Observação:

O Adobe Muse não está mais adicionando novos recursos e suspenderá o suporte em quinta-feira, 26 de março de 2020. Para obter informações detalhadas e assistência, consulte a a página de fim de serviço do Adobe Muse.

Empacotar, implementar e ativar o Adobe Muse

O Adobe Muse está disponível como parte das ofertas Creative Cloud para equipes, assim como da Creative Cloud para empresas (CEE e EEA). Você pode implementar o Adobe Muse em um ambiente gerenciado com facilidade usando o Creative Cloud Packager.

Com a introdução do Creative Cloud Packager versão 1.5, o fluxo de trabalho do empacotamento e implementação para o Adobe Muse para equipes e empresas foi mais racionalizado. Ele não mais requer o fluxo de trabalho de provisionamento.

Consulte o artigo Criar ou editar pacotes para obter ajuda sobre como criar um pacote para a implementação usando o número de série da Creative Cloud para empresas.

Os usuários do Muse para empresas não ais requerem um número de série separada e é serializado usando o número de série da Creative Cloud para empresas seguindo o processo acima.

Inicie o Adobe Muse após a ativação

Após os comandos acima ter sido concluídos com êxito, ative o Adobe Muse com o número de série do Adobe Muse e o inicie como uma versão de assinatura usando qualquer uma e válida Adobe ID (com ou sem a assinatura associada com a mesma). Siga as etapas abaixo para iniciar e usar o Adobe Muse após a ativação:

  1. Inicie o Adobe Muse.
  2. Na tela de boas vindas, escolha a primeira opção Login em uma assinatura existente.
  3. Insira qualquer Adobe ID existente e válida e sua senha associada. Ou, crie uma Adobe ID e efetue o login.

Adobe ID não mais necessária

Anteriormente, em contraste com outros aplicativos sob a licença CCE ou EEA instalados usando do número de série corporativo, o Muse requeria uma Adobe ID válida para iniciar com êxito. Esse não mais é o caso.

O Muse requer uma Adobe ID válida para poder se vincular aso serviços Typekit e Business Catalyst, que estão muito integrados com o Muse. Ele não usa a Adobe ID para validar a assinatura ou propriedade da licença, mas ele verifica os servidores da Adobe para verificar se a Adobe ID inserida existe e se pode ser vinculada com segurança aos serviços Typekit e Business Catalyst.

Opcionalmente, efetuar o login na Creative Cloud concede o acesso para publicar um site de avaliação sob a plataforma de hospedagem Business Catalyst.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online