Visão geral do painel "Amostras"

O painel "Amostras" ("Janela" > "Cor" > "Amostras") permite criar e nomear cores, gradientes ou tons e aplicá-los rapidamente ao seu documento. As amostras são semelhantes aos estilos de parágrafo e de caractere. Qualquer alteração feita em uma amostra afeta todos os objetos aos quais ela tenha sido aplicada. As amostras facilitam a modificação dos esquemas de cor sem a necessidade de localizar e ajustar cada objeto separadamente.

Quando o preenchimento ou o traçado do texto selecionado ou um objeto contiver uma cor ou gradiente aplicado a partir do painel "Amostras", a amostra aplicada ficará destacada no painel "Amostras". As amostras criadas estão associadas apenas ao documento atual. Cada documento pode ter um conjunto de amostras diferente armazenado no respectivo painel "Amostras".

Observação:

Quando você estiver trabalhando com seu prestador de serviços de prova de prelo, as amostras permitirão identificar com facilidade as cores especiais. Você também pode especificar configurações de cor em um perfil de comprovação para determinar quais delas funcionarão em sua impressora.

Seis cores definidas por CMYK são exibidas no painel "Amostras" padrão: ciano, magenta, amarelo, vermelho, verde e azul.

Observação:

Ao imprimir um livro cujos capítulos contenham amostras não compatíveis, você poderá instruir o InDesign a sincronizar configurações com o documento-mestre. (Consulte Sincronizar documentos em um arquivo de livro.)

Tipos de amostra

O painel "Amostras" armazena os seguintes tipos de amostra:

Cores

Os ícones no painel Amostras identificam os tipos de cor especial  e de escala , e os modos de cor LAB , RGB , CMYK  e Tinta mista .

Tons

Um valor percentual ao lado de uma amostra no painel "Amostras" indica o tom de uma cor especial ou de escala.

Gradientes

Um ícone no painel "Amostras" indica se um gradiente é radial  ou linear .

Nenhum

A amostra "Nenhum" remove o traçado ou o preenchimento de um objeto. Não é possível editar nem remover essa amostra.

Texto

"Texto" é uma amostra interna que simula a cor do texto em que será feita a impressão. Os objetos situados atrás de um objeto com cor de texto não serão impressos onde houver sobreposição do objeto com cor de texto. Em vez disso, aparecerá a cor do texto em que a impressão será feita. É possível editar a cor "Texto" de acordo com o seu tipo de papel, clicando duas vezes no painel "Amostras". Use a cor de "Texto" apenas para visualização — ela não será impressa em uma impressora composta nem em separações de cores. Não é possível remover essa amostra. Não aplique a amostra "Texto" para remover cor de um objeto. Em vez disso, use a amostra "Nenhum".

Observação:

Se a cor "Texto" não funcionar conforme descrito e você estiver usando uma impressora não Postscript, tente alternar o driver da impressora para o modo "Imagens rasterizadas".

Preto

"Preto" é uma cor interna 100% de escala, definida com o modelo de cores CMYK. Não é possível editar nem remover essa amostra. Por padrão, todas as ocorrências de "Preto" serão impressas sobre as tintas subjacentes, incluindo caracteres de texto de qualquer tamanho. Você pode desativar esse comportamento.

Registro

"Registro"  é uma amostra interna que faz os objetos serem impressos em todas as separações de uma impressora PostScript. Por exemplo, marcas de registro usam a cor "Registro", para que as chapas de impressão possam ser alinhadas com precisão em uma impressora comercial. Não é possível editar nem remover essa amostra.

Você também pode adicionar cores de qualquer biblioteca de cores ao painel "Amostras", para que elas sejam salvas com o documento.

Personalizar a exibição de amostras

Você pode controlar o tamanho das amostras e determinar se seus nomes devem ser exibidos.

  1. No menu do painel "Amostras", escolha uma destas opções:
    • A opção "Nome" exibe uma pequena amostra ao lado do nome da amostra. Os ícones à direta do nome mostram o modelo de cor (CMYK, RGB e assim por diante) e se a cor é especial, de escala, de registro ou nenhuma.

    • A opção "Nome pequeno" exibe linhas compactadas do painel "Amostras".

    • As opções "Amostra pequena" ou "Amostra grande" exibem apenas a amostra. Um triângulo com um ponto no canto da amostra indica que a cor é especial. Um triângulo sem um ponto indica uma cor de escala.

  2. Para definir o tipo de amostra a ser exibida, clique em um dos seguintes botões na parte inferior do painel "Amostras":
    • "Mostrar todas as amostras"  exibe todas as amostras de cores, tons e gradientes.

    • "Mostrar amostras de cores"  exibe somente amostras de cores de escala, cores especiais, cores de tintas mistas e tons.

    • "Mostrar amostras de gradientes"  exibe apenas amostras de gradientes.

Observação:

A amostra "Nenhum" é sempre exibida, independentemente do botão clicado.

Criar amostras de cores

As amostras podem incluir cores especiais ou de escala, tintas mistas (cores de escala misturadas com uma ou mais cores especiais), cores RGB ou Lab, gradientes ou tons.

Quando você insere uma imagem que contém cores especiais, as cores são adicionadas automaticamente ao painel "Amostras". Você pode aplicar essas amostras a objetos do documento, mas não pode redefinir nem excluir as amostras.

Observação:

Antes de criar amostras, saiba quais configurações são apropriadas ao seu prestador de serviços de impressão. Você pode especificar configurações de cor em um perfil de comprovação para destacar aquelas que não funcionarão em sua impressora.

Criar uma nova amostra de cor

  1. Escolha Nova Amostra de Cor no menu do painel Amostras.
  2. Em "Tipo de cor", escolha o método que será usado para imprimir as cores do documento em uma impressora tipográfica.
  3. Em "Nome da amostra", siga um destes procedimentos:
    • Se escolher "Escala" como tipo de cor e desejar que o nome sempre descreva os valores das cores, selecione a opção "Nome com valor de cor".

    • Se escolher "Escala" como tipo de cor e desejar dar nome à cor, deixe desmarcada a opção "Nome com valor de cor" e digite um nome em "Nome da amostra".

    • Se escolher "Especial", digite um nome em "Nome da amostra".

  4. Em "Modo de cor", escolha o modo a ser usado para definir a cor. Evite alterar o modo depois de definir uma cor.
  5. Siga um destes procedimentos:
    • Arraste os seletores para alterar os valores de cor. Você também pode digitar valores numéricos nas caixas de texto ao lado dos seletores de cor.

    • Para cores especiais, selecione uma opção nas bibliotecas de cores no menu "Modo de cor".

  6. Se for exibido um ícone de alerta de fora da gama de cores  e você desejar usar a cor de gama mais próxima da cor originalmente especificada, clique na pequena caixa de cor ao lado do ícone.
  7. Siga um destes procedimentos:
    • Clique em "Adicionar" para adicionar a amostra e definir outra. Clique em "Concluído" quando terminar.

    • Clique em "OK" para adicionar a amostra e sair da caixa de diálogo.

Observação:

Para definir diretamente uma cor especial usando o botão "Nova amostra" do painel "Amostras", verifique se nenhuma amostra está selecionada e, em seguida, mantenha pressionadas as teclas Alt+Ctrl (Windows) ou Option+Command (Mac OS) ao clicar no botão Nova amostra .

Criar uma amostra com base na cor de um objeto

  1. Selecione o objeto.
  2. Na caixa de ferramentas ou no painel "Amostras", selecione a caixa "Preenchimento" ou "Traçado".
  3. No painel "Amostras", siga um destes procedimentos:
    • Clique no botão "Nova amostra"  e clique duas vezes na nova amostra resultante.

    • Escolha Nova Amostra de Cor no menu do painel Amostras.

A cor ou o gradiente selecionado será exibido no painel "Amostras" e na caixa "Preenchimento" ou "Traçado" da caixa de ferramentas, e será aplicado ao preenchimento ou traçado de todos os objetos selecionados.

Adicionar cores sem nome ao painel "Amostras"

Embora você possa criar cores usando o painel "Cor" ou o "Seletor de cores", será mais difícil editar cores sem nome posteriormente e usá-las de maneira uniforme. Use a opção "Adicionar cores sem nome" para localizar cores sem nome aplicadas a objetos do documento e, em seguida, adicioná-las ao painel "Amostras". As cores são automaticamente nomeadas de acordo com seu componente CMYK, RGB ou Lab.

  1. No painel "Amostras", escolha "Adicionar cores sem nome".

Gerenciar amostras

Você pode editar, duplicar, classificar e excluir amostras do painel Amostras.

Editar as cores padrão no painel "Amostras"

Você pode mudar as amostras padrão dos novos documentos.

  1. Feche todos os documentos abertos.
  2. Edite as amostras que deseja alterar no painel "Amostras".

Duplicar uma amostra

A duplicação de amostras poderá ser útil quando você quiser criar uma variação mais quente ou fria de uma cor existente. Observe que a duplicação de uma cor especial resulta em uma chapa de impressão de cor especial adicional.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Selecione uma amostra e escolha "Duplicar amostra" no menu do painel "Amostras".

    • Selecione uma amostra e clique no botão "Nova amostra"  na parte inferior do painel.

    • Arraste uma amostra para o botão "Nova amostra" localizado na parte inferior do painel.

Editar uma amostra

É possível alterar os atributos de uma determinada amostra usando a caixa de diálogo "Opções de amostras". Há opções adicionais disponíveis na edição de amostras de tintas mistas e grupos de tintas mistas.

  1. No painel "Amostras", selecione uma amostra e siga um destes procedimentos:
    • Clique duas vezes na amostra.

    • Escolha "Opções de amostras" no menu do painel "Amostras".

  2. Ajuste as configurações conforme desejado e, em seguida, clique em "OK".

Controlar os nomes das amostras

Por padrão, o nome de uma amostra de cor de escala é derivado dos valores dos componentes da cor. Por exemplo, se você criar uma cor de escala vermelha usando 10% de ciano, 75% de magenta, 100% de amarelo e 0% de preto, a amostra será denominada C=10 M=75 Y=100 K=0, por padrão. Isso facilita a identificação da composição de cores de escala.

Por padrão, o nome de uma amostra de cor de escala é atualizado automaticamente quando você altera seus valores CMYK; é possível ativar ou desativar essa opção para amostras separadas, conforme necessário. Como em qualquer amostra que você define, o nome da amostra de cor de escala pode ser alterado a qualquer momento.

  1. Clique duas vezes em uma cor de escala no painel "Amostras".
  2. Siga um destes procedimentos e clique em "OK":
    • Para permitir que o InDesign renomeie a amostra quando você ajustar as porcentagens de CMYK, verifique se foi selecionada a opção "Nome com valor de cor".

    • Para renomear a amostra ao ajustar os valores CMYK, verifique se foi desmarcada a opção "Nome com valor de cor".

Observação:

A nova amostra é renomeada automaticamente como Nova Amostra de Cor (ela receberá um número se houver mais de uma Nova Amostra de Cor) quando a opção está desmarcada. Você pode alterar esse nome manualmente.

Classificar amostras

Você pode classificar as amostras por nome ou por valores de cor. Você tem a opção de classificar todas as amostras ou amostras selecionadas.

Classificar por nome

As amostras são classificadas em ordem alfabética (de A a Z).

Para classificar todas as amostras por nome, siga um desses procedimentos:

  • Selecione Classificar no menu do painel Amostras e escolha Todas as amostras por nome. 
  • Clique com o botão direito em uma amostra e selecione Classificar > Todas as amostras por nome.

Para classificar amostras selecionadas por nome, selecione as amostras e siga um desses procedimentos:

  • Selecione Classificar no menu do painel Amostras e escolha Amostras selecionadas por nome. 
  • Clique com o botão direito nas amostras selecionadas e selecione Classificar > Amostras selecionadas por nome.

Classificar por valores de cor

As amostras são classificadas com base nos valores de cor. As primeiras amostras são classificadas na seguinte ordem: CMYK > Cores Lab > Tinta mista > RGB. Todas as amostras de
um modo de cor específico são classificadas com base em valores de cor.
Por exemplo, todas as amostras CMYK são classificadas com base em valores C, M, Y e K.

Para classificar todas as amostras por valores de cor, siga um desses procedimentos:

  • Selecione Classificar no menu do painel Amostras e escolha Todas as amostras por valores de cor. 
  • Clique com o botão direito em uma amostra e selecione Classificar > Todas as amostras por valores de cor.

Para classificar amostras selecionadas por valores de cor, selecione as amostras e siga um desses procedimentos:

  • Selecione Classificar no menu do painel Amostras e escolha Amostras selecionadas por valores de cor. 
  • Clique com o botão direito nas amostras selecionadas e selecione Classificar > Amostras selecionadas por valores de cor.

Observação:

As amostras em um grupo de cores são classificadas também com base na classificação aplicadas.

Excluir amostras individuais

Se você excluir uma amostra que tenha sido aplicada a um objeto no documento, o InDesign solicitará uma amostra substituta. É possível designar uma amostra existente ou sem nome. Se você excluir uma amostra usada como base de um tom ou tinta mista, será solicitada a escolha de uma substituta.

  1. Selecione uma ou mais amostras.
  2. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha "Excluir amostra" no menu do painel "Amostras".

    • Clique no botão "Excluir" localizado na parte inferior do painel "Amostras".

    Observação:

    Não é possível excluir as cores especiais que são usadas por gráficos inseridos no documento. Para excluir essas cores, você deve primeiro excluir o gráfico. Entretanto, em alguns casos raros, a cor especial não poderá ser removida mesmo que o gráfico tenha sido removido. Nesses casos, use Arquivo > Exportar para criar um arquivo InDesign Markup (IDML). Em seguida, abra novamente o arquivo no InDesign.

  3. O InDesign pergunta como deverá ser substituída a amostra que você está excluindo. Siga um destes procedimentos e clique em "OK":
    • Para substituir todas as ocorrências da amostra por outra amostra, clique em "Amostra definida" e escolha uma amostra no menu.

    • Para substituir todas as ocorrências da amostra por uma cor sem nome equivalente, clique em "Amostra sem nome".

Excluir todas as amostras não usadas

  1. Escolha Selecionar Todos os Não Usados no menu do painel Amostras. Só serão selecionadas as amostras que não estiverem sendo usadas no momento no arquivo ativo.
  2. Clique no ícone "Excluir".

Mesclar amostras

Ao importar amostras ou copiar itens de outros documentos, você poderá acabar tendo amostras duplicadas que podem ser aplicadas a diferentes objetos. Use o comando "Mesclar amostras" para combinar as amostras duplicadas.

  1. No painel "Amostras", selecione duas ou mais amostras duplicadas.

    A primeira amostra que você selecionar permanecerá (as demais serão mescladas a ela).

  2. Escolha "Mesclar amostras" no menu do painel "Amostras".

Salvar amostras para uso em outros documentos

Para usar as amostras de cor em outros arquivos ou para compartilhá-las com outros criadores, você pode salvá-las no arquivo Adobe Swatch Exchange (.ase). O InDesign, assim como o Illustrator e o Adobe Photoshop, pode importar amostras de um arquivo do Colorbook.

  1. Selecione no painel "Amostras" o que você deseja salvar.
  2. Escolha "Salvar amostras" no menu do painel "Amostras".
  3. Especifique um nome e local para o arquivo e clique em "Salvar".

Compartilhamento de amostras entre aplicativos

É possível compartilhar as amostras sólidas criadas no Photoshop, Illustrator e InDesign salvando uma biblioteca de amostras para intercâmbio. As cores têm exatamente a mesma aparência em todos os aplicativos, desde que as configurações de cores estejam sincronizadas.

  1. No painel "Amostras", crie as amostras de cores de escala e de cores especiais que deseja compartilhar e remova quaisquer amostras que não deseje compartilhar.

    Observação:

    Não é possível compartilhar os seguintes tipos de amostras entre aplicativos: padrões, gradientes, tintas e tons mistos e a amostra "Registro" do Illustrator ou do InDesign, bem como amostras de referências de cores de livros, HSB, XYZ, dois tons, monitor RGB, opacidade, tinta total e webRGB do Photoshop. Esses tipos de amostras são excluídos automaticamente quando você salva amostras.

  2. Selecione "Salvar amostras" no menu do painel "Amostras" e salve as bibliotecas de amostras em um local de fácil acesso.
  3. Carregue a biblioteca de amostras no painel "Amostras" do Photoshop, do Illustrator ou do InDesign.

Importar amostras

Você pode importar cores e gradientes de outros documentos, adicionando todas ou algumas das amostras ao painel "Amostras". Você pode carregar amostras dos arquivos do InDesign (.indd), dos modelos do InDesign (.indt), dos arquivos do Illustrator (.ai ou .eps) e dos arquivos do Adobe Swatch Exchange (.ase) criados pelo InDesign, Illustrator ou Photoshop. Os arquivos do Adobe Swatch Exchange contêm amostras salvas no formato Adobe Swatch Exchange.

O InDesign também contém bibliotecas de cores de outros sistemas de cores, como o PANTONE Process Color System®.

Observação:

As cores especiais usadas pelos arquivos EPS, PDF, TIFF e Adobe Photoshop (PSD) também são incluídas no painel "Amostras".

Importar amostras selecionadas de um arquivo

  1. Escolha Nova Amostragem de Cor no menu do painel Amostras.
  2. Escolha "Outra biblioteca" na lista "Modo de cor" e selecione o arquivo do qual as amostras serão importadas.
  3. Clique em "Abrir".
  4. Selecione as amostras que você deseja importar.
  5. Clique em "OK".

Importar todas as amostras de um arquivo

  1. No menu do painel "Amostras", escolha "Carregar amostras".
  2. Clique duas vezes em um documento do InDesign.

Copiar amostras entre documentos do InDesign

É possível copiar ou arrastar uma amostra (ou objetos com uma amostra aplicada) de um documento para outro. Quando você faz isso, a amostra é adicionada ao painel "Amostras" do documento de destino. Para copiar tons e gradientes da amostra, é necessário copiar o objeto original além da própria amostra.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Copie um objeto para o documento atual usando arrastar-e-soltar ou copiar-e-colar.

    • Selecione as amostras que deseja copiar e arraste-as do painel "Amostras" para a janela de outro documento do InDesign.

    Observação:

    Se você arrastar uma amostra que tenha o mesmo nome de uma amostra já existente (inclusive caixa), mas com valores de cores diferentes, o InDesign renomeará a amostra como "[nome da amostra original] 2”.

Carregar amostras de bibliotecas de cores personalizadas predefinidas

Você pode selecionar cores em diversas bibliotecas, como PANTONE Process Color System, Toyo™ Ink Electronic Color Finder™ 1050, o sistema de cores Focoltone®, o sistema de amostras de cores Trumatch™, o DIC Process Color Note e bibliotecas criadas especialmente para uso na Web. Antes de usar amostras de um sistema de correspondência de cores, consulte os prestadores de serviços de prova de prelo para determinar quais amostras têm suporte.

  1. Escolha Nova Amostragem de Cor no menu do painel Amostras.
  2. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha o arquivo de biblioteca na lista "Modo de cor".

    • Escolha "Outra biblioteca" na lista "Modo de cor", localize o arquivo de biblioteca e clique em "Abrir".

  3. Selecione uma ou mais amostras na biblioteca e clique em "Adicionar". (Para sair da caixa de diálogo sem adicionar amostras, clique em "OK".)
  4. Ao concluir a adição de amostras, clique em "Concluído".

Bibliotecas de cores instaladas com o InDesign

O InDesign instala bibliotecas de cores para os sistemas de correspondência de cores descritos a seguir. Você pode instalar bibliotecas de cores adicionais e carregar amostras delas no InDesign.

ANPA Color

Consiste em 300 cores selecionadas pela ANPA (American Newspaper Publishers Association). As cores dessa biblioteca são principalmente usadas como cores especiais em jornais.

DIC Color

Fornece 1.280 cores especiais CMYK do DIC Process Color Note. As cores podem ser comparadas com o DIC Color Guide, publicado por Dainippon Ink & Chemicals, Inc. Para obter mais informações, entre em contato com a Dainippon Ink & Chemicals, Inc., Tóquio, Japão.

Focoltone

Consiste em 763 cores CMYK. Você pode usar cores Focoltone para evitar problemas de trapping e registro em prova de prelo, analisando as tabelas Focoltone que mostram as superimposições que formam as cores.

A Focoltone disponibilizou um manual de amostras com especificações para cores de escala e especiais, tabelas de superimposição e um manual de chips para marcação de layouts. Para obter mais informações, entre em contato com a Focoltone International, Ltd., Stafford, Reino Unido.

HKS

Use quando seu trabalho especificar cores do sistema de cores HKS, usado na Europa.

PANTONE®

As cores PANTONE® são o padrão mundial para reprodução de cores especiais. Em 2000, uma revisão considerável foi feita nos guias de cores do PANTONE MATCHING SYSTEM®. Mais 147 novas cores sólidas e sete cores metálicas foram incluídas no sistema que agora tem um total de 1.114 cores. Os guias de cores e manuais de chips PANTONE agora são impressos em papel mate, assim como em papel com e sem revestimento, para garantir a visualização precisa do resultado impresso e melhor controle na impressão.

É possível imprimir uma cor PANTONE sólida em CMYK. Para comparar uma cor PANTONE sólida com sua cor de escala correspondente mais próxima, use o guia PANTONE de correspondência entre cor sólida e de escala. As porcentagens dos tons CMYK na tela são impressos sob cada cor. O guia agora é impresso em papel revestido brilhante e inclui comparações das 147 novas cores sólidas para CMYK.

Os guias de cores de escala PANTONE permitem escolher até 3.000 combinações de cores de escala agora impressas em papel com e sem revestimento. Exibidos em ordem cromática em formato de sanfona, é fácil selecionar cores e especificar valores CMYK para tela.

Para obter mais informações, entre em contato com a PANTONE, Inc., Carlstadt, New Jersey, EUA.

System (Windows)

Inclui 256 cores do painel padrão de 8 bits do Windows, que se baseia em uma amostragem uniforme de cores RGB.

System (Mac OS)

Inclui 256 cores da paleta padrão de 8 bits do Mac OS, que se baseia em uma amostragem uniforme de cores RGB.

Toyo Color Finder

Inclui 1050 cores baseadas nas tintas de impressão mais comuns usadas no Japão. Você pode usar o Toyo 94 Color Finder ou o Toyo Color Finder mais recente. Consulte o guia de cores que ilustra as amostras impressas de Toyo Ink. Esse guia está disponível em editoras de impressão e lojas de suprimento de artes gráficas. Para obter mais informações, entre em contato com a Toyo Ink Manufacturing Co., Ltd., Tóquio, Japão.

Trumatch

Fornece correspondência previsível de cores CMYK com mais de 2.000 cores geradas por computador. As cores Trumatch abrangem o espectro visível da gama de cores CMYK em etapas uniformes. O Trumatch Color Finder exibe até 40 tons e graduações de cor de cada matiz, criados originalmente em processo de quatro cores e reproduzíveis em quatro cores em fotocompositoras eletrônicas. Além disso, estão incluídos cinzas com quatro cores, usando matizes diferentes. Para obter mais informações, entre em contato com a Trumatch Inc., Nova York, Nova York, EUA.

Web

Inclui as 216 cores RGB válidas para a Web, usadas com mais frequência por navegadores da Web para exibir imagens em 8 bits. Essa biblioteca ajuda na criação de arte para a Web usando cores que são exibidas de maneira uniforme em sistemas Windows e Macintosh.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online