Atualizações de segurança disponíveis para o Adobe Flash Player

Data de lançamento: 22 de janeiro de 2015

Identificador de vulnerabilidade: APSB15-02

Prioridade: Consulte a tabela abaixo

Número CVE: CVE-2015-0310

Plataforma: Todas as plataformas

Resumo

A Adobe lançou atualizações de segurança para Adobe Flash Player para Windows, Macintosh e Linux. Essas atualizações resolvem uma vulnerabilidade que podia ser usada para contornar a diminuição de aleatoriedade da memória na plataforma Windows.  

A Adobe recebeu relatos da existência de um ataque CVE-2015-0310, que está sendo usado em ataques contra versões anteriores do Flash Player.  Além de isso, estamos investigando os relatórios de um ataque separado ao Flash Player 16.0.0.287 e anteriores que também está no ar. Para obter informações mais recentes, consulte o blog PSIRT aqui

A Adobe recomenda que os usuários atualizem suas instalações do produto para as versões mais recentes:

  • Os usuários do tempo de execução de desktop Adobe Flash Player para Windows e Macintosh devem atualizar para o Adobe Flash Player 16.0.0.287.
  • Os usuários da Versão Adobe Flash Player Extended Support devem atualizar para o Adobe Flash Player 13.0.0.262.
  • Os usuários do Adobe Flash Player para Linux devem atualizar para o Adobe Flash Player 11.2.202.438.
  • O Adobe Flash Player instalado com o Google Chrome, assim como o Internet Explorer no Windows 8.x, será atualizado automaticamente para a versão 16.0.0.287.

Versões de software afetadas

  • Adobe Flash Player 16.0.0.257 e versões anteriores
  • Adobe Flash Player 13.0.0.260 e versões 13.x anteriores
  • Adobe Flash Player 11.2.202.429 e versões anteriores para Linux

Para verificar a versão do Adobe Flash Player instalada em seu sistema, acesse a página Sobre o Adobe Flash Player ou clique com o botão direito no conteúdo em execução no Flash Player e selecione "Sobre o Adobe (ou Macromedia) Flash Player" no menu. Se você usar vários navegadores, faça a verificação em todos os que estiverem instalados no sistema.

 

Solução

A Adobe recomenda que os usuários atualizem suas instalações do software seguindo estas instruções: 

  • A Adobe recomenda que usuários do Tempo de execução de desktop do Adobe Flash Player para Windows e Macintosh atualizem para a versão 16.0.0.287 acessando o Centro de download do Adobe Flash Player ou pelo recurso de atualização do produto quando solicitado.

  • A Adobe recomenda que usuários da Versão de Suporte estendido do Adobe Flash Player atualizem para a versão 13.0.0.262 acessando http://helpx.adobe.com/flash-player/kb/archived-flash-player-versions.html

  • A Adobe recomenda que os usuários do Adobe Flash Player para Linux atualizem para o Adobe Flash Player 11.2.202.438 visitando o Centro de download do Adobe Flash Player.

  • O Adobe Flash Player instalado com o Google Chrome será atualizado automaticamente para a versão mais recente do Google Chrome: o Adobe Flash Player 16.0.0.287. 

  • O Adobe Flash Player instalado com o Internet Explorer para Windows 8.x será atualizado automaticamente para a versão mais recente, que inclui o Adobe Flash Player 16.0.0.287.

Classificações de prioridade e severidade

A Adobe categoriza essas atualizações com as seguintes classificações de prioridade e recomenda que os usuários atualizem suas instalações para as versões mais recentes:

Produto Versões afetadas Plataforma Classificação de prioridade
Tempo de execução de desktop do Adobe Flash Player 16.0.0.257 e versões anteriores
Windows e Macintosh
2
Versão do Adobe Flash Player Extended Support 13.0.0.260 e versões anteriores Windows e Macintosh
2
Adobe Flash Player para Google Chrome  16.0.0.257 e versões anteriores Windows, Macintosh e Linux
2
Adobe Flash Player para Internet Explorer 10 e Internet Explorer 11 16.0.0.257 e versões anteriores Windows 8.0 e 8.1 2
Adobe Flash Player 11.2.202.429 e versões anteriores Linux 3

Essas atualizações resolvem uma vulnerabilidade importante do software.

Detalhes

A Adobe lançou atualizações de segurança para Adobe Flash Player para Windows, Macintosh e Linux. Essas atualizações resolvem uma vulnerabilidade que podia ser usada para contornar a diminuição de aleatoriedade da memória na plataforma Windows.

A Adobe recebeu relatos da existência de um ataque CVE-2015-0310, que está sendo usado em ataques contra versões anteriores do Flash Player.  Além de isso, também estamos investigando os relatórios de um ataque separado ao Flash Player 16.0.0.287 e anterior. Para obter informações mais recentes, consulte o blog PSIRT aqui

A Adobe recomenda que os usuários atualizem suas instalações do produto para as versões mais recentes:

  • Os usuários do tempo de execução de desktop Adobe Flash Player para Windows e Macintosh devem atualizar para o Adobe Flash Player 16.0.0.287.

  • Os usuários da Versão Adobe Flash Player Extended Support devem atualizar para o Adobe Flash Player 13.0.0.262.

  • Os usuários do Adobe Flash Player para Linux devem atualizar para o Adobe Flash Player 11.2.202.438.

  • O Adobe Flash Player instalado com o Google Chrome, assim como o Internet Explorer no Windows 8.x, será atualizado automaticamente para a versão 16.0.0.287.

Essas atualizações resolvem um vazamento de memória que poderia ser usado para contornar a aleatoriedade do endereço de memória na plataforma Windows (CVE-2015-0310). 

Software afetado   Atualização do Player recomendada Disponibilidade
Tempo de execução de desktop Flash Player
  16.0.0.287

Centro de downloads do Flash Player

Distribuição do Flash Player

Versão do Flash Player Extended Support   13.0.0.262 Suporte Estendido
Flash Player para Linux   11.2.202.438 Centro de downloads do Flash Player
Flash Player para Google Chrome  

16.0.0.287 (Windows, Macintosh e ChromeOS)

16.0.0.291 (Linux)

Versões do Google Chrome
Flash Player para Internet Explorer 10 e Internet Explorer 11   16.0.0.287
Conselho de segurança da Microsoft

Agradecimentos

A Adobe gostaria de agradecer às seguintes pessoas e organizações por relatar problemas relevantes e por trabalhar com a Adobe para ajudar a proteger nossos clientes: