Efeito de filtro de FFT

A natureza gráfica do efeito Filtro e EQ > Filtro de FFT facilita o desenho de curvas ou notches que rejeitam ou aumentam frequências específicas. FFT significa Fast Fourier Transform, um algoritmo que analisa rapidamente a frequência e amplitude.

 

Esse efeito pode produzir filtros amplos de passagem alta ou baixa (para manter as frequências altas ou baixas), filtros estreitos de passagem de banda (para simular o som de uma chamada telefônica) ou filtros de notch (para eliminar faixas de frequência pequenas e precisas).

Escala

Determina como as frequências estão dispostas ao longo do eixo horizontal x:

  • Para um controle mais preciso sobre as frequências baixas, selecione Logarítmico. Uma escala logarítmica se assemelha mais ao modo como as pessoas escutam o som.

  • Para um o trabalho de alta frequência detalhado com intervalos uniformemente espaçados em frequência, selecione Linear.

Curvas de spline

Cria transições curvas e mais suaves entre pontos de controle, em vez de transições lineares mais abruptas. (Consulte Informações sobre curvas de spline para gráficos.)

Redefinir 

Reverte o gráfico para o estado padrão, removendo a filtragem.

Opções avançadas

Clique no triângulo para acessar essas configurações:

Tamanho de FFT

Especifica o tamanho de Fast Fourier Transform, que determina a compensação entre frequência e precisão de tempo. Para os filtros de frequência íngremes e precisos, escolha valores mais altos. Para artefatos transitórios reduzidos em áudio percussivo, selecione valores mais baixos. Valores entre 1024 e 8192 funcionam bem para a maioria dos materiais.

Janela

Determina a forma de Fast Fourier Transform, com cada opção resultando em uma curva de resposta de frequência diferente.

Essas funções são listadas em ordem, da mais estreita à mais ampla. As funções mais estreitas incluem menos frequências de surround ou lóbulo lateral, mas refletem com menos precisão as frequências centrais. As funções mais amplas incluem menos frequências de surround, mas refletem com mais precisão as frequências centrais. As opções de Hamming e Blackman oferecerem resultados gerais excelentes.

Efeito do equalizador gráfico

O efeito Filtro e EQ > Equalizador gráfico aumenta ou corta as faixas de frequências específicas e fornece uma representação visual da curva EQ resultante. Ao contrário do Equalizador paramétrico, o Equalizador gráfico usa faixas de frequência predefinidas para proporcionar uma equalização rápida e fácil.

É possível distribuir as faixas de frequência nos seguintes intervalos:

  • Um oitavo (10 bandas)

  • Um meio de oitavo (20 bandas

  • Um terço de oitavo (30 bandas)

Os equalizadores gráficos com menos faixas fornecem um ajuste mais rápido; mais faixas proporcionam mais precisão.

Controles deslizantes de ganho

Define o aumento ou a atenuação exata (medido em decibéis) para a faixa escolhida.

Intervalo

Define o intervalo dos controles deslizantes. Insira qualquer valor entre 1,5 e 120 dB. (Por meio de comparação, os equalizadores padrão de hardware têm um intervalo de aproximadamente 12 a 30 dB.)

Exatidão

Define o nível de precisão da equalização. Os níveis de precisão mais altos oferecem a melhor resposta de frequência em intervalos mais baixos, mas exigem mais tempo de processamento. Se você equalizar apenas as frequências mais altas, é possível usar níveis de precisão mais baixos.

Observação:

Se você equalizar as frequências extremamente baixas, defina a Exatidão entre 500 e 5000 pontos.

Ganho principal

Compensa o nível de volume geral, que é muito suave ou muito alto, depois do ajuste das configurações de EQ. O valor padrão de 0 dB representa a ausência de ajuste de ganho principal.

Observação:

O Equalizador gráfico é um filtro FIR (Finite Impulse Response, Resposta ao impulso finita). Os filtros FIR mantêm a precisão da fase, mas tem um pouco menos de precisão de frequência do que os filtros IIR (Infinito Impulse Response, Resposta ao impulso infinita), como o Equalizador paramétrico.

Efeito do filtro de notch

O efeito Filtro e EQ > Filtro de notch remove até seis faixas de frequência definidas pelo usuário. Use esse efeito para remover as faixas de frequência muito estreitas, como uma interferência de 60 Hz, deixando todas as frequências circundantes inalteradas.

Observação:

Para remover os sons agudos “ess”, use a predefinição Suavizador de ruídos sibilantes. Ou use as predefinições DMTF para remover os tons padrão de sistemas de telefone analógicos.

Frequência

Especifica a frequência central para cada fenda.

Ganho

Especifica a amplitude de cada fenda.

Largura da fenda

Determina a faixa de frequência para todas as fendas. As três opções variam de Estreito para um filtro de segunda ordem, que remove algumas frequências adjacentes, a Super estreito para um filtro de sexta ordem, que é muito específico.

Observação:

Normalmente, não use mais do que 30 dB de atenuação para a configuração Estreito, 60 dB para Muito estreito e 90 DB para Super estreito. Uma atenuação maior pode remover uma grande variedade de frequências adjacentes.

Ultra silencioso

Praticamente elimina ruído e artefatos, mas necessita de mais processamento. Essa opção é audível apenas em fones de ouvido e em sistemas de monitoramento de alta definição.

Corrigir a atenuação para

Determina se as fendas têm níveis de atenuação iguais ou individuais.

Efeito do equalizador paramétrico

O efeito Filtro e EQ > Equalizador paramétrico proporciona um controle máximo sobre a equalização tonal. Ao contrário do Equalizador gráfico, que fornece um número fixo de frequências e larguras de banda Q, o Equalizador paramétrico proporciona o controle total sobre as configurações de frequência, Q e ganho. Por exemplo, você pode reduzir simultaneamente um intervalo de frequências pequeno, centrado em torno de 1000 Hz, aumentar uma divisória ampla de frequência baixa, centrada em torno de 80 Hz, e inserir um filtro de notch de 60 Hz.

 

O Equalizador paramétrico usa os filtros IIR de segunda ordem, que são muito rápidos e fornecem uma resolução bastante precisa da frequência. Por exemplo, você pode reforçar de forma precisa um intervalo de 40 a 45 Hz. No entanto, os filtros FIR, como o Equalizador gráfico fornecem uma precisão ligeiramente aprimorada da fase.

Ganho principal

Compensa o nível de volume geral, que é muito alto ou muito suave, depois do ajuste das configurações de EQ.

Gráfico

Mostra a frequência na régua horizontal (eixo x) e a amplitude na régua vertical (eixo y). Frequências no intervalo do gráfico, de menor para a maior, em uma forma logarítmica (com espaço igual por oitavas).

Identificação de filtros de passagem de faixa e shelving no Equalizador paramétrico:

A. Filtros de passagem alta e baixa B. Filtros shelving alto e baixo 

Frequência

Define a frequência central para faixas de 1 a 5, e as frequências de canto para os filtros de passagem de faixa e shelving.

Observação:

Use o filtro shelving baixo para reduzir ruídos de baixa qualidade, interferências ou outros sons de baixa frequência indesejados. Use o filtro shelving alto para reduzir chiados, ruído de amplificador, entre outros.

Ganho

Define o aumento ou a atenuação de faixas de frequência e a inclinação por oitava dos filtros de passagem de faixa.

Q/largura

Controla a largura da banda de frequência afetada. Os valores baixos de Q afetam um intervalo de frequências maior. Os valores muito altos de Q (aproximadamente 100) afetam uma faixa muito estreita e são ideais para os filtros de notch, que removem as frequências específicas, como uma interferência de 60 Hz.

Observação:

Quando uma faixa muito estreita é aumentada, o áudio tende a tocar ou ressoar nessa frequência. Os valores de Q de 1 a 10 são melhores para a equalização geral.

Banda

Permite até cinco faixas intermediárias, bem como filtros de shelving, de passagem alta e baixa, proporcionando um controle fino sobre a curva de equalização. Clique no botão de faixa para ativar as configurações correspondentes acima.

Os filtros de shelving baixo e alto fornecem botões de inclinação (, ) que ajustam as divisórias altas e baixas por 12 dB por oitava, em vez do padrão de 6 dB por oitava.

Observação:

Para ajustar visualmente as faixas ativadas no gráfico, arraste os pontos de controle relacionados

Q constante, largura constante

Descreve a largura da banda de frequência como um valor de Q (que é uma relação entre a largura e a frequência central) ou um valor de largura absoluto em Hz. O Q constante é a configuração mais comum.

Ultra silencioso

Praticamente elimina ruído e artefatos, mas necessita de mais processamento. Essa opção é audível apenas em fones de ouvido e em sistemas de monitoramento de alta definição.

Intervalo

Define o gráfico em um intervalo de 30 dB para ajustes mais precisos ou em um intervalo de 96 dB para ajustes mais extremos.

Efeito de filtro científico

Use o efeito Filtro científico (Efeitos >Filtro e EQ) para a manipulação avançada do áudio. Também é possível acessar o efeito do Rack de efeitos para os ativos digitais individuais no Editor de forma de onda ou para as faixas e os clipes no Editor de múltiplas faixas.

Tipos

Especifica o tipo de filtro científico. As opções disponíveis são apresentadas a seguir.

Bessel

Fornece uma resposta de fase precisa, sem toques ou ultrapassagem. No entanto, a faixa de passagem inclina em suas bordas, onde a rejeição da faixa parada é o pior de todos os tipos de filtro. Essas qualidades tornam o Bessel uma boa escolha para os sinais de percussão, como a pulsação. Para outras tarefas de filtragem, use o Butterworth.

Butterworth

Fornece uma faixa de passagem plana com deslocamento mínimo de fase, toques e ultrapassagem. Esse tipo de filtro também rejeita a faixa parada, muito melhor do que o Bessele apenas um pouco pior do que o Chebychev 1 ou 2. Essas qualidades gerais tornam o Butterworth a melhor opção para a maioria das tarefas de filtragem.

Chebychev

Fornece a melhor rejeição de faixa parada, mas a pior resposta de fase, toque e ultrapassagem na faixa de passagem. Use esse tipo de filtro somente se a rejeição da faixa parada for mais importante do que a manutenção de uma faixa de passagem precisa.

Elíptico

Fornece um corte nítido e uma largura de transição estreita. Ele também pode cortar frequências, ao contrário dos filtros de Butterworth e Chebyshev. Ele pode, contudo, apresentar ondas na faixa parada e na faixa de passagem

Modos

Especificar um modo para o filtro. As opções disponíveis são apresentadas a seguir.

Frequência baixa

Passa as frequências baixas e remove as frequências altas. Você deve especificar o ponto de corte em que as frequências serão removidas.

Ritmo alto

Passa as frequências altas e remove as frequências baixas. Você deve especificar o ponto de corte em que as frequências serão removidas.

Passagem de faixa

Preserva uma faixa e um intervalo de frequências ao remover todas as outras frequências. Você deve especificar dois pontos de corte para definir as bordas da faixa.

Parada de faixa

Recusa todas as frequências dentro do intervalo especificado. Também conhecido como um filtro de notch, a Parada de faixa é o oposto da Passagem de faixa. Você deve especificar dois pontos de corte para definir as bordas da faixa.

Ganho principal

Compensa o nível de volume geral, que pode ser muito alto ou muito suave, depois do ajuste das configurações de filtro.

Corte

Define a frequência que serve como uma borda entre as frequências passadas e removidas. Neste ponto, o filtro altera da passagem à atenuação, ou vice versa. Nos filtros que exigem um intervalo (Passagem de faixa e Parada de faixa), o Corte define a borda de frequência baixa, enquanto o Corte alto define a borda de frequência alta.

Recorte alto

Define a borda de frequência alta nos filtros que exigem um intervalo (Passagem de faixa e Parada de faixa).

Ordem

Determina a precisão do filtro. Quanto maior a ordem, mais preciso será o filtro (com inclinações mais íngremes nos pontos de corte e assim por diante). No entanto, as ordens muito altas também podem ter altos níveis de distorção de fase.

Largura de banda de transição

(Somente Butterworth e Chebychev) define a largura da faixa de transição. (Valores mais baixos têm inclinações mais íngremes.) Se você especificar uma faixa de transição, a configuração Ordem será preenchida automaticamente, e vice-versa. Nos filtros que exigem um intervalo (Passagem de faixa e Parada de faixa), isso servirá como a transição de frequência mais baixa, enquanto a Largura superior define a transição de frequência mais alta.

Largura Superior

(Somente Butterworth e Chebychev) Nos filtros que exigem um intervalo (Passagem de faixa e Parada da faixa), esta opção serve como a transição de frequência mais alta, enquanto aLargura de banda de transição define a transição de frequência mais baixa.

Parar atenuação

(Somente Butterworth e Chebychev) determina a quantidade de redução do ganho a ser usada quando as frequências são removidas.

Ondulação de passagem / Ondulação real

(Somente Chebychev determina a quantidade máxima permitida de ondulação. Ondulação é o efeito do impulso e corte indesejados das frequências próximas ao ponto de corte.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online