Guia do Usuário Cancelar

Efeitos de utilitários

  1. Guia do usuário do After Effects
  2. Versões beta
    1. Visão geral do programa Beta
    2. Página inicial do After Effects Beta
  3. Introdução
    1. Introdução ao After Effects
    2. Novidades no After Effects 
    3. Notas de versão | After Effects
    4. Requisitos de sistema do After Effects
    5. Atalhos de teclado no After Effects
    6. Formatos de arquivo compatíveis | After Effects
    7. Recomendações de hardware
    8. After Effects para Apple Silicon
    9. Planejamento e configuração
  4. Espaços de trabalho
    1. Itens gerais da interface do usuário
    2. Conheça a interface do After Effects
    3. Fluxos de trabalho
    4. Espaços de trabalho, painéis e visualizadores
  5. Projetos e composições
    1. Projetos
    2. Noções básicas da composição
    3. Pré-composição, aninhamento e pré-renderização
    4. Exibir informações detalhadas de desempenho com o Criador de perfil de composição
    5. Renderizador de composição CINEMA 4D
  6. Importação de gravação
    1. Preparação e importação de imagens estáticas
    2. Importação do After Effects e do Adobe Premiere Pro
    3. Importação e interpretação de vídeo e áudio
    4. Preparo e importação de arquivos de imagem 3D
    5. Importação e interpretação de itens de gravação
    6. Trabalhar com itens de gravação
    7. Detectar pontos de edição usando a Detecção de edição de cena
    8. Metadados XMP
  7. Textos e gráficos
    1. Texto
      1. Formatação de caracteres e o painel Caractere
      2. Efeitos de texto
      3. Criação e edição de camadas de texto
      4. Formatação de parágrafos e o painel Parágrafo
      5. Extrusão de texto e camadas de forma
      6. Animação de texto
      7. Exemplos e recursos de animação de texto
      8. Modelos de texto dinâmico
    2. Animações
      1. Trabalhar com Modelos de animações no After Effects
      2. Usar expressões para criar listas suspensas em Modelos de animações
      3. Trabalhar com propriedades essenciais para criar Modelos de animações
      4. Substituir imagens e vídeos em Modelos de animações e Propriedades essenciais
      5. Anime de maneira mais rápida e fácil usando o painel Propriedades
  8. Desenho, pintura e caminhos
    1. Visão geral de camadas de forma, caminhos e gráficos vetoriais
    2. Ferramentas de pintura: Pincel, Carimbo e Borracha
    3. Traçados de forma cônica
    4. Atributos de forma, operações de pintura e operações de caminho para camadas de forma
    5. Use o efeito de forma Deslocar caminhos para alterar formas
    6. Criação de formas
    7. Criar máscaras
    8. Remover objetos de seus vídeos com o painel Preenchimento com reconhecimento de conteúdo
    9. Pincel tipo rotoscópio e Refinar fosco
  9. Camadas, marcadores e câmera
    1. Seleção e organização de camadas
    2. Modos de mesclagem e estilos de camadas
    3. Camadas 3D
    4. Propriedades da camada
    5. Criação de camadas
    6. Gerenciamento de camadas
    7. Marcadores de camada e de composição
    8. Câmeras, luzes e pontos de interesse
  10. Animação, quadros-chave, rastreamento de movimento e chaveamento
    1. Animação
      1. Noções básicas de animação
      2. Animação com ferramentas Marionete
      3. Gerenciamento e animação de caminhos de forma e máscaras
      4. Animação de desenho e captura de formas usando o After Effects
      5. Ferramentas de animação diversas
      6. Trabalhar com animação orientada por dados
    2. Quadro-chave
      1. Interpolação do quadro-chave
      2. Definir, selecionar e excluir quadros-chave
      3. Editar, mover e copiar quadros-chave
    3. Rastreamento de movimento
      1. Rastrear e estabilizar movimento
      2. Reconhecimento facial
      3. Rastreamento de máscara
      4. Referência de máscara
      5. Velocidade
      6. Esticamento e remapeamento de tempo
      7. Timecode e unidades de exibição de tempo
    4. Aplicação de máscara
      1. Aplicação de máscara
      2. Efeitos de máscara
  11. Transparência e composição
    1. Visão geral e recursos da composição e transparência
    2. Canais alfa e máscaras
    3. Foscos de controle e foscos móveis
  12. Ajustar cor
    1. Noções básicas de cores
    2. Gerenciamento de cores
    3. Efeitos de correção de cores
    4. Gerenciamento de cores OpenColorIO e ACES
  13. Predefinições de animação e efeitos
    1. Visão geral das predefinições de animação e efeitos
    2. Lista de efeitos
    3. Gerenciador de efeitos
    4. Efeitos de simulação
    5. Efeitos de estilo
    6. Efeitos de áudio
    7. Efeitos de distorção
    8. Efeitos de perspectiva
    9. Efeitos de canal
    10. Efeitos de geração
    11. Efeitos de transição
    12. O efeito Reparo do obturador de rolagem
    13. Efeitos Desfoque e Tornar nítido
    14. Efeitos de Canal 3D
    15. Efeitos de utilitários
    16. Efeitos de fosco
    17. Efeitos Ruído e Granulação
    18. Efeito de ampliação com preservação de detalhes
    19. Efeitos obsoletos
  14. Expressões e automação
    1. Expressões
      1. Noções básicas de expressão
      2. Entender sobre a linguagem de expressões
      3. Utilização de controles de expressão
      4. Diferenças de sintaxe entre os mecanismos de expressão Javascript e Legacy ExtendScript
      5. Edição de expressões
      6. Erros de expressão
      7. Utilização do editor de expressões
      8. Usar expressões para editar e acessar propriedades de texto
      9. Referência de idioma de expressão
      10. Exemplos de expressão
    2. Automação
      1. Automação
      2. Scripts
  15. Vídeo imersivo, VR e 3D
    1. Construa ambientes VR no After Effects
    2. Aplicar efeitos de vídeo imersivo
    3. Ferramentas de composição para vídeos VR/360
    4. Renderizador 3D avançado
    5. Importar e adicionar modelos 3D à composição
    6. Importação de modelos 3D das bibliotecas da Creative Cloud
    7. Iluminação com base na imagem
    8. Extração e animação de luzes e câmeras de modelos 3D
    9. Rastreamento de movimento de câmera 3D
    10. Projetar e aceitar sombras
    11. Animações de modelos 3D incorporadas
    12. Coletor de sombras
    13. Extração de dados de profundidade 3D
    14. Modificar as propriedades de materiais de uma camada 3D
    15. Trabalhar no Espaço de design 3D
    16. Gizmos de transformação 3D
    17. Faça mais com a animação 3D
    18. Visualização de alterações em projetos 3D em tempo real com o mecanismo Mercury 3D.
    19. Adicionar design responsivo aos gráficos 
  16. Exibições e visualizações
    1. Visualizar
    2. Visualização de vídeo com o Mercury Transmit
    3. Modificação e utilização de exibições
  17. Renderização e exportação
    1. Noções básicas de renderização e exportação
    2. Codificação em H.264 no After Effects
    3. Exportar um projeto do After Effects como um projeto do Adobe Premiere Pro
    4. Conversão de filmes
    5. Renderização de vários quadros
    6. Renderização automatizada e renderização de rede
    7. Renderização e exportação de imagens estáticas e sequências de imagens estáticas
    8. Utilização do codec GoPro CineForm no After Effects
  18. Trabalho com outros aplicativos
    1. Dynamic Link e After Effects
    2. Trabalhar com o After Effects e outros aplicativos
    3. Sincronizar configurações no After Effects
    4. Bibliotecas da Creative Cloud no After Effects
    5. Plug-ins
    6. Cinema 4D e Cineware
  19. Colaboração: Frame.io e Team Projects
    1. Colaboração no Premiere Pro e After Effects
    2. Frame.io
      1. Instalar e ativar o Frame.io
      2. Usar Frame.io com Premiere Pro e After Effects
      3. Perguntas frequentes
    3. Team Projects
      1. Introdução ao Team Projects
      2. Criar um Projeto de equipe
      3. Colaborar com o Team Projects
  20. Memória, armazenamento e desempenho
    1. Memória e armazenamento
    2. Como o After Effects lida com problemas de memória insuficiente durante uma visualização    
    3. Melhorar o desempenho
    4. Preferências
    5. GPU e os requisitos de driver de GPU para o After Effects
  21. Knowledge Base
    1. Problemas conhecidos
    2. Problemas corrigidos
    3. Perguntas frequentes
    4. After Effects e macOS Ventura
    5. Como o After Effects lida com problemas de memória insuficiente durante uma visualização

Efeitos de terceiros:

  • Efeito Overbrights CC

Efeito Aplicar LUT de cor

Utilize o efeito “Aplicar LUT de cor” para transformar as cores de uma camada de acordo com uma tabela de pesquisa de cores (LUT). As LUTs às vezes são usadas para realizar a correção manual de cores ou tarefas de gerenciamento de cores.

Observação:

Geralmente, o gerenciamento de cores do After Effects é realizado por meio de um fluxo de trabalho padrão usando perfis ICC, não LUTs de cor. (Consulte Gerenciamento de cores.)

Este efeito funciona com cores de 8 bpc, 16 bpc e 32 bpc.

Ao aplicar o efeito, você será solicitado a escolher um arquivo LUT .3dl ou .cube. Você também pode alterar o LUT carregado em uma ocorrência do efeito Aplicar LUT de cor clicando em Selecionar LUT nos controles do efeito.

O efeito Aplicar LUT de cor pode utilizar arquivos .3dl com valores de ponto flutuante ou palavras-chave 3DMESH/Mesh, ou os salvos de um sistema de ASSIMILAR RASCUNHO (ou seja, com RASCUNHO nos comentários na parte superior do arquivo). Os arquivos IRIDAS .cube, IRIDAS .look e cineSpace .csp fora da faixa também são compatíveis.

Um LUT pode ser visualizado como um sistema de coordenadas tridimensionais (um cubo 3D), com cada eixo que representa as transformações de cores do intervalo de todos os valores de um canal de cor. Os pontos de cada eixo definem as transformações de cor em cada canal de cor. O After Effects pode ler e usar 3D LUTs com os três eixos do mesmo tamanho (mesmo número de pontos), com cada eixo contendo 64 ou menos pontos. Por exemplo, o After Effects pode ler e usar um 17x17x17 3D LUT.

Observação:

Você pode criar LUTs por meio de comandos no menu Arquivo > Exportar, como Autodesk > Fumaça (3dl), na interface completa do plug-in do Color Finesse.

Efeito Conversor de Cineon

O efeito Conversor de Cineon fornece um alto nível de controle em conversões de cor de quadros Cineon, mas a maioria dos casos você deve converter as cores em um arquivo Cineon usando recursos de gerenciamento de cores. (Consulte Itens de gravação Cineon e DPX.)

Este efeito funciona com cores de 8 bpc, 16 bpc e 32 bpc.

Para usar o efeito Conversor de Cineon, importe um arquivo Cineon e solte-o no estado padrão. O After Effects condensa as cores a 8 bpc ou as expande a 16 bpc ou 32 bpc, dependendo do modo que você trabalha. Você pode aplicar o efeito Conversor de Cineon ao arquivo e ajustar com precisão as cores enquanto interativamente exibe os resultados no painel Composição. Você pode definir quadros-chave ou expressões de ajuste para alterações de tons de tempo – usar interpolação do quadro-chave e aliviar alças para corresponder com precisão a maioria das alterações irregulares de luz. Considere o uso de outros efeitos de Correção de cores para realizar essas correções. (Consulte Efeitos Correção de cores.)

Os 10 bits de dados disponíveis em cada canal Cineon para cada pixel facilitam a melhora de intervalo importante de tons enquanto preservam o equilíbrio de tons geral. Ao especificar cuidadosamente o intervalo, você pode criar uma versão da imagem que se assemelha fielmente ao original.

Observação:

Cada monitor de computador tem características exclusivas de exibição que afetam a percepção de cor. Para obter melhores resultados ao criar o equilíbrio de tons, use o painel Informações no After Effects para ver os valores de cor válido de pixels enquanto você move o ponteiro sobre eles.

Tipo de conversão

Como o arquivo Cineon é convertido. O Logarítmica em linear converte uma camada logarítmica não-Cineon de 8 bpc que você planeja renderizar como uma sequência Cineon. O Linear em logarítmica converte uma camada que contém um proxy linear de 8 bpc de um arquivo Cineon em um arquivo logarítmico de 8 bpc para que as características de exibição estejam consistentes com o arquivo original Cineon. O Logarítmica em logarítmica detecta um arquivo logarítmico Cineon de 8 bpc ou 10 bpc quando planejar renderizá-lo como proxy logarítmico de 8 bpc.

Observação:

Para compatibilidade, as versões obsoletas de cada opção aparecerão se você abrir um projeto que use uma versão anterior do efeito Conversor de Cineon.

Ponto preto de 10 bits

O ponto preto (densidade mínima) para converter uma camada Cineon logarítimica de 10 bpc.

Ponto preto interno

O ponto preto usado para a camada no After Effects.

Ponto branco de 10 bits

O ponto branco (densidade máxima) para converter uma camada Cineon logarítimica de 10 bpc.

Ponto branco interno

O ponto branco usado para a camada no After Effects.

Gama

Aumente ou diminua a gama para clarear ou escurecer os meios-tons, respectivamente.

Corte de realce

O valor de corte usado para corrigir realces brilhantes. Se ajustar as áreas mais claras fizer o restante da imagem parecer escura demais, use o corte de realce para ajustar os realces claros. Se os realces aparecerem como manchas brancas, aumente o corte de realce até que os detalhes fiquem visíveis. Uma imagem com alto contraste pode exigir um valor maior de corte.

Efeito “Conversor de perfil de cores”

O efeito Conversor de perfil de cores converte uma camada de um espaço de cores em outro especificando perfis de entrada e saída.

Na maioria dos casos, você deve usar recursos automáticos de gerenciamento de cores para converter de um espaço de cores a outro, em vez de usar o Conversor de perfil de cores para fazer as conversões manualmente. (Consulte Gerenciamento de cores.)

Observação:

Geralmente, você deve trabalhar com recursos de gerenciamento de cores ou usar o Conversor de perfil de cores (não ambos).

Os perfis selecionados estão incorporados no projeto, assim você poderá usá-los mesmo se transferir o projeto a um computador que não tenha os mesmos perfis. Ao converter de um espaço de cores a outro, você pode especificar como o After Effects trata a conversão de cores selecionando um propósito de renderização. Você também pode escolher se quer tornar linear um perfil de entrada ou saída.

Este efeito funciona com cores de 8 bpc, 16 bpc e 32 bpc.

Para converter o perfil de cores da camada, selecione um perfil de cores no menu Perfil de entrada. Selecione Espaço de trabalho do projeto para usar o perfil especificado nas configurações do projeto (Arquivo > Configurações do projeto). Para tornar linear o perfil de entrada, selecione a opção Linearizar perfil de entrada. Selecione, então, um perfil de saída do menu Perfil de saída. Para tornar linear o perfil de saída, selecione Linearizar perfil de saída. No menu Propósito, selecione um propósito de renderização.

As opções de propósitos de renderização determinam como as cores de origem são ajustadas. Por exemplo, as cores contidas na gama de destino permanecerão inalteradas ou podem ser ajustadas para preservar o intervalo original de relacionamento visual quando convertidas em uma gama menor de destino.

O resultado da escolha de um propósito de renderização dependerá do conteúdo gráfico de uma imagem e dos perfis utilizados para especificar espaços de cores. Alguns perfis produzem resultados idênticos para propósitos de renderização diferentes.

Ao especificar um propósito de renderização, você pode escolher usar a compactação de ponto preto. A compactação de ponto preto garante que os detalhes de sombras na imagem sejam preservados simulando o intervalo dinâmico completo do dispositivo de saída.

Os seguintes propósitos de renderização estão disponíveis para o efeito Conversor de perfil de cores:

Perceptivo

Visa preservar a relação visual entre as cores, de forma que sejam percebidas como naturais ao olho humano, embora os próprios valores das cores possam mudar. Isso é adequado para imagens com várias cores fora da gama.

Saturação

Tenta produzir cores vivas em uma imagem às custas da precisão das cores. Este propósito de renderização é adequado para imagens, como logotipos gráficos, nos quais as cores saturadas com brilho são mais importantes que a relação exata entre elas.

Colorimétrico relativo

Compara o realce extremo do espaço da cor de origem com o realce extremo do espaço da cor de destino e altera todas as cores conforme necessário. As cores fora da gama são alteradas para a cor mais próxima que pode de ser reproduzida no espaço da cor de destino. Este propósito de renderização preserva uma quantidade maior das cores originais da imagem em comparação com o perceptivo. Esse propósito de renderização é usado por padrão em qualquer lugar no After Effects.

Colorimétrico absoluto

Não altera as cores contidas na gama de cores de destino. As cores fora de gama são cortadas. Nenhum redimensionamento de cores para o ponto branco de destino é realizado. Este propósito visa manter a precisão das cores, deixando de preservar as relações entre elas.

Use o Compensação de perfil Controle de compensação de perfil para determinar se cada instância do efeito “Conversor de perfil de cores” compensa os perfis com referência em cena:

Ligado

Compensa perfis com referência em cena.

Desativado

Não compensa perfis com referência em cena.

Usar configurações do projeto

Usa a configuração indicada pela opção “Compensar perfis com referência em cena” do projeto.

Para obter uma explicação sobre perfis com referência em cena, consulte Gama do sistema, gama do dispositivo e a diferença entre a cena e o ambiente de exibição.

Observação:

Se você abrir um projeto do After Effects 7 que usa os perfis de cor DPX Scene e DPX Theater no efeito “Conversor de perfil de cores”, o After Effects CS5 não atualiza automaticamente esses perfis para os novos perfis equivalentes (Kodak 5218/7218 Printing Density e Kodak 2383 Theater Preview). Em vez disso, ele lista os perfis como incorporados. É possível converter o projeto atribuindo manualmente os novos perfis no After Effects CS5. Contudo, se os mesmos perfis forem atribuídos à gravação ou selecionados em cores de prova no After Effects 7, eles serão atualizados automaticamente para os novos perfis no After Effects CS5. (As cores de prova foram substituídas pela Simulação de saída.)

Em seu site fnord, Brendan Bolles explica como usar o efeito “Conversor de perfil de cores” e os perfis de cores de filme para ajustar as cores e realizar o mapeamento de tons, para que uma imagem HDR pareça ter sido filmada em película de cinema.

Efeito “Expandir limites”

O efeito “Expandir limites” aumenta o tamanho da camada para o efeito que vem logo em seguida. Este efeito é mais útil com camadas com a opção “Recolher transformações/Rasterizar continuamente” habilitada, porque elas são renderizadas por meio de um buffer do tamanho da composição. Por exemplo, se você aplicar “Sombra projetada” a uma camada de texto que está parcialmente fora do quadro de composição, a sombra será cortada, porque só a parte do texto que está no quadro de composição projeta uma sombra. Aplicar o efeito “Expandir limites” antes do efeito “Sombra projetada” impede que a sombra seja cortada. O número de pixels que você especifica aumenta a altura e a largura do buffer de camada.

Observação:

Você não precisa usar este efeito ao trabalhar com efeitos que funcionam com cores de 32 bpc, pois esses efeitos foram atualizados para compensar automaticamente o tamanho da camada.

Este efeito funciona com cores de 8 bpc, 16 bpc e 32 bpc.

Efeito Expandir limites: o efeito Distorção de onda é restrito por dimensões de camada; o efeito Expandir limites corrige o problema
Original (canto superior esquerdo); o efeito “Distorção de onda” é limitado por dimensões de camada (canto inferior esquerdo). O efeito “Expandir limites” corrige o problema (canto inferior direito).

Efeito Compressão-expansão de HDR

O efeito “Compressão-expansão de HDR” (compactador/expansor) fornece uma forma de trabalhar com ferramentas incompatíveis com cores de intervalo dinâmico alto (como efeitos de 8 bpc e 16 bpc) sem sacrificar o intervalo dinâmico alto da gravação.

O efeito “Compressão-expansão de HDR” funciona comprimindo primeiro os valores de realce da imagem HDR, para que fiquem dentro do intervalo de uma imagem de 8 bpc e 16 bpc (intervalo dinâmico baixo) e, em seguida, expandindo os valores de volta ao intervalo de 32 bpc.

Aplique o efeito “Compressão-expansão de HDR” a uma camada uma vez acima dos efeitos de intervalo dinâmico baixo na pilha de efeitos, e outra vez abaixo dos efeitos de intervalo dinâmico baixo.

Como a primeira instância do efeito “Compressão-expansão de HDR” compacta o intervalo de valores por meio de amostragem, ocorrerá uma redução da precisão. Por isso, use o efeito “Compressão-expansão de HDR” somente se você aceitar a redução da precisão dos valores para manter o intervalo dinâmico alto.

Este efeito funciona com cores de 8 bpc, 16 bpc e 32 bpc.

Aplicar o efeito Compressão-expansão de HDR

  1. Aplique o efeito “Compressão-expansão de HDR” a uma camada de um projeto de 32 bpc.
  2. Selecionar Intervalo de compactação para Modo.
  3. Defina o ganho como o valor máximo a ser representado no intervalo compactado, isto é, o valor branco mais alto da imagem. Não defina o ganho como alto demais; quanto maior for o valor de 16 bpc usado para realces, mais compactados os meios-tons (a maioria dos pixels) ficarão, e mais dados serão perdidos nesse processo.
  4. Definir a gama. A gama afeta a distribuição dos valores no intervalo, permitindo mais precisão em áreas específicas do intervalo.
  5. Aplique qualquer um dos efeitos de intervalo dinâmico baixo que você escolher à camada.
  6. Aplique outra instância do efeito “Compressão-expansão de HDR” à camada. Verifique se a segunda instância de “Compressão-expansão de HDR” aparece depois (abaixo) de qualquer efeito de 8 bpc ou 16 bpc aplicado.
  7. Selecione o modo “Expandir intervalo para” para a segunda instância do efeito “Compressão-expansão de HDR”.
  8. Defina o ganho e a gama como os mesmos valores definidos na primeira instância do efeito “Compressão-expansão de HDR”.
Observação:

Uma maneira mais cômoda de usar o efeito “Compactação-expansão de HDR” é aplicar a predefinição de animação “Intervalo dinâmico de compressão e expansão”. Esta predefinição de animação consiste em uma expressão e duas instâncias do efeito “Compressão-expansão de HDR”: a primeira instância com a opção “Intervalo de compactação” selecionada, e a segunda com a opção “Intervalo de expansão” selecionada. A expressão definirá automaticamente o ganho e a gama para a segunda instância, de modo que sejam idênticos aos definidos para a primeira instância. Insira os efeitos de intervalo dinâmico baixo que você escolher entre essas duas instância do efeito “Compressão-expansão de HDR”.

Efeito Compactação de realce HDR

O efeito “Compactação de realce HDR” compacta os valores de cor de uma imagem com intervalo dinâmico alto, para que fiquem dentro do intervalo de valores de uma imagem com intervalo dinâmico baixo.

Ajuste a quantidade da compactação, configurando a propriedade Quantidade do efeito. Se a quantidade for definida como 100%, os valores de cor serão compactados de modo que nenhum pixel tenha um valor do canal fora do intervalo dinâmico baixo de 0,0 a 1,0. Nas configurações de quantidade menores que 100%, o efeito ainda poderá gerar alguns detalhes no intervalo visível das áreas de realces e sombras.

 Adobe

Receba ajuda com mais rapidez e facilidade

Novo usuário?

Adobe MAX 2024

Adobe MAX:
a conferência da criatividade

14 a 16 de outubro, Miami Beach e online

Adobe MAX

A conferência da criatividade

14 a 16 de outubro, Miami Beach e online

Adobe MAX 2024

Adobe MAX:
a conferência da criatividade

14 a 16 de outubro, Miami Beach e online

Adobe MAX

A conferência da criatividade

14 a 16 de outubro, Miami Beach e online