Práticas recomendadas - Estruturação de arquivos FLA

  1. Guia do Usuário do Adobe Animate
  2. Introdução ao Animate
    1. Novidades no Animate
    2. Glossário visual
    3. Requisitos de sistema do Animate
    4. Atalhos de teclado do Animate
    5. Trabalhar com vários tipos de arquivo no Animate
  3. Animação
    1. Noções básicas de animação no Animate
    2. Como usar quadros e quadros-chave no Animate
    3. Animação quadro a quadro no Animate
    4. Como trabalhar com animação de interpolação clássica no Animate
    5. Ferramenta Pincel
    6. Guia de movimento
    7. Interpolação de movimento e ActionScript 3.0
    8. Sobre a animação com interpolação de movimento
    9. Animações de interpolação de movimento
    10. Criação de uma animação de interpolação de movimento
    11. Utilização dos quadros-chave de propriedade
    12. Animação de posição com uma interpolação
    13. Editar interpolações de movimento usando o Motion Editor
    14. Edição do caminho de movimento de uma animação de interpolação
    15. Manipulação de interpolações de movimento
    16. Adição de atenuações personalizadas
    17. Criação e aplicação das predefinições de movimento
    18. Configuração de extensões de interpolação de animação
    19. Trabalhar com interpolações de movimento salvas como arquivos XML
    20. Interpolações de movimento e interpolações clássicas
    21. Interpolação de formas
    22. Uso da animação da ferramenta Bone no Animate
    23. Trabalhar com manipulação de caracteres no Animate
    24. Como usar camadas de máscara no Adobe Animate
    25. Como trabalhar com cenas no Animate
  4. Interatividade
    1. Como criar botões com o Animate
    2. Converter projetos do Animate em outros formatos de tipo de documento
    3. Criação e publicação de documentos HTML5 Canvas no Animate
    4. Adicionar interatividade com snippets de código no Animate
    5. Criar componentes HTML5 personalizados
    6. Uso de componentes do HTML5 Canvas
    7. Criação de componentes personalizados: exemplos
    8. Snippets de código para componentes personalizados
    9. Práticas recomendadas - Publicidade com o Animate
    10. Criação e publicação de Realidade virtual
  5. Fluxo de trabalho e espaço de trabalho
    1. Criação e gerenciamento de pincéis
    2. Uso de Google Fonts em documentos HTML5 Canvas
    3. Uso das Bibliotecas da Creative Cloud e do Adobe Animate
    4. Uso dos painéis Palco e Ferramentas do Animate
    5. Fluxo e espaço de trabalho do Animate
    6. Uso de fontes da Web em documentos HTML5 Canvas
    7. Linhas de tempo e ActionScript
    8. Trabalhar com múltiplas linhas de tempo
    9. Definir preferências
    10. Uso de painéis de criação do Animate
    11. Criar camadas na linha do tempo com o Animate
    12. Exportar animações para aplicativos móveis e mecanismos de jogo
    13. Mover e copiar objetos
    14. Modelos
    15. Localização e substituição no Animate
    16. Desfazer, refazer e o painel de Histórico
    17. Atalhos de teclado
    18. Como usar a linha do tempo no Animate
    19. Criação de extensões HTML
    20. Opções de otimização para imagens e GIFs animados
    21. Configurações de exportação para imagens e GIFs
    22. Painel Ativos no Animate
  6. Multimídia e vídeo
    1. Transformação e combinação de objetos gráficos no Animate
    2. Criar e trabalhar com instâncias do símbolo no Animate
    3. Traçado de imagem
    4. Como usar som no Adobe Animate
    5. Exportação de arquivos SVG
    6. Criação de arquivos de vídeo para uso no Animate
    7. Como adicionar vídeos no Animate
    8. Trabalhar com pontos de sinalização de vídeo
    9. Desenhar e criar objetos com o Animate
    10. Remodelação de linhas e formas
    11. Traçados, preenchimentos e gradientes com o Animate CC
    12. Trabalhar com o Adobe Premiere Pro e o After Effects
    13. Painéis de cor no Animate CC
    14. Abrir arquivos do Flash CS6 com o Animate
    15. Trabalho com texto clássico no Animate
    16. Aplicação de ilustração final no Animate
    17. Bitmaps importados no Animate
    18. Gráficos em 3D
    19. Trabalhar com símbolos no Animate
    20. Desenhar linhas e formas com o Adobe Animate
    21. Trabalho com bibliotecas no Animate
    22. Exportação de sons
    23. Seleção de objetos no Animate CC
    24. Trabalho com arquivos AI do Illustrator no Animate
    25. Aplicação de padrões com a ferramenta Pincel de borrifar
    26. Aplicação de modos de mesclagem
    27. Organização de objetos
    28. Automação de tarefas com o menu Comandos
    29. Texto multilíngue
    30. Uso de câmera no Animate
    31. Uso do Animate com o Adobe Scout
    32. Trabalhar com arquivos Fireworks
    33. Filtros gráficos
    34. Som e ActionScript
    35. Preferências de desenho
    36. Desenho com a ferramenta Caneta
  7. Plataformas
    1. Converter projetos do Animate em outros formatos de tipo de documento
    2. Suporte da plataforma personalizada
    3. Criação e publicação de documentos HTML5 Canvas no Animate
    4. Criação e publicação de um documento WebGL
    5. Compactação de aplicativos no AIR para iOS
    6. Publicação de AIR em aplicativos Android
    7. Publicação no Adobe AIR para desktop
    8. Configurações de publicação do ActionScript
    9. Práticas recomendadas - Organização do ActionScript em um aplicativo
    10. Como usar ActionScript com o Animate
    11. Práticas recomendadas - Diretrizes de acessibilidade
    12. Acessibilidade no espaço de trabalho do Animate
    13. Programação e gerenciamento de scripts
    14. Ativação do suporte para plataformas personalizadas
    15. Visão geral do suporte da plataforma personalizada
    16. Criação de conteúdo acessível
    17. Trabalhar com plug-ins personalizados de suporte da plataforma
    18. Depuração do ActionScript 3.0
    19. Ativação do suporte para plataformas personalizadas
  8. Publicação e exportação
    1. Exportação de arquivos do Animate CC
    2. Publicação OAM
    3. Exportação de arquivos SVG
    4. Exportar gráficos e vídeos com o Animate
    5. Publicação de documentos AS3
    6. Exportar animações para aplicativos móveis e mecanismos de jogo
    7. Exportação de sons
    8. Exportação de arquivos de vídeo QuickTime
    9. Controle de reprodução de vídeo externo com o ActionScript
    10. Práticas recomendadas - Dicas para a criação de conteúdo em dispositivos móveis
    11. Práticas recomendadas - Convenções de vídeo
    12. Práticas recomendadas - Diretrizes de criação de aplicativos SWF
    13. Práticas recomendadas - Estruturação de arquivos FLA
    14. Práticas recomendadas para otimizar arquivos FLA para o Animate
    15. Configurações de publicação do ActionScript
    16. Especificar configurações de publicação para o Animate
    17. Exportação de arquivos projetores
    18. Exportar imagens e GIFs animados
    19. Modelos de publicação HTML
    20. Trabalhar com o Adobe Premiere Pro e o After Effects
    21. Compartilhar e publicar animações rapidamente

Organização das linhas de tempo e da biblioteca

Os quadros e as camadas em uma linha do tempo mostram a você onde estão colocados os recursos e determinam como seu documento funciona. A forma de configurar e usar a linha do tempo e a biblioteca afetam todo o arquivo FLA e sua aplicabilidade global. As diretrizes a seguir ajudam a criar conteúdos com eficiência e permitem que outros autores que usam seus documentos FLA tenham maior compreensão da estrutura do documento.

  • Dê a cada camada um nome intuitivo de camada e reúna os recursos relacionados no mesmo local. Evite usar os nomes padrão de camada (como Camada 1, Camada 2).

    Descreva com clareza a finalidade ou o conteúdo de cada camada ou pasta, quando for nomeá-los.

    Se aplicável, coloque suas camadas que incluem o ActionScript e a camada para rótulos dos quadros na parte superior da pilha de camadas na linha do tempo Por exemplo, nomeie a camada que contenha suas ações do ActionScript.

  • Use pastas de camadas para agrupar e organizar as camadas semelhantes, para facilitar a localização das camadas que incluem códigos e rótulos.

  • Bloqueie as camadas que não estiver usando ou não deseja modificar. Bloqueie a camada ActionScript imediatamente, de modo que as ocorrências de símbolos e os recursos de mídia não sejam colocados nessa camada.

  • Nunca coloque quaisquer ocorrências ou recursos em camada que inclua o ActionScript. Como isso pode, potencialmente, causar conflitos entre os recursos no Palco e no ActionScript que os aplicam, mantenha todos os seus códigos em sua própria camada de ações e bloqueie depois de criá-la.

  • Use rótulos de quadros em um arquivo FLA, em vez de usar números de quadros no código ActionScript, se aplicar quadros em seu código. Se esses quadros mudarem posteriormente, quando for editar a linha do tempo, e se você usar rótulos de quadros e movê-los na linha do tempo, não há necessidade de mudar nenhuma referência no seu código.

  • Uso de pastas de biblioteca.

    Use pastas na biblioteca para organizar os elementos semelhantes (como símbolos e recursos de mídia) em um arquivo FLA. Se nomear as pastas de biblioteca consistentemente, todas as vezes que criar um arquivo, fica mais fácil lembrar onde você colocou os recursos. Normalmente, os nomes de pastas usados são Botões, Clipes de filme, Gráficos, Recursos, Componentes e, algumas vezes, Classes.

Uso de cenas

O uso de cenas é semelhante ao uso de diversos arquivos SWF para criar uma apresentação maior. Cada cena tem uma linha do tempo. Quando o indicador de reprodução alcança o quadro final de uma cena, ele passa para a próxima cena. Ao publicar um arquivo SWF, a Linha do tempo de cada cena associa-se a uma única Linha do tempo no arquivo SWF. Depois da compilação do arquivo SWF, ele se comporta como se o arquivo FLA fosse criado usando uma cena. Devido a esse comportamento, evite usar cenas pelas seguintes razões:

  • As cenas podem tornar os documentos confusos para editar, principalmente em ambientes de vários autores. Qualquer um que usar o documento FLA pode ter que procurar várias cenas em um arquivo FLA para localizar códigos e ativos. Em vez disso, considere carregar o conteúdo ou usar clipes de vídeo.

  • As cenas normalmente resultam em arquivos SWF grandes.

  • As cenas forçam os usuários a progressivamente fazer o download de todo o arquivo SWF, em vez de carregar os recursos que realmente desejam ver ou usar. Se você evitar as cenas, o usuário pode controlar o conteúdo para fazer download, enquanto navega pelo arquivo SWF. O usuário tem mais controle sobre quanto download de conteúdo deve fazer, o que é melhor para gerenciamento da largura de banda. Uma desvantagem é a exigência de gerenciamento de um número maior de documentos FLA.

  • As cenas combinadas com o ActionScript podem produzir resultados inesperados. Como a linha do tempo de cada cena está comprimida em uma única linha do tempo, podem ser encontrados erros envolvendo o ActionScript e as cenas, o que em geral exige depuração extra e complicada.

    Se você criar animações longas, pode ser vantajoso usar cenas. Se as desvantagens se aplicam a seu documento, pense na possibilidade de usar diversos arquivos FLA ou clipes de vídeo para montar uma animação, em vez de usar cenas.

Gravação de arquivos e controle de versão

Para gravar os arquivos FLA, use um esquema de nomes consistente para seus documentos. Isso é especialmente importante se gravar múltiplas versões de um único projeto.

Observação: o Painel projeto foi desaprovado com o Animate.

Podem ocorrer alguns problemas, se você trabalhar com um arquivo FLA e não gravar as versões quando criar o arquivo. Os arquivos podem se tornar maiores, devido ao histórico gravado no arquivo FLA, ou se corromperem (como acontece com qualquer software usado) enquanto você estiver trabalhando no arquivo.

Se gravar múltiplas versões durante a criação, você terá uma versão anterior disponível se precisar reverter.

Use nomes intuitivos para os seus arquivos, de leitura fácil, não crípticos, e que funcionem bem on-line:

  • Não use espaços, letras maiúsculas ou caracteres especiais.

  • Use apenas letras, números, barras e sublinhados.

  • Se gravar múltiplas versões do mesmo arquivo, desenvolva um sistema de numeração consistente como menu01.swf, menu02.swf e assim por diante.

  • Pense em usar apenas caracteres em minúscula em seus esquemas de nomeação, pois alguns software do servidor diferenciam maiúsculas e minúsculas.

  • Considere um sistema de nomeação que use a combinação substantivo-verbo ou adjetivo-substantivo para dar nomes ao arquivo, por exemplo, planejamentoclasse.swf e meuprojeto.swf.

Use os métodos a seguir para gravar as novas versões do arquivo FLA, quando montar um projeto grande:

  • Selecione Arquivo > Salvar Como e grave uma nova versão de seu documento.

  • Use o software de controle de versão ou o painel Projeto para controlar os documentos do Animate.

    Observação: o Painel projeto foi desaprovado com o Animate.

    Se você não estiver usando o software de controle de versão para criar backups do arquivo FLA, use Salvar como e digite um novo nome de arquivo para o documento, após cada etapa do projeto.

    Muitos pacotes de software permitem que os usuários usem o controle de versão com seus arquivos, o que permite que as equipes trabalhem eficientemente e reduzam erros (como sobrescrever arquivos ou trabalhar em versões antigas de um documento). Como com os demais documentos, você pode usar esses programas para organizar os documentos do Animate fora dele.

Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta