Observação:

Em versões do Photoshop anteriores à Photoshop CC, algumas funcionalidades discutidas neste artigo ficavam disponíveis somente se o usuário utilizasse o Photoshop Extended. A Photoshop CC não conta com a opção Extended separada. Todos os recursos do Photoshop Extended fazem parte da Photoshop CC.

Usando uma variedade de ferramentas do Photoshop, você pode facilmente retocar manchas, clarear dentes, corrigir olhos vermelhos e corrigir muitas outras imperfeições em suas imagens.

Sobre o painel Origem do clone

O painel Origem do clone (Janela > Origem do clone) tem opções para as ferramentas Carimbo e Pincel de recuperação. Você pode configurar até cinco origens de amostra diferentes e selecionar rapidamente a que você precisa. Não é necessário criar uma amostra novamente toda vez que mudar para uma origem diferente. É possível exibir uma sobreposição da origem da amostra para facilitar a clonagem da origem em um local específico. Você também pode redimensionar ou girar a origem da amostra para melhor adaptar o tamanho e orientação do destino da clonagem.

Para animações com base na linha de tempo, o painel Origem do clone também possui opções para especificar a relação entre o quadro de animação/vídeo da origem da amostra e o quadro de animação/vídeo de destino. Consulte também Clonagem de conteúdo em quadros de animação e vídeo.

Retoque com a ferramenta Carimbo

A ferramenta Carimbo  pinta uma parte de uma imagem sobre outra parte da mesma imagem ou sobre outra parte de qualquer documento aberto que tenha o mesmo modo de cores. Também é possível pintar parte de uma camada sobre outra camada. A ferramenta Carimbo é útil para duplicar objetos ou remover defeitos em imagens.

Também é possível usar a ferramenta Carimbo para pintar o conteúdo em quadros de animação ou vídeo. Consulte também Clonagem de conteúdo em quadros de animação e vídeo.

Para usar a ferramenta Carimbo, defina um ponto de amostra na área de onde deseja copiar (clonar) os pixels e pinte sobre outra área. Para pintar com o ponto de amostra mais atual sempre que a pintura for interrompida e reiniciada, selecione a opção Alinhado. Cancele a seleção da opção Alinhado para pintar começando pelo ponto de amostra inicial, não importa quantas vezes a pintura seja interrompida e reiniciada.

Você pode usar qualquer ponta de pincel com a ferramenta Carimbo, que dá um controle preciso sobre o tamanho da área de clonagem. Também é possível usar configurações de fluxo e de opacidade para controlar o aplicativo de pintura para a área clonada.

Alterar uma imagem com a ferramenta Carimbo no Photoshop
Alteração de uma imagem com a ferramenta Carimbo

  1. Selecione a ferramenta Carimbo .
  2. Escolha uma ponta de pincel e, na barra de opções, defina opções de pincel para o modo de mesclagem, a opacidade e o fluxo.
  3. Para especificar como você deseja alinhar as amostras de pixels e como obter a amostra de dados das camadas em seu documento, defina uma das seguintes opções na barra de opções:

    Alinhado

    Obtém amostras de pixels continuamente, sem perder o ponto de amostra atual mesmo ao soltar o botão do mouse. Cancele a seleção de Alinhado para continuar a usar as amostras de pixels do ponto de amostra inicial sempre que a pintura for interrompida e reiniciada.

    Amostra

    Obtém amostras de dados das camadas especificadas. Para obter amostras da camada ativa e das camadas visíveis abaixo dela, escolha Atual e Abaixo. Para obter amostras apenas da camada ativa, escolha Camada Atual. Para obter amostras de todas as camadas visíveis, escolha Todas as camadas. Para obter amostras de todas as camadas visíveis exceto camadas de ajuste, escolha Todas as camadas e clique no ícone Ignorar camadas de ajuste à direita do menu pop-up Amostra.

  4. Defina o ponto de amostra posicionando o ponteiro em qualquer imagem aberta e clicando com a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) pressionada.

    Observação:

    Verifique se você não está trabalhando em uma camada de ajuste. A ferramenta Carimbo não funciona em camadas de ajuste.

  5. (Opcional) No painel Origem do clone, clique em um botão da origem do clone  e defina um ponto de amostra adicional.

    É possível definir até cinco origens de amostra diferentes. O painel Origem do clone salva as origens de amostra até você fechar o documento.

  6. (Opcional) Siga um destes procedimentos no painel Origem do clone:
    • Para dimensionar ou girar a origem que está sendo clonada, digite um valor para L (largura), A (altura), ou o giro em graus .
    • Para inverter a direção da origem (bom para refletir recursos como olhos), clique nos botões Virar horizontalmente ou Virar verticalmente .
    • Para mostrar uma sobreposição da origem clonada, selecione Mostrar sobreposição e especifique as opções desejadas.

    Observação:

    Selecione Cortado para cortar a sobreposição no tamanho do pincel.

  7. Arraste sobre a área da imagem que deseja corrigir.

Definição de origens da amostra para clonagem e recuperação

Usando as ferramentas Carimbo ou Pincel de recuperação, é possível obter origens da amostra no documento atual ou em qualquer documento aberto no Photoshop.

Ao clonar vídeo ou animação, é possível definir pontos de amostra no quadro atual que estiver sendo pintado ou origens da amostra em um quadro diferente, mesmo se o quadro estiver em uma camada de vídeo diferente ou em um documento aberto diferente.

É possível definir até cinco origens de amostra diferentes de uma vez no painel Origem do clone. O painel Origem do clone salva as origens de amostra até você fechar o documento.

  1. Para clonar quadros de vídeo ou animações, abra o painel Animação (se não estiver clonando quadros de vídeo ou animações, vá para a etapa 2). Selecione a opção de animação de linha de tempo e mova o indicador da hora atual para o quadro com a origem da qual deseja obter a amostra.

  2. Para definir o ponto de amostra, selecione a ferramenta Carimbo e clique com a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) em qualquer janela do documento aberto.
  3. (Opcional) Para definir outro ponto de amostra, clique em um botão Origem do clone diferente, no painel Origem do clone.

    É possível alterar a origem da amostra para um botão Origem do clone, definindo um ponto de amostra diferente.

Dimensionar ou girar a origem da amostra

  1. Selecione a ferramenta Carimbo ou Pincel de recuperação e defina uma ou mais origens da amostra.
  2. No painel Origem do clone, selecione uma origem do clone e, em seguida, siga um destes procedimentos:
    • Para dimensionar a origem da amostra, insira um valor em porcentagem para L (largura) ou A (altura) ou friccione L ou A. O padrão é restringir as proporções. Para ajustar as dimensões independentemente ou restaurar a opção de restringência, clique no botão Manter as proporções .
    • Para girar a origem da amostra, insira um valor de grau ou friccione o ícone Girar a origem do clone .
    • Para redefinir a origem da amostra para seu tamanho e orientação originais, clique no botão Redefinir transformação .

Ajuste das opções de sobreposição da origem da amostra

É possível ajustar as opções de sobreposição da origem da amostra para ver melhor as imagens sobrepostas e subjacentes ao pintar com as ferramentas Carimbo e Pincel de recuperação.

Observação:

Para exibir a sobreposição temporariamente ao pintar com a ferramenta Carimbo, pressione as teclas Alt+Shift (Windows) ou Option+Shift (Mac OS). O pincel muda temporariamente para a ferramenta Mover sobreposição da origem. Arraste para mover a sobreposição para outro local.

  • No painel Origem do clone, selecione Mostrar sobreposição e execute um destes procedimentos:
    • Para ocultar a sobreposição enquanto aplica os traçados de pintura, selecione Ocultar automaticamente.
    • Para recortar a sobreposição no tamanho do pincel, ative a opção Recortada.
    • Para definir a opacidade da sobreposição, insira um valor de porcentagem na caixa de texto Opacidade.
    • Para definir a aparência da sobreposição, escolha o modo de mesclagem Normal, Escurecer, Clarear ou Diferença no menu pop-up, na parte inferior do painel Origem do clone.
    • Para inverter as cores na sobreposição, selecione Inverter.

    Observação:

    Para ajudar a alinhar áreas idênticas na sobreposição da origem e na imagem subjacente, defina a Opacidade para 50%, selecione Inverter e desmarque Recortada. As áreas de imagem correspondentes aparecerão em cinza sólido quando alinhadas.

Especificação do deslocamento da origem do clone

Ao usar a ferramenta Carimbo ou Pincel de recuperação, você pode pintar com a origem de amostra em qualquer lugar na imagem de destino. As opções de sobreposição o ajudam a visualizar onde deseja pintar. No entanto, se pintar em um local específico em relação ao ponto de amostra, é possível especificar o deslocamento x e y em pixel.

  • No painel Origem do clone, selecione a origem que deseja usar e insira os valores de pixels x e y para a opção Deslocamento.

Retoque com a ferramenta Pincel de recuperação

Nota: Começando com a versão 2015.5 do Photoshop CC, você tem uma opção para reverter ao comportamento 2014 herdado do Photoshop CC para a ferramenta Pincel de recuperação. Selecione Preferências > Ferramentas > Usar o algoritmo de recuperação herdado para o pincel de recuperação. Para obter mais informações sobre o histórico da versão do Photoshop, consulte Resumo dos novos recursos.

A ferramenta Pincel de recuperação permite corrigir imperfeições, fazendo com que elas desapareçam na imagem adjacente. De maneira semelhante às ferramentas de clonagem, use a ferramenta Pincel de recuperação para pintar com amostras de pixels a partir de uma imagem ou de um padrão. Entretanto, a ferramenta Pincel de recuperação também faz com que a textura, a iluminação, a transparência e o sombreamento das amostras de pixels correspondam aos pixels que estão sendo recuperados. Como resultado, os pixels corrigidos mesclam-se de maneira uniforme com o restante da imagem.

A ferramenta Pincel de recuperação pode ser aplicada a quadros de vídeo ou animação. Consulte Exemplos do Pincel de recuperação no Photoshop para obter dicas e exemplos do Pincel de recuperação em ação.

Amostras de pixels e imagem corrigida no Photoshop
Amostras de pixels e imagem corrigida

  1. Selecione a ferramenta Pincel de Recuperação .
  2. Clique na amostra de pincel na barra de opções e defina as opções de pincel no painel pop-up:

    Observação:

    Se estiver usando um digitalizador sensível à pressão, escolha uma opção no menu Tamanho, para variar o tamanho do pincel de recuperação no curso de um traçado. Escolha Pressão da Caneta para que a variação tenha como base a pressão da caneta. Escolha Caneta Digitalizadora para que a variação tenha como base a posição do botão rotativo da caneta. Escolha Desativado se não quiser variar o tamanho.

    Modo

    Especifica o modo de mesclagem. Escolha Substituir para preservar o ruído, a cor do filme e a textura nas arestas do traçado do pincel ao usar o pincel de arestas suaves.

    Origem

    Especifica a origem para uso na reparação de pixels. Amostra para usar os pixels a partir da imagem atual ou Padrão para usar os pixels de um padrão. Se tiver escolhido Padrão, selecione um padrão no painel pop-up Padrão.

    Alinhado

    Obtém amostras de pixels continuamente, sem perder o ponto de amostra atual mesmo ao soltar o botão do mouse. Cancele a seleção de Alinhado para continuar a usar as amostras de pixels do ponto de amostra inicial sempre que a pintura for interrompida e reiniciada.

    Amostra

    Obtém amostras de dados das camadas especificadas. Para obter amostras da camada ativa e das camadas visíveis abaixo dela, escolha Atual e Abaixo. Para obter amostras apenas da camada ativa, escolha Camada Atual. Para obter amostras de todas as camadas visíveis, escolha Todas as camadas. Para obter amostras de todas as camadas visíveis exceto camadas de ajuste, escolha Todas as camadas e clique no ícone Ignorar camadas de ajuste à direita do menu pop-up Amostra.

    Difusão

    Controla a rapidez com que a região colada se adapta à imagem adjacente. Selecione um valor mais baixo para obter imagens com granulação ou detalhes finos, ou um valor mais alto para imagens suaves.

  3. Defina o ponto de amostra posicionando o ponteiro sobre uma área da imagem e clicando com a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS).

    Observação:

    Se estiver obtendo amostras de uma imagem e aplicando em outra, as duas imagens devem estar no mesmo modo de cor, a menos que uma das imagens esteja no modo Tons de Cinza.

  4. (Opcional) No painel Origem do clone, clique em um botão da origem do clone  e defina um ponto de amostra adicional.

    É possível definir até cinco origens de amostra diferentes. O painel Origem do clone memoriza as origens de amostra até você fechar o documento que estiver editando.

  5. (Opcional) No painel Origem do clone, clique em um botão origem do clone para selecionar a origem de amostra desejada.
  6. (Opcional) Siga um destes procedimentos no painel Origem do clone:
    • Para dimensionar ou girar a origem que está sendo clonada, digite um valor para L (largura), A (altura), ou o giro em graus .
    • Para mostrar uma sobreposição da origem clonada, selecione Mostrar sobreposição e especifique as opções desejadas.
  7. Arraste na imagem.

    As amostras de pixels são misturadas aos pixels existentes sempre que o botão do mouse é liberado.

Observação:

Se houver um contraste intenso nas arestas da área a ser recuperada, crie uma seleção antes de usar a ferramenta Pincel de recuperação. A seleção deve ser maior que a área a ser recuperada e seguir exatamente o limite dos pixels de contraste. Quando se pinta com a ferramenta Pincel de recuperação, a seleção impede que as cores vazem de fora para dentro.

Retoque com a ferramenta Pincel de recuperação para manchas

A ferramenta Pincel de recuperação para manchas remove rapidamente manchas e outras imperfeições de fotos. Funciona de modo similar ao Pincel de recuperação: ela pinta com amostra de pixels de uma imagem ou padrão e faz com que a textura, a iluminação, a transparência e o sombreamento das amostras de pixels correspondam aos pixels que estão sendo recuperados. Diferentemente do Pincel de recuperação, o Pincel de recuperação para manchas não requer que se especifique uma mancha de amostra. O Pincel de recuperação para manchas obtém amostras automaticamente em torno da área retocada.

Pincel de recuperação para manchas do Photoshop
Uso do Pincel de recuperação para manchas para remover uma imperfeição

Observação:

Para retocar uma área extensa ou um controle maior sobre a amostra de origem, use o Pincel de recuperação em vez de o Pincel de recuperação para manchas.

  1. Selecione a ferramenta Pincel de Recuperação para Manchas  da caixa de ferramentas. Se necessário, clique na ferramenta Pincel de Recuperação, Correção ou Olhos Vermelhos para mostrar as ferramentas ocultas e fazer a seleção.
  2. Na barra de opções, escolha um tamanho de pincel. Um pincel levemente maior que a área a ser corrigida funciona melhor, pois pode-se cobrir toda a área com apenas um clique.
  3. (Opcional) Na barra de opções, escolha um modo de mesclagem no menu Modo. Escolha Substituir para preservar o ruído, a cor do filme e a textura nas arestas do traçado do pincel ao usar o pincel de arestas suaves.
  4. Na barra de opções, escolha uma opção de Tipo:

    Correspondência por Proximidade

    Use pixel em torno da borda da seleção para localizar uma área para usar como um remendo.

    Criar textura

    Usa pixels na seleção para criar uma textura. Se a textura não funcionar, tente arrastar pela área outra vez.

    Sensível a conteúdo

    Compara conteúdo de uma imagem próxima para preencher perfeitamente a seleção, mantendo realisticamente detalhes-chave, como sombras e arestas de objetos.

    Observação:

    Para criar uma seleção maior e mais precisa da opção Sensível ao conteúdo, use o comando Editar > Preencher. (Consulte Sensível ao conteúdo, padrão ou preenchimento de histórico.)

  5. Na barra de opções, selecione Mostrar Todas as Camadas para obter amostra dos dados em todas as camadas visíveis. Cancele a seleção dessa opção para obter amostra apenas na camada ativa.
  6. Clique na área a ser corrigida ou clique e arraste para suavizar as imperfeições em uma área maior.

Vídeo | Retoque de carros no Photoshop

Vídeo | Retoque de carros no Photoshop
Saiba como retocar imagens de carros no Photoshop
Scott Kelby

Correção de uma área

A ferramenta Correção permite corrigir uma área selecionada com pixels de outra área ou de um padrão. De maneira semelhante à ferramenta Pincel de recuperação, a ferramenta Correção faz com que a textura, a iluminação e o sombreamento das amostras de pixels correspondam aos pixels de origem. Também é possível usar a ferramenta Correção para clonar áreas isoladas de uma imagem. A ferramenta Correção funciona com imagens de 8 ou 16 bits por canal.

Observação:

Ao corrigir com pixels da imagem, selecione uma pequena área para obter o melhor resultado.

Para obter informações sobre as opções de ferramenta Correção sensível ao conteúdo, consulte Correção e movimento sensível ao conteúdo.

Ferramenta Correção do Photoshop
Uso da ferramenta Correção para substituir pixels

Imagem corrigida do Photoshop
Imagem corrigida

Correção de uma área usando amostras de pixels

  1. Selecione a ferramenta Correção .
  2. Siga um destes procedimentos:
    • Arraste na imagem para selecionar a área que deseja corrigir e, na barra de opções, selecione Origem.
    • Arraste na imagem para selecionar a área da qual deseja obter uma amostra e, na barra de opções, selecione Destino.

    Observação:

    pode-se também criar uma seleção antes de selecionar a ferramenta Correção.

  3. Para ajustar a seleção, siga um destes procedimentos:
    • Arraste na imagem com a tecla Shift pressionada para adicionar à seleção existente.
    • Arraste com a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) pressionada na imagem para subtrair uma área da seleção existente.
    • Arraste com as teclas Alt+Shift (Windows) ou Option+Shift (Mac OS) pressionadas na imagem para selecionar uma área de intersecção com a seleção existente.
  4. Para extrair a textura com um plano de fundo transparente da área amostrada, selecione Transparente. Cancele esta seleção se desejar substituir totalmente a área de destino com a área amostrada.

    Observação:

    A opção Transparente funciona melhor para planos de fundo sólidos ou de gradiente com texturas claramente distintas (como um pássaro em um céu azul).

  5. Para controlar a velocidade com que a região colada se adapta à imagem adjacente, ajuste o controle deslizante Difusão. Selecione um valor mais baixo para obter imagens com granulação ou detalhes finos, ou um valor mais alto para imagens suaves.

  6. Posicione o ponteiro dentro da seleção e siga um destes procedimentos:
    • Se a opção Origem estiver selecionada na barra de opções, arraste a borda de seleção até a área da qual deseja obter amostra. Ao soltar o botão do mouse, a área originalmente selecionada é corrigida com as amostras de pixels.
    • Se a opção Destino estiver selecionada na barra de opções, arraste a borda de seleção até a área a ser corrigida. Ao soltar o botão do mouse, a nova área selecionada é corrigida com as amostras de pixels.

Correção de uma área usando um padrão

  1. Selecione a ferramenta Correção .
  2. Arraste na imagem para selecionar a área a ser corrigida.

    Observação:

    pode-se também criar uma seleção antes de selecionar a ferramenta Correção.

  3. Se desejar, complete as etapas 3-4 acima para ajustar a seleção e aplicar a textura de padrão com um plano de fundo transparente.
  4. No painel Padrão da barra de opções, selecione um padrão e clique em Usar padrão.

Remoção de olhos vermelhos

Vídeo | Remoção de olhos vermelhos e clarear dentes

Vídeo | Remoção de olhos vermelhos e clarear dentes
O Gerente de produto principal do Photoshop, Bryan O'Neil Hughes, mostra como remover olhos vermelhos e clarear dentes usando o Photoshop, neste episódio do Photoshop Playbook.
Bryan O'Neil Hughes

A ferramenta Olhos vermelhos remove os olhos vermelhos em fotos com flash de pessoas ou animais.

  1. No modo de cor RGB, selecione a ferramenta Olhos vermelhos . (A ferramenta Olhos vermelhos está no mesmo grupo que a ferramenta Pincel de recuperação . Mantenha pressionada uma ferramenta para exibir ferramentas adicionais no grupo.)
  2. Clique nos olhos vermelhos. Se o resultado não for satisfatório, desfaça a correção; defina, na barra de opções, uma ou mais das opções a seguir; e clique novamente nos olhos vermelhos:

    Tamanho da Pupila

    Aumenta ou diminui a área afetada pela ferramenta Olhos vermelhos.

    Intensidade de Escurecimento

    Define o grau de escurecimento da correção.

Observação:

Uma reflexão do flash da câmera na retina da pessoa causa os olhos vermelhos. São mais frequentes quando se tira fotos em um ambiente escuro, porque a íris está completamente aberta. Para evitar os olhos vermelhos, use o recurso da câmera para redução de olhos vermelhos. Ou, melhor ainda, use uma unidade separada de flash que possa ser montada longe da lente da câmera.

Vídeo | Correção de luz e remoção de objetos indesejados

Vídeo | Correção de luz e remoção de objetos indesejados
O Gerente de produto principal do Photoshop, Bryan O'Neil Hughes, mostra como remover objetos indesejados e usar subexposição de cor baseada em pincel para equalizar a luminosidade e a temperatura de cor dos assuntos.
Adobe Photoshop

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online