Use este tópico para saber como adicionar efeitos de áudio a uma página da Web e os formatos de arquivo de áudio suportados do Dreamweaver.

Você pode adicionar som a uma página da Web. Existem vários tipos diferentes do arquivos e formatos de som, incluindo .wav, .midi e .mp3. Alguns fatores a serem considerados antes de decidir sobre um formato e um método para adicionar som são objetivo, público-alvo, tamanho do arquivo, qualidade do som e diferenças entre navegadores.

Observação:

Os arquivos de som são manipulados de formas muito diferentes pelos vários navegadores. Talvez seja necessário adicionar um arquivo de som a um arquivo SWF e incorporar o arquivo SWF para melhorar a consistência.

A lista a seguir descreve os formatos de arquivo de áudio mais comuns juntamente com algumas vantagens e desvantagens de cada um deles para o design da Web.

.midi ou .mid (Musical Instrument Digital Interface)

Este formato é para música instrumental. Os arquivos MIDI são compatíveis com vários navegadores e não requerem plug-in. Embora sua qualidade de som seja muito boa, ela pode variar dependendo da placa de som de um visitante. Um arquivo MIDI pequeno pode fornecer um clipe de som longo. Os arquivos MIDI não podem ser registrados e devem ser sintetizados em um computador com hardware e software especiais.

.wav (Waveform Extension)

Estes arquivos têm boa qualidade de som, são compatíveis com vários navegadores e não requerem plug-in. Você pode gravar seus próprios arquivos WAV de um CD, uma fita, um microfone etc. No entanto, o tamanho de arquivo grande limita seriamente o tamanho dos clipes de som que você pode usar nas páginas da Web.

.aif (Audio Interchange File Format, or AIFF)

O formato AIFF, como o formato WAV, tem uma boa qualidade de som, pode ser reproduzido pela maioria dos navegadores e não requer plug-in. Você também pode gravar arquivos AIFF de um CD, uma fita, um microfone etc. No entanto, o tamanho de arquivo grande limita seriamente o tamanho dos clipes de som que você pode usar nas páginas da Web.

.mp3 (Motion Picture Experts Group Audio ou MPEG-Audio Layer‑3)

Um formato compactado que tornar os arquivos de som consideravelmente menores. A qualidade do som é muito boa: se um arquivo mp3 for gravado e compactado corretamente, sua qualidade poderá competir com a qualidade oferecida por um CD. A tecnologia mp3 permite “transmitir” o arquivo de modo que um visitante não precise esperar o download do arquivo inteiro para ouvi-lo. No entanto, o tamanho de arquivo é maior do que de um arquivo Real Audio. Portanto, uma música inteira ainda poderá demorar bastante tempo para ser baixada em uma conexão de modem dial-up comum (linha telefônica). Para reproduzir arquivos mp3, os visitantes devem baixar e instalar um aplicativo de ajuda ou plug-in, como o QuickTime, Windows Media Player ou RealPlayer.

.ra, .ram, .rpm ou Real Audio

Este formato tem um alto grau de compactação, com tamanhos de arquivo menores do que mp3. Arquivos de música inteiros podem ser baixados em um período de tempo razoável. Como os arquivos podem ser “transmitidos” de um servidor Web normal, os visitantes podem começar a ouvir o som antes que o arquivo seja completamente baixado. Os visitantes devem baixar e instalar o plug-in ou aplicativo de ajuda RealPlayer para reproduzir esses arquivos.

.qt, .qtm, .mov ou QuickTime

Este formato é um formato de áudio e vídeo desenvolvido pela Apple Computer. O QuickTime está incluído em sistemas operacionais Apple Macintosh e é usado pela maioria dos aplicativos Macintosh que usam áudio, vídeo ou animação. Os PCs também podem reproduzir arquivos no formato do QuickTime, mas precisam de um driver especial do QuickTime. O QuickTime oferece suporte a maioria dos formatos de codificação, incluindo Cinepak, JPEG e MPEG.

Observação:

Além dos formatos mais comuns listados anteriormente, há vários formatos de arquivo de áudio e vídeo diferentes disponíveis para uso na Web. Se você encontrar um formato de arquivo de mídia com o qual não esteja familiarizado, localize o criador do formato para obter informações sobre qual é a melhor forma de usá-lo e implantá-lo.

A vinculação a um arquivo de áudio é uma maneira simples e eficaz de adicionar som a uma página da Web. Este método de incorporação de arquivos de som permite que os visitantes decidam se desejam ouvir o arquivo e disponibiliza o arquivo para o público-alvo mais amplo.

  1. Selecione o texto ou a imagem que deseja usar como vínculo para o arquivo de áudio.
  2. No Inspetor de propriedades, clique no ícone de pasta ao lado da caixa de texto Link para navegar até o arquivo de áudio ou digite o caminho e nome do arquivo na caixa de texto Link.

Incorporação de um arquivo de som

A incorporação do áudio insere o som diretamente na página, mas o som só será executado se os visitantes do site tiverem o plug-in apropriado para o arquivo de som escolhido. Incorpore arquivos se você deseja usar o som como música de fundo ou se deseja controlar o volume, a aparência do player na página, ou os pontos de início e fim do arquivo de som.

Observação:

Ao incorporar arquivos de som nas páginas da Web, reflita cuidadosamente sobre o uso apropriado no site e como os visitantes do site usam esses recursos de mídia. Sempre forneça um controle para ativar ou desativar a reprodução do som, caso esse visitantes não desejem ouvir o conteúdo do áudio.

  1. Na Visualização de design, coloque o ponto de inserção no local onde deseja incorporar o arquivo e siga um destes procedimentos:
    • Na categoria HTML do painel Inserir, selecione o ícone Plug-in  do menu pop-up.

    • Selecione Inserir > HTML > Plug-in.

  2. Navegue até o arquivo de áudio e clique em OK.
  3. Digite a largura e a altura inserindo os valores nas caixas de texto apropriadas do Inspetor de propriedades ou redimensionando o alocador de espaço de plug-in na janela Documento.

    Esses valores determinam o tamanho em que os controles de áudio são exibidos no navegador.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online