Formas e caminhos compostos

  1. Guia do Usuário do InDesign
  2. Conheça o InDesign
    1. Introdução ao InDesign
      1. Novidades no InDesign
      2. Requisitos de sistema
      3. Perguntas comuns
      4. Usar Bibliotecas da Creative Cloud
    2. Área de trabalho
      1. Noções básicas sobre a área de trabalho
      2. Caixa de ferramentas
      3. Definir preferências
      4. Área de trabalho sensível ao toque
      5. Atalhos de teclado padrão
      6. Recuperar documentos e desfazer
  3. Criar e definir o layout de documentos
    1. Documentos e páginas
      1. Criar documentos
      2. Trabalhar com páginas principais
      3. Trabalhar com as páginas do documento
      4. Definir o tamanho, margens e sangria da página
      5. Trabalhar com arquivos e modelos
      6. Criar arquivos de livro
      7. Adicionar numeração de páginas básica
      8. Numerar páginas, capítulos e seções
      9. Converter documentos do QuarkXPress e do PageMaker
      10. Compartilhar conteúdo
      11. Entender um fluxo de trabalho básico de arquivos gerenciados
      12. Salvar documentos
    2. Grades
      1. Grades
      2. Formatar grades
    3. Auxílios para layout
      1. Réguas
  4. Adicionar conteúdo
    1. Texto
      1. Adicionar texto a quadros
      2. Encadeamento de texto
      3. Recursos em árabe e hebraico no InDesign
      4. Criar texto em um traçado
      5. Marcadores e numeração
      6. Glifos e caracteres especiais
      7. Composição de texto
      8. Variáveis de texto
      9. Gerar códigos QR
      10. Editar texto
      11. Alinhar texto
      12. Aplicar texto em contorno ao redor de objetos
      13. Objetos ancorados
      14. Conteúdo vinculado
      15. Formatar parágrafos
      16. Formatar caracteres
      17. Localizar/Alterar
      18. Dicionários de verificação ortográfica e de idiomas
    2. Tipografia
      1. Como usar fontes no InDesign
      2. Kerning e tracking
    3. Formatar textos
      1. Formatar textos
      2. Tabulações e recuos
    4. Revisar texto
      1. Monitorar e revisar alterações
      2. Adicionar notas editoriais no InDesign
      3. Importar comentários do PDF
    5. Adicionar referências
      1. Criar sumário
      2. Notas de rodapé
      3. Criar um índice
      4. Notas de fim
      5. Legendas
    6. Os estilos
      1. Estilos de parágrafo e de caractere
      2. Estilos de objeto
      3. Capitulares e estilos aninhados
      4. Trabalhar com estilos
      5. Entrelinha
    7. Tabelas
      1. Formatar tabelas
      2. Criar tabelas
      3. Estilos de tabelas e células
      4. Selecionar e editar tabelas
      5. Bordas e preenchimentos de tabelas
    8. Interatividade
      1. Hiperlinks
      2. Documentos PDF dinâmicos
      3. Marcadores
      4. Botões
      5. Formulários
      6. Animação
      7. Referências cruzadas
      8. Estruturar PDFs
      9. Transições de página
      10. Filmes e sons
      11. Formulários
    9. Gráficos
      1. Entender caminhos e formas
      2. Desenhar com a ferramenta Lápis
      3. Desenhar com a ferramenta Caneta
      4. Aplicar configurações de linha (traçado) 
      5. Formas e caminhos compostos
      6. Editar caminhos
      7. Traçados de recorte
      8. Alterar a aparência do canto
      9. Alinhar e distribuir objetos
      10. Gráficos vinculados e incorporados
      11. Integrar o AEM Assets
    10. Cor e transparência
      1. Aplicar cor
      2. Usar cores de gráficos importados
      3. Trabalhar com amostras
      4. Misturar tintas
      5. Tons
      6. Cores especiais e de escala
      7. Misturar cores
      8. Gradientes
      9. Nivelar arte transparente
      10. Adicionar efeitos de transparência
  5. Compartilhar
    1. Compartilhe e colabore        
    2. Compartilhar para revisão
    3. Revisar um documento compartilhado do InDesign
    4. Gerenciar feedback 
  6. Publicar
    1. Exportar e publicar
      1. Publish Online
      2. Exportar conteúdo para EPUB
      3. Opções do Adobe PDF
      4. Exportar conteúdo para HTML
      5. Exportar para Adobe PDF
      6. Exportar para o formato JPEG
      7. Exportar HTML
      8. Visão geral do DPS e do AEM Mobile
    2. Impressão
      1. Imprimir livretos
      2. Marcas da impressora e sangrias
      3. Imprimir documentos
      4. Tintas, separação e frequência de tela
      5. Superimposição
      6. Criar arquivos PostScript e EPS
      7. Comprovar arquivos antes da entrega
      8. Imprimir miniaturas e documentos superdimensionados
      9. Preparar PDFs para prestadores de serviços
      10. Preparar para impressão de separações
  7. Estender o InDesign
    1. Automação
      1. Mesclagem de dados
      2. Plug-ins
      3. Scripts

Sobre caminhos compostos

É possível combinar vários caminhos em um único objeto, denominado caminho composto. Crie um caminho composto quando desejar:

  • Adicionar orifícios transparentes a um caminho.

  • Preservar os orifícios transparentes em alguns caracteres de texto, como o e a, ao converter caracteres em formas de letras editáveis, com o comando 'Criar contornos de fontes'. A utilização do comando 'Criar contornos de fontes' sempre resulta na criação de caminhos compostos.

  • Aplicar um gradiente ou adicionar conteúdo que abranja vários caminhos. Embora também seja possível aplicar um gradiente a vários objetos usando a ferramenta 'Gradiente', sua aplicação a um caminho composto é, em geral, um método mais apropriado, pois permite editar o gradiente inteiro posteriormente selecionando-se qualquer um dos subcaminhos. Com a ferramenta 'Gradiente', a edição posterior requer a seleção de todos os caminhos originalmente selecionados.

Melhores dicas para edição de caminhos compostos

Ao editar caminhos compostos, lembre-se das seguintes regras básicas:

  • Alterar os atributos de caminho (como traçado e preenchimento) sempre altera todos os subcaminhos de um caminho composto, seja qual for a ferramenta de seleção usada ou o número de subcaminhos selecionados. Para preservar os atributos de traçado e preenchimento de cada um dos caminhos que você deseja combinar, agrupe-os.

  • Em um caminho composto, qualquer efeito posicionado em relação à uma caixa delimitadora de caminho, como um gradiente ou uma imagem colada dentro da caixa, estará de fato posicionado em relação à caixa delimitadora de todo o caminho composto (ou seja, o caminho que engloba todos os subcaminhos).

  • Se você criar um caminho composto, alterar suas propriedades e depois o liberar com o comando 'Liberar', os caminhos liberados herdarão as propriedades do caminho composto sem que recuperem as propriedades originais.

  • Se o documento contiver caminhos compostos com vários pontos suaves, alguns dispositivos de saída poderão ter problemas para imprimi-los. Nesse caso, simplifique ou elimine os caminhos compostos ou converta-os em imagens de bitmap usando um programa como o Adobe Photoshop.

  • Se você aplicar um preenchimento a um caminho composto, em alguns casos os orifícios poderão não aparecer no local esperado. Em um caminho simples, como um retângulo, é fácil visualizar o interior ou a área de preenchimento: é a área de dentro do caminho incluído. No entanto, em um caminho composto, o InDesign deve determinar se as interseções criadas pelos subcaminhos de um caminho composto estão no lado interno (áreas preenchidas) ou externo (orifícios). A direção de cada subcaminho (a ordem de criação dos pontos) determina se a área definida por ele está no lado interno ou externo. Se um subcaminho estiver preenchido, mas você quiser que ele seja um orifício, ou vice-versa, clique em 'Reverter caminho' no painel 'Pathfinder' para reverter a direção desse subcaminho.

Caminho composto que contém dois subcaminhos com direções de caminho iguais (à esquerda) e direções de caminho opostas (à direita)

Criar um caminho composto

É possível criar um caminho composto a partir de dois ou mais caminhos abertos ou fechados. Quando um caminho composto é criado, todos os caminhos selecionados originalmente tornam-se subcaminhos desse novo caminho composto. Os caminhos selecionados herdam as configurações de traçado e preenchimento do objeto que está mais atrás na pilha.

Observação:

Se um ou mais objetos selecionados tiverem conteúdo, como texto ou imagens importadas, os atributos e o conteúdo de um caminho composto serão definidos pelos atributos e conteúdo do objeto que está mais atrás na pilha. Os objetos selecionados que estão mais atrás na pilha e que não têm conteúdo não afetarão o caminho composto.

É possível alterar a forma de qualquer parte de um caminho composto usando a ferramenta 'Seleção direta' para selecionar um ponto âncora de um subcaminho.

  1. Use a ferramenta 'Seleção'  para selecionar todos os caminhos a serem incluídos no caminho composto.
  2. Escolha 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Criar caminho composto'. Um orifício é exibido nos locais em que ocorre sobreposição dos caminhos selecionados.
Observação:

É possível preencher um orifício criado por um subcaminho ou transformar um subcaminho em orifício. Com a ferramenta 'Seleção direta', selecione um ponto no subcaminho a ser alterado. Em seguida, selecione 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Reverter caminho' ou clique em 'Reverter caminho' no painel 'Pathfinder'.

Alterar os orifícios para preenchimentos em um caminho composto

A direção de cada subcaminho (a ordem de criação dos pontos) determina se a área definida por ele está no lado interno (áreas preenchidas) ou externo (vazia). Se eventualmente no seu caminho composto os orifícios não aparecerem onde deveriam, você pode inverter a direção desse subcaminho.

Dois caminhos fechados separados (à esquerda) e dois subcaminhos do mesmo caminho composto (à direita); o caminho composto usa o círculo central como orifício

  1. Com a ferramenta 'Seleção direta' , selecione a parte do caminho composto a ser revertida (ou um ponto nessa parte). Não selecione todo o caminho composto.
  2. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Reverter caminho'.

    • Clique em 'Reverter caminho' no painel 'Pathfinder'.

Quebrar um caminho composto

É possível quebrar um caminho composto liberando-o, o que transforma cada um dos subcaminhos em um caminho independente.

  1. Com a ferramenta 'Seleção' , selecione um caminho composto.
  2. Escolha 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Liberar caminho composto'.
Observação:

O comando 'Liberar' não estará disponível quando o caminho composto selecionado estiver contido em um quadro ou quando o caminho contiver texto.

Alterar os orifícios de um caminho composto

Para eliminar um orifício criado por um subcaminho ou preencher um subcaminho criado por um orifício, reverta a sua direção.

  1. Com a ferramenta 'Seleção direta'  , selecione um ponto no subcaminho a ser revertido. Não selecione todo o caminho composto.
  2. Escolha 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Reverter caminho' ou clique em 'Reverter caminho' no painel 'Pathfinder'.

Criar formas compostas

Para criar formas compostas, use o painel 'Pathfinder' (Janela > Objeto e layout > Pathfinder). As formas compostas podem ser criadas com caminhos simples ou compostos, quadros ou contornos de texto ou outras formas. A aparência da forma composta depende do botão 'Pathfinder' escolhido.

Painel 'Pathfinder'

A. Objetos originais B. Adicionar C. Subtrair D. Interseção E. Excluir sobreposição F. Menos atrás 

Adicionar

Traça o contorno de todos os objetos para criar uma única forma.

Subtrair

Os objetos situados na frente “fazem furos” no objeto situado mais atrás.

Interseção

Cria uma forma a partir de áreas sobrepostas.

Excluir sobreposição

Cria uma forma a partir de áreas não sobrepostas.

Menos atrás

Os objetos situados atrás “fazem furos” no objeto situado mais à frente.

Na maioria dos casos, a forma resultante adota os atributos (preenchimento, traçado, transparência, camada, etc.) do objeto situado mais à frente. No entanto, se você subtrair formas, os objetos da frente serão excluídos. As formas resultantes assumem os atributos do objeto mais atrás.

Ao incluir um quadro de texto em uma forma composta, a forma desse quadro será alterada, mas o texto permanecerá o mesmo. Para alterar o texto, crie um caminho composto usando contornos de texto.

Forma composta usada como quadro de texto (à esquerda) comparada a uma forma criada com um contorno de texto (à direita)

Criar uma forma composta

É possível trabalhar com uma forma composta como uma única unidade ou liberar os caminhos de seus componentes para trabalhar com cada um separadamente. Por exemplo, você pode aplicar um preenchimento gradiente a uma parte da forma composta, mas deixar o restante da forma sem preenchimento.

Gradiente aplicado a uma forma composta (à esquerda) comparado a um gradiente aplicado a uma parte da forma composta (à direita)

  1. Escolha 'Janela' > 'Objeto e layout' > 'Pathfinder' para abrir o painel.
  2. Selecione os objetos a serem combinados em uma forma composta.
  3. Clique em um botão (por exemplo, 'Adicionar') na seção 'Pathfinder' no painel 'Pathfinder'.

Também é possível escolher um comando no submenu 'Objeto' > 'Pathfinder'.

Liberar caminhos em uma forma composta

  1. Selecione a forma composta. Escolha 'Objeto' > 'Caminhos' > 'Liberar caminho composto'. A forma composta será separada nos caminhos de seus componentes.
    Observação:

    Para reagrupar caminhos de componentes sem perder as alterações aplicadas a cada caminho, escolha 'Agrupar' no menu 'Objeto', em vez de Caminhos > Criar caminho composto.

Criar caminhos a partir de contornos de texto

Use o comando 'Criar contornos de fontes' para converter caracteres de texto selecionados em um conjunto de caminhos compostos, que podem ser editados e manipulados como qualquer outro caminho. O comando 'Criar contornos de fontes' é útil para criar efeitos em tipos grandes, mas quase nunca é útil para o corpo do texto ou para outros tipos de tamanho menor.

Observação:

Para aplicar um traçado colorido, ou um preenchimento ou traçado gradiente aos caracteres do texto, não é necessário converter o texto em contornos de fontes. Use a caixa de ferramentas e os painéis 'Amostras', 'Cor' ou 'Gradiente' para aplicar cores e gradientes diretamente aos traçados ou preenchimentos dos caracteres selecionados.

O comando 'Criar contornos de fontes' obtém informações sobre contornos de fontes nos arquivos de fontes Type 1, TrueType ou OpenType. Se você criar contornos de fontes, os caracteres serão convertidos em suas posições atuais, mantendo toda a formatação gráfica, como o traçado e o preenchimento.

Observação:

Alguns fabricantes de fontes bloqueiam as informações necessárias à criação de contornos de fontes. Se você selecionar uma fonte protegida e escolher 'Tipo' > 'Criar contornos de fontes', será exibida uma mensagem explicando que a fonte não pode ser convertida.

Se você converter texto em contornos de fontes, ele perderá suas dicas (ou seja, as instruções integradas nas fontes de contorno para ajuste das formas) para exibição ou impressão otimizada pelo sistema em tamanhos pequenos. Portanto, o texto convertido em contornos de fontes pode não ser exibido tão bem ao ser renderizado em tamanhos pequenos ou em baixas resoluções.

Após a conversão de texto em contornos de fontes, você poderá:

  • Alterar as formas de letra arrastando pontos âncora com a ferramenta 'Seleção direta' .

  • Copiar os contornos e usar o comando 'Editar' > 'Colar em' para mascarar uma imagem colando-a nos contornos de fontes convertidos.

  • Usar os contornos de fontes convertidos como quadros de texto, para digitar ou inserir texto dentro deles.

  • Alterar os atributos de traçado das formas de letra.

  • Usar contornos de texto para criar formas compostas.

Trabalho com contornos de texto

A. Caractere de tipo antes da conversão em contorno de texto B. Contorno de texto com imagem colada C. Contorno de texto usado como quadro de texto 

Como os contornos de texto convertidos tornam-se conjuntos de caminhos compostos, é possível editar separadamente subcaminhos de contornos de fontes convertidos usando a ferramenta 'Seleção direta'. É possível também quebrar os contornos de fontes de caracteres em caminhos independentes, liberando-os do caminho composto.

Converter contornos de texto em caminhos

Por padrão, a criação de contornos de fontes a partir do tipo remove o texto original. Se preferir, porém, você poderá fazer os contornos de fontes aparecerem sobre uma cópia do texto original, para que nenhuma parte dele seja perdida.

Ao selecionar caracteres de tipo em um quadro de texto e convertê-los em contornos de fontes, os contornos resultantes serão convertidos em objetos ancorados (incorporados) que fluirão com o texto. Como o texto convertido não será mais TrueType, não será possível destacar e editar caracteres com a ferramenta 'Texto'. Além disso, os controles tipográficos não serão mais aplicáveis. Verifique se as configurações tipográficas do tipo convertido em contornos de fontes estão satisfatórias e não se esqueça de criar uma cópia do texto original.

  1. Use a ferramenta 'Seleção'  , para selecionar um quadro de texto, ou 'Tipo' , para selecionar um ou mais caracteres.
  2. Escolha 'Tipo' > 'Criar contornos de fontes'.

Converter uma cópia de contornos de texto em caminhos

  1. Use a ferramenta 'Seleção'  , para selecionar um quadro de texto, ou 'Tipo' , para selecionar um ou mais caracteres.
  2. Mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) e escolha 'Tipo' > 'Criar contornos de fontes'. A cópia será criada exatamente sobre o original; use a ferramenta 'Seleção' para arrastá-la até o local desejado.

Artigos relacionados

Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta