Quando terminar de editar uma sequência Panasonic P2 é possível exportar a sequência para um disco rígido ou de volta para um cartão P2. Também é possível exportar clipes individuais para o formato P2.

O tamanho máximo de arquivo para um clipe armazenado no formato P2 é 4 GB. Quando o Premiere Pro exporta clipes ou sequências maiores do que 4 GB para o formato P2, ele os exporta como grupos de clipes estendidos de 4 GB . Para obter mais informações sobre a expansão de clipes, consulte Sobre os clipes estendidos.

O fluxo de trabalho do cartão P2 para a edição e de volta para o cartão P2 é simples. Importe os clipes P2 para um projeto que contém uma sequência de canal 5.1. Mapeie os canais de origem para as suas faixas especificadas. Coloque os clipes na sequência ou exporte-os para P2. Para obter mais informações, consulte Mapear canais de áudio de origem e de saída.

Observação:

Exportar para P2 a partir de sequências estéreo, que são o tipo padrão usado nas várias predefinições P2, produz arquivos com duas faixas mono. O Premiere Pro preserva a panorâmica estéreo da sequência. Ao exportar para P2 a partir de sequências com faixas mestre de canal 5.1, o Premiere Pro exporta a sequência em arquivos com dois canais monaurais, um para a esquerda e um para a direita estéreo.

Ao exportar clipes ou sequências para mídia P2, o Premiere Pro converte o clipe e os metadados XMP em campos padrão de P2. Os visores, câmeras, servidores e plataformas P2 podem lê-los.

  1. Selecione a sequência ou o clipe em um painel Linha de tempo ou no painel Projeto.
  2. (Opcional) Se exportar da Linha de tempo, defina um marcador de linha de tempo numerado com “0” no quadro a ser usado como ícone P2 para o exportado.

    Se esse marcador não for definido, o ícone P2 aparecerá no primeiro quadro da sequência por padrão.

  3. Escolha Arquivo > Exportar > Mídia.
  4. Na lista suspensa Formato, selecione Filme P2.
  5. (Opcional) Clique no texto ativo no campo Nome de saída e digite um novo nome de arquivo.

    Esse nome é usado como o valor do elemento UserClipName no arquivo XML de metadados do clipe exportado. O valor UserClipName aparece na coluna Nome do painel Projeto quando o clipe é importado de volta para o Premiere Pro. Se você não especificar um nome, o nome de arquivo será exibido na coluna Nome. O nome do arquivo é automaticamente gerado em conformidade com o formato Panasonic P2 MXF.

  6. Navegue até o local onde deseja salvar o arquivo. É possível navegar até a raiz do cartão P2 montado ou até a pasta de destino de sua preferência e clicar em Salvar.

    Se uma estrutura de arquivos compatível com P2 estiver presente no destino, o Premiere Pro adicionará os clipes exportados às pastas existentes. Se a estrutura de arquivos compatível com P2 não estiver presente, o Premiere Pro criará uma no destino.

  7. Defina a seção do clipe ou da sequência que deseja exportar. Na caixa de diálogo Configurações de exportação, arraste o indicador de tempo atual triangular até o ponto de entrada desejado e clique no botão Definir ponto de entrada . Arraste o indicador de tempo atual triangular até o ponto de saída desejado e clique no botão Definir ponto de saída .
  8. Siga um destes procedimentos:
    • Clique em Fila. O Adobe Media Encoder é aberto com a tarefa de codificação adicionada a sua fila.

    • Clique em Exportar. O Adobe Media Encoder renderiza o ativo imediatamente.

O Adobe Media Encoder adiciona a sequência ou clipe à pasta CONTENTS do disco ou cartão P2. O Adobe Media Encoder adiciona o arquivo de vídeo MXF à pasta VIDEO e o arquivo de áudio MXF à pasta AUDIO. O Adobe Media Encoder adiciona o arquivo de ícone à pasta ICON e o arquivo XML de metadados à pasta CLIP.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online