Usar cores de gráficos importados

O InDesign oferece várias formas de coletar e redefinir cores dos gráficos importados para o documento. As cores especiais de arquivos PDF ou EPS inseridos e os canais de cores especiais de arquivos Adobe Photoshop (PSD) e TIFF são exibidos como cores especiais no painel "Amostras". Você pode aplicar essas cores a objetos no seu documento ou convertê-las em cores de escala. Entretanto, não é possível redefinir os valores de cor nem excluir amostras importadas. Se você excluir o gráfico inserido, as cores permanecerão, mas serão convertidas em cores nativas do InDesign, que podem ser editadas ou excluídas.

Usar a ferramenta "Conta-gotas" para criar amostras de cores

É possível usar a ferramenta "Conta-gotas"  para adicionar ao documento cores de gráficos importados ou aplicá-las a objetos do documento. Isso é útil para coordenar cores de layout com imagens.

Para obter os melhores resultados com separações de cores, é aconselhável garantir que os nomes, tipos (como especial e de escala) e modelos (como RGB e CMYK) das cores de amostra no InDesign estejam uniformes com as definições de cores nos gráficos importados. Se você não estiver certo quanto às melhores configurações, consulte o prestador de serviços de prova de prelo.

Trabalhar com canais de cores especiais em um arquivo PSD (Adobe Photoshop)

Quando você insere um arquivo nativo do Photoshop (PSD) ou um arquivo TIFF no InDesign, os canais de cor especial contidos no arquivo importados são exibidos no painel "Amostras" como tintas de cor especial. Você pode selecionar e aplicar essas amostras a outros objetos no documento. Entretanto, para excluir essas amostras, você deve primeiro excluir o arquivo inserido.

Por padrão, se você importar um arquivo com canais de cores especiais com o mesmo nome que a cor especial do documento, mas com valores de cor diferentes, serão usados os valores de cor do documento. Contudo, você pode substituir os valores de cor em seu documento pelos valores de cor no documento importado. Para isto:

  1. Abra a caixa de diálogo Preferências (Editar > Preferências > Geral).
  2. Na seção Geral, marque a seguinte opção:
    Permitir que a cor especial de entrada substitua uma amostra existente de mesmo nome
  3. Clique em OK.

Agora, se você importar arquivos com um canal de cor especial com nome idêntico ao de uma cor especial no documento, o seguinte aviso será exibido:

Atenção

Trabalhar com cores de arquivos EPS ou PDF

Se você inserir um arquivo PDF, um gráfico EPS ou um arquivo do Adobe Illustrator (.AI), os nomes das cores especiais usadas no gráfico serão adicionados ao painel "Amostras" do documento. Assim, você pode ficar alerta para os custos adicionais de impressão que elas poderão causar posteriormente e também poderá usar as cores especiais no documento.

Se o gráfico que está sendo importado contiver uma cor especial de nome idêntico a uma cor especial do documento, mas com valores de cor diferentes, serão usados os valores de cor do documento.

Transformar uma cor especial importada em uma cor de escala

Se você importar um gráfico EPS, PSD, TIFF ou PDF com uma cor especial (ou canal de cor especial), o InDesign adicionará o nome e a definição dessa cor ao painel "Amostras". Você pode alterar uma cor especial importada para uma amostra de cor de escala. Isso proporciona flexibilidade para adaptar cores (mesmo aquelas em gráficos importados) às suas necessidades de saída do momento.

  1. No painel "Amostras", clique duas vezes na amostra a ser editada.
  2. Na caixa de diálogo "Opções de amostras", escolha "Escala" no menu "Tipo de cor".

Observação:

Isso altera o tipo de cor somente no documento do InDesign. Para alterar de forma permanente o tipo de cor em um gráfico, abra o gráfico no programa em que ele foi criado e edite a cor nesse programa.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online