Saiba como verificar o fluxo de trabalho da data de expiração dos números de série de volume da Creative Cloud para empresas

Se o número de série de volume tiver expirado, os usuários podem estar tendo erros de licenciamento ou de número de série. Você pode usar a ferramenta AdobeExpiryCheck para verificar os números de série de volume que expiraram ou vão expirar em breve. Se eles expiraram ou vão expirar em breve, é recomendado que você serialize novamente com um novo número de série.

O AdobeExpiryCheck (v1.0.0.3) é um utilitário da linha de comando para que os administradores de TI possam verificar se os produtos da Adobe em um computador estão usando números de série que estão expirados ou que vão expirar em breve. Os administradores de TI podem usar essa ferramenta se não tiverem certeza se os números de série usados em sua organização estão prestes a expirar ou se eles desejam identificar as máquinas com números de série prestes a expirar.

Com a ferramenta AdobeExpiryCheck, os administradores podem obter informações sobre o identificador da licença do produto (LEID), o número de série criptografado e a data de expiração. Os administradores também podem redirecionar a saída do console para um arquivo ao executar esta ferramenta remotamente. Se a ferramenta não localizar nenhum número de série de volume prestes a expirar ou expirado, você recebe a seguinte mensagem:

Nenhum número de sério prestes a expirar/expirado encontrado no sistema.

Observação:

Se você já tiver a informação sobre a data de expiração dos números de série de volume usados para serializar as instalações dos produtos Adobe em sua organização, não há a necessidade de executar a AdobeExpireCheck.

Obter a AdobeExpiryCheck

Avisos legais

Ao baixar a ferramenta AdobeExpiryCheck, você concorda com os seguintes termos:

  • A ferramenta AdobeExpiryCheck é fornecida ‘EM SEU ESTADO”.
  • A Adobe renuncia a todas as garantias em relação ao software; expressa ou implícita; incluindo a garantias implícitas de não violação, comerciabilidade e adequação para um determinado propósito (na extensão máxima permitida por lei).

Baixar

Você pode baixar a ferramenta AdobeExpiryCheck para o Windows ou Mac clicando nos links abaixo. 

Executar a ferramenta AdobeExpiryCheck

Executar a AdobeExpiryCheck em uma máquina local do Windows

  1. Inicie o prompt de comando e execute a ferramenta AdobeExpiryCheck .

  2. A ferramenta AdobeExpiryCheck exibe o identificador da licença do produto (LEID), o número de série criptografado e a data de expiração.

    Ferramenta AdobeExpiryCheck

Executar a AdobeExpiryCheck remotamente através do SCCM

  1. Crie um novo pacote com a ferramenta AdobeExpiryCheck.

  2. Crie um novo programa para copiar a ferramenta AdobeExpiryCheck para um local comum nos clientes necessários.

  3. Crie outro programa para iniciar o prompt de comando e execute a ferramenta AdobeExpiryCheck. Além disso, anexe o comando de redirecionamento neste programa para redirecionar a saída do console para um arquivo. Para distinguir a saída de diferentes máquinas, você pode nomear o arquivo de saída com base no nome do host ou no endereço IP da máquina.

    Exemplo: cmd.exe /c “<caminho da ferramenta AdobeExpiryCheck>\AdobeExpiryCheck.exe `> C:\%COMPUTERNAME%.txt"

  4. Colete os arquivos de saída das máquinas cliente e verifique a data de expiração.

Para obter mais informações, consulte Implementar pacotes Adobe com SCCM.

Executar a AdobeExpiryCheck em uma máquina local Mac

  1. Inicie o terminal e execute a ferramenta AdobeExpiryCheck.

  2. A ferramenta AdobeExpiryCheck exibe o identificador da licença do produto (LEID), o número de série criptografado e a data de expiração.

    Ferramenta AdobeExpiryCheck

Executar a AdobeExpiryCheck remotamente através do ARD

  1. Copie a ferramenta AdobeExpiryCheck para um local comum nos clientes necessários.

  2. Execute “Enviar comando UNIX" para chamar a ferramenta AdobeExpiryCheck nesses clientes e redirecionar a saída do console para um arquivo. Para distinguir a saída de diferentes máquinas, você pode nomear o arquivo de saída com base no nome do host ou no endereço IP da máquina.

    Exemplo: /User/<username>/Desktop/AdobeExpiryCheck > /Volumes/$HOSTNAME.txt

    Observação:

    Você também pode verificar a saída no console do ARD.

  3. Colete os arquivos de saída das máquinas cliente e verifique a data de expiração.

Para obter mais informações, consulte Implementar pacotes Adobe com ARD.

Executar a AdobeExpiryCheck remotamente através do ssh

  1. Digite o comando ssh para fazer login no cliente necessário.

  2. Monte a ferramenta AdobeExpiryCheck na máquina cliente.

  3. Chame a ferramenta AdobeExpiryCheck e redirecionar a saída do console para um arquivo.

  4. Colete os arquivos de saída das máquinas cliente e verifique a data de expiração.

Encontrar as máquinas com números de série prestes a expirar ou expirados

Após obter os arquivos de saída de todas as máquinas cliente, você pode armazená-los em uma pasta e executar os scripts para localizar as máquinas tendo números de série prestes a expirar ou expirados. Por exemplo:

Windows

  • for /f "tokens=1 delims=." %F in ('findstr 20181130 * ^| findstr Acrobat') do @echo %~F
  • for /f "tokens=1 delims=." %F in ('findstr 20181130 * ^| findstr CreativeCloud') do @echo %~F

Mac

  • grep 20181130 * | grep Acrobat | cut -d" " -f1 | cut -d"." -f1
  • grep 20181130 * | grep CreativeCloud | cut -d" " -f1 | cut -d"." -f1
     

Você também pode analisar todos os arquivos de saída e exportar o resultado para um arquivo. Por exemplo, você pode usar o seguinte comando para analisar os arquivos de saída para os números de série a expirar em 30 de novembro e exportar o resultado para um arquivo csv:

Select-String -path <Caminho do arquivo de saída>\*.txt -pattern 20171130 | Export-Csv <nome do arquivo.csv>(dados exportados)

Serializar novamente os produtos Adobe com um novo número de série

Após você ter identificado os números de série prestes a expirar ou expirados, poderá criar um pacote de licença para serializar novamente os produtos Adobe em sua organização. Para obter mais informações, consulte Criar pacote de licença.

Você também pode migrar para o licenciamento de usuário nomeado usando o Console de Administração. Para obter mais informações, consulte Guia de Migração de Licenciamento de Usuário Nomeado da Adobe.

Contatar suporte corporativo da Adobe

Para obter ajuda adicional, contate o suporte corporativo da Adobe em ecs@adobe.com.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online