Fluxo de trabalho para a criação de PDFs acessíveis

Em alto nível, o processo de criação de PDFs acessíveis consiste em algumas etapas básicas:

  1. Considerar a acessibilidade antes de converter um documento em PDF.
  2. Adicione campos de formulários preenchíveis e descrições e defina a ordem de tabulação, conforme necessário.
  3. Adicionar outros recursos de acessibilidade ao PDF.
  4. Marcar o PDF.
  5. Avaliar o PDF e corrigir os problemas de marcação.

Essas etapas são apresentadas em uma ordem que atende à maioria das necessidades. No entanto, é possível executar tarefas em uma ordem diferente ou iterar entre algumas das etapas. Em todos os casos, examine primeiro o documento, determinar sua finalidade pretendida e use essa análise para determinar o fluxo de trabalho aplicado.

Recursos adicionais

Para obter mais informações sobre a criação de PDFs acessíveis, consulte estes recursos

Considerar a acessibilidade antes de converter um documento em PDF

Sempre que possível, pense na acessibilidade ao criar os arquivos de origem em um aplicativo de criação, como um aplicativo de layout de página ou processamento de texto.

As tarefas comuns no aplicativo de criação incluem adicionar texto alternativo em gráficos, otimizar tabelas e aplicar estilos de parágrafos ou outros recursos da estrutura do documento, que podem ser convertidos em marcas. Para obter mais informações, consulte Criação de um PDF marcado a partir de um aplicativo de criação.

Adicionar campos de formulários preenchíveis e descrições e definir a ordem de tabulação

Se o PDF inclui campos de formulário, utilize Ferramentas > Acessibilidade > Executar reconhecimento dos campos de formulário para detectar campos de formulário e torná-los interativos (preenchíveis).

Use as ferramentas de formulário para criar campos de formulário preenchíveis, como botões, caixas de seleção, menus pop-up e caixas de texto. Ao criar um campo, digite a descrição na caixa Dica de Ferramenta da caixa de diálogo Propriedades daquele campo. Esse texto é lido em voz alta para os usuários pelos leitores de tela. Para obter mais informações, consulte Criar campos de formulário.

Observação:

Também é possível usar a ferramenta Ordem de leitura no Acrobat Pro para adicionar descrições a campos de formulários.

Para obter informações sobre como definir a ordem de tabulações a ser usada na estrutura do documento, consulte Definir a navegação no campo de formulário.

Adicionar outros recursos de acessibilidade ao PDF

No Acrobat Pro, essa etapa inclui definir o idioma do documento, verificar se as configurações de segurança não interferem com os leitores de tela, criar links acessíveis e adicionar marcadores. Para obter mais informações, consulte Definição do idioma do documento, Como impedir que as configurações de segurança interfiram nos leitores de tela, Adição de links acessíveis e Sobre marcadores.

No Acrobat Standard, essa etapa inclui definir o idioma do documento, verificar se as configurações de segurança não interferem com os leitores de tela e adicionar marcadores. Para obter mais informações, consulte Definição do idioma do documento, Como impedir que as configurações de segurança interfiram nos leitores de tela e Sobre marcadores.

Marcar o PDF

Melhore a acessibilidade dos PDFs adicionando marcas no Acrobat. Se um PDF não contiver marcas, o Acrobat tentará marcá-lo automaticamente ao ser lido ou refluído pelos usuários, e os resultados podem ser decepcionantes. Com um PDF marcado, a árvore de estrutura lógica enviará o conteúdo a um leitor de tela ou outro software ou hardware assistente na ordem adequada.

Para obter melhores resultados, marque um documento ao convertê-lo em PDF a partir de um aplicativo de criação. Os exemplos desses aplicativos incluem: Adobe FrameMaker®, Adobe InDesign®, Microsoft Word ou OpenOffice Writer. Se você não tem acesso a um aplicativo de autoria que pode gerar um PDF marcado, não é possível marcar um PDF a qualquer momento usando o Acrobat.

Marcar um documento durante a conversão em PDF exige um aplicativo de criação que ofereça suporte para a marcação em PDF. Marcar um documento durante a conversão permite ao aplicativo de criação extrair dos estilos de parágrafo ou outras informações estruturais do documento de origem para produzir uma árvore de estrutura lógica. A árvore de estrutura lógica reflete uma ordem de leitura precisa e níveis de marcas adequados. Essa marcação pode interpretar a estrutura de layouts complexos, como barras laterais incorporadas, colunas espaçadas próximas, alinhamento de texto irregular e tabelas. A marcação durante a conversão também pode marcar corretamente os links, as referências cruzadas, os marcadores e os textos alternativos (quando disponíveis) que estiverem no arquivo.

Para colocar uma marca em um PDF no Acrobat, selecione Ferramentas > Acessibilidade > Adicionar marcas a documentos. Esse comando funciona em qualquer PDF não marcado, como aqueles criados com a impressora Adobe PDF. O Acrobat analisa o conteúdo do PDF para interpretar os elementos de página individuais, sua estrutura hierárquica e a ordem de leitura pretendida de cada página. Em seguida, ele cria uma árvore de marcas que reflete essas informações. Ele também cria marcas para qualquer link, referências cruzadas e marcadores adicionados no documento no Acrobat.

O comando Adicionar marcas ao documento marca adequadamente a maioria dos layouts padrão. No entanto, ele pode não interpretar corretamente a estrutura e a ordem de leitura de elementos de página complexos. Esses elementos incluem colunas espaçadas de maneira próxima, alinhamento de texto irregular, campos de formulário não preenchíveis e tabelas que não têm bordas. Marcar as páginas usando o comando Adicionar marcas ao documento pode resultar em elementos combinados de maneira inadequada ou em marcas fora de sequência. Esses problemas causam problemas na ordem de leitura do PDF.

Sobre marcas d'água e leitores de tela

É possível adicionar uma marca d'água a um PDF marcado sem ter que adicioná-la à árvore de marcas. Não ter uma marca d'água exibida na árvore de marcas é útil para pessoas que usam leitores de tela, pois elas não ouvirão a leitura da marca d'água como conteúdo do documento.

A melhor maneira de adicionar uma marca d'água que não interfira nos leitores de tela é inserir um PDF não marcado da marca d'água a um PDF marcado.

Avaliar o PDF e corrigir os problemas de marcação (Acrobat Pro)

Depois de marcar um PDF, avalie se o documento possui problemas de ordem de leitura, erros de marcação e de acessibilidade e, em seguida, corrija-os conforme necessário.

Qualquer que seja o método usado para marcar o PDF, use o Acrobat para retocar a marcação e ordem de leitura dos seus layouts de página complexos ou elementos de página incomuns. Por exemplo, o comando Adicionar marcas ao documento nem sempre é capaz de diferenciar figuras instrutivas de elementos de página decorativos, como bordas, linhas ou elementos de plano de fundo. Ele pode marcar incorretamente todos esses elementos como figuras. Da mesma forma, esse comando pode marcar erroneamente os caracteres gráficos dentro dotexto, como capitalização, como figuras, em vez de incluí-las na tag que representa o bloco de texto. Esses erros podem sobrecarregar a árvore de marcas e complicar a ordem de leitura da qual a tecnologia de assistência depende.

Se você marcar um documento a partir do Acrobat, o aplicativo gerará um relatório de erro após concluir o processo de marcação. Use esse relatório como um guia para corrigir problemas de marcação. É possível identificar outros problemas de marcação, ordem de leitura e acessibilidade de qualquer PDF usando a ferramenta Verificação completa ou Ordem de leitura. Para obter mais informações, consulte Como verificar a acessibilidade com a Verificação completa e Como verificar e corrigir a ordem de leitura.

Criação de um PDF marcado a partir de uma página da Web

Um PDF criado a partir de uma página da Web é somente tão acessível quanto a origem HTML em que está baseado. Por exemplo, se a página da Web depende de tabelas para seu design de layout, o código HTML da tabela pode não fluir na mesma ordem de leitura lógica exigida por um PDF marcado, mesmo que o código HTML tenha estrutura suficiente para exibir todos os elementos corretamente no navegador.

Dependendo da complexidade da página da Web, é possível fazer grandes correções no Acrobat Pro usando a ferramenta Ordem de leitura ou editando a árvore de marcas no Acrobat.

Para produzir os PDFs mais acessíveis a partir das páginas da Web criadas, primeiro estabeleça uma ordem de leitura lógica no código HTML. Para obter melhores resultados, empregue as Diretrizes de acessibilidade do conteúdo da Web que são publicadas pelo Consórcio da World Wide Web (W3C, World Wide Web Consortium). Para obter mais informações, consulte as diretrizes no site do W3C.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • No Acrobat, escolha Arquivo > Criar > PDF na página da Web, insira o endereço da página e clique em Configurações.

    • No Microsoft Internet Explorer, na barra de ferramentas Adobe PDF, clique na Seta para baixo no botão Converter e escolha Preferências.

  2. Na guia Geral, selecione Criar PDF e clique em OK.
  3. Especifique qualquer outra opção, conforme apropriado, e clique em Criar.

Criação de um PDF marcado a partir de um aplicativo de criação

Na maioria dos casos, os PDFs são criados em um aplicativo de criação, como o Adobe FrameMaker®, o Adobe InDesign ou o Microsoft Word. Em geral, criar marcas no aplicativo de criação fornece resultados melhores que adicioná-las no Acrobat.

O PDFMaker fornece configurações de conversão que permitem criar PDFs marcados nos aplicativos Microsoft Excel, Microsoft PowerPoint e Microsoft Word.

Para obter mais informações sobre a criação de PDFs acessíveis, consulte www.adobe.com/br/accessibility.

Para obter mais informações, consulte a documentação do aplicativo de criação.

Sobre marcas em PDFs combinados

É possível combinar vários arquivos de diversos aplicativos em uma operação para criar um único PDF. Por exemplo, é possível combinar arquivos de processamento de texto com apresentações de slides, planilhas e páginas da Web. Escolha Arquivo > Criar > Combinar arquivos em um único PDF.

Durante a conversão, o Acrobat abre cada aplicativo de criação, cria um PDF marcado e reúne esses PDFs em um único PDF marcado.

O processo de conversão nem sempre interpreta corretamente a estrutura do documento do PDF combinado, porque os arquivos reunidos geralmente usam formatos diferentes. Use o Acrobat Pro para criar um PDF acessível para vários documentos.

Ao combinar vários PDFs em um PDF marcado, convém remarcar o documento combinado. Combinar PDFs marcados e não marcados resulta em um PDF parcialmente marcado que não é acessível para usuários portadores de deficiência. Alguns usuários, como os que usam leitores de tela, não têm conhecimento das páginas que não têm marcas. Se você iniciar com uma mistura de PDFs marcados e não marcados, marque os arquivos não marcados antes de prosseguir. Se todos os PDFs não estiverem marcados, adicione marcas ao PDF combinado depois que terminar de inserir, substituir e excluir páginas.

Ao inserir, substituir ou excluir páginas, o Acrobat aceita marcas existentes na árvore de marcas do PDF consolidado da seguinte maneira:

  • Ao inserir páginas em um PDF, o Acrobat adiciona as marcas (se houver) das novas páginas ao final da árvore de marcas. Essa ordem ocorre mesmo que novas páginas sejam inseridas no início ou no meio do documento.

  • Ao substituir páginas em um PDF, o Acrobat adiciona as marcas (se houver) das páginas de entrada ao final da árvore de marcas. Essa ordem ocorre mesmo que as páginas sejam substituídas no início ou no meio do documento. O Acrobat retém as marcas (se alguma) das páginas substituídas.

  • Quando você exclui as páginas de um PDF, o Acrobat retém as marcas (se alguma) das páginas excluídas.

As páginas cujas marcas estiverem fora da ordem na árvore de estrutura lógica poderão causar problemas para o leitores de tela. Os leitores de tela leem as marcas na sequência da árvore e provavelmente não alcançam as marcas de uma página inserida até chegarem no final da árvore. Para corrigir esse problema, use o Acrobat Pro para reorganizar a árvore de tags. Posicione grandes grupos de marcas na mesma ordem de leitura das próprias páginas. Para evitar essa etapa, planeje a inserção de páginas no final de um PDF, criando o documento da frente para trás, em sequência. Por exemplo, se um PDF de página de título for criado separado do conteúdo, adicione o PDF de conteúdo ao PDF de página de título, mesmo que o documento de conteúdo seja maior. Essa abordagem posiciona as marcas do conteúdo depois das marcas da página de título. É desnecessário reorganizar as marcas depois no Acrobat Pro.

As marcas restantes de uma página excluída ou substituída não se conectam a nenhum conteúdo no documento. Simplesmente, elas são grandes pedaços de seções vazias da árvore de marcas. Essas marcas redundantes aumentam o tamanho de arquivo do documento, diminuem a velocidade dos leitores de tela e podem fazer com que os leitores de tela apresentem resultados confusos. Para obter melhores resultados, torne a marcação a última etapa no processo de conversão. Use o Acrobat Pro para excluir as tags de páginas excluídas da árvore de tags.

Para obter mais informações, consulte Criação de PDFs mesclados.

Sobre ferramentas para a criação de formulários PDF acessíveis

A Adobe oferece diversas ferramentas para a criação de formulários PDF acessíveis:

Acrobat Pro, Acrobat Standard

Use um destes aplicativos para abrir formulários PDF com ou sem marcas de formatação (exceto formulários PDF criados no Adobe Designer), a fim de adicionar campos de formulário preenchíveis, como caixas de texto, caixas de seleção e botões. Em seguida, use as outras ferramentas do aplicativo para tornar o formulário acessível. Adicione descrições à campos de formulário, marque formulários não marcados, define a ordem das tabulações, manipule marcas e execute as outras tarefas de acessibilidade de PDF.

Aplicativos de criação

A maioria dos aplicativos de criação que podem ser usados para criar formulários não mantém seus campos de formulário preenchíveis ao converter os arquivos em PDF. Use as ferramentas de formulários no Acrobat Pro para adicionar campos de formulários preenchíveis. Além disso, se o formulário for marcado durante a conversão para PDF, o aplicativo de criação poderá gerar marcas inadequadas para os rótulos de texto dos campos de formulário. Em um formulário complexo, por exemplo, os rótulos de texto de todos os campos podem ser executados juntos em uma única linha. Os leitores de tela não interpretam esses campos como rótulos individuais. Tais problemas de ordem de leitura podem exigir um trabalho demorado no Acrobat Pro para separar os rótulos. Nesse caso, a geração de um formulário PDF não marcado a partir do aplicativo de criação é, algumas vezes, a melhor opção. É possível usar as ferramentas de Formulários no Acrobat Pro para adicionar campos de formulário preenchíveis antes de marcar todo o documento. Alguns formulários são objetivos o suficiente para que seja possível gerar um PDF marcado a partir do aplicativo de criação. Em seguida, retoque levemente no Acrobat Pro após adicionar os campos de formulários preenchíveis.

Fluxo de trabalho para a criação de formulários PDF acessíveis

Usando o Acrobat, é possível abrir formulários PDF marcados e não marcados, adicionar campos de formulário preenchíveis, adicionar descrições de campos e texto alternativo, definir a ordem de tabulação e marcar os formulários (caso ainda não estejam marcados). Também é possível editar as tags de qualquer formulário PDF marcado, usando a ferramenta Ordem de leitura ou a árvore de tags.

Criar um formulário para acessibilidade.

Os formulários tendem a apresentar layouts relativamente complexos em comparação a documentos que possuem uma estrutura simples de uma única coluna. O sucesso de um aplicativo na análise e marcação de um formulário depende, em grande parte, da formatação e do layout originais de um documento e dos tipos de campos usados.

Ao criar um formulário, você deve incluir títulos, instruções e campos nos quais os usuários devem inserir os dados. No mínimo, dê um rótulo a cada campo. Além disso, você deve adicionar instruções especiais nos campos que precisarem. Use ferramentas gráficas para desenhar linhas e caixas. Não use caracteres, como sublinhado e barras verticais, pois esses caracteres de texto podem confundir leitores de tela.

A adição de descrições nos campos de formulário permitem que os leitores de tela identifiquem os campos aos usuários. Os usuários ouvem a descrição lida em voz alta quando deslocam-se para o campo usando a tecla Tab. Escreva descrições que sejam concisas, porém completas. Por exemplo, a descrição “Nome” é apropriada para um campo de primeiro nome. Não use instruções, como “Digite seu nome”, como uma descrição.

Definir e testar a ordem de tabulação de um formulário.

A ordem de tabulação dos campos de formulário permite que os usuários portadores de deficiência usem o teclado para se deslocar de um campo para o outro, em uma ordem lógica. Nos formulários PDF, defina a ordem de tabulação para Usar estrutura do documento. É possível testar a ordem de tabulação de um formulário usando os comandos do teclado a seguir:

  • Tab para mover o foco para o próximo campo

  • Shift+Tab para mover o foco para o campo anterior

  • Barra de espaço para selecionar opções

  • Teclas de seta para selecionar opções ou listar itens

Marcar o formulário PDF e corrigir problemas de marcação.

Se o formulário PDF já estiver marcado, use a ferramenta Ordem de leitura no Acrobat para marcar cada campo do formulário. Essa ferramenta também permite corrigir qualquer problema de ordem de leitura dos rótulos de texto dos campos de formulário. Por exemplo, talvez seja necessário dividir linhas de campos mescladas em campos individuais.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online