Saiba como recuperar documentos se o InDesign fechar inesperadamente.

Se o InDesign fechar inesperadamente devido a erros do sistema, falhas elétricas ou outros problemas, todas as alterações não salvas feitas nos documentos do InDesign em que você estava trabalhando podem ser perdidas. O recurso de recuperação automática do InDesign pode ajudar você a recuperar esses documentos.  

Sobre a recuperação automática do documento do InDesign

Quando você faz alterações em um documento do InDesign, o InDesign executa um minissalvamento das alterações uma vez a cada minuto. O InDesign armazena essas alterações nos arquivos temporários da pasta de recuperação do InDesign, adiciona as alterações ao documento e, a seguir, exclui os arquivos temporários sempre que você selecionarArquivo > Salvar. Se o InDesign fechar inesperadamente, o InDesign tenta usar esses arquivos temporários para recuperar as alterações não salvas no documento.

Conteúdo da pasta de recuperação do InDesign

Cada conta de usuário tem uma pasta separada de recuperação do InDesign. Se o InDesign não puder localizar a pasta de recuperação do InDesign durante a inicialização, ele recria a pasta.

  • dbt [caractere alfanumérico aleatório]: um arquivo temporário com informações minissalvas de cada documento do InDesign aberto. Os nomes desses arquivos temporários sempre começam com “dbt” e, no Windows, terminam com “tmp”.
  • Configurações padrão: um arquivo temporário que armazena as configurações padrão. É o primeiro arquivo temporário listado quando você exibe o conteúdo da pasta de recuperação do InDesign por nome.
  • RecoveryData: Um índice para todos os documentos abertos do InDesign e dos documentos com erro fatal, incluindo seus nomes de caminho completo. A lista de documentos abertos contém caminhos e não codinomes, o que significa que o InDesign que não é capaz de recuperar os arquivos que você mover ou renomear após um erro fatal.
  • ProtectiveShutdownLog: um arquivo de registro gerado se o InDesign tiver um erro fatal devido a uma violação de acesso. Esse arquivo de registro é útil para identificar um plug-in específico que possa ter causado o erro.

Observação:

Se você levar o documento necessário da recuperação para outro sistema e abri-lo nele, o InDesign não poderá pesquisar o arquivo de RecoveryData e perderá a oportunidade de recuperar os dados que podem ter sido armazenados antes do erro fatal. Portanto, tente recuperar os documentos imediatamente após um erro fatal ao iniciar o InDesign e salvar todos os documentos recuperados.

Localização da pasta de recuperação do InDesign

  • Mac OS X: Users/[Nome do usuário]/Library/Cache/Adobe InDesign/Version[#.0]/InDesign Recovery
  • Windows Vista e 7: C:\Users\[Nome do usuário]\AppData\Local\Adobe\InDesign\Version [#].0\pt_BR\Caches\InDesign Recovery

Observação:

As informações contidas nas pastas acima estão no formato criptografado. Não é possível usá-lo para recuperar o documento usando uma ferramenta de terceiros ou forçar que o InDesign recupere os dados por você.

Recuperar um documento do InDesign

  1. Reinicie o InDesign para começar o processo de recuperação automática do documento.

    O InDesign verifica a pasta de recuperação do InDesign para obter informações sobre os documentos que estavam abertos quando ele foi fechado, e tenta abrir esses documentos e incorporar quaisquer dados minissalvos neles.

  2. Salve o documento recuperado, ou reverta para a última versão salva do documento.

    Se o InDesign abre com êxito um documento e incorpora dados minissalvos no documento, o nome do arquivo será exibido como segue: “[Meu nome do arquivo original] recuperado”.

    • Para salvar o documento recuperado, escolha Arquivo > Salvar ou Arquivo > Salvar como. Quando solicitado, clique em Sim para substituir o arquivo original e incorporar as informações recuperadas, anteriormente salvas.
    • Como alternativa, escolha Arquivo > Reverter para reverter para a última versão salva do documento. Esta versão não incluiu as alterações não salvas feitas no documento antes que o InDesign tenha sido fechado inesperadamente.

    Se um documento recuperado estiver muito danificado para ser aberto, o InDesign poderia parar novamente ou exibir uma mensagem de erro.

  3. (Opcional) Verifique o arquivo de ProtectiveShutdownLog para determinar se um plug-in de terceiros causou o erro fatal do InDesign.

    Abra o arquivo em um editor de texto para ver a hora, date, erros, e os plug-ins que foram carregados no InDesign quando ocorreu o erro fatal. Consulte Solucionar problemas relacionados a plug-ins de terceiros do InDesign.

Mensagens durante a recuperação automática

Quando o InDesign tentar recuperar seu documento, talvez você veja uma das mensagens na tabela abaixo.

Algumas mensagens perguntam-lhe como continuar. Em algumas circunstâncias, você pode clicar nos seguintes botões:

  • Clique em Sim para continuar a recuperação dos documentos remanescentes, mas deixe o documento listado no alerta na lista dos documentos no arquivo de RecoveryData. Na próxima vez em que você iniciar o InDesign, ele tentará recuperar este documento novamente.
  • Clique em Não para continuar a recuperação de qualquer documento remanescente, mas remova o documento listado no alerta da lista dos documentos no arquivo RecoveryData. O InDesign não tenta recuperar novamente este arquivo.
  • Clique em Cancelar para interromper o processo de recuperação de todos os documentos. Na próxima vez em que você iniciar o InDesign, ele tentará recuperar novamente todos os documentos.
  • Clique em Salvar como para salvar o documento reparado como um novo documento.
  • Clique em Continuar para trabalhar no documento reparado sem título.
Mensagem O que isso significa?
Você deseja iniciar a recuperação automática? Ao menos um dos documentos que exigem a recuperação está danificado (mesmo se a mensagem não menciona o dano). Consulte Solucionar problemas de documentos danificados do InDesign.
[Nome do arquivo] não pôde ser encontrado. Você deseja adiar sua recuperação?” O InDesign não pôde localizar o documento, pois ele foi excluído,
movido ou renomeado. Ou, o volume (servidor) no qual documento está localizado pode estar indisponível no momento.
[Nome do arquivo] não pôde ser recuperado porque ele foi alterado. O documento já foi recuperado e salvo em uma rede, portanto o conteúdo do documento não mais coincide com o arquivo local que contém informações minissalvas. Para localizar o arquivo, escolha Arquivo > Abrir.  
Não foi possível abrir o 'documento desconhecido'. Informações de erro do banco de dados não disponíveis. O arquivo temporário do documento está danificado ou não pôde ser encontrado. Você ainda pode abrir a última versão salva do documento.
[Nome do arquivo] está danificado sem qualquer possibilidade de recuperação. O documento é irrecuperável porque ele está danificado. Consulte Solucionar problemas de documentos danificados do InDesign.
[Nome do arquivo] pode estar danificado. Você deseja abri-lo assim mesmo? O documento contém inconsistências que podem fazer com que o InDesign tenha um erro fatal. Se você abrir o documento, copie e cole seu conteúdo em um novo documento. Consulte Solucionar problemas de documentos danificados do InDesign.

[Nome do arquivo] foi determinado estar corompido e foi reparado. O conteúdo corrompido do arquivo pode ter sido removido/alterado.

Clique em “Salvar como” para salvar este como um novo arquivo [recomendado]. Clique em “Continuar” para continuar a trabalhar no arquivo original reparado.

O arquivo original está corrompido e um novo arquivo foi criado com o conteúdo recuperado. Você pode salvar o arquivo ou continuar a trabalhar no novo documento sem título.
[Nome do arquivo] foi determinado estar danificado e alguns dados poderão ser perdidos no reparo. O arquivo original permanece intacto e este é um arquivo duplicado. O arquivo original está corrompido e um novo arquivo foi criado com o conteúdo recuperado.  

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online