Inserir (importar) gráficos

O comando Inserir é o principal método usado para inserir gráficos no InDesign, pois oferece o nível de suporte mais alto para resolução, formatos de arquivo, arquivos INDD e PDFs de várias páginas e cor. Inserir gráficos também é chamado de importar imagens e inserir fotos.

Se estiver criando um documento no qual essas características não sejam importantes, você poderá copiar e colar para importar o gráfico para o InDesign. A colagem, no entanto, incorpora um gráfico a um documento. O vínculo com o arquivo gráfico original é quebrado e não aparece no painel 'Vínculos'. Também não é possível atualizar o gráfico com base no arquivo original. Entretanto, a colagem de gráficos do Illustrator permite que você edite caminhos no InDesign. Consulte Importação de gráficos do Adobe Illustrator.

As opções disponíveis ao inserir um arquivo gráfico dependem do tipo de gráfico. As opções de importação serão exibidas se você selecionar Mostrar Opções de Importação na caixa de diálogo Inserir. Se você não selecionar Mostrar Opções de Importação, o InDesign aplicará as configurações padrão ou as usadas mais recentemente para inserir um arquivo gráfico desse tipo.

Os nomes dos gráficos inseridos (importados) são exibidos no painel 'Vínculos'.

Observação:

Se você inserir ou arrastar um gráfico de uma mídia removível (como um CD-ROM), o vínculo será quebrado quando a mídia for removida do sistema.

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Para importar um gráfico sem antes criar um quadro, verifique se não há nada selecionado no documento.

    • Para importar um gráfico para um quadro existente, selecione o quadro. Se a nova imagem for maior que o quadro, você poderá redimensionar o quadro mais tarde escolhendo Objeto > Ajuste > [comando de ajuste].

    • Para substituir uma imagem existente, selecione o quadro de gráfico correspondente.

  2. Escolha 'Arquivo' > 'Inserir' e selecione um ou mais arquivos gráficos de qualquer formato disponível.

    Se você selecionar vários arquivos, poderá clicar ou arrastar no documento para inserir os arquivos selecionados de uma só vez. (Consulte Inserir vários gráficos.)

  3. Para substituir um objeto selecionado, escolha 'Substituir item selecionado'.
  4. Para adicionar uma legenda de acordo com os metadados da imagem, selecione Criar legendas estáticas. Consulte Gerar uma legenda a partir de uma imagem.
  5. Para definir opções de importação específicas para um formato, siga um destes procedimentos:
    • Selecione Mostrar Opções de Importação e clique em Abrir.

    • Mantenha pressionada a tecla Shift enquanto clica em Abrir ou mantenha pressionada a tecla Shift e clique duas vezes em um nome de arquivo.

    Observação:

    Quando você insere um gráfico criado no Illustrator 9.0 ou posterior usando a caixa de diálogo Mostrar Opções de Importação, as opções são idênticas às dos PDFs. Se você inserir um gráfico do Illustrator 5.5 a 8.x, as opções serão as mesmas que as de arquivos EPS.

  6. Se a caixa de diálogo 'Opções de importação de imagem' for exibida (porque você optou por definir opções de importação específicas para o formato), selecione as opções de importação e clique em 'OK'. (Consulte Opções de importação para gráficos.)
  7. Siga um destes procedimentos:
    • Para importar para um novo quadro, arraste para criar um quadro. Se preferir, clique no ícone de gráficos carregados  no layout, no ponto onde deve ficar o canto superior esquerdo do gráfico.

    Observação:

    Quando você arrastar para criar um quadro, ele terá as mesmas proporções do gráfico, a menos que você pressione Shift e arraste.

    • Para importar para um quadro existente que não está selecionado, clique com o ícone de gráficos carregados em qualquer lugar do quadro.
    • Para importar para um quadro selecionado existente, não será necessário fazer nada se a opção 'Substituir item selecionado' estiver selecionada. A imagem aparece automaticamente no quadro.
    • Para substituir um gráfico existente, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) e clique no ícone de gráficos carregados no gráfico que deseja substituir.
    • Para inserir ao mesmo tempo todas as páginas especificadas de um arquivo de várias páginas (como um arquivo PDF ou INDD), uma sobre a outra, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) e clique no ícone de gráficos carregados em que deseja que as páginas apareçam.

    Observação:

    Se você substituir acidentalmente um gráfico existente pela imagem que está inserindo, pressione Ctrl+Z (Windows) ou Command+Z (Mac OS) para fazer com que imagem original retorne ao quadro e exibir o ícone de gráficos carregados.

  8. Para inserir o gráfico ou a página seguinte de um PDF de várias páginas, clique com o ícone de gráficos carregados no ponto desejado do layout. Se necessário, você pode rolar para outro local ou mudar de página sem perder o ícone de gráficos carregados.

Observação:

A imagem inserida talvez pareça ter uma baixa resolução, dependendo das suas configurações. A configuração de exibição de uma imagem não afeta a saída final do arquivo. Para alterar as configurações de exibição de imagens, consulte Controlar o desempenho de exibição dos gráficos.

Opções de importação para gráficos

As opções de importação de gráficos variam de acordo com o tipo de imagem que está sendo importada. Para exibir opções de importação, verifique se a opção 'Mostrar opções de importação' está selecionada na caixa de diálogo 'Inserir'.

Opções de importação de arquivos Encapsulated PostScript (.eps)

Ao inserir um gráfico EPS (ou um arquivo salvo com o Illustrator 8.0 ou versão anterior) e seleciona Mostrar Opções de Importação na caixa de diálogo Inserir, você verá uma caixa de diálogo contendo estas opções:

Ler vínculos de imagens OPI incorporadas

Esta opção faz com que o InDesign leia os vínculos de comentários OPI em imagens incluídas (ou aninhadas) no gráfico.

Desmarque essa opção se estiver usando um processo de produção baseado em proxy e desejar que os prestadores de serviços substituam a imagem usando um software OPI. Quando essa opção é desmarcada, o InDesign preserva os vínculos OPI, mas não os lê. Ao imprimir ou exportar, o proxy e os vínculos serão passados para o arquivo de saída.

Selecione essa opção se estiver usando um processo de produção baseado em proxy e desejar que o InDesign, e não o prestador de serviços, substitua a imagem na abertura ou impressão do arquivo final. Quando essa opção é selecionada, os vínculos OPI aparecem no painel 'Vínculos'.

Selecione também essa opção ao importar arquivos EPS contendo comentários OPI que não fazem parte de um processo de produção baseado em proxy. Por exemplo, se importar um arquivo EPS contendo comentários OPI para uma imagem TIFF ou bitmap omitida, selecione essa opção para que o InDesign possa acessar as informações TIFF quando o arquivo for impresso.

Aplicar traçado de recorte do Photoshop

Independentemente de essa opção estar ou não selecionada, um arquivo EPS inserido incluirá um traçado de recorte no InDesign. Entretanto, desmarcar essa opção poderá resultar em um tamanho diferente da caixa delimitadora.

Geração de proxy

Essa opção cria uma representação em bitmap de uma imagem de baixa resolução quando o arquivo é desenhado na tela. As configurações a seguir controlam como o proxy será gerado:

'Usar visualização TIFF ou PICT'

Algumas imagens EPS contêm uma visualização incorporada. Selecione esta opção para gerar a imagem de proxy da visualização existente. Se não houver uma visualização, o proxy será gerado pela rasterização do EPS para um bitmap fora da tela.

'Rasterizar o PostScript'

Selecione essa opção para ignorar a visualização incorporada. Essa opção normalmente é mais lenta, mas resulta em imagens de melhor qualidade.

Observação:

Quando você importa mais de um arquivo para o mesmo documento, todas as instâncias compartilham a configuração de proxy da primeira instância do arquivo importado.

Opções de importação de bitmaps

Você pode aplicar opções de gerenciamento de cores a gráficos importados ao usar ferramentas de gerenciamento de cores com um documento. Também é possível importar um traçado de recorte ou um canal alfa salvo com a imagem criada no Photoshop. Isso permite selecionar diretamente uma imagem e modificar seu caminho sem alterar o quadro de gráfico.

Quando você insere um arquivo PSD, TIFF, GIF, JPEG ou BMP e escolhe 'Mostrar opções de importação' na caixa de diálogo 'Inserir', é exibida uma caixa de diálogo com as seguintes opções:

Aplicar traçado de recorte do Photoshop

Se esta opção não estiver disponível, a imagem não foi salva com um traçado de recorte ou o formato do arquivo não oferece suporte a traçados de recorte. Se a imagem de bitmap não tiver um traçado de recorte, ele poderá ser criado no InDesign.

Canal alfa

Escolha um canal alfa para importar a área da imagem salva como um canal alfa no Photoshop. O InDesign usa o canal alfa para criar uma máscara transparente na imagem. Esta opção está disponível apenas para imagens que contenham pelo menos um canal alfa.

Clique na guia 'Cor' para visualizar estas opções:

Imagem importada sem traçado de recorte (à esquerda) e com traçado de recorte (à direita)
Imagem importada sem traçado de recorte (à esquerda) e com traçado de recorte (à direita)

Perfil

Se a opção 'Usar padrão de documento' estiver selecionada, não a altere. Caso contrário, escolha um perfil de origem de cor que corresponda à gama de cores do dispositivo ou software usado para criar o gráfico. Esse perfil permite ao InDesign converter adequadamente a cor para a gama de cores do dispositivo de saída.

Método de renderização

Escolha um método para dimensionar o intervalo de cores do gráfico para o intervalo de cores do dispositivo de saída. Normalmente, você escolherá 'Percepção (Imagens)', pois essa opção representa com precisão as cores em fotografias. As opções 'Saturação' (Gráficos), 'Colorimétrico relativo' e 'Colorimétrico absoluto' são melhores para áreas de cores sólidas, já que elas não reproduzem bem fotografias. As opções de 'Método de renderização' não estão disponíveis para imagens de bitmap, em escala de cinza e com cores indexadas.

Opções de importação de PNG (Portable Network Graphics) (.png)

Ao inserir uma imagem PNG e selecionar Mostrar Opções de Importação na caixa de diálogo Inserir, você verá uma caixa de diálogo com três seções de configurações de importação. Duas delas contêm as mesmas opções disponíveis para outros formatos de imagem de bitmap. A terceira, 'Configurações PNG', contém as seguintes configurações:

Usar informações sobre transparência

Essa opção é ativada por padrão quando um gráfico PNG inclui transparência. Se um arquivo PNG importado contiver transparência, o gráfico interagirá somente nos locais em que o fundo for transparente.

Fundo branco

Se o gráfico PNG não contiver uma cor de fundo definida pelo arquivo, essa opção será selecionada por padrão. No entanto, ela só será ativada se 'Usar informações sobre transparência' for ativada. Se essa opção estiver selecionada, a cor branca será usada como cor de fundo ao aplicar informações sobre transparência.

Cor de fundo definida pelo arquivo

Se um gráfico PNG tiver sido salvo com uma cor de fundo não branca e 'Usar informações sobre transparência' estiver selecionada, essa opção estará selecionada por padrão. Se você não desejar usar a cor de fundo padrão, clique em 'Fundo branco' para importar o gráfico com um fundo branco, ou desmarque 'Usar informações sobre transparência' para importá-lo sem nenhuma transparência (exibindo áreas desse gráfico que estão transparentes no momento). Alguns programas de edição de imagens não são capazes de especificar uma cor de fundo não branca para gráficos PNG.

Aplicar correção de gama

Selecione essa opção para ajustar a gama (tonalidade média) de um gráfico PNG quando ele for inserido. Com essa opção, pode-se fazer a correspondência entre a gama da imagem e a gama do dispositivo a ser usado para imprimir ou exibir o gráfico (como uma impressora ou um monitor de computador de baixa resolução ou não PostScript). Desmarque essa opção para inserir a imagem sem aplicar correção de gama. Por padrão, essa opção estará selecionada se o gráfico PNG tiver sido salvo com um valor de gama.

Valor de gama

Essa opção, disponível somente se a opção 'Aplicar correção de gama' estiver selecionada, exibe o valor de gama salvo com o gráfico. Para alterar o valor, digite um número positivo de 0,01 a 3,0.

Quando arquivos PNG são importados, as configurações da caixa de diálogo 'Opções de importação de imagem' sempre se baseiam no arquivo selecionado, e não nas configurações padrão ou nas últimas configurações usadas.

Opções de importação do Acrobat (.pdf) e do Illustrator (.ai)

O layout, os gráficos e a tipografia de um PDF inserido são preservados. Assim como ocorre com outros gráficos inseridos, não é possível editar uma página PDF inserida no InDesign. É possível controlar a visibilidade das camadas em um PDF em camadas. Também é possível inserir mais de uma página de um PDF de várias páginas.

Se você inserir um PDF salvo com senhas, será solicitado que forneça as senhas necessárias. Se o arquivo PDF tiver sido salvo com restrições de uso (por exemplo, proibida a edição ou impressão), mas sem senhas, é possível inserir o arquivo.

Ao inserir um PDF (ou um arquivo salvo com o Illustrator 9.0 ou posterior) e selecionar Mostrar Opções de Importação na caixa de diálogo Inserir, você verá uma caixa de diálogo com as seguintes opções:

Mostrar visualização

Visualize uma página no PDF antes de inseri-la. Se você pretende inserir uma página a partir de um PDF com várias páginas, clique nas setas ou digite um número de página na imagem visualizada para especificar a página que deseja visualizar.

Páginas

Especifique as páginas a serem inseridas: a página mostrada na visualização, todas as páginas ou um intervalo de páginas. No caso de arquivos do Illustrator, você pode especificar a prancheta que deseja inserir.

Observação:

Se você especificar várias páginas, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) enquanto insere o arquivo para incluir todas elas ao mesmo tempo, uma sobre a outra.

Cortar

Especifica o quanto da página PDF será inserido:

Caixa delimitadora

Insere a caixa delimitadora da página PDF, ou a área mínima que delimita os objetos na página, incluindo marcas de página. A opção 'Caixa delimitadora (somente camadas visíveis)' usa apenas a caixa delimitadora das camadas visíveis do arquivo PDF. A opção 'Caixa delimitadora (todas as camadas)' insere a caixa delimitadora da área inteira de camadas do arquivo PDF, mesmo que as camadas estejam ocultas.

Arte

Insere o PDF somente na área definida por um retângulo criado pelo autor como arte inserível (por exemplo, um clipart).

Corte

Insere o PDF somente na área exibida ou impressa pelo Adobe Acrobat.

Aparagem

Identifica o local em que a página final produzida será fisicamente recortada no processo de produção, caso sejam exibidas marcas de aparagem.

Sangria

Insere somente a área que representa o local onde todo o conteúdo da página deverá ser recortado, se for apresentada uma área de sangria. Essas informações serão úteis se a página estiver sendo impressa em um ambiente de produção. A página impressa pode incluir marcadores de página fora da área de sangria.

Mídia

Insere a área que representa o tamanho físico da página do documento PDF original (por exemplo, as dimensões de uma folha de papel A4), incluindo os marcadores de página.

Opções de corte de PDFs inseridos
Opções de corte de PDFs inseridos

A. Mídia B. Aparagem C. Sangria D. Conteúdo E. Corte F. Arte 

Fundo transparente

Selecione essa opção para revelar texto ou gráficos que estejam abaixo da página PDF no layout do InDesign. Desmarque essa opção para inserir a página PDF com um fundo branco opaco.

Observação:

Se você tornar o fundo transparente em um quadro contendo um gráfico PDF, poderá torná-lo opaco posteriormente, adicionando um preenchimento ao quadro.

Opções de importação no InDesign (.indd)

O InDesign preserva o layout, os gráficos e a tipografia de um arquivo INDD inserido. No entanto, o arquivo é tratado como um objeto e não pode ser editado, ainda que seja possível controlar a visibilidade das camadas e escolher quais páginas de um arquivo INDD de várias páginas serão importadas.

Ao inserir um arquivo do InDesign e selecionar Mostrar Opções de Importação na caixa de diálogo Inserir, você verá uma caixa de diálogo com as seguintes opções:

Mostrar visualização

Visualize uma página antes de inseri-la. Você pode digitar um número de página ou clicar nas setas para visualizar uma página em um documento de várias páginas.

Páginas

Especifique as páginas a serem inseridas: a página mostrada na visualização, todas as páginas ou um intervalo de páginas.

Cortar

Especifique o quanto de cada página deverá ser inserido, a página em si ou as áreas de sangria ou espaçador na área de trabalho.

Inserir vários gráficos

O comando 'Inserir' permite importar mais de um item ao mesmo tempo.

  1. Crie quadros para os gráficos caso queira inserir alguns ou todos eles em quadros.
  2. Escolha 'Arquivo' > 'Inserir' e selecione os arquivos.

    Você pode selecionar arquivos gráficos, arquivos de texto, arquivos do InDesign e quaisquer outros arquivos que queira adicionar a documentos do InDesign.

  3. Como opção, selecione Mostrar Opções de Importação, clique em Abrir e especifique as opções de importação para cada arquivo. (Consulte Opções de importação para gráficos.)

    Uma imagem em miniatura do primeiro gráfico selecionado é exibida ao lado do ícone de gráficos carregados. Um número ao lado do ícone de gráficos carregados informa quantos gráficos estão prontos para serem importados. Os nomes dos gráficos são exibidos no painel 'Vínculos' com as letras CI ("carregado no cursor de inserção", tradução de “loaded in place cursor”) ao lado do gráfico mais à frente.

    Inserção de quatro arquivos em quadros de espaço reservado
    Inserção de quatro arquivos em quadros de espaço reservado

    Observação:

    Pressione uma tecla de seta para percorrer os gráficos; pressione Esc para descarregar o gráfico mais à frente do ícone de gráficos carregados sem inseri-lo no InDesign.

    Observação:

    É possível impedir que as imagens em miniatura apareçam no ícone de gráficos carregados caso a exibição das imagens torne o seu computador mais lento. Na área 'Interface' da caixa de diálogo 'Preferências', desmarque a opção 'Mostrar miniaturas ao inserir'.

  4. Siga um destes procedimentos:
    • Para importar para um novo quadro, clique com o ícone de gráficos carregados no ponto onde deve ficar o canto superior esquerdo do gráfico.

    • Para criar um quadro de determinado tamanho e importar o gráfico para o quadro, arraste para definir o quadro. O quadro é criado de acordo com as proporções do gráfico inserido.

    • Para importar para um quadro existente, clique com o ícone de gráficos carregados no quadro. Mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) enquanto clica para substituir o conteúdo de um quadro existente.

    • Para importar todos os gráficos carregados em uma grade, arraste e pressione as teclas de seta para determinar o número de linhas e colunas. Use as teclas de seta para cima e para baixo a fim de alterar o número de linhas e as teclas de seta para a esquerda e seta para a direita a fim de alterar o número de colunas. Solte o botão do mouse para inserir a grade de imagens.

      Para alterar o espaçamento entre quadros, pressione os botões Page Up ou Page Down, ou segure o botão Ctrl (no Windows) ou Command (no Mac OS) ao pressionar as teclas de seta.

      Para alterar o espaçamento entre quadros, mantenha a tecla Ctrl pressionada (Windows) ou Command (Mac OS) enquanto pressiona as teclas de direção.

    Observação:

    É possível carregar mais gráficos escolhendo 'Arquivo' > 'Inserir' enquanto o ícone de gráficos for exibido.

Controlar a visibilidade de camadas em imagens importadas

É possível controlar a visibilidade das camadas de nível superior durante a importação de arquivos PSD (Photoshop), INDD (InDesign) ou PDF em camadas. O ajuste da visibilidade das camadas no InDesign permite que você varie a ilustração de acordo com o contexto. Por exemplo, para uma publicação em vários idiomas, é possível criar uma única ilustração que inclua uma camada de texto para cada idioma.

Você pode ajustar a visibilidade das camadas quando insere um arquivo ou por meio da caixa de diálogo 'Opções de camada do objeto'. Além disso, se o arquivo do Photoshop contiver composições de camada, você poderá exibir a composição desejada.

Definir visibilidade da camada

  1. Siga um destes procedimentos:
    • Para importar um gráfico sem antes criar um quadro, verifique se não há nada selecionado no documento.

    • Para importar um gráfico para um quadro existente, selecione o quadro.

    • Para substituir uma imagem existente, selecione o quadro de gráficos.

  2. Escolha 'Arquivo' > 'Inserir' e selecione um arquivo gráfico.
  3. Para substituir um objeto selecionado, escolha 'Substituir item selecionado'.
  4. Selecione Mostrar Opções de Importação e clique em Abrir.
  5. Na caixa de diálogo 'Inserir' ou 'Opções de importação de imagem', clique na guia 'Camadas'.
  6. Para abrir uma visualização da imagem, clique em 'Mostrar visualização'.
  7. (Somente PDFs) Se você pretende inserir uma página a partir de um PDF com várias páginas, clique nas setas ou digite um número de página na imagem de visualização para especificar a página que deseja visualizar.
  8. (Somente arquivos PSD do Photoshop) Se a imagem contiver composições de camada, escolha a composição que deseja exibir no menu pop-up 'Composição de camada'.
  9. Siga um destes procedimentos:
    • Para abrir ou fechar um conjunto de camadas, clique no triângulo à esquerda do ícone de pasta.

    • Para ocultar uma camada ou conjunto de camadas, clique no ícone de olho ao lado da camada ou do conjunto.

    • Para exibir uma camada ou conjunto de camadas, clique na coluna vazia representada por um olho, ao lado da camada ou do conjunto.

    • Para exibir somente o conteúdo de uma determinada camada ou de um conjunto de camadas, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) enquanto clica no respectivo ícone de olho. Mantenha pressionada a tecla Alt ou Option e clique novamente no ícone de olho para restaurar as configurações originais de visibilidade das outras camadas.

    • Para alterar a visibilidade de vários itens, arraste-os para o ícone de olho.

  10. Defina a opção 'Ao atualizar o vínculo' conforme desejado:

    Usar visibilidade de camada do Photoshop/PDF

    Faz a correspondência entre as configurações de visibilidade de camada e as do arquivo vinculado, quando você atualiza o vínculo.

    Manter substituições de visibilidade de camada

    Mantém as configurações de visibilidade de camada na forma em que elas estavam quando o arquivo foi originalmente criado.

  11. Clique em 'OK'.
  12. Clique em 'OK' e siga um destes procedimentos:
    • Para importar para um novo quadro, clique com o ícone de gráficos carregados  no layout, no ponto onde deve ficar o canto superior esquerdo do gráfico.

    • Para importar para um quadro existente que não está selecionado, clique com o ícone de gráficos carregados em qualquer lugar do quadro.

    • Para importar para um quadro selecionado existente, não é preciso fazer nada. A imagem aparece automaticamente no quadro.

    Observação:

    Se você substituir acidentalmente um gráfico existente pela imagem que está inserindo, pressione Ctrl+Z (Windows) ou Command+Z (Mac OS) para fazer com que imagem original retorne ao quadro e exibir o ícone de gráficos carregados.

Definir a visibilidade de camadas para arquivos AI, PSD, PDF e INDD inseridos

Depois de inserir um arquivo PSD (Photoshop), AI (Illustrator), INDD (InDesign) ou PDF em camadas, você pode controlar a visibilidade das camadas do arquivo usando a caixa de diálogo 'Opções de camada do objeto'. Se o arquivo PSD (Photoshop) contiver composições de camada, você poderá escolher qual composição deseja exibir. Além disso, você pode escolher se deseja manter as configurações de visibilidade ou mudar de acordo com as configurações do arquivo original sempre que atualizar o vínculo.

  1. Selecione o arquivo no documento do InDesign.
  2. Escolha 'Objeto' > 'Opções de camada do objeto'.
  3. Para abrir uma visualização da imagem, selecione 'Visualizar'.
  4. (Somente arquivos PSD do Photoshop) Se a imagem contiver composições de camada, escolha a composição que deseja exibir no menu pop-up 'Composição de camada'.
  5. Siga um destes procedimentos:
    • Para abrir ou fechar um conjunto de camadas, clique no triângulo à esquerda do ícone de pasta.

    • Para ocultar uma camada ou conjunto de camadas, clique no ícone de olho ao lado da camada ou do conjunto.

    • Para exibir uma camada ou conjunto de camadas, clique na coluna vazia representada por um olho, ao lado da camada ou do conjunto.

    • Para exibir somente o conteúdo de uma determinada camada ou de um conjunto de camadas, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) enquanto clica no respectivo ícone de olho. Mantenha pressionada a tecla Alt ou Option e clique novamente no ícone de olho para restaurar as configurações originais de visibilidade das outras camadas.

    • Para alterar a visibilidade de vários itens, arraste-os para o ícone de olho.

  6. Defina a opção 'Ao atualizar o vínculo' conforme desejado:

    Usar visibilidade de camada

    Faz a correspondência entre as configurações de visibilidade de camada e as do arquivo vinculado, quando você atualiza o vínculo.

    Manter substituições de visibilidade de camada

    Mantém as configurações de visibilidade de camada na forma em que elas estavam quando o arquivo foi originalmente criado.

  7. Clique em 'OK'.

Colar ou arrastar gráficos

Ao copiar e colar ou arrastar um gráfico para um documento do InDesign, alguns atributos do objeto original poderão ser perdidos, dependendo das limitações do sistema operacional, do intervalo de tipos de dados que o outro aplicativo disponibiliza para a transferência e das preferências da área de transferência do InDesign . A ação de colar ou arrastar gráficos do Illustrator permite que você selecione ou edite traçados no gráfico.

'Copiar e colar' ou 'arrastar e soltar' entre dois documentos do InDesign, ou dentro de um único documento, preserva todos os atributos dos gráficos que foram importados ou aplicados. Por exemplo, se você copiar um gráfico de um documento do InDesign e colá-lo em outro, a nova cópia será uma duplicata exata do original, incluindo até as informações de vínculo, o que permite atualizar o gráfico quando o arquivo do disco for alterado.

Copiar e colar gráficos

Ao copiar e colar um gráfico de outro documento em um documento do InDesign, o InDesign não cria um vínculo com o gráfico no painel 'Vínculos'. O gráfico pode ser convertido pela área de transferência do sistema durante a transferência, de modo que a qualidade da imagem e da impressão sejam menores no InDesign do que no aplicativo original do gráfico.

  1. No InDesign ou em outro programa, selecione o gráfico original e escolha 'Editar' > 'Copiar'.
  2. Alterne para uma janela de documento do InDesign e escolha 'Editar' > 'Colar'.

Arrastar e soltar gráficos

O método arrastar-e-soltar funciona como o comando 'Inserir', ou seja, as imagens aparecem no painel 'Vínculos' depois de importadas. Apesar de não ser possível definir opções de importação para os arquivos que arrasta e solta, pode arrastar e soltar vários arquivos simultaneamente (os arquivos são carregados no ícone de gráficos quando você arrasta e solta mais de um).

Selecione um gráfico no Adobe Illustrator, Adobe Bridge, Explorer (Windows), Finder (Mac OS) ou na área de trabalho e arraste-o para o InDesign. A imagem deve estar em um formato que possa ser importado pelo InDesign.

Depois que um arquivo é arrastado de qualquer local que não seja o Adobe Illustrator, ele aparece no painel 'Vínculos' do InDesign. Esse painel permite que você controle as versões e faça atualizações, conforme necessário.

  1. Selecione o gráfico original.
  2. Arraste o gráfico para uma janela aberta de documento do InDesign.

Observação:

No Windows, se você tentar arrastar um item de um aplicativo que não suporte o recurso de arrastar e soltar, o ponteiro exibirá o ícone de proibição.

Observação:

Para cancelar a ação de arrastar um gráfico, solte o gráfico na barra de título de qualquer painel ou do documento.

Correção de imagens com baixa resolução

Os gráficos inseridos no documento podem apresentar pixelamento, pouca nitidez ou granulado. Na maioria dos casos, o problema é que o InDesign exibe imagens em baixa resolução por padrão, para melhorar o desempenho.

Verifique as configurações de exibição

Para exibir gráficos em alta resolução, escolha Exibir > Desempenho de exibição > Exibição de alta qualidade. Para obter mais detalhes sobre como alterar essas configurações de desempenho de exibição, consulte Controlar o desempenho de exibição de gráficos.

Uso de Inserir em vez de Colar

A imagem pode continuar com baixa resolução mesmo depois de você alterar as configurações de desempenho de exibição. No caso dessas imagens, certifique-se de usar o comando Inserir para inserir a imagem no InDesign. Algumas vezes, colar uma imagem de outro aplicativo pode fazer com que seja inserida a imagem da visualização, em vez do arquivo original.

Verifique as configurações de impressão

Se a imagem aparecer em baixa resolução na impressão, verifique as configurações de impressão para assegurar que os gráficos sejam impressos adequadamente. Na seção Gráficos da caixa de diálogo Imprimir, escolha Enviar dados > Todos.

Evite transformações em imagens de qualidade limítrofe.

Além disso, escalar ou girar uma imagem pode reduzir sua qualidade. Pode ser conveniente escolher Limpar transformações, no menu do painel Controle.

Melhore a resolução da imagem

Em alguns casos, como imagens copiadas de uma página da Web, pode ser necessário substituir uma imagem de baixa resolução por outra de alta resolução.

Controlar o desempenho de exibição dos gráficos

É possível controlar a resolução dos gráficos inseridos no documento. Você pode alterar as configurações de exibição do documento inteiro ou de gráficos isolados. Também é possível alterar uma configuração que permita ou substitua as configurações de exibição de documentos isolados.

Alterar o desempenho de exibição de um documento

Um documento é sempre aberto com o uso das preferências padrões de desempenho de exibição. Você pode alterar o desempenho de exibição de um documento enquanto ele estiver aberto, mas a definição não será salva com o documento.

Se tiver configurado o desempenho de exibição de várias imagens separadamente, você poderá ignorar as configurações para que todos os objetos usem as mesmas configurações.

  1. Escolha 'Exibir' > 'Desempenho de exibição' e selecione uma opção no submenu.
  2. Para fazer com que os objetos definidos individualmente sejam exibidos com o uso da configuração do documento, desmarque 'Exibir' > 'Desempenho de exibição' > 'Permitir configurações de exibição do objeto'. (Uma marca de seleção indica que a opção está selecionada.)

Alterar o desempenho de exibição de um objeto

  1. Para preservar o desempenho de exibição de objetos isolados quando o documento é fechado e aberto novamente, verifique se a opção 'Preservar configurações de exibição do objeto' está selecionada nas preferências de 'Desempenho de exibição'.

  2. Escolha 'Exibir' > 'Desempenho de exibição' e verifique se 'Permitir configurações de exibição do objeto' está selecionada.

  3. Com a ferramenta 'Seleção'  ou 'Seleção direta' , selecione um gráfico importado.
  4. Siga um destes procedimentos:
    • Escolha 'Objeto' > 'Desempenho de exibição' e selecione uma configuração de exibição.

    • Clique com o botão direito do mouse (Windows) ou pressione Control (Mac OS) e clique na imagem e escolha uma configuração de exibição no submenu 'Desempenho de exibição'.

Observação:

Para remover a configuração de exibição local de um objeto, escolha 'Usar configuração de exibição' nesse submenu. Para remover configurações de exibição local vigentes para todos os gráficos do documento, selecione 'Limpar configurações de exibição do objeto' no submenu Exibir > Desempenho de exibição.

Opções de desempenho de exibição

Essas opções controlam o modo como os gráficos são exibidos na tela, mas não afetam a qualidade da impressão nem a saída exportada.

Use as preferências de 'Desempenho de exibição' para definir a opção padrão usada para abrir todos os documentos, bem como personalizar as configurações que definem essas opções. Cada opção de exibição tem configurações separadas para exibir imagens rasterizadas, gráficos vetoriais e transparências.

'Rápida'

Desenha uma imagem rasterizada ou um gráfico vetorial como uma caixa cinza (padrão). Use essa opção quando desejar passar rapidamente por páginas espelhadas com muitas imagens ou efeitos de transparência.

'Típica'

Desenha uma imagem de proxy de baixa resolução (padrão) apropriada à identificação e ao posicionamento de uma imagem ou de um gráfico vetorial. 'Típica' é a opção padrão e a maneira mais rápida de exibir uma imagem identificável.

'Qualidade alta'

Desenha uma imagem rasterizada ou um gráfico vetorial em 'Alta resolução' (padrão). Essa opção oferece a maior qualidade, mas o desempenho é menor. Use-a quando desejar ajustar uma imagem.

Observação:

As opções de exibição de imagem não afetam a resolução da saída ao exportar ou imprimir imagens em um documento. Se você imprimir em um dispositivo PostScript ou exportar para XHTML, EPS ou PDF, a resolução final da imagem dependerá das opções de saída que você escolheu ao imprimir ou exportar o arquivo.

Definir o desempenho padrão de exibição

As preferências de 'Desempenho de exibição' permitem que você defina a opção padrão de exibição, que o InDesign usará para todos os documentos. Você pode usar o menu 'Exibir' para alterar o desempenho de exibição de um documento ou o menu 'Objeto' para alterar a configuração de objetos isolados. Por exemplo, se você trabalha em projetos que contenham várias fotos de alta resolução (como um catálogo), talvez prefira que todos os seus documentos sejam abertos rapidamente. Nesse caso, você pode definir a opção padrão de exibição para 'Rápida'. Se desejar ver as imagens em maiores detalhes, pode passar para exibição 'Típica' ou 'Qualidade alta' (deixando a preferência definida em 'Rápida').

Também é possível optar entre exibir ou ignorar as configurações de exibição aplicadas a objetos individualmente. Se a opção 'Preservar configurações de exibição do objeto' estiver selecionada, todas as configurações aplicadas a objetos serão salvas com o documento.

  1. Selecione Editar > Preferências > Desempenho de exibição (Windows) ou InDesign > Preferências > Desempenho de exibição (Mac OS).
  2. Em 'Exibição padrão', escolha 'Típica', 'Rápida' ou 'Qualidade alta'. A opção de exibição escolhida é aplicada a todos os documentos abertos ou criados.
  3. Siga um destes procedimentos:
    • Para salvar configurações de exibição aplicadas a objetos isolados, selecione 'Preservar configurações de exibição do objeto'.

    • Para exibir todos os gráficos utilizando a opção de exibição padrão, desmarque a caixa 'Preservar configurações de exibição do objeto'.

  4. Em 'Ajustar configurações de exibição', escolha a opção que deseja personalizar e mova o seletor de 'Imagens rasterizadas' ou 'Gráficos vetoriais' para a configuração desejada.
  5. Clique em 'OK'.

Cada opção de exibição tem configurações separadas para imagens rasterizadas (bitmap), gráficos vetoriais e efeitos de transparência.

Criar folhas de contato

Uma folha de contato é uma grade de imagens de miniatura frequentemente utilizada para análise pré-impressão. É possível usar uma variedade de aplicativos diferentes da Adobe para criar uma folha de contato. No Photoshop, você pode usar o comando Folha de contato ou Pacote de figuras.

Em versões anteriores do Adobe Bridge (CS2 e CS3), você pode criar uma folha de contato para páginas do InDesign utilizando o recurso Criar folha de contato do InDesign. Esse recurso não aparece em versões posteriores do Adobe Bridge. Em seu lugar, pode ser usado o módulo Adobe Output do Adobe Bridge para criar uma folha de contato PDF.

Também é possível criar uma folha de contato simples no InDesign inserindo várias imagens em uma grade.

  1. Escolha Arquivo > Inserir, selecione várias imagens e escolha Abrir.

    Se quiser incluir legendas nas imagens, selecione Criar legendas estáticas. Consulte Gerar uma legenda a partir de uma imagem.

  2. Arraste e pressione as teclas de seta para determinar o número de linhas e colunas. Use as teclas 'Seta para cima' e 'Seta para baixo' para alterar o número de linhas e as setas 'Esquerda' e 'Direita' para alterar o número de colunas.

    Para alterar o espaçamento entre quadros, pressione os botões Page Up ou Page Down, ou segure o botão Ctrl (no Windows) ou Command (no Mac OS) ao pressionar as teclas de seta.

    Para alterar o espaçamento entre quadros, mantenha a tecla Ctrl pressionada (Windows) ou Command (Mac OS) enquanto pressiona as teclas de direção.

  3. Solte o botão do mouse para inserir a grade de imagens.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online