A Adobe está comprometida em oferecer uma experiência de produto confiável e segura para nossos clientes, aderindo aos protocolos padrão de segurança mais recentes do setor. Como parte desse processo, o Adobe Sign vai descontinuar (agosto de 2019) o suporte a um modelo antigo de autenticação de APIs que permitia o envio de nome de usuário e senha na chamada de API. Consulte o aviso de segurança.

Veja a seguir as etapas necessárias para migrar para um modelo seguro de autenticação:

        ►Usar APIs REST

Aprimoramentos feitos às APIs do Adobe Sign agora estão restritos somente a APIs REST. Siga a documentação disponível aqui para saber mais sobre a API REST. Também é possível testar a rapidamente a API REST na documentação swagger.

        ►Usar OAuth

A primeira etapa para habilitar um usuário final para usar o aplicativo cliente com o Adobe Sign é fazer o usuário final autenticar com a Adobe. Para autenticar usuários finais com o Adobe Sign, recomendamos usar o protocolo padrão OAuth 2.0. Consulte este guia passo a passo sobre criar seu aplicativo e integrá-lo ao fluxo de trabalho de OAuth do Adobe Sign.

 

A recomendação geral é que cada usuário na organização deve autenticar diretamente com a Adobe enquanto usa o aplicativo cliente para emitir o token de acesso. A configuração de SAML com o Adobe Sign na organização de seu usuário oferece uma maneira fácil de fazer isso. No entanto, pode haver casos de uso corporativos em que é necessário que somente um administrador autentique com a Adobe e outros usuários nessa organização podem usar o cliente sem fazer logon na Adobe. Isso é possível por meio do conceito de modificadores de OAUTH que o Adobe Sign fornece. Os modificadores permitem aos clientes chamar APIs com o token de OAUTH do administrador e a identidade do usuário regular no cabeçalho “x-api-usuário”. Consulte o guia disponível aqui para obter mais detalhes sobre modificadores.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online