tipo de acessibilidade, é preciso realizar a marcação de todo o conteúdo do documento com base na estrutura hierárquica (cabeçalhos, parágrafos, listas, tabelas e assim por diante) e ordená-lo em um caminho linear, do início ao fim. Um requisito adicional para documentos acessíveis é identificar o conteúdo não textual, como gráficos e imagens, dentro do contexto e descrever o que é mostrado.

O InDesign oferece um fluxo de trabalho direto e simples que reduz bastante o tempo e o esforço necessários para produzir documentos PDF acessíveis a partir de um layout. A maioria das tarefas é executada no InDesign. Apenas algumas etapas finais precisam ser feitas no Adobe Acrobat. Isso permite que as informações hierárquicas e estruturais sejam mantidas no arquivo do InDesign, agilizando e facilitando as atualizações quando for necessário gerar um documento PDF acessível.

Pré-requisitos

Para criar um PDF acessível, você precisa das seguintes ferramentas:

  • InDesign para preparar um documento para exportação de PDF acessível usando o processo descrito neste artigo.
  • Acrobat, para finalizar o processo de acessibilidade. Não é possível realizar essas etapas com o aplicativo gratuito Adobe Reader.

Fluxo de trabalho para criação de PDFs acessíveis

Em alto nível, o processo de criação de PDFs acessíveis consiste em algumas etapas básicas:

  1. Adicionar instruções de marcação de exportação a estilos de parágrafo
  2. Adicionar texto alternativo usando as opções de exportação de objeto
  3. Ancorar imagens no fluxo de texto
  4. Estabelecer uma ordem de leitura com o painel “Artigos”
  5. Adicionar marcadores, referências cruzadas e hiperlinks para navegação
  6. Adicionar elementos de formulário interativos
  7. Adicionar metadados do arquivo ao documento do InDesign
  8. Exportar para fins de acessibilidade
  9. Revisar o PDF exportado no Acrobat
  10. Atribuir um idioma do documento no Acrobat 
  11. Especificar a ordem de tabulação
  12. Executar a verificação de acessibilidade do Acrobat
  13.  

     

     

Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta