Para obter informações e instruções detalhadas, clique nos links abaixo.

Criar separações

Para reproduzir imagens coloridas e de tonalidades contínuas, as impressoras geralmente separam a arte em quatro chapas — uma chapa para cada parte em ciano (C), magenta (M), amarelo (Y) e preto (K) da imagem. Quando recebem a tinta da cor apropriada e são impressas em registro umas com as outras, essas cores se combinam para reproduzir a arte original. O processo de dividir a imagem em duas ou mais cores é denominado separação de cores, e os filmes dos quais as chapas são criadas são denominados separações.

Separação de cores
Composto (esquerda) e separações (direita)

Processos de produção de separações

O Adobe InDesign CS4 suporta dois processos de produção comuns de PostScript. A principal diferença é onde as separações são criadas: no computador host (o sistema que usa o InDesign e o driver de impressora) ou no RIP (processador de imagens rasterizadas) do dispositivo de saída. Outra alternativa é o processo de produção de PDF.

Separações baseadas no host

No processo de produção tradicional pré-separado baseado no host, o InDesign cria informações PostScript para cada separação necessária para o documento e as envia para o dispositivo de saída.

Separações In-Rip

No processo de produção baseado em RIP mais recente, uma nova geração de RIPs PostScript executa separações de cores, trapping e até gerenciamento de cores no RIP, deixando o host livre para executar outras tarefas. Essa abordagem faz com que o InDesign leve menos tempo para gerar o arquivo e minimiza a quantidade de dados transmitidos para qualquer tarefa de impressão. Por exemplo, em vez de enviar informações PostScript para quatro ou mais páginas a fim de imprimir separações de cores baseadas no host, o InDesign as envia para um único arquivo PostScript composto para processamento no RIP.

Preparar o documento para separações de cores

  1. Corrija quaisquer problemas de cores na arte.
  2. Defina opções de superimposição.
  3. Crie instruções de trapping para compensar erros de registro na impressora tipográfica.
  4. Visualize as separações de cores na tela.

    Observação:

    As etapas de 1 a 4 são recomendadas, mas não essenciais para produzir separações de cores.

  5. Escolha "Arquivo" > "Imprimir", para exibir a caixa de diálogo "Imprimir".
  6. Se você tiver criado uma predefinição de impressora com as configurações de separação apropriadas, selecione-a no menu "Predefinição de impressão" na parte superior da caixa de diálogo "Imprimir".
  7. Escolha uma impressora ou arquivo PostScript no menu "Impressora".
  8. Se estiver imprimindo em um arquivo PostScript, escolha a PPD referente ao dispositivo que imprimirá as separações.
  9. Para exibir ou alterar opções de impressão existentes, clique em um nome de seção no lado esquerdo da caixa de diálogo "Imprimir".
  10. Antes de entregar o documento a um prestador de serviços, faça a prova das separações.
  11. Imprima ou salve as separações.

Saída de cores especiais

É possível usar tintas personalizadas, denominadas cores especiais, juntamente com as cores de escala ou no lugar delas. Por exemplo, em vez de usar as quatro cores de escala para reproduzir a arte com texto em preto e desenhos com linhas verdes azuladas, você pode usar duas cores especiais — uma cor para o preto e outra representando o tom exato do verde. Você pode usar tintas de cores especiais para criar cores que não sejam reproduzíveis por tintas CMYK, como cores fluorescentes e metálicas. Pode também misturar cores especiais, ou cores especiais com cores de escala para criar tintas mistas.

É possível colorir uma arte com cores de escala, cores especiais ou uma combinação de ambas. Ao imprimir separações, você pode converter cores especiais nos seus equivalentes de cor de escala para que sejam impressas nas chapas CMYK.

Exibir os equivalentes em cor de escala de uma cor especial

  1. Selecione a cor especial no painel "Amostras".
  2. Escolha "CMYK" no menu do painel "Cor".

Os valores equivalentes em CMYK da cor especial são exibidos no painel "Cor".

Observação:

Você também pode manter o ponteiro sobre a cor especial no painel "Amostras". A fórmula da cor aparecerá na dica de ferramenta.

Para imprimir um objeto em todas as chapas no processo de impressão, inclusive as chapas de cor especial, aplique a cor de registro ao objeto. A cor de registro é usada em marcas de corte e marcas de aparagem. Na saída composta, os objetos aplicados com a cor de registro serão impressos como C 100, M 100, Y 100 e K 100. Nas separações, esses objetos serão impressos como 100% em cada chapa.

  1. Selecione os objetos aos quais deseja aplicar a cor de registro.
  2. Escolha "Janela" > "Amostras".
  3. No painel "Amostras", clique na amostra da cor de registro .

Imprimir gradientes como separações

Considere os seguintes itens quando produzir separações para documentos com gradientes:

  • Um gradiente criado no InDesign que contenha uma combinação de cores especiais e de escala será separado nas chapas especiais e de escala.

  • Um gradiente com cores de escala será separado nas chapas de escala.

  • Um gradiente com duas tonalidades da mesma cor especial será separado em uma única chapa de cor especial.

  • Para criar um gradiente que separe em um pedaço de filme uma cor especial e branco, crie um preenchimento gradiente entre a cor especial e uma amostra de papel no painel "Amostras".

  • Se você criar um gradiente entre duas cores especiais, deverá atribuir diferentes ângulos de tela às cores especiais. Se duas cores especiais tiverem o mesmo ângulo de tela, elas serão superimpostas. Caso não tenha certeza de quais devam ser os ângulos, consulte seu prestador de serviços de prova de prelo.

Imprimir um composto

Você pode imprimir uma prova composta em cores ou escala de cinza para ver as cores do documento. Uma imagem composta pode ajudá-lo a criar e fazer a prova do seu layout antes de imprimir separações finais (que são caras).

Quando o InDesign imprime um composto, ele imprime todas as cores utilizadas no arquivo em uma única chapa, não importando se foram selecionadas algumas cores individuais.

Considere os seguintes problemas ao imprimir compostos:

  • Embora nenhuma prova forneça a representação exata da saída final, você pode aumentar bastante a precisão por meio da calibragem de todos os dispositivos usados na criação de um documento (como scanners, monitores e impressoras). Se os dispositivos estiverem calibrados, o sistema de gerenciamento de cores poderá ajudá-lo a obter cores previsíveis e uniformes.
  • As opções de superimposição selecionadas no documento serão impressas corretamente em uma impressora que suporte a superimposição. Como a maioria das impressoras de mesa não suporta a superimposição, você pode simular seus efeitos selecionando "Simular superimposição" na seção "Saída" da caixa de diálogo "Imprimir".

Observação:

A seleção de "Simular superimposição" converterá cores especiais em cores de escala para impressão. Se desejar usar um arquivo para separações em um RIP ou para saída final, não selecione esta opção.

  • Ao imprimir em uma impressora em preto-e-branco, o InDesign produzirá uma versão composta de escala de cinza nas páginas. Se o documento contiver cores, o InDesign imprimirá cinzas visualmente corrigidos para simular essas cores. Por exemplo, o cinza que simula uma tonalidade de amarelo a 20% é mais claro do que uma tonalidade de 20% de preto, pois o amarelo é mais claro que o preto.

  • Ao imprimir um livro com capítulos contendo estilos de trapping ou tintas especiais conflitantes, é possível instruir o InDesign a sincronizar as configurações com o documento-mestre.

  • Se você estiver usando o gerenciamento de cores com o recurso Livro, verifique se cada documento no livro usa as mesmas configurações do gerenciamento de cores na caixa de diálogo Configurações de Cor.

Observação:

Lembre-se de que, como nos monitores, a qualidade de reprodução de cor em impressoras coloridas varia bastante. Por isso, as provas do seu prestador de serviços são a melhor maneira de verificar a aparência do trabalho final.

Visualizar separações de cores

Você pode visualizar separações de cores, limites de cobertura de tinta e superimposições com o painel "Visualização de separações". A visualização de separações no monitor permite verificar o seguinte:

Vernizes e outras coberturas

Como vernizes são transparentes, é difícil visualizá-los na tela. Na visualização individual de uma separação de vernizes, as áreas envernizadas aparecem em preto.

Preto intenso

A visualização de separações permite identificar áreas impressas em preto intenso ou preto de escala (K) misturado com tintas coloridas para obter uma cor mais intensa e opaca.

Cobertura de tinta

O excesso de tinta no papel pode causar problemas de secagem. Pergunte à gráfica qual o máximo de cobertura de tinta da impressora na qual ocorrerá a impressão. Depois, visualize o documento para identificar áreas nas quais a cobertura de tinta excede o limite da impressora.

Superimposição

Você pode visualizar a aparência de misturas, transparências e superimposições na saída separada por cores.

Observação:

Você também pode ver efeitos de superimposição ao imprimir em um dispositivo de impressão composta. Isso é útil para fazer a prova de separações de cores.

Embora a visualização de separações no monitor ajude a detectar problemas sem o gasto de imprimir separações, ela não permite visualizar trapping, opções de emulsão, marcas da impressora e resolução e telas de retícula. Combine com a gráfica o uso de provas integrais ou de sobreposição para verificar essas configurações.

Observação:

Os objetos em camadas ocultas não são incluídos na visualização na tela.

Visualizar chapas de separação

  1. Escolha "Janela" > "Saída" > "Visualização de separações".
  2. Em "Exibir", escolha "Separações".
  3. Siga um destes procedimentos:
    • Para exibir uma separação e ocultar as outras, clique no nome da separação desejada. Por padrão, as áreas de cobertura aparecem em preto. Para alterar isso, desmarque "Mostrar em preto as chapas separadas" no menu do painel.

    • Para exibir separações, clique na caixa vazia à esquerda do nome de cada separação. Cada separação aparece na cor atribuída.

    • Para ocultar separações, clique no ícone de olho  à esquerda do nome de cada separação.

    • Para exibir todas as chapas de escala de uma vez, clique no ícone CMYK .

    • Para exibir todas as separações de uma vez, clique e arraste o ponteiro pelos ícones de olho (ou caixas vazias) ao lado dos nomes das separações.

Observação:

Também é possível usar atalhos de teclado para controlar o painel "Visualização de separações".

Visualização de separações
Visualização de uma única separação (à esquerda) e várias separações (à direita)

Visualizar a cobertura de tinta

  1. Escolha "Janela" > "Saída" > "Visualização de separações".
  2. Em "Exibir", escolha "Limite de tinta". Digite um valor para a cobertura de tinta máxima na caixa ao lado do menu "Exibir". Pergunte à gráfica o valor correto a digitar.
  3. Verifique a cobertura de tinta na visualização do documento. As áreas que excedem o limite de cobertura de tinta são mostradas em tons de vermelho (as áreas vermelho-escuro excedem o limite em um valor maior que as áreas vermelho-claro). As outras áreas aparecem em escala de cinza.
    Limite de cobertura de tinta especificado
    As áreas que excedem o limite de cobertura de tinta especificado são mostradas em vermelho.

  4. Para verificar a cobertura de tinta de uma área, passe o ponteiro sobre a área na janela do documento. As porcentagens de cobertura de tinta aparecem no painel ao lado de cada nome de tinta.

Observação:

Você pode ajustar a cobertura de tinta convertendo cores especiais em cores de escala. Para ajustar a cobertura de tinta de gráficos inseridos, edite-os nos aplicativos de origem.

Voltar à exibição normal

  1. Escolha "Janela" > "Saída" > "Visualização de separações".
  2. Em "Exibir", escolha "Desativado".

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online