Um guia para as configurações de recursos de modelo e mapeamento de dados/mesclagem do Adobe Sign para Salesforce

Visão geral

O Adobe Sign permite usar formulários interativos para coletar dados de seus signatários, posicionar assinaturas e campos iniciais em seus documentos, coletar informações de remetentes e de signatários e muito mais.

Você pode criar a sua própria biblioteca de modelos do Adobe Sign ao armazenar formulários e modelos do Adobe Sign na guia Documentos do Salesforce.

As tags de texto do Adobe Sign oferecem os seguintes benefícios:

  • Definem locais específicos definidos para os clientes assinarem e rubricarem documentos
  • Coletam dados de signatários que podem ser enviados de volta para a sua conta do Salesforce. (Consulte Mapeamentos de dados)
  • Mesclam dados do Salesforce em campos de documentos antes de enviá-los para assinatura. (Consulte Mapeamentos de mesclagem)

É possível criar formulários do Adobe Sign ao adicionar tags de texto especiais em qualquer documento enviado por ele (Word, PDF, texto etc.). Para obter mais detalhes, leia a Documentação de tags de texto.

Observação:

Há duas configurações opcionais disponíveis em relação ao mapeamento de dados e de mesclagem. Ambas podem ser configuradas para atender às suas necessidades ao navegar ate Configuração > Ferramentas de plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas:

1. Você gostaria de receber um email quando o mapeamento de dados ou mesclagem falhar?

  • Ativar notificação de erro de mapeamento (ativada por padrão) - ative esta configuração para enviar notificações por email para o proprietário do mapeamento de dados ou mesclagem sempre que ocorrerem erros quando o mapeamento for executado.

2. Você gostaria de ter os nomes da API expostos ao selecionar campos no mapeamento de dados/mesclagem?

  • Mostrar o nome da API dos campos (desativado por padrão) - ative esta opção para mostrar o nome da API para cada campo e a relação de objetos do salesforce ao definir mapeamento de dados e de mesclagem.

Explicação detalhada

Walk me thru

Você notará que em algumas páginas há um botão “Explicação detalhada”.

Esse botão leva você por algumas etapas de alto nível, para as quais a página foi projetada. Não é uma verificação de viabilidade de valores que você está inserindo, mas é útil para percorrer um processo na ordem certa e não ignorar algum elemento necessário.


Observação:

Os nomes de campos de Mesclagem/Mapeamento de dados para os campos de objeto do SFDC podem ser utilizados ao “fazer upload” dos nomes de campo no Salesforce. Isso permite que você selecione nomes de campo em uma lista de opções em vez de digitar à mão livre os nomes do campo em um campo de texto. Para fazer isso:

  1. Crie seu formulário com todos os campos definidos
  2. Envie o formulário para assinatura pelo Salesforce com um nome óbvio de contrato como Modelo do campo W4
    • Isso ajuda a localizar o modelo correto ao mapear seus campos
  3. Digite um (qualquer) conteúdo em cada campo que você pretende mapear e assine o contrato para que ele seja registrado como concluído no Salesforce.
    • O processo de conclusão oferece ao Salesforce uma fonte para extrair os nomes de campo
  4. Agora, ao usar o recurso Importar do mapeamento/mesclagem de dados, você deverá ver o modelo

Uma rápida observação sobre formulários / tags de texto

O mapeamento bem-sucedido exige formulários pré-criados com nomes de campos definidos, para que seja possível relacionar logicamente o campo de Objeto do SFDC ao campo de formulário do Adobe Sign. 

Um formulário simples está ilustrado abaixo. Os campos são definidos por pares de chaves em ambos os lados (definindo a largura do campo) e o nome do campo (a sequência de caracteres entre as chaves). 

Exemplos de tags de texto

Marcações de texto podem incluir argumentos adicionais além do valor de nome, como validações, cálculos e expressões regulares. Uma boa compreensão da criação de formulários pode ser encontrada aqui e pode melhorar muito a qualidade dos dados capturados ao longo do processo de assinatura.

Observação:

O recurso Encurtamento de tag de texto pode ser muito útil no design de formulários e no mapeamento de campos, pois estabelece uma convenção para os nomes de campo que se repetem em todos os documentos (e economiza tempo sem precisar recriar a tag formal). Isto melhora com eficácia o mapeamento de dados em múltiplos formulários e constrói uma âncora para os próximos.

Mapeamentos de mesclagem - gera documentos com dados do Salesforce

Mapeamentos de mesclagem do Adobe Sign fornece a capacidade de mesclar dados de campo do Salesforce nos seus campos de documentos antes de enviá-los para assinatura.

Por exemplo, você pode preencher o endereço do Lead e o número de telefone de um registro do Salesforce automaticamente no contrato, antes de ele ser enviado ao Lead para assinatura. Também é possível alterar o status de uma Oportunidade quando o contrato estiver totalmente assinado e executado. Os campos de dados mesclados poderão ser atualizados por signatários se você optar por mapear as atualizações do signatário para o Salesforce.

Você também pode usar Mapeamentos de mesclagem para adicionar automaticamente as listas de produto ligadas a uma oportunidade. É possível definir quais atributos de produto (como a quantidade e o preço) são incluídos nos contratos, bem como especificar como classificar e filtrar os produtos associados. 

Sobre Mapeamentos de mesclagem

Um tipo de fonte de dados para um mapeamento de mesclagem pode ser um valor constante específico ou um valor de um campo do objeto do Salesforce que pode ser referenciado de um Contrato do Adobe Sign. O destino para cada item de mapeamento de mesclagem é um campo atribuído no Contrato do Adobe Sign.

Por exemplo, o mapeamento abaixo atualiza os campos do documento do Adobe Sign para “Nome” e “Sobrenome” com os dados do campo Destinatário do Salesforce (Contato). Ele também preenche o campo de empresa no documento com o nome da conta.

Exemplo de campos de mesclagem

Observação:

Quando você seleciona um objeto para mapear, começará no objeto Contrato e avnçará para um objeto pai/de pesquisa. A associação entre os objetos já deve estar estabelecida no tempo de execução.

Criar um Mapeamento de mesclagem

Para criar um novo Mapeamento de mesclagem:

    1. Selecione Adobe Sign no Inicializador do aplicativo na parte superior esquerda da tela

    2. Clique na guia Mapeamentos de mesclagem

    3. Em Mapeamentos de mesclagem, clique em Novo.

Botão novo na página Mapeamentos de mesclagem

A página Novo mapeamento de mesclagem é exibida.

Página Novo mapeamento de mesclagem

    4. Na seção Informações de mapeamento, digite um nome para o mapeamento e decida se você gostaria que seja o mapeamento padrão. Se você marcar “Mapeamento mesclado padrão”, o mapeamento será executado por padrão ao enviar um Contrato para assinatura.

Nomeie o mapeamento

    5. Para importar e mapear nomes de campo de formulário de um documento existente, você pode selecionar um contrato que foi enviado para a assinatura e assinado. Você pode importar campos de contratos adicionais para acrescentar mais campos. Os campos com nomes duplicados não serão importados duas vezes. Para importar campos de formulário, faça o seguinte:

  a. Clique no botão de alternar Mostrar para exibi a seção Importar campos de formulário de documento.

Importar campos de formulário de documento

  b. Clique no ícone Pesquisar após o campo onde você visualiza Importar campos de

  c. Selecione o Contrato do qual gostaria de importar campos

  d. Clique no botão Importar campos de formulário.

O número de campos importados será exibido.

O número de campos importados será exibido.

    6.Na seção Mapear campos de objeto do Salesforce para campos de documento, você pode criar um mapeamento dos campos que podem ser referenciados do objeto do Contrato do Adobe Sign (incluindo campos personalizados). Você também pode adicionar regras de mapeamento para mesclar dados nos documentos do Adobe Sign. 

Seção Mapear campos de objeto do Salesforce para campos de documento

Para criar uma linha de mapeamento de campo de mesclagem, faça o seguinte:

    1. Clique em Adicionar mapeamento de campo para adicionar uma nova linha em branco.

Adicionar mapeamento de campo

    2. Defina os mapeamentos e regras de mapeamento com as seguintes opções:

  • Campo do documento de destino - se você importou campos de formulário, pode selecionar esses campos. Ou você pode inserir um nome de campo específico.
    • Clique no ícone à esquerda do Campo do documento de destino para alternar entre um campo de entrada de texto e uma lista suspensa selecionável exibindo os valores de campo de formulário disponíveis e importados.
  • Tipo de fonte, selecione um ou outro Campo do objeto do Salesforce ou Constante.
  • Valor de origem - dependendo do tipo de fonte selecionado, é necessário especificar o seguinte:
    • Se o valor de origem é Campo do objeto do Salesforce, você deve selecionar um valor. Para fazer isso, clique no link Objeto Selecionado para exibir a caixa de diálogo Seletor de objeto onde pode selecionar o campo de objeto de origem do Salesforce.
O Seletor de objeto

        Se o Valor de origem é Constante, digite um valor no campo Valor de origem.

  • Desativar - quando selecionado, essa linha de mapeamento não será executada
  • Ações - clicar neste ícone excluirá a linha
Digite uma Constante se o valor for Constante

    3.Repita as etapas 1 e 2 para adicionar mais linhas de mapeamento.

 

Na seção Mapear os campos de itens dos produtos do Salesforce para os campos de documento da Adobe, você pode adicionar as listas de produto ligadas a uma oportunidade.

Para criar uma linha de mapeamento de campo de mesclagem, faça o seguinte:

  1. Clique em Adicionar mapeamento de campo para adicionar uma nova linha em branco.
Map SFDC product line fields

    2. Clique em Objeto selecionado para exibir a caixa de diálogo Seletor de objeto.

O Seletor de objeto

    3. Na caixa de diálogo Seletor de objeto, selecione os campos de origem do Salesforce, selecione Oportunidade, Produto da oportunidade, em seguida, adicione os atributos de produto, como quantidade, preço e descrição da linha, que estão incluídos nos seus contratos. Você também pode especificar o campo de classificação e a ordem de classificação.

Object Selector Expanded

    4. Clique em Concluído.

    5. Repita as etapas de 1 a 4 para adicionar mais linhas de mapeamento.

Quando você tiver concluído o modelo de Mapeamento de mesclagem, clique em Salvar

 

Uso dos Mapeamentos padrão e múltiplos

É possível criar a quantidade de Mapeamentos de mesclagem necessários, sendo que um deles pode ser definido como mapeamento padrão que será executado sempre que um contrato for enviado para assinatura. Apenas um mapeamento pode ser o padrão.

Você também pode especificar explicitamente qual mapeamento de mesclagem você gostaria de usar para um contrato ao consultá-lo no campo Mapeamento de mesclagem do Contrato (echosign_dev1__Merge_Mapping__c). Você pode usar um fluxo de trabalho ou um acionador do Salesforce para executar qualquer lógica de negócio personalizada para determinar qual modelo a ser usado. Observe que você não precisa definir esse campo para apontar para o mapeamento de padrão; o mapeamento padrão é executado se esse campo for deixado em branco.

Observação:

Recomendamos que as implantações dimensionáveis ou complexas usem apenas o mapeamento padrão durante a avaliação /prova de conceito iniciais. Relacionar explicitamente os modelos deve ser a prática.


Arquivos anexos

Há configurações de Mapeamentos de mesclagem que definem como os anexos de arquivo são manipulados. Por padrão, o documento anexado original (por exemplo, um modelo de Contrato de Não Confidencialidade) será removido e o documento mesclado será anexado ao registro do contrato, depois que ele é enviado.

  • Anexar documento mesclado - quando um mesclar mapeamento é usado para um contrato, selecionar essa opção anexará o documento com os dados mesclados no registro do contrato, depois que ele é enviado.
  • Remover documento original - quando um mesclar mapeamento é usado para um contrato, selecionar essa removerá o documento do modelo original do registro do contrato, depois que ele é enviado.

Observação:

Essas configurações são globais no escopo e impactarão qualquer modelo de mapeamento de mesclagem.

Para alterar essas configurações:

  1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas
  2. Clique no Rótulo de Configurações de Mapeamento de Mesclagem do Adobe Sign
  3. Clique no botão Gerenciar
  4. Clique no botão Novo
  5. Edite as configurações conforme desejado e clique em Salvar

 

Solução de problemas de mapeamentos de mesclagem

Os campos do Salesforce têm regras de validação que podem causar a falha de um mapeamento. Por exemplo, se você mapear o campo de email do Salesforce para um campo de texto do Adobe Sign, ele poderá falhar se o conteúdo do campo não for um endereço de email válido.

Se um mapeamento falhar por qualquer motivo, a mensagem de erro será registrada no campo “Erro do mapeamento de mesclagem” (echosign_dev1__Merge_Mapping_Error__c) no objeto do Contrato do Adobe Sign e um email será enviado ao proprietário do mapeamento de mesclagem para indicar o erro.  

Observação:

Também é possível criar uma exibição de relatório ou lista para expor os campos de mapeamento com falha

A notificação por email é ativada por padrão, mas pode ser desativada definindo a configuração:

1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas

2. Clique no rótulo Configurações do Adobe Sign

Configurações do Adobe Sign personalizadas

    2. Clique no botão Gerenciar na página Definição de configuração personalizada

    3. Clique em Novo ou Editar na página Configuração personalizada

    4. Encontre Ativar Notificação de erro de mapeamento e modifique conforme necessário

Ativar Notificação de erro de mapeamento

Mapeamentos de dados - Inserem os dados e arquivos do signatário nos Registros do Salesforce

Os mapeamentos de dados do campo do formulário do Adobe Sign permitem que você defina como o Adobe Sign atualizará objetos Salesforce.com usando os dados que captura de signatários. Por exemplo, você pode atualizar o registro de contato de um signatário no Salesforce.com com o endereço e número de telefone fornecido ao preencher e assinar o documento. Além disso, você também pode colocar de volta o contrato assinado, trilha de auditoria e qualquer documento de apoio carregado do Adobe Sign, pertencentes aos destinatários, nos objetos do Salesforce ao configurar os mapeamentos do arquivo. 

Sobre mapeamentos de dados do campo de formulário

Os Mapeamentos de dados do Adobe Sign atualizam os objetos do Salesforce, quando o contrato do Adobe Sign é assinado ou em um estágio especificado no fluxo de trabalho do contrato. Cada Mapeamento de dados é configurado com antecedência e inclui regras de mapeamento de dados. Cada regra de mapeamento de dados define a fonte de dados e o campo do Salesforce do destino que ela precisa atualizar.

Uma fonte de dados para um mapeamento pode ser um campo de formulário do Adobe Sign, um valor constante específico ou um valor de um campo de Contrato do Adobe Sign. O destino para cada item de mapeamento de dados pode ser qualquer campo em qualquer objeto do Salesforce que possa ser consultado no Contrato do Adobe Sign.

Por exemplo, o mapeamento abaixo atualiza o nome e o sobrenome do signatário (inserido pelo signatário) no objeto Contato. Também atualiza o estágio de oportunidade e adiciona o contrato assinado e a trilha de auditoria à Oportunidade quando o contrato é assinado. 

Exemplo de mapeamentos de campo

Estes são outros exemplos sobre como usar os mapeamentos de dados para atualizar o Salesforce:

  • Atualizar informações de contato do destinatário
  • Adicionar um número de ordem à oportunidade
  • Atualizar as informações de pagamento na conta
  • Alterar o estágio da oportunidade quando o contrato é assinado
  • Adicionar o PDF assinado e a trilha de auditoria ao contato. 

 

Criação de um mapeamento de dados do campo de formulário

Para criar um novo Mapeamento de dados do Adobe Sign, siga as etapas abaixo:

  1. Selecione Adobe Sign no Inicializador do aplicativo na parte superior esquerda da tela
  2. Clique na guia Mapeamentos do modelo
  3. Na página inicial Mapeamentos de dados, clique no botão Novo
  4. Na página Novo mapeamento de dados, digite um nome intuitivo para o mapeamento e decida se deseja que ele seja o mapeamento padrão. Se você marcar “Mapeamento de dados padrão?”, o mapeamento será executado por padrão após a assinatura dos contratos. Você não precisa configurar um mapeamento de dados como padrão. É possível atribuí-lo a um Modelo de contrato que será usado quando um contrato for criado
Página Novo mapeamento de dados

    5. Use a seção Mapeamento de campos para definir os mapeamentos de dados aos campos do Salesforce. Você pode adicionar regras de mapeamento para atualizar campos a qualquer objeto relacionado do Salesforce. Você pode criar um mapeamento para qualquer campo (incluindo campos personalizados). Há duas maneiras de criar as linhas de mapeamento e especificar quais campos de contrato são a origem dos dados. Você pode importar campos de um documento existente usando Importar campos de e Contrato existente. Ou, você pode definir cada linha de mapeamento que usa individualmente Adicionar mapeamento.

Observação:

Se você não tiver campos personalizados do Adobe Sign no documento usado para importação, não poderá importar os campos padrão do Adobe Sign que acompanham cada Contrato assinado. (por exemplo, assinado (data), email, nome, sobrenome, cargo e empresa).

Você pode usar Importar campos de e Contrato Existente para importar uma lista de nomes de campo de formulário para criar mapeamentos selecionando um contrato existente enviado para a assinatura e assinado. Você pode importar campos de contratos adicionais para acrescentar mais campos. Para importar campos de um contrato, faça o seguinte:

  1. Selecione o contrato dos quais você gostaria de importar campos.
Selecione o modelo para importar

    2. Clique no botão Importar campos de formulário. O número de campos importados é exibido.

Clique no botão Importar campos de formulário

É possível usar Adicionar mapeamento para adicionar as linhas de mapeamento individualmente, como mostrado abaixo:

Link Adicionar mapeamento

Para cada linha de Mapeamento de campo, especifique o seguinte:

    1a. Qual objeto do Salesforce deve ser atualizado? — Selecione o objeto do Salesforce de destino para a qual os dados serão copiados.

    1b. Qual campo do Salesforce deve ser atualizado? — Selecione o campo do Salesforce de destino para a qual os dados serão copiados.

    2a.De onde vêm os dados? — Selecione o tipo — Selecione uma das seguintes opções: Campo de formulário do EchoSign, Constante ou Campo do contrato.

    2b. Qual o valor dos dados? — Dependendo da opção de De onde vêm os dados selecionada, você deve especificar o seguinte:

  • Dados provenientes do “Campo de formulário EchoSign” — Selecione um campo de formulário EchoSign ou insira um nome de campo específico. Clique no ícone à esquerda do campo para alternar entre um campo de entrada de texto e uma lista suspensa selecionável exibindo os valores de campo de formulário disponíveis e importados.
  • Dados provenientes de “Constante” — Digite um valor específico. Por exemplo, você pode colocar um valor do campo que você desejar para mudar para uma lista de opções do Salesforce. Ou digite um número ou um texto que você deseja atualizar em um campo do Salesforce.
  • Dados provenientes de “Campo de contrato” — Selecione um campo de contrato da lista suspensa.

    3.Quando executar o mapeamento? — Selecionar status do Contrato — O mapeamento de dados será executado quando o status do contrato muda para o status especificado.

  • Assinado/aprovado/Aceito/Formulário preenchido/Entregue
  • Aguardando a Contra-assinatura/Aprovação/Aceitação/Preenchimento de formulário/Entrega
  • Enviado para Assinatura/Aprovação/Aceitação/Preenchimento de formulário/Entrega
  • Cancelado/recusado
  • Expirada
Registros de mapeamento de dados de exemplo

Você também pode modificar as configurações de qualquer linha de mapeamento.

  1. Em Ações, clique no ícone de Configurações (engrenagem)
  2. Na caixa de diálogo Configurações de valor de mapeamento de campo, você pode especificar o seguinte:
    • Não sobrescrever existente — Se marcado, então, se um valor já existe no campo do Salesforce de destino, não sobregrave o valor usando esta regra de mapeamento.
    • Não escrever em branco — Se marcado, então, se o valor de origem no contrato do Adobe Sign estiver vazio, não insira o valor vazio no campo de destino do Salesforce com esta regra de mapeamento.

Como opção, você também pode desativar uma linha de mapeamento, para que ela não seja executada, marcando a opção Desativar

 

Criando um mapeamento de arquivo

Você pode mapear o contrato assinado do Adobe Sign, ou a trilha de auditoria para o objeto Salesforce de destino selecionado, fazendo o seguinte:

    1. Clique em Adicionar mapeamento na tabela Mapeamento de arquivo. 

Link de Mapeamento de arquivo - Adicionar mapeamento

    2. Para cada linha de Mapeamento de arquivo, selecione:

1. Qual objeto do Salesforce deve ser atualizado? — Selecione o objeto do Salesforce de destino para a qual os dados serão copiados

2a.Como você deseja adicionar o arquivo? — As opções são as seguintes:

• Adicione um link de referência ao arquivo — Fornece a URL para obter PDF do contrato assinado.

• Anexe o arquivo diretamente ao objeto — Anexa o documento em PDF diretamente ao objeto que para o qual você está mapeando, se há uma lista de anexos disponível para esse objeto.

Observação:

Nem todos os objetos (por exemplo, Usuários) aceitam anexos de arquivo, portanto, não mapeie arquivos para esses objetos.

 

2b. Salvar como um anexo - Quando esta opção está marcada, o conteúdo será armazenado como um Anexo (tipo de objeto do Salesforce). Se esta opção não estiver marcada, o conteúdo será armazenado como um Arquivo.

2c. Em qual campo o URL deve ser adicionado? — Necessário somente se você selecionar Adicione um link de referência ao arquivo.Você deve selecionar o campo de destino para a qual o URL será copiado.

Observação:

Ao adicionar um link de referência para a trilha de auditoria, o documento de suporte ou a divisão do PDF assinado não são aceitos. É possível anexar esses arquivos PDF no registro do objeto do Salesforce.

Além disso, o link de referência só pode ser mapeado para um campo baseado em texto (por exemplo, cadeia de caracteres, lista de opções)

 

3.Qual arquivo deve ser adicionado? — As opções são as seguintes:

Contrato assinado – PDF mesclado — Selecione esta opção se você enviar vários documentos para assinatura em uma única transação, essa opção retornará os documentos assinados ao registro do objeto do Salesforce como um único arquivo PDF mesclado.

• Contrato assinado - PDFs separados — Selecione esta opção se você enviar documentos para assinatura em uma única transação, essa opção retornará os documentos assinados ao registro do objeto do Salesforce como PDF separados.

• Trilha de auditoria — Selecione esta opção para colocar a trilha de auditoria em formato PDF de volta ao registro do objeto do Salesforce.

• Documentos de suporte — Selecione esta opção para colocar qualquer documento de suporte que tiver sido carregado pelos signatários de volta ao registro do objeto do Salesforce.

Observação:

Se você tiver um URL personalizado no Adobe Sign, com um subdomínio personalizado (por exemplo: https://companyxyz.echosign.com), você precisa de uma etapa adicional para colocar o PDF do contrato assinado de volta ao Salesforce. 

 

  1. Navegue até Configuração > Configurações > Segurança > Configurações de site remoto
  2. Clique no botão Novo site remoto
  3. Adicione seu URL do Adobe Sign como um novo URL do site remoto. Isso só será necessário ao mapear o contrato assinado.
Página Editar site remoto

4. Quando é necessário executar o mapeamento? - Selecionar status do contrato — o mapeamento de dados será executado quando as alterações de status do contrato muda para um status especificado. As opções são as seguintes:

• Assinado/aprovado/Aceito/Formulário preenchido/Entregue

• Aguardando a Contra-assinatura/Aprovação/Aceitação/Preenchimento de formulário/Entrega

• Enviado para Assinatura/Aprovação/Aceitação/Preenchimento de formulário/Entrega

• Cancelado/recusado

• Expirada

Quando o Mapa de dados estiver concluído, clique no botão Salvar

 

Utilização do padrão e de vários mapeamentos de dados

É possível criar quantos mapeamentos de dados forem necessários, um deles pode ser definido como o mapeamento padrão que será executado sempre que há alterações de status de um contrato. Apenas um mapeamento pode ser padrão.

É possível especificar explicitamente qual mapeamento você deseja usar para um contrato, ao referenciá-lo no campo “Mapeamento de dados” do contrato (echosign_dev1__Process_Template__c). Você pode usar um fluxo de trabalho ou para um acionador do Salesforce para executar a lógica comercial personalizada e determinar o mapeamento de dados a ser usado. Observe que você não precisa definir esse campo para apontar para o mapeamento padrão – o mapeamento padrão será executado se esse campo ficar em branco.

Você também pode executar um mapeamento antes ou depois das alterações de status do contrato para “Assinado” (por exemplo, realize o mapeamento após a assinatura do primeiro signatário) configurando a caixa de seleção “Ativar mapeamento de dados” (echosign_dev1__Trigger_Process_Template__c). Você pode usar um fluxo de trabalho ou acionador do Salesforce para executar qualquer lógica comercial personalizada e determinar quando executar um mapeamento de dados.

Além disso, você pode associar um mapeamento de dados a um modelo de contrato. Consulte Modelos do contrato para obter mais informações.

Solução de problemas de mapeamento de dados

Os campos do Salesforce têm regras de validação que podem causar a falha de um mapeamento. Por exemplo, se você mapear um campo de texto do Adobe Sign para o Salesforce, uma validação de campo de email poderá falhar se o conteúdo do campo não for um endereço de email válido.

Certifique-se de usar sempre que possível as regras de validação do campo de formulário do Adobe Sign para garantir que os dados inseridos pelos usuários possam ser inseridos no Salesforce. As regras de validação de campos do formulário de PDF padrão do Adobe Sign são de documentos PDF e permitem que você crie regras de validação ao usar tags de texto do Adobe Sign. Consulte Documentação de tag de texto para obter mais informações.

Se um mapeamento falhar por qualquer motivo, ele registra a mensagem de erro no campo “Erro de mapeamento de dados” (echosign_dev1__Data_Mapping_Error__c) no objeto Contrato do Adobe Sign e um email é enviado ao proprietário do mapeamento de dados indicando o erro.  

Observação:

Também é possível criar uma exibição de relatório ou lista para expor os campos de mapeamento com falha

A notificação por email é ativada por padrão, mas pode ser desativada definindo a configuração:

  1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas
  2. Clique na legenda Configurações do Adobe Sign
  3. Clique em Gerenciar
  4. Clique em Novo (ou Editar)
  5. Localize (ctrl/cmd +f) a configuração Ativar Notificação de erro de mapeamento
  6. Edite a configuração, conforme desejado
  7. Clique em Salvar.

Modelos de contrato e o botão Enviar para assinatura

Os Modelos de contrato do Adobe Sign oferecem uma maneira fácil de configurar antecipadamente muitos valores e configurações padrão para seus contratos. Você também pode vincular um modelo de contrato para um botão “Enviar para assinatura”.

Sobre modelos de contrato

Isso inclui a predefinição de campos do contrato que incluem o nome, a mensagem, o idioma, o tipo de assinatura, as datas de validade e as opções de segurança. Além disso, você pode associar um mapeamento de dados específico, mesclar mapeamento e o objeto (por exemplo, Oportunidade, Conta, Contato, Lead, Oportunidade, Contrato) ao modelo de contrato. Além disso, você pode predefinir as definições do destinatário, campos de mapa aos campos do contrato e predefinir os anexos de arquivo.

Você também pode configurar o botão “Enviar para assinatura” que aparece em um registro do objeto relacionado (por exemplo, Oportunidade) de modo que ele seja vinculado a um modelo de contrato por padrão. Clicar no botão geraria um contrato usando um modelo de contrato.

Criação de um modelo de contrato

Para criar um novo Modelo de contrato, siga as etapas abaixo:

  1. Selecione Adobe Sign no Inicializador do aplicativo na parte superior esquerda da tela
  2. Clique na guia Modelos de contrato
  3. Na página inicial Modelos de contrato, clique no botão Novo
Navegue até Novos modelos de contrato

 

Uma sobreposição solicita que você insira o novo nome do modelo.

    4. Insira o nome do modelo e clique em Salvar.

1_template_name

A nova página Modelo de contrato é exibida, mostrando o nome na parte superior.

À direita do nome, há um ícone suspenso "mostrar mais" que abre um menu com as seguintes opções:

  • Editar nome - Altere o nome do modelo atual.
  • Alterar proprietário - Altere o proprietário do modelo atual. Deve ser atribuído a um usuário atual na organização do Salesforce.
  • Duplicar - Duplica o modelo atual com um número de ID exclusivo do Salesforce.
  • Excluir - Exclui o modelo atual do Salesforce.
agreement_templateheaderoptions

 

Logo abaixo do botão Salvar encontra-se a ID do modelo e os metadados sobre o proprietário, quem criou e modificou o modelo pela última vez.

O botão Ativo/Inativo disponibiliza ou não o modelo (respectivamente). Novos modelos são criados em um estado Ativo.

template_id

5. Configurar os detalhes do modelo

Os Detalhes do modelo apresentam os principais detalhes que relacionam os contratos criados pelo modelo com o objeto de referência do Salesforce.

  • Nome do contrato - Este campo define o nome padrão do Contrato. Todos os contratos são criados inicialmente com esse nome.

Os campos de texto, como Nome do contrato, podem usar variáveis do Salesforce como parte da definição para gerar dinamicamente valores de campo significativos.

Por exemplo, você pode personalizar o Nome do contrato para incluir um nome de destinatário ao gerar o contrato. Por exemplo: Acme Corp Agreement - {!Name}

  • Objeto do Salesforce - Selecione o Objeto mestre do Salesforce que deseja usar como referência mestre para algumas das definições opcionais no modelo de contrato.

Por exemplo, você pode definir Destinatários, Mapeamentos de campo ou Anexos para que o contrato procure campos e mapa no Objeto principal ou nos dados dos objetos de pesquisa. 

Se você tiver um Objeto principal definido no Modelo de contrato, você deve iniciar o contrato com o botão “Enviar para assinatura” no Objeto principal. (Consulte Habilitar o botão Enviar para assinatura para obter mais informações sobre como habilitar um botão padrão ou criar novos botões "Enviar para assinatura".)

  • Envio automático - Ative essa opção se você automatizou os fluxos de trabalho que deseja usar para acionar o envio de contratos, ou se gostaria de enviar automaticamente um contrato depois que um usuário clicar no botão Enviar para assinatura em um registro do Salesforce. 

Para que o Envio automático funcione, você deve ter pelo menos um destinatário e um anexo definidos no modelo de contrato.

template_details

Opções avançadas

  • Tipo de contrato - selecione na lista de Tipos de contrato definidos
    • Útil para melhorar os relatórios
  • Idioma - Define o idioma usado nas comunicações para o destinatário, incluindo os emails e instruções na tela.
  • Selecionar o tipo de assinatura para este contrato - Selecione o valor padrão para o tipo de assinatura a ser coletado:
    • Assinatura eletrônica - Por padrão, as assinaturas eletrônicas serão coletadas
    • Assinatura manuscrita - Os destinatários serão instruídos a baixar o documento, assiná-lo fisicamente, digitalizar o documento assinado e fazer o upload desse documento para o Adobe Sign.

Mapear dados nos campos do contrato

Para mapear dados nos campos do contrato do Modelo de contrato:

Clique no link Mapear dados em campos do contrato

Para mapear dados nos campos do contrato do Modelo de contrato:

Clique no link Mapear dados em campos de contrato e selecione um Método de mapeamento:

  • Selecionar a partir do objeto
    • Essa opção requer um objeto do Salesforce  para ser definida
    • Com base no objeto mestre configurado, selecione um campo de Origem e um campo de Contrato de destino. 

Por exemplo, se o Objeto principal é “Oportunidade”. Na tela seguinte, selecione o campo de origem do objeto principal (por exemplo, Oportunidade) e selecione também o campo do Contrato de destino para a qual os dados serão mapeados.

select_from_object
  • Inserir valor específico
    • Insira um valor literal em um campo de Contrato de destino
input_specific_value

Todos os campos mapeados são listados no modelo, onde podem ser editados individualmente ou excluídos.

mapped_data_fields

6. Configurar a guia Anexo

Anexe os documentos que o modelo deve entregar.

Se nenhum documento for anexado ao modelo, o remetente precisará selecionar o documento ao configurar o Contrato.

Se o modelo estiver definido como Envio automático, pelo menos um documento deverá ser anexado a ele.

  • Fazer upload para adicionar um documento - O campo mais comum permite adicionar um arquivo por meio do recurso de arrastar e soltar da área de trabalho ou fazer o upload de um arquivo por meio de um assistente orientado pelo menu.

Observação:

Qualquer arquivo carregado por meio do recurso de arrastar e soltar ou Carregar arquivo é adicionado ao conteúdo do Salesforce CRM e Arquivos (armazenado como um arquivo), que pertence a quem fez o upload.

  • Selecionar para adicionar documentos - Essa opção permite pesquisar um documento por bibliotecas específicas usando a barra de Pesquisa no botão de opções:
    • CRM e arquivos do Salesforce - sua biblioteca pessoal. Todos os documentos carregados do seu sistema são armazenados nesta biblioteca para uso futuro.
    • Documentos do Salesforce - a biblioteca do Salesforce compartilhada entre os usuários.
    • Biblioteca do Adobe Sign - O conteúdo da biblioteca armazenado no sistema do Adobe Sign.
    • Pesquisa avançada - Uma interface com todas as opções acima disponíveis.
template_attachment

Opções avançadas

Adicionar um documento do objeto ou da variável do tempo de execução - Essa opção permite selecionar um objeto ou documento de um objeto do Salesforce ou uma variável de tempo de execução.  

Alguns objetos mestre do Salesforce oferecerão opções adicionais para a origem do documento (por exemplo: o Objeto do Salesforce definido na guia Detalhes do modelo é uma Oportunidade. Você terá uma opção de origem adicional de Adicionar da Cota de oportunidade).

 

Existem três opções:

○ Adicionar do objeto do Salesforce

Tipo de origem - escolha o tipo de objeto para o documento entre Arquivo ou Anexo.

►Seleção do documento - Selecione o documento para anexar com base em um dos seguintes critérios:

○ Documento mais recente - Data de criação mais recente

○ Documento mais antigo - Data de criação mais antiga

○ Todos os documentos - Todos os documentos encontrados

add_from_salesforceobject

○ Adicionar da cota de oportunidade

►Tipo de cota:

○ Cota mais recente

○ Cota mais antiga

►Tipo de cota determinado por:

○ Data da última modificação

○ Data de criação

►Tipo do documento de cota

○ Documento mais recente

○ Documento mais antigo

○ Todos os documentos

add_from_opportunityquote

○ Variável do tempo de execução

Adicionar um anexo dinamicamente a partir de um objeto

Adicionar um nome de variável do tempo de execução - especifique a variável e o tipo de ID do objeto do Salesforce

runtime_variable

 

  • Adicionar modelo de campo de formulário - importe um modelo de campo da biblioteca do Adobe Sign.

7. Configurar os destinatários

A guia Destinatários controla a pilha de destinatários do contrato.

  • Assinatura de todos os destinatários - Todos os destinatários definidos no modelo serão obrigados a participar do processo, de acordo com as funções aplicadas a eles. Essa é a configuração de todos os contratos que não devem ser assinados somente pelo remetente.
  • Assinatura somente do remetente - Habilite essa opção para adicionar a funcionalidade "Somente eu assino" ao modelo.

O recurso Habilitar assinatura somente do remetente deve estar habilitado para usar essa opção. Dependendo dos seus requisitos, essa opção pode ser definida para somente leitura usando a configuração Assinatura do remetente somente leitura.

A pilha de destinatários determina quatro elementos críticos do contrato:

  • Quem está envolvido com o contrato - Cada destinatário do contrato (e parte de CC) é listado separadamente
  • Como os destinatários são verificados - A verificação de identidade do destinatário pode ser configurada por destinatário
  • O que eles têm permissão para fazer - Cada destinatário têm a sua própria função atribuída, definindo como ele pode interagir com o contrato e como é registrado no relatório de auditoria
  • Em que ordem eles obtêm acesso ao contrato - O número à esquerda indica quando, no ciclo, o destinatário têm acesso ao documento.

Os processos de assinatura típicos são sequenciais, mas um processo paralelo pode ser obtido ao editar manualmente os números de índice para o mesmo valor. Isso pode ser feito para toda a pilha de destinatários, criando um processo totalmente paralelo ou em apenas uma seção da pilha, criando um fluxo de assinatura híbrido.

Os destinatários podem ser adicionados por:

  • Objeto do Salesforce - Contato, Usuário, Lead ou Grupo
  • Email - É aceitável qualquer endereço de email
  • Variável do tempo de execução - Insira dinamicamente um destinatário com base em um valor importado de uma variável no objeto mestre (conforme definido na guia Detalhes do modelo)

A seção Mensagem importa o Nome do contrato da guia Detalhes do modelo.

  • O campo de texto no Nome do contrato fornece o texto da mensagem global no email que é entregue aos destinatários.
template_recipients

Opções avançadas

  • Ativar assinatura hospedada (pessoalmente) — ative para facilitar a assinatura hospedada em pessoa, se o signatário estiver disponível.
  • Ativar campos Visualização e Posição — ative esta opção para permitir que você visualize o contrato e arraste e solte campos de formulário sobre ele, antes de enviá-lo para assinatura.
  • Enviar em nome de — o contrato será enviado em nome da ID de registro do usuário especificada neste campo

Aviso: se você estiver usando a funcionalidade “Enviar em nome de”, certifique-se de ativá-la primeiro seguindo estas instruções.

  • Métodos de verificação avançados - essas opções permitem configurar os métodos de verificação para destinatários se você estiver gerenciando a verificação do signatário com base no status do destinatário interno/externo

8. Adicionar Mapeamento de dados

Na guia Mapeamento de dados, você também pode especificar qual mapeamento de dados ou mapeamento de mesclagem (ou ambos) será executado automaticamente ao enviar contratos usando esse modelo de contrato.

template_data_mapping

Mapeamentos de mesclagem — selecione um mapeamento de dados para mesclar campos do Salesforce em um contrato antes de enviá-lo.

 Mapeamento de dados — Seleciona um mapeamento de dados a ser usado para mapear as entradas de um contrato assinado de volta ao Salesforce

 

9. Configurar regras adicionais

As regras adicionais são as opções para automatizar tarefas comuns de contrato:

  • Lembretes automáticos — selecione uma opção para lembretes automáticos. As opções são Nunca, Todos os dias até ser assinado ou Toda semana até ser assinado
  • Dias até a expiração — insira o número de dias até o contrato expirar.
    • O número de dias inserido é adicionado à data atual quando o registro do contrato for gerado a partir do modelo de contrato, de forma a calcular dinamicamente a data de expiração

Aviso: as organizações que usam uma versão do pacote anterior a 21.x mostram Dias até a expiração como um campo numérico.

As organizações com a versão 21.x ou posterior de um pacote de instalação mostrarão esse campo como um campo de texto, permitindo referenciar outros campos no objeto principal (por exemplo {!Expiry Date}

Os clientes que atualizaram de uma versão anterior a v21 terão os dois campos

  • URL de redirecionamento pós assinatura — para redirecionar automaticamente os signatários de um contrato em um URL especificado depois de assinarem, digite um URL. A configuração Ativar opções de pós assinatura deve estar ativada para se usar esta opção
  • Atraso de redirec. pós assinatura (seg.)— se a configuração Ativar opções de pós assinatura estiver ativada e uma Postar URL de redirecionamento da ass. estiver especificada (veja abaixo), insira o número de segundos que deverá transcorrer antes da execução de redirecionamentos.
  • Proteger o documento assinado com senha — ative esta opção para criptografar o PDF assinado e enviado para os signatários
  • Definir como modelo padrão para todos os contratos — habilite essa opção se quiser definir isso como o modelo padrão de contrato para seus novos contratos. Você também pode definir um modelo de contrato específico para associar a outros contratos, que podem substituir o modelo de contrato padrão. Por exemplo, você pode criar um botão “Enviar para assinatura” personalizado para o objeto Conta que está associado a um modelo de contrato específico. Consulte Ativação do botão Enviar para assinatura para obter mais informações sobre os botões personalizados
  • Ativado para ações do Publisher do Chatter— se você ativou Ações do Publisher do Chatter em sua Org, você pode marcar esta caixa para ativar esse modelo de contrato. Ações do Publisher do Chatter permite que os usuários enviem contratos do Chatter. Marque essa caixa para ativar esse modelo de contrato para a Ação do Chatter para qualquer um dos seguintes objetos: Contato, Conta ou Oportunidade. Por exemplo, se o Objeto principal é Oportunidade, marcar esta caixa permitirá que os usuários enviem com esse modelo de contrato de qualquer feed do Chatter de Oportunidade. Se você deixar o objeto principal em branco, pode habilitar o modelo de contrato do feed do Chatter da página inicial. Saiba mais sobre ativar a Ação do Publisher do Chatter no Adobe Sign
template_rules

Ativação do botão “Enviar para assinatura”

O botão “Enviar para assinatura” está associado ao modelo de contrato padrão ou a qualquer modelo específico de contrato que você configurar. Por padrão, a integração do Adobe Sign para Salesforce inclui o botão “Enviar para assinatura” que pode ser adicionado aos seus layouts de página de Oportunidade, Conta, Contato, Lead ou de Contrato. Você também pode criar vários botões “Enviar para assinatura” personalizados que podem ser adicionados a outros objetos e associados aos diferentes modelos de contrato.

Aqui está um exemplo de como ativar o botão “Enviar para assinatura” para o objeto Oportunidade:

    1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Objetos e campos > Gerenciador de objeto

    2. Selecione o objeto que deseja editar (Oportunidade neste exemplo) na lista de objetos do lado esquerdo

    3. Clique na opção Layouts de página no painel à esquerda

    4. Selecione o layout de página que deseja editar

    5. Quando o layout de página abrir, selecione Botões na lista à esquerda

    6. Arraste o botão Enviar para assinatura da seção superior até a caixa "Botões personalizados" na seção Detalhes de oportunidade.

Arraste o botão “Enviar para assinatura” na seção superior até a caixa “Botões personalizados”

Criação de botões personalizados “Enviar para assinatura”

Você pode criar botões personalizados “Enviar para assinatura” para outros objetos. Você pode identificar o botão para atender às suas necessidades.

Aqui está um exemplo de como criar um botão personalizado “Enviar para assinatura” para o objeto de Oportunidade:

    1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Objetos e campos > Gerenciador de objeto

    2. Selecione o objeto que deseja editar (Oportunidade neste exemplo) na lista de objetos do lado esquerdo

    3. Quando a página do objeto carregar, selecione a seção Botões, links e ações no painel à esquerda

    4. Clique no botão Novo botão ou link no canto superior direito

• A página personalizada do botão ou Link Editar

A página Editar botão ou link personalizado é exibida

5. Você pode copiar o que foi configurado para o botão Oportunidade padrão (consulte a captura de tela abaixo), mas deve substituir a variável ID do objeto no final do caminho com a variável ID de objeto que você deseja adicionar: /apex/echosign_dev1__AgreementTemplateProcess?masterid={!Opportunity.Id}

52_managed_send_button

 

• (Opcional) Associe um botão de Modelo de contrato específico:

Se você quiser associar um Modelo de contrato específico para um botão “Enviar para assinatura” específico, então o caminho do botão deve ser:

/apex/echosign_dev1__AgreementTemplateProcess?masterid={!Object.Id}&templateId=a011I000006tTeXQAU

Onde templateId deverá ser definido para a ID específica do modelo de contrato a ser usado. Se esse valor não for definido, então o modelo de contrato padrão será usado. Você pode obter o templateId do URL da página do modelo de contrato:

Id do modelo de contrato no URL

• (Opcional) depois que o botão é clicado e o contrato gerado, envie o usuário para uma página diferente da página do contrato usando o parâmetro retURL.

Exemplo: você pode definir o botão “Enviar para assinatura” de modo que, quando clicado, leve o usuário a um URL especificado ou de volta ao registro, em vez da página do contrato. Para definir esse botão, use essa cadeia de caracteres como um exemplo:

/apex/echosign_dev1__AgreementTemplateProcess?masterid={!Opportunity.Id}&retURL=/{!Opportunity.Id}

 

• (Opcional) depois que o botão é clicado, aciona um onLoadAction para “Enviar”

Exemplo: você pode definir o botão “Enviar para assinatura” de modo que, quando clicado, leve o usuário para a página do contrato e, depois que a página carregar, o contrato será “Enviado” sem intervenções adicionais do usuário. Para definir esse botão, use essa cadeia de caracteres como um exemplo:

/apex/echosign_dev1__AgreementTemplateProcess?masterid={!Opportunity.Id}&onloadAction=Send

Para saber mais sobre onLoadActions, consulte onLoadActions. Como alternativa, você pode mapear o valor “Enviar” ao campo “Ação no carregamento (lista de opções)” no registro do contrato. Consulte Mapear dados para campos do contrato para obter informações sobre como definir este mapeamento.

3. Clique no botão Salvar.

Depois de criar o botão personalizado, vá para o layout de página para esse objeto e adicione-o à página semelhante às etapas mencionadas acima para o exemplo de Oportunidade. (Consulte Ativação do botão “Enviar para assinatura” para obter mais informações.)

Ativar opções de assinatura da postagem

Habilite esta opção para direcionar seus signatários a uma página inicial de sua preferência. Isso torna “Publicar URL de redirecionamento da assinatura” e “Postar atraso de redirec. da ass.” disponíveis na página de contrato. Os signatários de um contrato são redirecionados a um URL especificado depois da assinatura. Por exemplo, é possível redirecioná-los para seu site da empresa ou a uma página de pesquisa. Essa opção pode ser transformada em somente leitura para os remetentes que usam Opções de assinatura da postagem somente leitura do post.

Para ativar opções de assinatura da postagem:

  1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas
  2. Clique na legenda Configurações do Adobe Sign
  3. Clique em Gerenciar
  4. Clique em Novo (ou Editar)
  5. Encontre a configuração Ativar opções de assinatura da postagem
    1. (Opcional) Localize a configuração para Opções de assinatura da postagem somente leitura
  6. Edite conforme necessário e clique em Salvar

Ative a funcionalidade “Enviar em nome de…”

Observação:

A capacidade de enviar em nome de outro usuária funciona somente no Adobe Sign para Salesforce v11.7 ou posterior.

Você pode querer ativar a funcionalidade “Enviar em nome de”, se houver casos em que alguém na sua Salesforce org que precise enviar contratos em nome de outra pessoa. Esse recurso funciona para qualquer envio de contraro, incluindo o envio em segundo plano, que é acionado por meio de uma atualização do campo “Ação em segundo plano” ou pela opção “Envio automático” no Modelo de Contrato. Você também pode definir uma pesquisa para um usuário em um Modelo de Contrato para “Enviar em nome de”, para que seja automaticamente preenchido quando o contrato for gerado.  

Para ativar a funcionalidade “Enviar em nome de”:

1. Ative a configuração “Permitir envio em nome de terceiros” fazendo o seguinte:

a. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas

b. Clique na legenda Configurações do Adobe Sign.

c. Clique no botão Gerenciar.

d. Clique no botão Novo (ou Editar).

e. Localize (ctrl/cmd + f) a configuração Permitir envio em nome de terceiros e edite-a conforme necessário

A configuração Permitir envio em nome de terceiros

f. Clique no botão Salvar

 

2. Adicione “Envie como outros usuários no Adobe Sign” ao layout de registro do Usuário fazendo o seguinte:

a. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Objetos e campos > Gerenciador de objeto

b. Selecione Usuário no Gerenciador de objeto

c. Selecione Layouts de página do usuário no painel à esquerda da página do objeto Usuário

d. Clique no link Layout do usuário

e. Com Campos selecionado, clique em Envie como outros usuários no Adobe Sign e arraste-o até a seção "Informações adicionais (Cabeçalho visível somente na edição)" do layout.

clique em O Adobe Sign permite o envio como outros usuários e arraste-o até a seção “Informações adicionais”

f. Clique no botão Salvar

 

3. Para o usuário em nome do qual você deseja enviar, é preciso ativar “Envie como outros usuários no Adobe Sign” da seguinte maneira:

a. Navegue até Configuração > Administração > Usuários > Usuários

b. Clique na ação Editar para o usuário específico.

c. Na página Editar usuário, seção Informações adicionais, ative a opção Envie como outros usuários no Adobe Sign.

d. Clique no botão Salvar

Ative a opção Envie como outros usuários do Adobe Sign

4. Adicione o campo “Enviar em nome de outros usuários” para o layout de página do Contrato, da seguinte maneira:

a. Navegue até Configuração > Criar > Criar > Objetos.

b. Clique no link Contraro.

Link Objeto do Contrato

c. Clique em Conjuntos de campos, na parte superior da página, para navegar até a seção.

Link Conjuntos de campos

d. Clique na ação Editar.

Botão Editar de Conjuntos de Campos

e. Com Contrato selecionado, localize o campo Enviar em nome de, em seguida, clique e arraste-o para a seção No conjunto de campos.

Arraste Enviar em nome de do objeto para o layout de página

f. Ao configurar o Contrato para envio, o campo “Enviar em nome de” precisa ser preenchido com o usuário que permitiu outros usuários a enviar em nome dele. 

 

Ativar opção para o remetente só assinar

Ative esta configuração para exibir e ativar a opção “O remetente somente assina” na seção Destinatários da página de envio do contrato. Quando a opção “O remetente somente assina” é usada, o contrato ou documento são apresentados ao remetente para assinar. Essa funcionalidade é semelhante à funcionalidade "Preencher e assinar" nos serviços da Adobe. Essa opção pode ser definida para somente leitura usando a configuração O remetente somente leitura só assina.

Para ativar o recurso O remetente somente assina:

  1. Navegue até Configuração > Ferramentas da plataforma > Código personalizado > Configurações personalizadas
  2. Clique na legenda Configurações do Adobe Sign
  3. Clique em Gerenciar
  4. Clique em Novo (ou Editar)
  5. Localize a configuração Ativar opção para o remetente só assinar
    1. (Opcional) localize a configuração para O remetente somente leitura só assina
  6. Edite conforme necessário e clique em Salvar

onLoadActions

O Salesforce automaticamente pode ativar ações por meio do parâmetro do URL onLoadAction aceito pelo Adobe Sign para as ações de botão de Contrato: Enviar, Lembrar, Excluir, Cancelar, Atualizar e Exibir. O parâmetro do URL respeitará as Configurações na barra de ferramentas (consulte o Guia avançado de personalização) definidas pelo administrador para que apenas as permitidas estejam disponíveis.

Exemplo de URLs com onLoadAction:

  • Enviar: certifique-se de que você tenha um contrato com status rascunho em sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=send

 

  • Lembrar: garante que você tenha um Contrato com status Enviado para serem assinados em sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=remind

 

  • Excluir: garante que você tenha um Contrato com status Enviado para serem assinados em sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=delete

 

  • Cancelar: garante que você tenha um Contrato com status Enviado para serem assinados em sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=cancel

 

  • Atualizar: garante que você tenha um Contrato com status Enviado para serem assinados em sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=update

 

  • Visualizar: verifique se você tem um contrato com status de Enviado para assinatura, Assinado ou Cancelado na sua conta.

https://echosign-dev1.ap1.visual.force.com/apex/EchoSignAgreementAdvanced?id=[ID do Contrato]&sfdc.override=1&onLoadAction=view

 

Download

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online