Ao usar cores especiais e transparência no Illustrator, o Illustrator pode às vezes precisar manipular o conteúdo do arquivo para manter a aparência da arte no PostScript e outros processos de achatamento da transparência. Quando o Illustrator manipula conteúdo durante o processo de achatamento, cores especiais envolvidas em cenários específicos de transparência podem exigir conversão para processar as cores. Ao mesmo tempo em que estes casos são cada vez menos comuns com cada versão sucessiva do Illustrator, os seguintes itens abordam as limitações remanescentes à preservação de cores especiais ao interagir com transparência no Illustrator CS3 e posterior, e no CS2.

Efeitos de rasterização

No Illustrator CS2, quando você aplica efeitos baseados em rasterização (por exemplo, Rasterização e Desfoque gaussiano) no nível de objeto, grupo ou camada que contenha várias cores especiais ou uma combinação de cor especial e de escala, o Illustrator converte a cor do objeto para o espaço da cor de escala do documento, tons de cinza ou bitmap. É possível escolher uma destas opções na caixa de diálogo Efeitos de rasterização. Por exemplo, em um retângulo simples com um preenchimento de cor especial e um traçado de preto de processo, o preenchimento de cor especial será convertido para uma cor de processo. No entanto, se todos os atributos de um objeto, grupo ou camada forem coloridos com uma única cor especial, então a cor especial é mantida, independentemente de onde o efeito é aplicado. O Illustrator C3 e posterior manterá a cor especial em qualquer um dos cenários acima.

A caixa de seleção Preservar cores especiais quando possível (CS2) ou a caixa de seleção Preservar cores especiais (CS3 e posterior) na caixa de diálogo Configurações de efeitos de rasterização não é selecionada por padrão quando são abertos arquivos do Illustrator em versões anteriores a CS2. Esta configuração garante que o comportamento de impressão desses arquivos seja consistente com o das versões anteriores do Illustrator. A seleção feita na caixa de seleção Preservar cores especiais quando possível nos arquivos no Illustrator CS2 será mantida quando os arquivos forem reabertos.

Gradientes e malha de gradientes

O Illustrator CS3 e posterior e CS2 (ou Cs2 e posterior) preserva gradientes de "cor especial a cor especial" e gradientes de "cor especial a processar cor" tanto em cenários opacos como transparentes. Para imprimir e exportar cores especiais em cenários de gradiente, na caixa de diálogo Achatamento de transparência selecione Preservar impressões sobrepostas e cores especiais.

No Illustrator CS2, quando uma malha de gradiente contiver mais de uma cor especial ou uma cor de processo e uma cor especial, o Illustrator converterá a malha para o espaço da cor de processo do documento. O Illustrator CS3 e posterior reterá a cor especial em ambos os cenários anteriores de malha de gradiente.

Mesclagens de cor especial para cor especial

Ao criar uma mesclagem entre dois objetos de cores especiais diferentes, o Illustrator converte todas as etapas intermediárias para o espaço da cor de escala do documento.

Rasterização

No Illustrator CS2, o comando Objeto > Rasterizar permite converter todas as cores especiais para o espaço da cor de escala do documento, tons de cinza ou bitmap. As cores especiais não são preservadas quando rasterizadas. O comando Efeitos > Rasterizar está sujeito às limitações de efeito explicadas em Efeitos de Rasterização (acima) e seguirá a opção "Preservar cores especiais quando possível" quando ela for selecionada na caixa de diálogo Configurações de efeito de rasterização.

O Illustrator CS3 e posterior permite reter cores especiais ao usar os comandos Objeto > Rasterizar e Efeitos > Rasterizar selecionando a opção Preservar cores especiais na caixa de diálogo Objeto > Rasterizar e na caixa de diálogo Efeitos > Configurações de efeitos de rasterização de documento, respectivamente.

Ferramenta de rastreamento em tempo real

O Illustrator CS3 e posterior e CS2 preserva cores especiais em objetos de rasterização em tons de cinza quando a cor especial foi aplicada no Illustrator. As cores especiais em todos os outros arquivos de formato de rasterização, sejam vinculadas ou incorporadas, serão convertidos para cores de processo ou ignorados ao usar o comando Rastreamento em tempo real.

Filtros SVG

Ao aplicar qualquer filtro SVG no Illustrator CS2, cores especiais são convertidas para o espaço da cor de escala do documento.

Formatos de rasterização importados

Métodos para acomodar cores especiais importadas de formatos de rasterização foram muito aprimoradas no Illustrator CS3 e posterior e CS2 em relação a versões anteriores. O Illustrator CS2 retém cores especiais em arquivos Photoshop nativos incorporados como uma máscara de opacidade rasterizada sobre um retângulo que é preenchido com a cor especial e definido como sobreposição de impressão e, no Illustrator CS3 e posterior, ele converte a imagem em um objeto de rasterização dispositivoN (todas as cores especiais e de processo são mantidas juntas em um formato NChannel). O Illustrator CS3 e posterior, CS2 (ou CS e posterior) retém cores especiais em arquivos PDF como arte não nativa colaboradora com a saída. As únicas limitações significativas do formato rasterizado são listadas abaixo e foram todas corrigidas no Illustrator CS3 e posterior.

  • TIFF: O Illustrator CS2 não importa cores especiais em arquivos TIFF. Somente a porção CMYK, RGB ou tons de cinza é importada. O Illustrator CS3 e posterior importará cores especiais em arquivos TIFF exportados do Photoshop.
  • PSD duotônico: Não é possível vincular ou incorporar PSD duotônico no Illustrator CS2. Essas ações causam uma mensagem de erro e a função Inserir falha sem resultado. É possível vincular e integrar com êxito arquivos PSD duotônicos no Illustrator CS3 e as cores especiais serão retidas.
  • EPS duotônico: O Illustrator CS2 converte cores especiais em arquivos EPS duotônicos para cores de escala. O Illustrator CS3 e posterior reterá as cores especiais em arquivos EPS duotônicos integrados.
  • DCS 2.0 EPS: o Illustrator CS2 não oferece suporte a cores especiais ou dados em alta resolução contidos em arquivos DCS EPS quando o DCS EPS interage com a transparência. Neste caso, somente dados compostos são preservados. O Illustrator CS2 oferece suporte a DCS EPS somente em fluxos de trabalho separados não transparentes. O Illustrator CS3 oferece suporte a arquivos DCS 2.0 EPS e a retenção de cores especiais em fluxos de trabalho separados por host transparentes e não transparentes. Arquivos DCS 0.3 EPS ainda são limitados a fluxos de trabalho separados por host não transparentes no Illustrator CS3 e CS2 (CS2 e posterior).

Observação: para obter mais informações sobre arte não nativa, consulte “Importar imagens monotônicas, duotônicas e tritônicas de arquivos Adobe PDF" na Ajuda do Illustrator CS3, CS2.

Transparência do canal alfa

O Illustrator CS2 e posterior preserva cores especiais que interagem com transparência do canal alfa (por exemplo, máscaras de opacidade, efeitos de rasterização em tempo real e imagens transparentes). Versões anteriores do Illustrator convertem cores especiais para cores de escala nestes cenários.

Formatos legados

Ao salvar arquivos no Illustrator da versão 8 ou anterior e selecionar, na caixa de diálogo Salvar, Preservar aparência e sobreposições de impressão, todos os objetos com cor especial serão convertidos em objetos com cor de processo.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online