Saiba mais sobre o fluxo de trabalho, começando pela importação por meio da saída final que contém as etapas gerais para editar vídeos no Premiere Pro.

As etapas executadas na edição de vídeo, desde a importação ou captura até a saída final, compõem o fluxo de trabalho. O fluxo de trabalho básico descreve as etapas mais gerais que se executaria para a maioria dos projetos. Os tipos específicos de fluxo de trabalho, como o P2 ou em plataforma cruzada, explicam as configurações, variações ou problemas importantes específicos de cada tipo.

Revisar o fluxo de trabalho inteiro para uma produção antes de criar um projeto e a primeira sequência pode ajudar a otimizar o Adobe Premiere Pro para as necessidades dessa produção. Também pode ajudá-lo a planejar as necessidades especiais da sua produção em qualquer etapa específica. Por exemplo, se você souber, antes de iniciar, os parâmetros da gravação, é possível selecionar as melhores predefinições de sequência para a produção.

Para saber os recursos relacionados à otimização do seu sistema de computador, do fluxo de trabalho e do Premiere Pro para que seja possível fazer mais em menos tempo, consulte esta publicação do blog sobre a região de interesse do After Effects.

Esteja você usando o Adobe Premiere Pro, DVD ou a web para editar vídeo para transmissão, provavelmente seguirá um fluxo de trabalho como o descrito abaixo. Para obter tutoriais recomendados pela Adobe sobre os fluxos de trabalho básicos, role até a parte inferior desta página.

Antes de começar a editar

Antes de começar a editar no Premiere Pro, você precisará de uma gravação para trabalhar. Você pode capturar a sua própria gravação ou trabalhar com gravações que outras pessoas capturaram. Também é possível trabalhar com gráficos, arquivos de áudio e muito mais.

Muitos projetos em que se trabalha não precisam de um script. No entanto, em algumas ocasiões você trabalha a partir de um script ou escreve um, especialmente para projetos de drama. Você pode gravar seu script e organizar os detalhes de produção com o Adobe Story.

Ao capturar, organize as tomadas e faça notas de registro. Também é possível ajustar e monitorar a gravação durante a captura, capturando diretamente em uma unidade.

É importante observar que o uso do Adobe Story não é necessário para edição com o Adobe Premiere Pro. Escrever um script e fazer anotações no local são etapas opcionais para ajudar a organizar um projeto antes de começar.

Começar a editar

Depois de ter adquirido a gravação, siga as etapas para começar a editar com o Premiere Pro.

1. Iniciar ou abrir um projeto

Abra um projeto existente ou inicie um novo na tela inicial do Premiere Pro.

Se estiver iniciando um novo projeto, a caixa de diálogo Novo projeto é iniciada. Na caixa de diálogo Novo projeto, especifique o nome e o local do arquivo de projeto, o formato de captura de vídeo e outras configurações do projeto. (Consulte Criar e alterar projetos.) Após escolher as configurações na caixa de diálogo Novo projeto, clique em OK.

Após sair da caixa de diálogo Novo projeto, a caixa de diálogo Nova sequência será exibida. Escolha a predefinição de sequência na caixa de diálogo que corresponda às configurações da gravação. Primeiro, abra a pasta de tipo de câmera, em seguida, a pasta de taxa de quadros (se necessário) e clique em uma predefinição. Nomeie a sequência na parte inferior da caixa de diálogo e clique em OK.

Se precisar de ajuda para escolher uma predefinição de sequência, consulte esta entrada de Perguntas frequentes:“Como escolher as configurações ideais de sequência?”

Para abrir um projeto existente, clique em um link em Abrir um item recente na tela inicial do Adobe Premiere Pro. Depois de clicar em um link, o projeto iniciará.

2. Capturar e importar vídeo e áudio

Para obter ativos com base em arquivo, usando o Navegador de mídia é possível importar arquivos de fontes do computador nos principais formatos de mídia. Cada arquivo capturado ou importado se torna automaticamente um clipe no painel Projeto.

Como alternativa, usando o painel Capturar, capture gravações diretamente de uma filmadora ou Gravador de vídeo. Com o hardware adequado, é possível digitalizar e capturar outros formatos, de VHS a HDTV.

Também é possível importar várias mídias digitais, incluindo vídeo, áudio e imagens congeladas. O Premiere Pro também importa arte do Adobe® Illustrator® ou arquivos em camada do Photoshop®, e converte projetos do After Effects® para um fluxo de trabalho totalmente integrado. É possível criar mídia sintética, como barras de cores padrão, planos de fundo coloridos e uma contagem regressiva. (Consulte Sobre a captura e a digitalização.)

Também é possível usar o Adobe® Bridge para organizar e localizar arquivos de mídia. Em seguida, use o comando Inserir no Adobe Bridge para colocar os arquivos diretamente no Premiere Pro.

No painel Projeto, é possível rotular, categorizar e agrupar a gravação em compartimentos para manter um projeto complexo organizado. É possível abrir vários compartimentos simultaneamente, cada um em seu próprio painel, ou é possível aninhar os compartimentos, um dentro do outro. Usando a Exibição de ícone do painel Projeto, é possível organizar os clipes em forma de storyboard para visualizar ou montar rapidamente uma sequência.

Observação:

Antes de capturar ou importar áudio, certifique-se de que Preferências > Áudio > Formato de faixa padrão esteja definido para corresponder ao formato de canal desejado.

3. Montar e refinar uma sequência

Usando o Monitor de origem, é possível exibir clipes, definir pontos de edição e marcar outros quadros importantes antes de adicionar clipes a uma sequência. Para sua conveniência, é possível quebrar um clipe mestre em qualquer quantidade de subclipes, cada um com seus próprios pontos de entrada e saída. É possível exibir o áudio como uma forma de onda detalhada e editá-lo com precisão baseada em amostra.

Espaço de trabalho
A: Monitor de origem, B: Monitor de programas, C: Painel Linha de tempo

Você pode adicionar clipes a uma sequência no painel Linha de tempo arrastando-os para lá ou usando os botões Inserir ou Substituir no Monitor de fonte. É possível montar automaticamente clipes em uma sequência que reflita a sua ordem no painel Projeto. É possível exibir a sequência editada no Monitor de programas ou assistir ao vídeo em qualidade máxima e em tela cheia em um monitor de televisão conectado. (Consulte Painéis Linha de tempo e Adicionar clipes a uma sequência.)

Refine a sequência manipulando clipes no painel Linha de tempo, com ferramentas com reconhecimento de contexto ou com ferramentas no painel Ferramentas. Use o Monitor de aparas especializado para fazer um ajuste fino do ponto de corte entre clipes. Ao aninhar sequências (usando uma sequência como um clipe dentro de outra sequência), é possível criar efeitos que não se conseguiria criar de outra forma.

4. Adicionar títulos

Você pode criar títulos com facilidade diretamente em seu vídeo usando o painel Gráficos essenciais no Adobe Premiere Pro. É possível adicionar a camadas texto, formas etc. que você pode reorganizar e ajustar. O título também pode ser salvo como um modelo de animações que pode ser reutilizado e compartilhado. Para obter mais informações sobre como usar essa ferramenta, consulte Criação de gráficos usando o Designer de títulos.

Para obter informações sobre como usar a ferramenta Designer de títulos da Adobe, consulte Como criar e editar títulos.

5. Adicionar transições e efeitos

O painel Efeitos inclui uma lista abrangente de transições e efeitos que podem ser aplicados aos clipes em uma sequência. É possível ajustar esses efeitos, bem como o movimento, a opacidade e a variável Esticar taxa de um clipe usando o painel Controles do efeito. O painel Controles do efeito também permite animar as propriedades de um clipe usando técnicas tradicionais de quadros-chave. Ao ajustar transições, o painel Controles do efeito exibe controles projetados especificamente para essa tarefa. Como alternativa, é possível exibir e ajustar transições e quadros-chave de efeitos de um clipe em um painel Linha de tempo. (Consulte Visão geral da transição: aplicar transições e Aplicar efeitos aos clipes.)

6. Misturar áudio

Para ajustes de áudio com base na faixa, o Mixer da faixa de áudio emula um painel completo de mistura de áudio, integrado com controles deslizantes de panorâmica e atenuação, com envios e efeitos. O Premiere Pro salva os ajustes em tempo real. Com uma placa de som suportada, é possível gravar áudio com o mixer de som ou misturar áudio para som surround 5.1. Para obter mais informações, consulte Misturar faixas de áudio e clipes..

7. Exportar

Forneça sua sequência editada na mídia de sua preferência: fita, DVD, disco Blu-ray ou arquivo de filme. Usando o Adobe Media Encoder, é possível personalizar as configurações para MPEG-2, MPEG-4, FLV e outros codecs e formatos, de acordo com as necessidades do seu público-alvo. Para obter mais informações, consulte Tipos de exportação.

Trabalho entre plataformas

É possível trabalhar em um projeto entre plataformas de computador. Por exemplo, é possível começar no Windows e continuar no Mac OS. No entanto, algumas funções mudam conforme o projeto é movido de uma plataforma para outra.

Configurações de sequência

É possível criar um projeto em uma plataforma e, em seguida, movê-lo para outra. O Premiere Pro define as configurações de sequência equivalentes para a segunda plataforma, se houver um equivalente. Por exemplo, é possível criar um projeto DV que contém captura DV e configurações de controle de dispositivos no Windows. Ao abrir o projeto no Mac OS, o Premiere Pro define a captura DV para Mac e as configurações de controle de dispositivos apropriadas. Salvar o projeto salva essas configurações para Mac OS. O Premiere Pro converte esses configurações para as configurações do Windows se o projeto for aberto posteriormente no Windows.

Efeitos

Todos os efeitos de vídeo disponíveis no Mac OS estão disponíveis no Windows. Os efeitos do Windows indisponíveis no Mac aparecem como efeitos offline se o projeto for aberto no Mac. Esses efeitos são designados “Somente Windows” na Ajuda do Premiere Pro. Todos os efeitos de áudio estão disponíveis nas duas plataformas. As predefinições de efeito funcionam nas duas plataformas (a menos que a predefinição se aplique a um efeito que não esteja disponível em uma determinada plataforma.)

Predefinições do Adobe Media Encoder

As predefinições criadas em uma plataforma não estão disponíveis na outra.

Arquivos de visualização

Os arquivos de visualização criados em uma plataforma não estão disponíveis na outra. Quando um projeto é aberto em uma plataforma diferente, o Premiere Pro renderiza os arquivos de visualização. Quando esse projeto é aberto em sua plataforma original, o Premiere Pro renderiza os arquivos de visualização novamente.

Arquivos de alta profundidade de bits

Os arquivos AVI do Windows que contêm vídeo de 10 bits 4:2:2 sem compactação (v210) ou de 8 bits 4:2:2 sem compactação (UYVU) não são suportados no Mac OS.

Renderização de visualização

A qualidade de reprodução de arquivos não nativos não renderizados não é tão alta quanto a qualidade de reprodução desses arquivos em suas plataformas nativas. Por exemplo, os arquivos AVI não reproduzem tão bem no Mac OS quanto reproduzem no Windows. O Premiere Pro renderiza os arquivos de visualização de arquivos não nativos na plataforma atual. O Premiere Pro sempre renderiza os arquivos de visualização em um formato nativo. Uma barra vermelha na linha de tempo indica quais seções contêm arquivos que precisam de renderização.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online