Teste páginas da Web ou conteúdos dinâmicos configurando um computador local, um servidor de desenvolvimento, um servidor de teste ou um servidor de produção como servidor de teste.

Se você planeja desenvolver páginas dinâmicas usando linguagens do lado do servidor, como PHP, configure um servidor de teste para gerar e exibir conteúdo dinâmico enquanto você trabalha.

O servidor de teste pode ser o computador local, um servidor de desenvolvimento, um servidor de teste ou um servidor de produção.

Para obter uma visão geral detalhada sobre os propósitos de um servidor de teste, consulte o artigo de David Power, Configuração de um servidor de teste local na Dreamweaver CS5.

Benefícios da configuração de um servidor de teste

Configurar um servidor de teste permite que você teste todo o seu código dinâmico com segurança sem causar qualquer dano ao site. 

Você também pode trabalhar sem interrupção de falhas de rede e interrupções de Internet que podem impedi-lo de fazer upload de tudo em um servidor remoto.

Além disso, ao ter um servidor de teste local, você não precisa perder tempo fazendo upload, testando, corrigindo, fazendo upload novamente e testando novamente suas páginas. 

Então, se você estiver testando layouts, carrinhos de compras ou qualquer outro script, configure um servidor de teste.

Outro benefício de um servidor de teste é que o Dreamweaver sincroniza automaticamente documentos dinâmicos para seu servidor de teste quando você abre, cria ou salva alterações feitas em documentos dinâmicos. Para obter mais informações, consulte Envio automático de arquivos dinâmicos.

Observação:

os tempos de análise e carregamento não serão precisos, a menos que você esteja acessando o site de um local remoto.

Isso é especialmente válido para tempos de carregamento, uma vez que carregar um site no seu computador local é sempre mais rápido que carregar o mesmo site por meio de uma rede.

Antes de iniciar

Antes de configurar um servidor de teste dentro do Dreamweaver, você deve configurar e instalar os seguintes:

  • Um servidor Web, como Apache
  • Um servidor de banco de dados, como MySQL
  • Linguagem do lado do servidor, como PHP

Configurar um servidor de teste

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.

  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique no ícone de edição.

  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:

    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um novo servidor.

    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.

  4. Especifique opções básicas, assim como você faria para uma conexão de servidor remoto, e clique no botão Avançado. Enquanto configura as opções básicas, certifique-se de especificar um URL da Web na tela Básico. 

    Para obter informações sobre a criação de uma conexão de servidor remoto, consulte Conectar-se a um servidor de publicação.

    Para obter mais informações sobre o URL da Web para o servidor de teste, consulte Sobre o URL da Web para o servidor de teste.

  5. Em Servidor de teste, selecione o modelo de servidor que deseja usar para o aplicativo Web.

  6. Clique em Salvar para fechar a tela Avançado. Em seguida, na categoria Servidores, especifique o servidor que você acabou de adicionar ou editar como um servidor de teste.

Sobre o URL da Web do servidor de teste

É necessário especificar um URL da Web para que o Dreamweaver possa usar os serviços de um servidor de teste para exibir dados e se conectar a bancos de dados enquanto você trabalha. O Dreamweaver usa conexão de tempo de design para fornecer informações úteis sobre o banco de dados, como os nomes das tabelas e das colunas das tabelas do banco de dados.

O URL da Web para um servidor de teste compreende o nome de domínio e os diretórios virtuais ou subdiretórios do diretório inicial do site.

Observação:

a terminologia usada no Microsoft IIS pode variar de servidor para servidor, mas os mesmos conceitos se aplicam à maioria dos servidores Web.

Diretório inicial

A pasta no servidor mapeada para o nome de domínio do site. Suponha que a pasta que você deseja usar para processar páginas dinâmicas esteja em c:\sites\company\, e que essa pasta seja seu diretório inicial (ou seja, essa pasta é mapeada para o nome de domínio do seu site; por exemplo, www.mystartup.com). Nesse caso, o prefixo de URL é http://www.mystartup.com/.

Se a pasta que você deseja usar para processar páginas dinâmicas é uma subpasta do seu diretório inicial, basta adicionar a subpasta ao URL. Se seu diretório inicial é c:\sites\company\, o nome de domínio do seu site é www.mystartup.com, e a pasta usada para processar páginas dinâmicas é c:\sites\company\inventory. Insira o seguinte URL da Web:

http://www.mystartup.com/inventory/

Se a pasta que você deseja usar para processar páginas dinâmicas não é seu diretório inicial ou qualquer um de seus subdiretórios, crie um diretório virtual.

Diretório virtual

Uma pasta que não está contida fisicamente no diretório inicial do servidor, ainda que ela pareça estar no URL. Para criar um diretório virtual, especifique um alias para o caminho da pasta no URL. Suponha que seu diretório inicial é c:\sites\company, sua pasta de processamento é d:\apps\inventory e você define um alias para essa pasta chamado warehouse. Insira o seguinte URL da Web:

http://www.mystartup.com/warehouse/

Localhost

Refere-se ao diretório inicial nos seus URLs quando o cliente (geralmente um navegador, mas, neste caso, o Dreamweaver) é executado no mesmo sistema do servidor da web. Suponha que o Dreamweaver seja executado no mesmo sistema Windows do servidor da web, seu diretório inicial seja c:\sites\company e você tenha definido um diretório virtual chamado "warehouse" para se referir à pasta que deseja usar para processar páginas dinâmicas. Estes são os URLs da Web que devem ser digitados para os servidores Web selecionados:

Servidor Web

URL da Web

ColdFusion MX 7

http://localhost:8500/warehouse/

IIS

http://localhost/warehouse/

Apache (Windows)

http://localhost:80/warehouse/

Jakarta Tomcat (Windows)

http://localhost:8080/warehouse/

Observação:

por padrão, o servidor Web ColdFusion MX 7 é executado na porta 8500, o servidor Web Apache é executado na porta 80 e o servidor Web Jakarta Tomcat é executado na porta 8080.

Para os usuários de Macintosh que executam o servidor Web Apache, o diretório inicial pessoal é Users/MeuNomeDeUsuário/Sites, em que MeuNomeDeUsuário é o nome de usuário do Macintosh. Um alias chamado ~MeuNomeDeUsuário é automaticamente definido para essa pasta quando você instala o Mac OS 10.1 ou superior. Portanto, o URL da Web padrão do Dreamweaver é o seguinte:

http://localhost/~MeuNomeDeUsuário/

Se a pasta que você deseja usar para processar páginas dinâmicas é Users:MeuNomeDeUsuário:Sites:inventory, o URL da Web é o seguinte:

http://localhost/~MeuNomeDeUsuário/inventory/

Para obter mais informações, consulte Escolher um servidor de aplicativos.

Envio automático de arquivos dinâmicos

Um documento dinâmico é enviado automaticamente ao servidor de teste quando você o edita e o salva na Visualização dinâmica ou na Visualização de código. Se desejar desativar o envio automático de arquivos dinâmicos, você pode fazer isso nas configurações do servidor. Para obter mais informações, consulte Desativar envio automático de arquivos dinâmicos.

Quando os arquivos são enviados automaticamente, o Dreamweaver também envia os arquivos dependentes se eles não estiverem presentes no servidor de teste. Se os arquivos dependentes já estiverem presentes no servidor, apenas o documento do servidor será enviado ao servidor de teste.

Considere os seguintes cenários:

Cenário 1: você faz alterações no código-fonte e nos arquivos dependentes. O foco está no código-fonte quando você clica em Salvar.

Nesse caso, é exibida a seguinte caixa de diálogo que lista todos os arquivos dependentes afetados:

Eu não consegui exibir esta tela. Você poderia me dar uma captura de tela?

Aviso para salvar arquivos dependentes
Aviso para salvar arquivos dependentes

Você pode escolher os arquivos que deseja enviar para o servidor de teste.

Observação: você pode selecionar Sempre salvar automaticamente arquivos dependentes para que nenhum aviso seja exibido nas operações subsequentes. Para reverter essa preferência a qualquer momento, vá até as configurações do servidor de teste (Configuração de site) e, na guia Avançado, desmarque Sempre salvar automaticamente arquivos dependentes.

Opção Salvar automaticamente arquivos dependentes na configuração do servidor
Opção Salvar automaticamente arquivos dependentes na configuração do servidor

Cenário 2: você faz alterações no código-fonte e nos arquivos dependentes. O foco está em um dos arquivos dependentes quando você clica em Salvar.

Nesse caso, apenas o arquivo dependente é salvo e enviado ao servidor de teste. 

Desativar envio automático de arquivos dinâmicos

Você pode desativar o envio automático de arquivos dinâmicos nas configurações do servidor.

  1. Vá para Site > Gerenciar sites.

  2. Selecione seu site e clique no botão de edição. A caixa de diálogo Configuração de site é exibida.

  3. Vá para a categoria Servidores.

  4. Selecione o servidor de teste e clique no ícone de edição.

  5. No pop-up que aparece, clique em Avançado.

  6. Desmarque Enviar automaticamente arquivos para o servidor de teste.

    Desativando o envio automático de arquivos dinâmicos
    Desativando o envio automático de arquivos dinâmicos

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online