É possível usar uma grande variedade de entradas e saídas de hardware com o Adobe Audition. Entradas de placas de som permitem que você use o áudio de fontes como microfones, gravadores e unidades de efeitos digitais. As saídas de placas de som permitem que você monitore o áudio a partir de fontes como alto-falantes e fones de ouvido.

su00
A. As entradas de placas de som se conectam a fontes como microfones e gravadores. B. As saídas de placas de vídeo se conectam a alto-falantes e fones de ouvido. 

Configurar entradas e saídas de áudio

Ao configurar entradas e saídas de gravação e reprodução, o Adobe Audition pode usar os seguintes tipos de drivers de placa de som:

  • No Windows, os drivers ASIO suportam placas profissionais; os drivers MME normalmente suportam placas padrão.

  • No Mac OS, os drivers CoreAudio suportam placas profissionais e padrão.

Os drivers ASIO e CoreAudio são recomendados porque fornecem melhor desempenho e menor latência. Também é possível monitorar o áudio ao gravar e imediatamente ouvir alterações de volume, panorama e efeitos durante a reprodução.

  1. Escolha Editar > Preferências > Hardware de áudio (Windows) ou Audition > Hardware de áudio (Mac OS).
  2. No menu Classe de dispositivo, escolha o driver da placa de som que você deseja usar.
  3. Escolha uma entrada e uma saída padrão da placa.

    Observação:

    No Editor de várias faixas, você pode substituir os padrões para faixas específicas. Consulte Atribuir entradas e saídas de áudio em faixas.

  4. (MME e CoreAudio) Para o Master Clock, escolha a entrada ou a saída à qual deseja sincronizar outros hardwares de áudio digital (garantindo o alinhamento correto das amostras).
  5. Para o Tamanho do buffer de E/S (ASIO e CoreAudio) ou a Latência (MME), especifique a menor configuração possível sem falhas de áudio. A configuração ideal depende da velocidade do sistema, portanto, alguns testes podem ser necessários.
  6. Escolha uma taxa de amostragem para o hardware de áudio. (Para taxas comuns de médios de saída diferentes, consulte Noções básicas da taxa de amostra.)
  7. (Opcional) Para otimizar o desempenho das placas ASIO e CoreAudio, clique em Configurações. Para obter mais informações, consulte a documentação da placa de som.

Observação:

Por padrão, o Adobe Audition controla as placas de som ASIO enquanto reproduz ou monitora o áudio. Caso queira acessar a placa em outro aplicativo, selecione Liberar o driver ASIO no plano de fundo. (O Audition ainda controla a placa enquanto grava para evitar que as gravações parem abruptamente.)

Use configurações de hardware específicas para a máquina para os usuários da rede

Em ambientes de rede, as preferências do Audition são armazenadas nas contas de cada usuário. Para edição, interface, e outras preferências, isso gera uma experiência personalizada para cada usuário. No entanto, as preferências de hardware de áudio devem manter a consistência em uma determinada máquina, garantindo que as entradas e saídas na interface de áudio instalada fiquem disponíveis no Audition.

  1. Escolha Editar > Preferências > Hardware de áudio (Windows) ou Audition > Hardware de áudio (Mac OS).

  2. Na parte inferior das configurações de Hardware de áudio, selecione Usar padrões do dispositivo específicos para a máquina. (Desmarque esta opção apenas se os usuários movem uma interface de áudio atribuída de uma máquina para outra.)

Observação:

Para passar as configurações de hardware de uma máquina para outras, busque e copie o arquivo MachineSpecificSettings.xml.

Atribua os canais do arquivo para entradas e saídas

  1. Selecione Editar > Preferências > Mapeamento de canal de áudio (Windows) ou Audition > Preferências > Mapeamento de canal de áudio (Mac OS).

  2. À direita dos itens nas listas Entrada e Saída, clique nos triângulos para escolher uma porta do hardware para cada canal de arquivo.

Observação:

Este procedimento também define as saídas padrão para a Faixa master no Editor de várias faixas. Para substituir os padrões, consulte Atribuir entradas e saídas de áudio a faixas.

Saída linear do timecode

O sinal de LTC pode ser criado pelo Audition e gravado em um canal de saída de áudio. Use esse recurso para ter flexibilidade total para ajustar o comportamento em situações como o modo de interrupção, saltar de uma posição para outra, iniciar a reprodução ou alterar a velocidade de reprodução.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online