Configure o acesso SSH sem senha

Antes de configurar o Subversion ou o Dreamweaver para SVN + SSH, crie um par de chave RSA e configure a chave pública no servidor. Essa chave pública/privada é usada para autenticar no servidor, em vez de armazenar e transmitir sua senha em texto sem formatação. (É possível configurar o SSH sem usar pares de chaves; entretanto, a Adobe não recomenda fazer isso devido à falta de segurança).

Para configurar as chaves RSA, crie pares de chaves RSA privadas/públicas no computador cliente. Coloque a chave pública no servidor e, a seguir, autorize a chave no servidor. A Adobe também recomenda testar a conexão SSH posteriormente para verificar se ela foi configurada corretamente.

Observação: o acesso ao computador cliente (isto é, aquele do qual você se conecta) é necessário para concluir essas etapas. Estas etapas também requerem o acesso ao servidor (por exemplo, diretamente ou através do SSH/FTP). No Windows, você precisa ter acesso a um cliente SSH (por exemplo, TortoiseSVN) e um aplicativo gerador de chave RSA (por exemplo PuTTYgen). O Mac OS vem com um cliente SSH e um gerador chave.

Criar chaves RSA no Mac OS

Conclua estas etapas no computador cliente:

  1. Abra uma janela do Terminal.
  2. Insira o seguinte comando e, a seguir, pressione Enter:

    ssh-keygen -t rsa

  3. Quando solicitado para salvar a chave, pressione Enter para selecionar o local padrão.
  4. (Opcional) Digite uma senha secreta para a chave e pressione Return/Enter. Se você digitou uma senha, então digite-a novamente para confirmar e pressione Return/Enter.

    Uma mensagem de confirmação é exibida, mostrando que as chaves privadas e públicas são salvas, incluindo seu local e nomes para salvar.

  5. Para copiar a chave pública para o servidor, insira um comando como o seguinte, substituindo AccountName e ServerName apropriado:

    scp .ssh/id_rsa.pub AccountName@ServerName:~/temp_rsa.pub

  6. Conecte-se ao servidor através de SSH. Insira um comando como seguinte, substituindo o AccountName e ServerName apropriado:

    ssh -l AccountName@ServerName

  7. Digite sua senha quando solicitado para fazer o login.

    Observação: se você conseguir efetuar o login sem ser solicitado por sua senha, então seu computador/login já foi autorizado no servidor. Siga para a próxima seção e vá diretamente para Testar a conexão SSH abaixo.

Criar chaves RSA no Windows

Conclua estas etapas no computador cliente:

  1. Abra o aplicativo gerador de chave RSA (por exemplo, PuTTYgen).
  2. Gere um par de chaves RSA.
  3. Salve a chave privada e a chave pública. As etapas restantes assumem que você usou os nomes da public_key e da private_key, respectivamente.
  4. Coloque sua public_key em ~/ usando o nometemp_rsa.pub em seu servidor (por exemplo, diretamente ou através do SSH/FTP).
  5. Conecte-se ao servidor através de SSH. Supondo que você esteja usando TortoiseSVN, insira um comando como o seguinte, substituindo o AccountName and ServerName:

    tortoiseplink AccountName@ServerName apropriado

  6. Digite sua senha quando solicitado para fazer o login.

    Observação: se você conseguir efetuar o login sem ser solicitado por sua senha, então seu computador/login já foi autorizado no servidor. Siga para a próxima seção e vá diretamente para Testar a conexão SSH abaixo.

Configurar a chave no servidor

No servidor (por exemplo, diretamente ou por meio de SSH/FTP), conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se a pasta de.ssh existe no servidor. Insira o seguinte comando e, a seguir, pressione Enter:

    ls -al ~/.ssh

  2. Siga um destes procedimentos:

    • Se os resultados do comando ls indicarem que a pasta não existe, então crie a pasta e autorize a chave no servidor. Insira os seguintes comandos e, a seguir, pressione Enter após cada um:

      mkdir ~/.ssh
       
      mv ~/temp_rsa.pub ~/.ssh/authorized_keys
       
    • Se existir uma pasta, então adicione a chave à lista de autorização do servidor. Insira os seguintes comandos e, a seguir, pressione Enter após cada um:

      cat ~/.ssh/authorized_keys ~/temp_rsa.pub > temp_keys
       
      mv temp_keys ~/.ssh/authorized_keys

Testar a conexão SSH

Após concluir as etapas acima, o teste para certificar-se de que seja possível conectar-se ao servidor através do SSH sem ser solicitado por uma senha.

Se você puder se conectar, mas ainda é solicitado por uma senha, repita as etapas acima aplicáveis ao servidor. Considere começar por criar um par de chaves no cliente e, a seguir, repita as etapas restantes.

Observação: ao gerar chaves, certifique-se de especificar o número de bits correto para seu servidor. 2.048 bits é regularmente comum. No entanto, verifique com seu host da Web se você não tiver certeza.

Se você ainda não puder se conectar sem ser solicitado por uma senha, consulte OpenSSH ou seu host de Web para obter ajuda adicional.

Configurar o Subversion para usar o SSH

Para configurar o Subversion para usar o SSH, adicione o caminho ao seu cliente SSH e suas informações de login no arquivo de configuração do Subversion.

Observação: essas informações assumem que os usuários do Windows estão usandoTortoiseSVN e e que os usuários do Mac estão usando o cliente SSH do Mac OS.

Locais do arquivo de configuração do Subversion

Para completar estas etapas, primeiro abra o arquivo de configuração do Subversion para edição. O arquivo de configuração está em uma das seguintes pastas:

  • Windows 7 e Vista

    C:\Users\Seu nome de usuário\AppData\Roaming\Subversion\config
  • Windows XP

    C:\Documents and Settings\Your User Name\Application Data\Subversion\config
  • Mac OS X

    /Users/Seu nome de usuário/.subversion/config

Configurar o Subversion para o Mac OS

  1. No Terminal, localize a pasta Subversion em sua pasta de usuário como mencionado acima. (Selecione Go > Go To Folder no Finder, ou use um comando como ls- al ~/.subversion no Terminal).
  2. O caminho para SSH é normalmente “/usr/bin/ssh”. Se não tiver certeza, insira qual ssh no Terminal.
  3. Abra o arquivo de configuração do Subversion para editar com um editor de texto (por exemplo, nano, pico e assim por diante).

    Por exemplo, insira nano ~/.subversion/config
    no Terminal.
  4. Insira o seguinte na seção de tuneis (abaixo de [tuneis]):

    ssh = $SVN_SSH /usr/bin/ssh

    Observação: para usar a autenticação com base em chave, adicione -i PathToKey. Por exemplo, ssh = $SVN_SSH /usr/bin/ssh -i PathToKey

    Como alternativa, você pode inserir o nome de usuário e senha neste caminho ao adicionar -l UserName -pw Password. Esse método é inseguro e, portanto a Adobe não o recomenda.


  5. Salve e feche o arquivo de configurações.

Configurar o Subversion para o Windows

  1. No Windows Explorer, localize a pasta Subversion em sua pasta de usuário como mencionado acima.
  2. Abra o arquivo em um editor de texto comum, como o Bloco de notas.
  3. Na seção [tuneis], especifique onde o cliente ssh existe. Este local depende de onde você o instalou.

    Abra o arquivo e insira o seguinte na seção de tunéis (abaixo de [tunéis]):

    ssh = $SVN_SSH C:/PathToSSHClient/tortoiseplink.exe

    Observação: para usar a autenticação com base na chave, adicione -i PathToKey. Por exemplo, ssh = $SVN_SSH C:/PathToSSHClient/tortoiseplink.exe -i
    PathToKey


    Como alternativa, você pode inserir o nome de usuário e senha neste caminho ao adicionar -l UserName -pw Password. Esse método é inseguro e, portanto a Adobe não o recomenda.

  4. Salve e feche o arquivo de configurações.

Defina seu site para usar o Subversion com SSH

  1. Abra sua Definição de site do Dreamweaver e, a seguir, escolha Controle de versão na lista de categorias.
  2. Selecione Subversion no menu Acesso.
  3. Selecione SVN+SSH para o protocolo.
  4. Insira seu endereço do servidor no campo Endereço do servidor.
  5. A menos que esteja incluído em seu endereço de servidor, insira o caminho do repositório no campo Caminho do repositório.
  6. Somente Dreamweaver CS4:
    1. Se o seu servidor não usar a porta SSH (22) padrão, selecione Não padrão e, a seguir, insira a Porta do servidor.
    2. Insira o nome do usuário e senha. Deixe desses campos vazios para o login anônimo.

      Observação: o nome de usuário e a senha NÃO são obtidos do Dreamweaver. A única maneira de enviar o usuário é a de inserir AccountName@ServerName no campo Nome do servidor.
  7. Clique no botão Testar para testar a conexão.

  8. Feche a caixa de diálogo Definição de site.
  9. No painel Arquivos, selecione Visualização local ou Visualização do repositório.
  10. Clique com o botão direito do mouse (Windows) ou Ctrl +clique (Mac OS) na pasta raiz para exibir o menu.

  11. Selecione Controle de versão > Obter as versões mais recentes atualizar a lista de arquivos.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online