Configure conexões FTP, SFTP, WebDav ou RDS para fazer upload de arquivos do servidor Web de publicação ou para baixá-los.

Um servidor remoto (muitas vezes mencionado como um servidor Web ou servidor de publicação) é o local onde você publica seus arquivos do site de forma que as pessoas possam vê-los online. O servidor remoto é simplesmente outro computador, assim como seu computador local, com uma coleção de arquivos e pastas, como um servidor FTP.

Especifique uma pasta para seu site no servidor remoto, assim como especificou uma pasta para seu site local em seu computador local. O Dreamweaver trata a pasta remota especificada como o seu site remoto.

Ao configurar uma pasta remota, você também deve selecionar um método de conexão para que o Dreamweaver faça upload e baixe arquivos para e do servidor Web. O método de conexão mais típico é o FTP, mas o Dreamweaver também suporta os métodos de rede local, FTPS, SFTP, WebDav e RDS. Se não souber que método de conexão usar, pergunte ao seu provedor ou administrador de servidor.

Observação:

o Dreamweaver também oferece suporte a conexões para servidores IPv6 ativados. Os tipos de conexão com suporte incluem FTP, SFTP, WebDav e RDS. Para obter mais informações, consulte www.ipv6.org/.

Pré-requisitos

Antes de começar, você deve ter acesso a um servidor Web remoto, como um servidor de empresa de hospedagem, um servidor de propriedade do cliente para o qual você está trabalhando ou um servidor de intranet dentro da sua empresa.

Além disso, alguns provedores de serviços de Internet (ISPs) fornecem acesso a espaço grátis na Web como parte do seu contrato de conexão à Internet.

Se você não tiver acesso a um servidor, entre em contato com seu provedor, cliente, administrador do sistema ou uma das muitas empresas de hospedagem que fornecem pacotes de hospedagem na Web.

Você também deve ter definido um site local antes de prosseguir. Para obter informações sobre como definir um site local, consulte Configurar uma versão local do seu site.

Especificar a conexão ao servidor remoto

Você pode se conectar a um servidor remoto (ou um servidor de publicação) usando métodos de conexão diferentes dependendo da sua configuração. 

O método de conexão mais comum usado é FTP. No entanto, você também pode usar métodos mais seguros de conexão, como FTP seguro (SFTP) ou FTP sobre SSL (FTPS).

Se você estiver usando uma pasta dentro da sua rede como servidor remoto, você pode optar por conexões de rede ou locais.

Outros métodos de conexão suportados são Remote Development Services (RDS)protocolo Web-based Distributed Authoring and Versioning (WebDAV).

Se não souber que método de conexão usar, pergunte ao seu provedor ou ao administrador do servidor.

Use os filtros abaixo para navegar para exibir apenas o método de conexão que você deseja usar, ou simplesmente continue a leitura.

Especificar um método de conexão

Conexões FTP

Use esta configuração se você se conectar ao servidor Web usando FTP.

Observação: o Business Catalyst é compatível apenas com SFTP. Se você estiver usando o Business Catalyst, consulte a seção sobre conexões SFTP nesta página.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique no ícone de edição.

  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:

    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor..
    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.

    Aqui está um exemplo da tela de configuração do servidor mostrando as opções básicas de configuração com os campos de texto preenchidos.

    Configurar conexões FTP
    Configurar conexões FTP

  4. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. Você pode escolher qualquer nome que seja necessário.

  5. No menu pop-up Uso da conexão, selecione FTP.
  6. Na caixa de texto Endereço FTP, digite o endereço do servidor de FTP para o qual você faz upload dos arquivos do seu site.

    O endereço FTP é o nome completo na Internet de um sistema de computador, como ftp.mindspring.com. Insira o endereço completo sem qualquer texto adicional. Em particular, não adicione um nome de protocolo à frente do endereço.

    Se não souber o seu endereço FTP, você deverá entrar em contato com a empresa responsável pela hospedagem na Web.

    Observação:

    a porta 21 é a porta padrão para receber conexões de FTP. É possível trocar o número da porta padrão editando a caixa de texto à direita. O resultado quando você salva as configurações é um caractere de dois pontos e o novo número de porta anexado ao endereço FTP (por exemplo, ftp.mindspring.com:29).

  7. Nas caixas de texto Nome do usuário e Senha, digite o nome do usuário e a senha que você usa para conectar-se ao servidor de FTP.

    Observação:

    você deve obter as informações de endereço FTP, nome do usuário e senha com o administrador do sistema da empresa que hospeda seu site. Ninguém mais tem acesso a essas informações. Digite as informações exatamente como forem fornecidas pelo administrador do sistema.

  8. Clique em Testar para testar o endereço FTP, nome do usuário e senha.
  9. O Dreamweaver salva sua senha por padrão. Desmarque a opção Salvar se você preferir que o Dreamweaver solicite uma senha sempre que fizer a conexão com o servidor remoto.
  10. Na caixa de texto Diretório raiz, digite o diretório (pasta) no servidor remoto onde você armazena documentos visíveis ao público.

    Caso você não tenha certeza sobre o que inserir como diretório raiz, entre em contato com o administrador do servidor ou deixe a caixa de texto em branco. Em alguns servidores, o diretório raiz é igual ao primeiro diretório ao qual você se conecta pelo FTP. Para descobrir, conecte-se ao servidor. Se uma pasta chamada public_html, ou www, ou seu nome de usuário, aparecer na visualização Arquivo remoto do painel Arquivos, é provável que este seja o diretório a ser especificado na caixa de texto Diretório raiz.

  11. Na caixa de texto URL da Web, digite o URL do site (por exemplo, http://www.mysite.com). O Dreamweaver utiliza o URL da Web para criar links relativos à raiz do site e verificar links quando você usa o verificador de links.

    Para obter explicações mais detalhadas dessa opção, consulte a categoria Configurações avançadas.

  12. Expanda a seção Mais opções se ainda for necessário definir mais opções.
  13. Selecione Usar FTP passivo se a configuração de firewall exigir o uso de FTP passivo.

    O FTP passivo permite que o software local configure a conexão por FTP, em vez de solicitar a configuração pelo servidor remoto. Se você não tiver certeza se deve usar FTP passivo, verifique com o administrador do sistema.

    Para obter mais informações sobre FTP passivo, consulte O que é FTP passivo?

  14. Selecione Usar modo de transferência IPv6 caso você esteja usando um servidor de FTP ativado para IPv6.

    Com a implementação da versão 6 do protocolo IP (IPv6), o EPRT e o EPSV substituíram os comandos de FTP PORT e PASV, respectivamente. Portanto, se você está tentando conectar-se a um servidor FTP ativado por IPv6, use os comandos passivo estendido (EPSV) e ativo estendido (EPRT) para a conexão dos dados.

    Para obter mais informações, consulte www.ipv6.org/.

  15. Selecione Usar proxy se você quiser especificar um host ou uma porta do proxy.

    Para obter mais informações, clique no link para ir para a caixa de diálogo Preferências e clique no botão Ajuda na categoria Site da caixa de diálogo Preferências.

  16. Clique em Salvar para fechar a tela Básico. Em seguida, na categoria Servidores, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, de teste ou os dois.

Para obter ajuda com a solução de problemas de conectividade FTP, consulte Solução de problemas de FTP no Dreamweaver.

Conexões SFTP

Use FTP seguro (SFTP) se a configuração de firewall/servidor exigir o uso de um FTP seguro. O SFTP usa criptografia e chaves de identidade para proteger uma conexão com o servidor de teste/remoto.

Observação:

é preciso que seu servidor esteja executando um serviço SFTP para que você selecione essa opção. Se você não souber se o servidor está executando SFTP, consulte o administrador do sistema.

Agora é possível autenticar conexões para um servidor SFTP com base na ‘Identity Key’ (com ou sem uma frase secreta).  

O Dreamweaver oferece suporte apenas aos arquivos chave OpenSSH.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.
  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:
    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor..
    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.
  4. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. O nome pode ser qualquer um de sua escolha.
  5. No menu pop-up Uso da conexão, selecione SFTP.

Cenário 1

Você não tem uma chave e quer estabelecer uma conexão SFTP usando apenas as credenciais: combinação de nome de usuário e senha. Nesse caso, use o método de autenticação “Nome de usuário e senha”. 

Configuração de site com conexão SFTP
Configuração de site com conexão SFTP - nome de usuário e senha

  1. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. Esse nome é usado internamente pelo Dreamweaver para identificar o servidor, assim você pode escolher qualquer nome que desejar.

  2. Na lista Conexão, clique em SFTP e insira um endereço e uma porta SFTP válidos.

  3. Para o método de autenticação, clique em Nome de usuário e senha e forneça o nome de usuário e a senha.

    Para verificar a conexão, clique em Testar.

  4. Digite um diretório raiz válido.

  5. Digite um URL da Web válido.

  6. Clique em Salvar.

Cenário 2

Há uma chave que não requer uma frase secreta. E você quer estabelecer uma conexão SFTP usando a combinação de nome de usuário e Arquivo de identidade. Nesse caso, use o método de autenticação “Arquivo de chave privada”.

  1. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. 

    Esse nome é usado internamente pelo Dreamweaver para identificar o servidor, assim você pode escolher qualquer nome que desejar.

  2. Na lista Conexão, clique em SFTP e insira um endereço e uma porta SFTP válidos.

  3. Para o método de autenticação, clique em Arquivo de chave privada e forneça:

    • Nome do usuário
    • Um Arquivo de identidade válido
    • Deixe a Frase secreta em branco e selecione Salvar frase secreta
    Configuração de site com conexão SFTP - Arquivo de identidade
    Configuração de site com conexão SFTP - Arquivo de identidade

    Observação:

    o Dreamweaver oferece suporte apenas aos arquivos chave OpenSSH.

    Para verificar a conexão, clique em Testar.

  4. Digite um diretório raiz válido.

  5. Digite um URL da Web válido.

  6. Clique em Salvar.

Cenário 3

Há uma chave que requer uma frase secreta. E você quer estabelecer uma conexão SFTP usando a combinação de nome de usuário e Arquivo de identidade, e a Frase secreta da chave. Nesse caso, use o método de autenticação “Arquivo de chave privada”.

  1. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. Esse nome é usado internamente pelo Dreamweaver para identificar o servidor, assim você pode escolher qualquer nome que desejar.

  2. Na lista Conexão, clique em SFTP e insira um endereço e uma porta SFTP válidos.

  3. Para o método de autenticação, clique em Arquivo de chave privada e forneça:

    • Nome do usuário
    • Um Arquivo de identidade válido
    • Frase secreta do Arquivo de identidade
    Configuração de site com conexão SFTP - Arquivo de identidade
    Configuração de site com conexão SFTP - Arquivo de identidade

    Observação:

    o Dreamweaver oferece suporte apenas aos arquivos chave OpenSSH.

    Para verificar a conexão, clique em Testar.

  4. Digite um diretório raiz válido.

  5. Digite um URL da Web válido.

  6. Clique em Salvar.

Observação:

a porta 22 é a porta padrão para receber conexões de SFTP.

Configure o restante das opções da mesma maneira que faria para conexões FTP. Para obter mais informações, consulte Conexões FTP.

Conexões FTPS

O FTPS (FTP sobre SSL) fornece tanto a criptografia como o suporte de autenticação em comparação ao SFTP que oferece só o suporte de criptografia.

Usando o FTPS para transferência de dados, você pode criptografar suas credenciais e, também, os dados que são transmitidos ao servidor. Além disso, você pode autenticar conexões e credenciais do servidor. As credenciais de um servidor são validadas de acordo com o conjunto atual de certificados de autoridade de certificação (CA) confiáveis do servidor no banco de dados do Dreamweaver. As autoridades de certificação, que incluem empresas como VeriSign, Thawte, entre outras, emitem certificados de servidor assinados digitalmente.

Observação:

o procedimento descreve opções específicas para FTPS. Para obter informações sobre opções regulares de FTP, consulte Conexões FTP.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.

  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.

  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:

    • Clique no botão “+” (Adicionar novo servidor) para adicionar um servidor

    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente

  4. Em Nome do servidor, especifique um nome para o servidor novo.

  5. Em Conectar usando, selecione uma das seguintes opções com base em seus requisitos.

    FTP sobre SSL/TLS (Criptografia implícita)

    O servidor encerrará a conexão se a solicitação de segurança não for recebida.

    FTP sobre SSL/TLS (Criptografia explícita)

    Se o cliente não solicitar uma conexão segura, o servidor pode prosseguir com uma transação insegura ou recusar/limitar a conexão.

  6. Na Autenticação, escolha uma das seguintes opções:

    Nenhum

    As credenciais do servidor, assinadas ou autoassinadas, são exibidas. Se você aceitar as credenciais do servidor, o certificado será incluído em um repositório de certificados, trustedSites.db, no Dreamweaver. Quando você se conectar a um mesmo servidor pela segunda vez, o Dreamweaver se conectará diretamente a ele.

    Observação:

    se as credenciais de um certificado autoassinado forem alteradas no servidor, você será solicitado a aceitar as novas credenciais.

    Confiável

    O certificado apresentado é validado de acordo com o conjunto atual de autoridades de certificação (CA) confiáveis do servidor no banco de dados do Dreamweaver. A lista de servidores confiáveis fica armazenada no arquivo cacerts.pem.

    Observação:

    uma mensagem de erro será exibida se você selecionar Servidor confiável e conectar-se a um servidor com um certificado autoassinado.

  7. Expanda a seção Mais opções para definir mais opções.

    Usar FTP passivo

    se a configuração de firewall exigir o uso de FTP passivo. O FTP passivo permite que o software local configure a conexão por FTP, em vez de solicitar a configuração pelo servidor remoto. Se você não tiver certeza se deve usar FTP passivo, verifique com o administrador do sistema.

    Para obter mais informações sobre FTP passivo, consulte O que é FTP passivo?

    Criptografar somente canal de comandos

    Selecione essa opção se você quiser criptografar somente os comandos que estiverem sendo transmitidos. Use essa opção quando os dados transmitidos já estiverem criptografados ou não contiverem informações sensíveis.

    Criptografar somente nome de usuário e senha

    Selecione essa opção se desejar criptografar somente seu nome de usuário e senha.

    Usar modo de transferência IPv6

    Defina esta opção se você estiver usando um servidor FTP habilitado para IPv6.

    Com a implementação da versão 6 do protocolo IP (IPv6), o EPRT e o EPSV substituíram os comandos de FTP PORT e PASV, respectivamente. Portanto, se você está tentando conectar-se a um servidor FTP ativado por IPv6, use os comandos passivo estendido (EPSV) e ativo estendido (EPRT) para a conexão dos dados. Para obter mais informações, consulte www.ipv6.org/.

    Usar otimização de desempenho de FTP

    (precisa de informações da Divya BC)

    Usar método de transferência por FTP alternativo

    (precisa de informações da Divya BC)

  8. Clique em Salvar para fechar a tela Básico. Em seguida, na categoria Servidores, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, de teste ou os dois.

Para obter ajuda com a solução de problemas de conectividade FTP, consulte Solução de problemas de FTP no Dreamweaver.

Conexões locais ou de rede

Use esta configuração para conectar-se a uma pasta de rede ou se estiver armazenando arquivos ou executando o servidor de teste no computador local.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.
  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:
    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor..
    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.
  4. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. Esse nome é usado internamente pelo Dreamweaver para identificar o servidor, assim você pode escolher qualquer nome que desejar.

  5. No menu pop-up Uso da conexão, selecione Local/Rede.
  6. Clique no ícone de pasta ao lado da caixa de texto Pasta do servidor para procurar e selecionar a pasta onde os arquivos do site serão armazenados.
  7. Na caixa de texto URL da Web, digite o URL do site (por exemplo, http://www.mysite.com). O Dreamweaver utiliza o URL da Web para criar links relativos à raiz do site e verificar links quando você usa o verificador de links.

    Para obter explicações mais detalhadas dessa opção, consulte a categoria Configurações avançadas.

  8. Clique em Salvar para fechar a tela Básico. Em seguida, na categoria Servidores, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, de teste ou os dois.
  9. Na categoria Servidores na caixa de diálogo Configurações do site, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, um servidor de teste ou ambos.

Conexões WebDAV

Use esta configuração se você se conectar ao servidor Web usando o protocolo Web-based Distributed Authoring and Versioning (WebDav).

Para este método de conexão, você deve ter um servidor que aceite esse protocolo, como o Microsoft Internet Information Server (IIS) 5.0 ou uma instalação corretamente configurada do servidor Web Apache.

Observação:

caso selecione WebDAV como método de conexão e estiver usando o Dreamweaver em um ambiente de multiusuário, você deverá certificar-se também de que todos os usuários selecionem WebDAV como método de conexão. Se alguns usuários selecionarem WebDAV e outros usuários escolherem outros métodos de conexão como, por exemplo FTP, o recurso de devolução/retirada do Dreamweaver não funcionará como o esperado, pois o WebDAV utiliza seu próprio sistema de bloqueio.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.
  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:
    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor.

    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.

  4. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. O nome pode ser qualquer um de sua escolha.
  5. No menu pop-up Uso da conexão, selecione WebDAV.
  6. Para o URL, insira o URL completo para o diretório no servidor WebDAV com o qual você deseja se conectar.

    Esse URL inclui o protocolo, a porta e o diretório (se não for o diretório raiz). Por exemplo, http://webdav.meudomínio.net/meusite.

  7. Digite o nome do usuário e a senha.

    Essas informações servem para a autenticação do servidor e não estão relacionadas ao Dreamweaver. Se você não souber ao certo o nome de usuário e a senha, consulte o administrador do sistema ou o webmaster.

  8. Clique em Testar para testar as configurações da conexão.
  9. Selecione a opção Salvar se deseja que o Dreamweaver lembre sua senha sempre que você iniciar uma nova sessão.
  10. Na caixa de texto URL da Web, digite o URL do site (por exemplo, http://www.mysite.com). O Dreamweaver utiliza o URL da Web para criar links relativos à raiz do site e verificar links quando você usa o verificador de links.

    Para obter explicações mais detalhadas dessa opção, consulte a categoria Configurações avançadas.

  11. Clique em Salvar para fechar a tela Básico. Em seguida, na categoria Servidores, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, de teste ou os dois.
  12. Na categoria Servidores na caixa de diálogo Configurações do site, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, um servidor de teste ou ambos.

Conexões RDS

Você deverá usar esta configuração quando se conectar ao servidor Web usando RDS (Remote Development Services). Neste método de conexão, o servidor remoto deve estar em um computador que execute o Adobe® ColdFusion®.

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.
  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:
    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor.

    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.

  4. Na caixa de texto Nome do servidor, especifique um nome para o novo servidor. Esse nome é usado internamente pelo Dreamweaver para identificar o servidor, assim você pode escolher qualquer nome que desejar.

  5. No menu pop-up Uso da conexão, selecione RDS.
  6. Clique no botão Configurações e forneça as seguintes informações na caixa de diálogo Configurar servidor RDS:
    • Informe o nome do computador host no qual o servidor Web está instalado.
    • O nome do host é provavelmente um endereço IP ou um URL. Caso não tenha certeza, pergunte ao administrador.
    • Insira o número da porta à qual você se conecta.
    • Insira a pasta raiz remota como o diretório do host. Por exemplo, c:\inetpub\wwwroot\myHostDir\.
    • Insira o nome de usuário e a senha do RDS.

    Observação:

    essas opções talvez não apareçam se você definir seu nome de usuário e sua senha nas configurações de segurança do administrador de ColdFusion.

    • Clique em Salvar se você deseja que o Dreamweaver armazene as suas configurações.
  7. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Configurar servidor RDS.
  8. Na caixa de texto URL da Web, digite o URL do site (por exemplo, http://www.mysite.com). O Dreamweaver utiliza o URL da Web para criar links relativos à raiz do site e verificar links quando você usa o verificador de links.

    Para obter explicações mais detalhadas dessa opção, consulte a categoria Configurações avançadas.

  9. Clique em Salvar para fechar a tela Básico. Em seguida, na categoria Servidores, especifique se o servidor que você adicionou ou editou é um servidor remoto, de teste ou os dois.

Definir as Opções avançadas de servidor

  1. Selecione Site > Gerenciar sites.
  2. Clique em Novo para configurar um novo site ou selecione um site do Dreamweaver e clique em Editar.
  3. Na caixa de diálogo Configuração de site, selecione a categoria Servidores e execute um dos seguintes procedimentos:
    • Clique no botão Adicionar novo servidor para adicionar um servidor.

    • Selecione um servidor existente e clique no botão Editar servidor existente.

  4. Especifique as Opções básicas conforme necessário e clique no botão Avançado.
  5. Selecione Manter informações sobre sincronização se quiser sincronizar automaticamente os arquivos locais e remotos. (Essa opção é selecionada por padrão.)
  6. Selecione Fazer upload de arquivos automaticamente no servidor se deseja que o Dreamweaver faça upload do seu arquivo no site remoto quando você salvá-lo.
  7. Selecione Ativar retirada de arquivos se você deseja ativar o sistema de devolução/retirada.
    Configurar opções de conexão avançadas do servidor
    Configurar opções de conexão avançadas do servidor

  8. Se estiver usando um Servidor de teste, você deverá selecionar um modelo de servidor no menu pop-up Modelo de servidor. Para obter mais informações, consulte Configuração de um servidor de teste.

Conectar-se a ou desconectar-se de uma pasta remota

Dependendo do tipo de conexão, você pode se conectar a ou se desconectar de sua pasta remota:

Conexão FTP, SFTP, FTPS, WebDAV, ou RDS:

No painel Arquivos:

  • Para conectar-se, clique em Estabelecer conexão com host remoto na barra de ferramentas.
  • Para desconectar-se, clique em Desconectar na barra de ferramentas.

Conexão local ou de rede:

Você não precisa se conectar à pasta remota; você sempre está conectado a ela. Clique no botão Atualizar para ver os arquivos remotos.

  1. No painel Arquivos:
    • Para conectar-se, clique em Estabelecer conexão com host remoto na barra de ferramentas.
    • Para desconectar-se, clique em Desconectar na barra de ferramentas.

Solução de problemas de configuração de pasta remota

Aqui estão alguns problemas comuns encontrados durante a configuração de pastas remotas e informações sobre como solucioná-los.

  • A implementação de FTP do Dreamweaver talvez não funcione adequadamente com alguns servidores proxy, firewalls de diversos níveis e outras formas de acesso indireto de servidor. Se ocorrerem problemas com o acesso ao FTP, solicite ajuda ao administrador de sistema local.
  • Para a implementação de FTP do Dreamweaver, você deverá conectar-se com a pasta raiz do sistema remoto. Certifique-se de indicar a pasta raiz do sistema remoto como o diretório do host. Se você especificou o diretório do host usando uma barra única (/), talvez seja necessário especificar um caminho relativo do diretório ao qual você está se conectando e a pasta raiz remota. Por exemplo, se a pasta raiz remota for um diretório de nível superior, pode ser necessário especificar um ../../ para o diretório do host.
  • Use sublinhados em vez de espaços e evite caracteres especiais nos nomes de arquivo e de pasta sempre que possível. Dois-pontos, barras, pontos e apóstrofos nos nomes de arquivos ou pastas podem causar problemas.
  • Se ocorrerem problemas com nomes de arquivo longos, use nomes menores. No Mac OS, os nomes de arquivo não podem ter mais de 31 caracteres.
  • Muitos servidores usam links simbólicos (UNIX), atalhos (Windows) ou alias (Macintosh) para conectar uma pasta em uma parte do disco do servidor a outra pasta em outro local. Esses alias em geral não afetam a capacidade de conexão com a pasta ou o diretório apropriado, porém, se você puder se conectar a uma parte do servidor e não a outra, pode ser que haja uma discrepância do alias.
  • Se for exibida uma mensagem de erro do tipo "não é possível colocar o arquivo", pode ser que não haja espaço na pasta remota. Para obter informações mais detalhadas, verifique o registro de FTP.

Observação:

em geral, quando ocorrer algum problema com uma transferência por FTP, selecione Janela > Resultados (Windows) ou Site > FTP Log (Macintosh) e clique na tag de registro de FTP para examinar esse registro.

 Para obter mais informações sobre solução de problemas de FTP, consulte Solução de problemas de FTP no Dreamweaver.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online