Use esta página para saber mais sobre as políticas de fim de vida útil e de fim de suporte do SpeedGrade CC.

O que está sendo publicado?

A partir de 22 de agosto de 2017, a Adobe interromperá todo o desenvolvimento do SpeedGrade CC. Recomendamos que os usuários do SpeedGrade CC usem as ferramentas avançadas e detalhadas de Cor de Lumetri no Premiere Pro. É possível exportar os looks criados em qualquer versão do SpeedGrade CC como .looks ou como 3D LUTS. Eles continuarão funcionando no Premiere Pro CC 2017. 

Qual é o plano de migração para os usuários do SpeedGrade CC?

Recomendamos que os usuários do SpeedGrade CC usem as ferramentas avançadas e detalhadas de Cor de Lumetri no Premiere Pro. É possível exportar os looks criados em qualquer versão do Speedgrade CC como .looks ou como 3D LUTS. Eles continuarão funcionando no Premiere Pro CC 2017. 

O formato nativo do SpeedGrade, .ircp, ainda pode ser usado para abrir projetos que utilizam o SpeedGrade CC 2015. É possível renderizar o conteúdo para uma variedade de formatos, como .DPX para saída não compactada e H.264 para distribuição. Além disso, você pode salvar a intenção criativa de qualquer captura em um projeto do SpeedGrade ao exportar os Looks para um arquivo .look ou para uma variedade de 3D LUTs, incluindo o formato popular .cube. O Premiere Pro CC 2017 e o Photoshop CC 2017 reconhecem todos esses formatos. O formato .cube é usado em quase todos os produtos no setor que suportam 3D LUTs, incluindo Nuke, Baselight certos hardwares de AJA, entre outros.

Os usuários do SpeedGrade CC 2015 podem continuar a usar o software?

Sim. O SpeedGrade CC 2015 não é disponibilizado para clientes novos; no entanto, os usuários que possuem uma licença existente podem continuar a usá-lo.

O que acontecerá com o conteúdo de Aprendizado da Creative Cloud associado ao SpeedGrade CC 2015? Ele continuará a ser disponibilizado em favor daqueles que ainda usam o software herdado?

Semelhante a outros produtos que foram interrompidos como o Encore, o conteúdo essencial permanece disponível nas páginas de Ajuda e Saiba mais. 

Qual será o fluxo de trabalho para usar projetos do SpeedGrade no futuro?

Você pode continuar a usar o formato nativo do SpeedGrade, .ircp, para abrir projetos que usam o SpeedGrade CC 2015. Os usuários podem renderizar o conteúdo para uma variedade de formatos, como .DPX para saída não compactada e H.264 para distribuição. Além disso, você pode salvar a intenção criativa de qualquer captura em um projeto do SpeedGrade ao exportar os Looks para um arquivo .look ou para uma variedade de 3D LUTs, incluindo o formato popular .cube. O Premiere Pro CC 2017 e o Photoshop CC 2017 reconhecem esses formatos. O formato .cube é usado em quase todos os produtos no setor que suportam 3D LUTs, incluindo Nuke, Baselight certos hardwares de AJA, entre outros.

O que acontece com os projetos que têm usado o Direct Link entre o Premiere Pro e o SpeedGrade?

Os projetos que usam a funcionalidade Direct Link sempre foram baseados no formato de arquivo do Premiere Pro, .pproj. Esses arquivos continuarão sendo abertos usando o SpeedGrade CC. É possível extrair looks da mesma maneira como descrito acima para o formato .ircp

Para realocar quaisquer projetos que utilizem a funcionalidade Direct Link, é possível abri-los usando o Premiere Pro CC 2014. Além disso, os looks presentes no SpeedGrade e o mecanismo do Direct Link são totalmente funcionais nas versões anteriores do Premiere Pro CC 2014, que pode ser instalado a partir do instalador da CC ao pesquisar por versões anteriores. 

Observação:

Esse fluxo de trabalho mencionado acima tem sido usado desde o lançamento do recurso DirectLink em 2015.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online