Desenho com a ferramenta Caneta

  1. Guia do Usuário do Adobe Animate
  2. Introdução ao Animate
    1. Novidades no Animate
    2. Glossário visual
    3. Requisitos de sistema do Animate
    4. Atalhos de teclado do Animate
    5. Trabalhar com vários tipos de arquivo no Animate
  3. Animação
    1. Noções básicas de animação no Animate
    2. Como usar quadros e quadros-chave no Animate
    3. Animação quadro a quadro no Animate
    4. Como trabalhar com animação de interpolação clássica no Animate
    5. Ferramenta Pincel
    6. Guia de movimento
    7. Interpolação de movimento e ActionScript 3.0
    8. Sobre a animação com interpolação de movimento
    9. Animações de interpolação de movimento
    10. Criação de uma animação de interpolação de movimento
    11. Utilização dos quadros-chave de propriedade
    12. Animação de posição com uma interpolação
    13. Editar interpolações de movimento usando o Motion Editor
    14. Edição do caminho de movimento de uma animação de interpolação
    15. Manipulação de interpolações de movimento
    16. Adição de atenuações personalizadas
    17. Criação e aplicação das predefinições de movimento
    18. Configuração de extensões de interpolação de animação
    19. Trabalhar com interpolações de movimento salvas como arquivos XML
    20. Interpolações de movimento e interpolações clássicas
    21. Interpolação de formas
    22. Uso da animação da ferramenta Bone no Animate
    23. Trabalhar com manipulação de caracteres no Animate
    24. Como usar camadas de máscara no Adobe Animate
    25. Como trabalhar com cenas no Animate
  4. Interatividade
    1. Como criar botões com o Animate
    2. Converter projetos do Animate em outros formatos de tipo de documento
    3. Criação e publicação de documentos HTML5 Canvas no Animate
    4. Adicionar interatividade com snippets de código no Animate
    5. Criar componentes HTML5 personalizados
    6. Uso de componentes do HTML5 Canvas
    7. Criação de componentes personalizados: exemplos
    8. Snippets de código para componentes personalizados
    9. Práticas recomendadas - Publicidade com o Animate
    10. Criação e publicação de Realidade virtual
  5. Fluxo de trabalho e espaço de trabalho
    1. Criação e gerenciamento de pincéis
    2. Uso de Google Fonts em documentos HTML5 Canvas
    3. Uso das Bibliotecas da Creative Cloud e do Adobe Animate
    4. Uso dos painéis Palco e Ferramentas do Animate
    5. Fluxo e espaço de trabalho do Animate
    6. Uso de fontes da Web em documentos HTML5 Canvas
    7. Linhas de tempo e ActionScript
    8. Trabalhar com múltiplas linhas de tempo
    9. Definir preferências
    10. Uso de painéis de criação do Animate
    11. Criar camadas na linha do tempo com o Animate
    12. Exportar animações para aplicativos móveis e mecanismos de jogo
    13. Mover e copiar objetos
    14. Modelos
    15. Localização e substituição no Animate
    16. Desfazer, refazer e o painel de Histórico
    17. Atalhos de teclado
    18. Como usar a linha do tempo no Animate
    19. Criação de extensões HTML
    20. Opções de otimização para imagens e GIFs animados
    21. Configurações de exportação para imagens e GIFs
    22. Painel Ativos no Animate
  6. Multimídia e vídeo
    1. Transformação e combinação de objetos gráficos no Animate
    2. Criar e trabalhar com instâncias do símbolo no Animate
    3. Traçado de imagem
    4. Como usar som no Adobe Animate
    5. Exportação de arquivos SVG
    6. Criação de arquivos de vídeo para uso no Animate
    7. Como adicionar vídeos no Animate
    8. Trabalhar com pontos de sinalização de vídeo
    9. Desenhar e criar objetos com o Animate
    10. Remodelação de linhas e formas
    11. Traçados, preenchimentos e gradientes com o Animate CC
    12. Trabalhar com o Adobe Premiere Pro e o After Effects
    13. Painéis de cor no Animate CC
    14. Abrir arquivos do Flash CS6 com o Animate
    15. Trabalho com texto clássico no Animate
    16. Aplicação de ilustração final no Animate
    17. Bitmaps importados no Animate
    18. Gráficos em 3D
    19. Trabalhar com símbolos no Animate
    20. Desenhar linhas e formas com o Adobe Animate
    21. Trabalho com bibliotecas no Animate
    22. Exportação de sons
    23. Seleção de objetos no Animate CC
    24. Trabalho com arquivos AI do Illustrator no Animate
    25. Aplicação de padrões com a ferramenta Pincel de borrifar
    26. Aplicação de modos de mesclagem
    27. Organização de objetos
    28. Automação de tarefas com o menu Comandos
    29. Texto multilíngue
    30. Uso de câmera no Animate
    31. Uso do Animate com o Adobe Scout
    32. Trabalhar com arquivos Fireworks
    33. Filtros gráficos
    34. Som e ActionScript
    35. Preferências de desenho
    36. Desenho com a ferramenta Caneta
  7. Plataformas
    1. Converter projetos do Animate em outros formatos de tipo de documento
    2. Suporte da plataforma personalizada
    3. Criação e publicação de documentos HTML5 Canvas no Animate
    4. Criação e publicação de um documento WebGL
    5. Compactação de aplicativos no AIR para iOS
    6. Publicação de AIR em aplicativos Android
    7. Publicação no Adobe AIR para desktop
    8. Configurações de publicação do ActionScript
    9. Práticas recomendadas - Organização do ActionScript em um aplicativo
    10. Como usar ActionScript com o Animate
    11. Práticas recomendadas - Diretrizes de acessibilidade
    12. Acessibilidade no espaço de trabalho do Animate
    13. Programação e gerenciamento de scripts
    14. Ativação do suporte para plataformas personalizadas
    15. Visão geral do suporte da plataforma personalizada
    16. Criação de conteúdo acessível
    17. Trabalhar com plug-ins personalizados de suporte da plataforma
    18. Depuração do ActionScript 3.0
    19. Ativação do suporte para plataformas personalizadas
  8. Publicação e exportação
    1. Exportação de arquivos do Animate CC
    2. Publicação OAM
    3. Exportação de arquivos SVG
    4. Exportar gráficos e vídeos com o Animate
    5. Publicação de documentos AS3
    6. Exportar animações para aplicativos móveis e mecanismos de jogo
    7. Exportação de sons
    8. Exportação de arquivos de vídeo QuickTime
    9. Controle de reprodução de vídeo externo com o ActionScript
    10. Práticas recomendadas - Dicas para a criação de conteúdo em dispositivos móveis
    11. Práticas recomendadas - Convenções de vídeo
    12. Práticas recomendadas - Diretrizes de criação de aplicativos SWF
    13. Práticas recomendadas - Estruturação de arquivos FLA
    14. Práticas recomendadas para otimizar arquivos FLA para o Animate
    15. Configurações de publicação do ActionScript
    16. Especificar configurações de publicação para o Animate
    17. Exportação de arquivos projetores
    18. Exportar imagens e GIFs animados
    19. Modelos de publicação HTML
    20. Trabalhar com o Adobe Premiere Pro e o After Effects
    21. Compartilhar e publicar animações rapidamente

Para desenhar caminhos precisos como linhas retas ou curvas suaves e fluidas, use a ferramenta Caneta. Se você for desenhar com a ferramenta Caneta, clique para criar pontos nos segmentos de linha reta e arraste para criar pontos nos segmentos de linha curva. Ajuste os segmentos de linha reta e curva ajustando os pontos da linha.

O tutorial em vídeo a seguir demonstra como usar a ferramenta Caneta no Animate:

Estados do desenho com a ferramenta Caneta

A ferramenta Caneta oferece feedback sobre seu estado atual de desenho com a exibição de ponteiros diferentes. Os diversos estados de desenho são indicados pelos seguintes ponteiros:

Ponteiro de Ponto de ancoragem inicial 

É o primeiro ponteiro que você verá quando selecionar a ferramenta Caneta. Indica que o próximo clique do mouse no Palco criará um ponto de ancoragem inicial, que é o início de um novo caminho (todos os novos caminhos começam com um ponto de ancoragem inicial). Todos os caminhos de desenho existentes são encerrados.

Ponteiro de Ponto de ancoragem sequencial 

Indica que o clique no mouse seguinte criará um ponto de ancoragem com uma linha que o conecta ao ponto de ancoragem anterior. Esse ponteiro é exibido durante a criação de todos os pontos de ancoragem definidos pelo usuário, exceto o ponto de ancoragem inicial de um caminho.

Inclusão de ponteiro de Ponto de ancoragem 

Indica que o clique seguinte no mouse incluirá um ponto de ancoragem a um caminho existente. Para incluir um ponto de ancoragem, o caminho deve ser selecionado e a ferramenta Caneta não deve estar sobre um ponto de ancoragem existente. O caminho existente é redesenhado com base no novo ponto de ancoragem. Só pode ser incluído um único ponto de ancoragem de cada vez.

Exclusão de ponteiro de Ponto de ancoragem 

Indica que o clique seguinte no mouse em um caminho existente excluirá um ponto de ancoragem. Para remover um ponto de ancoragem, o caminho deve ser selecionado e a ferramenta Seleção deve estar sobre um ponto de ancoragem existente. O caminho existente é redesenhado com base na remoção do ponto de ancoragem. Só pode ser removido um único ponto de ancoragem de cada vez.

Ponteiro Continuar caminho 

Estende um novo caminho a partir de um ponto de ancoragem existente. Para a ativação desse ponteiro, o mouse deve estar sobre um ponto de ancoragem existente num caminho. O ponteiro fica disponível apenas se você não estiver desenhando um caminho. O ponto de ancoragem não precisa ser um dos pontos de ancoragem terminal do caminho; qualquer ponto de ancoragem pode ser o local de um caminho continuado.

Ponteiro Fechar caminho 

Fecha o caminho que está sendo desenhado no seu ponto inicial. Só se pode fechar um caminho enquanto está sendo desenhado, e o ponto de ancoragem existente deve ser o inicial do mesmo caminho. O caminho resultante não tem nenhuma configuração de cor de preenchimento especificada aplicada à forma fechada; aplicar a cor de preenchimento separadamente.

Ponteiro Unir caminhos 

Semelhante à ferramenta Fechar caminho, exceto que o mouse não deve estar sobre o ponto inicial de ancoragem do mesmo caminho. O ponteiro deve estar sobre um dos pontos terminais de um caminho único. O segmento pode ou não estar selecionado.

Observação: unir caminhos pode ou não resultar numa forma fechada.

Ponteiro Retrair Alças Bezier 

Aparece quando o mouse está sobre um ponto de ancoragem com as alças Bezier em exibição. Clicar no mouse retrai as alças de Bezier e faz com que o caminho curvo através do ponto de ancoragem reverta para segmentos retos.

Ponteiro Converter ponto de ancoragem 

Converte um ponto do canto sem linhas de direção em ponto de canto com linhas de direção independentes. Para ativar o ponteiro Converter ponto de ancoragem, use as teclas do modificador Shift + C para alternar a ferramenta Caneta.

Para obter um tutorial em vídeo sobre a ferramenta Caneta, consulte www.adobe.com/go/vid0120.

Desenhar linhas retas com a ferramenta Caneta

O caminho mais simples que você pode desenhar com a ferramenta Caneta é uma linha reta, feita com a seleção da ferramenta Caneta para criar dois pontos de ancoragem. Se você continuar clicando, criará um caminho composto de segmentos de linha reta conectados por pontos de canto.

  1. Selecione a ferramenta Caneta  .
  2. Posicione a ferramenta Caneta no início do segmento reto e clique para definir o primeiro ponto de ancoragem. Se aparecerem linhas de direção, você deve ter arrastado a ferramenta Caneta acidentalmente; selecione Editar > Desfazer e clique novamente.
    Observação:

    O primeiro segmento desenhado não fica visível até que você clique num segundo ponto de ancoragem (a menos que tenha especificado Mostrar visualização de caneta na categoria Desenho da caixa de diálogo Preferências).

  3. Clique novamente onde você deseja que o segmento termine (clique com a tecla Shift pressionada para restringir o ângulo do segmento a um múltiplo de 45°).
  4. Continue clicando para definir pontos de ancoragem para segmentos retos adicionais.
    Clicar na ferramenta Caneta cria segmentos retos.

  5. Para completar o caminho como uma forma aberta ou fechada, faça o seguinte:
    • Para completar um caminho aberto, clique duas vezes no último ponto, clique na ferramenta Caneta no painel Ferramentas, ou clique mantendo pressionada a tecla Control (Windows) ou clique mantendo pressionada a tecla Command (Macintosh) em qualquer ponto fora do caminho.

    • Para fechar o caminho, posicione a ferramenta Caneta sobre o primeiro ponto de ancoragem (vazio). Um pequeno círculo aparecerá ao lado do ponteiro da ferramenta Caneta se ela estiver posicionada corretamente. Clique ou arraste para fechar o caminho.

    • Para completar a forma como está, selecione Editar > Cancelar seleção de tudo ou selecione uma ferramenta diferente no painel Ferramentas.

Desenhar curvas com a ferramenta Caneta

Você cria uma curva incluindo um ponto de ancoragem onde a curva muda de direção e arrastando as linhas de direção que formam a curva. O comprimento e a inclinação das linhas de direção determinam a forma da curva.

As curvas são mais fáceis de serem editadas e seu sistema pode exibi-las e imprimi-las mais rápido se elas forem desenhadas usando o menor número de pontos de ancoragem possível. O uso de muitos pontos também pode gerar saliências indesejadas em uma curva. Em vez disso, desenhe pontos de ancoragem bem espaçados e pratique a formatação das curvas ajustando o comprimento e os ângulos das linhas de direção.

  1. Selecione a ferramenta Caneta  .
  2. Posicione a ferramenta Caneta no início da curva e mantenha o botão do mouse pressionado.

    O primeiro ponto de ancoragem aparece e o ponteiro da ferramenta Caneta muda para uma seta. (No Photoshop, o ponteiro muda apenas depois que você tiver começado a arrastar.)

  3. Arraste para definir a inclinação do segmento curvado que você estiver criando e, em seguida, solte o botão do mouse.

    Em geral, estenda a linha de direção a um terço da distância do próximo ponto de ancoragem que planeja desenhar. (É possível ajustar posteriormente um dos lados da linha de direção ou ambos.)

    Pressione Shift para restringir a ferramenta a múltiplos de 45°.

    Desenho do primeiro ponto em uma curva

    A. Posicionamento da ferramenta Caneta B. Começando a arrastar (botão do mouse pressionado) C. Arrastando para estender as linhas de direção. 

  4. Posicione a ferramenta Caneta onde o segmento curvo deve terminar e execute um dos seguintes:
    • Para criar uma curva em C, arraste na direção oposta à linha de direção anterior e solte o botão do mouse.

    Desenho do segundo ponto em uma curva

    • Para criar uma curva em S, arraste na mesma direção da linha de direção anterior e solte o botão do mouse.

    Desenho de uma curva S

  5. Para criar uma série de curvas suaves, continue a arrastar a ferramenta Caneta de locais diferentes. Coloque os pontos de ancoragem no início e no final de cada curva, não na ponta da curva.
    Observação:

    Para quebrar as linhas de direção de um ponto de ancoragem, arraste as linhas de direção mantendo pressionada a tecla Alt (Windows) ou mantendo pressionada a tecla Option (Macintosh).

  6. Para completar o caminho, faça o seguinte:
    • Para fechar o caminho, posicione a ferramenta Caneta sobre o primeiro ponto de ancoragem (vazio). Um pequeno círculo aparecerá junto ao ponteiro da ferramenta Caneta quando ela estiver posicionada corretamente. Clique ou arraste para fechar o caminho.

    • Para deixar o caminho aberto, clique mantendo pressionada a tecla Ctrl (Windows) ou a Command (Macintosh) em qualquer ponto fora dos objetos, selecione uma ferramenta diferente ou escolha Editar > Cancelar a seleção de tudo.

Adição ou exclusão de pontos de ancoragem

A adição de pontos de ancoragem podem lhe dar mais controle sobre um caminho ou ele pode estender um caminho aberto. No entanto, convém não adicionar mais pontos do que o necessário. Um caminho com menos pontos é mais fácil de editar, exibir e imprimir. Para reduzir a complexidade do caminho, excluir os pontos desnecessários.

A caixa de ferramentas contém três ferramentas para adição ou exclusão de pontos: a ferramenta Caneta , a ferramenta Adicionar Ponto de Ancoragem  e a ferramenta Excluir Ponto de Ancoragem .

Por padrão, a ferramenta Caneta muda para a ferramenta Adicionar Ponto de Ancoragem quando você a posiciona sobre um caminho selecionado, ou para a ferramenta Excluir Ponto de Ancoragem quando você a posiciona sobre um ponto de ancoragem.

Observação:

Não use as teclas Delete, Backspace e Clear ou os comandos Editar > Recortar ou Editar > Limpar para excluir pontos de ancoragem: essas teclas e comandos excluem o ponto e os segmentos de linha que se conectam a esse ponto.

  1. Selecione o caminho para modificar.
  2. Clique e mantenha o botão do mouse na ferramenta Caneta  , depois selecione a ferramenta Caneta  , a ferramenta Incluir ponto de ancoragem  ou a ferramenta Excluir ponto de ancoragem  .
  3. Para adicionar um ponto de ancoragem, posicione o ponteiro sobre um segmento do caminho e clique. Para excluir um ponto de ancoragem, posicione o ponteiro sobre um ponto de ancoragem e clique.

Ajuste os pontos de ancoragem nos caminhos

Ao desenhar uma curva com a ferramenta Caneta, você cria pontos suaves - pontos de ancoragem em um caminho curvo e contínuo. Ao desenhar um segmento de linha reta ou uma linha reta conectada a um segmento curvo, você cria pontos de canto - pontos de ancoragem num caminho reto ou na junção de um caminho curvo e um reto.

Por padrão, os pontos suaves selecionados aparecem como círculos vazios e os de canto como quadrados vazios.

Arrastando um ponto de direção para fora de um ponto de canto para criar um ponto suave.

Mover ou adicionar pontos de ancoragem

  • Para mover um ponto de ancoragem, arraste o ponto com a ferramenta Subseleção .

  • Para empurrar um ponto ou pontos de ancoragem, selecione o ponto ou os pontos com a ferramenta Subseleção e use as teclas de seta para mover o ponto ou os pontos. Clique com a tecla Shift pressionada para selecionar vários pontos.

  • Para incluir um ponto de ancoragem, clique no segmento de linha com a ferramenta Caneta. Aparecerá um sinal de mais (+) ao lado da ferramenta Caneta  se um ponto de ancoragem puder ser incluído no segmento de linha selecionado. Se o segmento de linha ainda não estiver selecionado, clique nele com a ferramenta Caneta para selecioná-lo e depois incluir um ponto de ancoragem.

Excluir pontos de ancoragem

A exclusão de pontos de ancoragem desnecessários em um caminho curvo otimiza a curva e reduz o tamanho do arquivo SWF.

  • Para excluir um ponto de canto, clique nele uma vez com a ferramenta Caneta. Aparecerá um sinal de menos (-) ao lado da ferramenta Caneta, se um ponto de ancoragem puder ser excluído do segmento de linha selecionado. Se o segmento de linha ainda não estiver selecionado, clique nele com a ferramenta Caneta para selecioná-lo e depois excluir um ponto de ancoragem.

  • Para excluir um ponto suave, clique nele uma vez com a ferramenta Caneta. Aparecerá um sinal de menos (-) ao lado da ferramenta Caneta, se um ponto de ancoragem puder ser excluído do segmento de linha selecionado. Se o segmento de linha ainda não estiver selecionado, clique nele com a ferramenta Caneta para selecioná-lo e depois excluir um ponto de canto. (Clique uma vez para converter o ponto em ponto de canto e mais uma vez para exclui-lo).

Converter segmentos entre retas e curvas

Para converter uma linha de segmentos retos em segmentos curvos e vice-versa, converta os pontos de canto em pontos suaves. Também é possível fazer o contrário.

  • Para converter um ponto de canto em um ponto suave, use a ferramenta Subseleção para selecionar o ponto; depois, arraste o ponto onde colocar as alças tangenciais, mantendo pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Macintosh).

  • Para converter o ponto suave em um ponto de canto, clique no ponto com a ferramenta Caneta. O marcador de intercalação ^ ao lado do ponteiro  indica quando ele está sobre o ponto suave.

Ajuste os segmentos

Para mudar o ângulo ou o comprimento do segmento, ou ajustar segmentos curvos para mudar a inclinação ou a direção da curva, ajuste os segmentos retos.

Quando você move a alça tangencial em um ponto suave, as curvas dos dois lados do ponto se ajustam. Quando se move a alça tangencial em um ponto de canto, só se ajusta a curva do mesmo lado que o ponto da alça da tangente.

  • Para ajustar um segmento reto, selecione a ferramenta Subseleção  e selecione o segmento reto. Use a ferramenta Subseleção para arrastar um ponto de ancoragem do segmento para uma posição nova.

  • Para ajustar um segmento de curva, selecione a ferramenta Subseleção e arraste o segmento.

    Observação: ao clicar no caminho, o Animate exibe os pontos de ancoragem. O ajuste de um segmento com a ferramenta Subseleção pode incluir pontos no caminho.

  • Para ajustar pontos ou curvas tangenciais numa curva, selecione a ferramenta Subseleção e selecione um ponto de ancoragem em um segmento curvo.

  • Para ajustar a forma da curva nos dois lados do ponto de ancoragem, arraste o ponto de ancoragem ou a alça tangencial. Para restringir a curva a múltiplos de 45º, arraste-a mantendo pressionada a tecla Shift. Para arrastar alças tangenciais individualmente, arraste-as mantendo a tecla Alt pressionada (Windows) ou a Option (Macintosh).

 

Arraste o ponto de ancoragem ou o ponto de direção.

Preferências da ferramenta Caneta

Especifique as preferências para a aparência do ponteiro da ferramenta Caneta, para a previsão de segmentos de linha, enquanto estiver desenhando, e para a aparência de pontos de ancoragem selecionados. Segmentos de linha e pontos de ancoragem selecionados usam a cor de contorno da camada na qual aparecem as linhas e os pontos.

  1. Selecione a ferramenta Caneta , em seguida, selecione Editar > Preferências (Windows) ou Animate > Preferências (Macintosh).

  2. Na lista Categoria, selecione Desenho.
  3. Defina as seguintes opções para a ferramenta Caneta:

    Mostrar visualização da caneta

    Visualização de segmentos de linha enquanto se desenha. A visualização do segmento de linha aparece enquanto você move o ponteiro em torno do Palco, antes de clicar para criar o ponto final do segmento. Se a opção não estiver selecionada, o segmento de linha não aparece até que seja criado o ponto final.

    Mostrar pontos sólidos

    Exibe pontos de ancoragem selecionados como vazios e os não selecionados como sólidos. Se esta opção não for escolhida, os pontos de ancoragem selecionados serão sólidos e os não selecionados serão vazios.

    Mostrar cursores precisos

    Especifica se o ponteiro da ferramenta Caneta aparece como ponteiro em forma de cruz, em vez do ícone padrão da ferramenta Caneta, para uma colocação mais precisa das linhas. Para exibir o ícone padrão da ferramenta Caneta com a ferramenta Caneta, desmarque essa opção.

    Observação: para trocar entre o ponteiro em forma de cruz e o ícone padrão da ferramenta Caneta, pressione Caps Lock.

  4. Clique em OK.
Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta