Licenciamento por dispositivo compartilhado | Guia de implantação

O que é o licenciamento por dispositivo compartilhado

O licenciamento por dispositivo compartilhado é um modelo de licenciamento para a implantação e o gerenciamento de aplicativos da Adobe em laboratórios de informática e ambientes com dispositivos compartilhados, nos quais vários usuários usam os dispositivos e os aplicativos. A licença de software é atribuída a um dispositivo ou computador em vez de a uma pessoa. O licenciamento por dispositivo compartilhado é ideal para computadores em laboratórios ou salas de aula. Porém, ele não é feito para uso em computadores utilizados por um único usuário. Nesse caso, recomendamos a implantação de licenças por usuário nomeado.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

Licenciamento por dispositivo compartilhado vs. Licenciamento por usuário nomeado

Enquanto o licenciamento por usuário nomeado associa a licença ao usuário, o licenciamento por dispositivo compartilhado associa a licença ao computador. Portanto, ao iniciar um aplicativo licenciado por usuário nomeado, a licença é validada com base no nome de usuário e senha. Ao iniciar um aplicativo licenciado por dispositivo compartilhado, a licença é validada com base no computador em que a licença do aplicativo está instalada. Logo, um aplicativo licenciado por usuário nomeado pode ser ativado em qualquer computador, desde que o nome de usuário e senha sejam validados. Já aplicativos licenciados por dispositivo compartilhado poderão ser ativados somente no computador em que a licença está instalada.

Leia mais sobre os métodos de licenciamento da Adobe

Experiência do usuário final

Quando os usuários abrem um aplicativo em um dispositivo compartilhado, eles recebem uma solicitação para fazer logon com suas credenciais. Os aplicativos são iniciados apenas depois que o usuário faz logon. As credenciais necessárias dependem de como você configurou a identidade na instituição.

A tela de logon avisa aos usuários para fazer logoff da Creative Cloud depois de usá-la. Além disso, ela avisa os usuários de que não devem armazenar ativos no dispositivo compartilhado.

Banner de dispositivo compartilhado

Uma licença por dispositivo compartilhado não dá diretamente ao usuário permissão para acessar todos os serviços, como armazenamento, bibliotecas, fontes, Adobe Stock, entre outros. No entanto, se a conta do usuário tiver essas permissões, esses serviços estarão disponíveis.

Observação:

Embora não haja requisitos de sistema específicos para as licenças por dispositivo compartilhado, verifique se os computadores dos usuários finais atendem aos requisitos de sistema dos aplicativos da Creative Cloud instalados. Consulte os requisitos de sistema da Creative Cloud. Para obter informações sobre erros de instalação, consulte Códigos de erro/saída de instalação de produtos.

Acesso granular a aplicativos

Os administradores de TI podem criar pacotes e implantar os aplicativos nos computadores. O licenciamento por dispositivo compartilhado oferece diferentes maneiras de controlar o acesso do usuário aos aplicativos: IdentidadePolítica de acessoEndereços IP de saída e Computadores associados. Você pode usar uma combinação dessas opções para impedir o uso não autorizado dos aplicativos e proteger as contas de seus alunos e os ativos criados por eles.

Identidade

  • As Enterprise IDs ou Federated IDs pertencem à organização ou escola, e todos os dados pertencem legalmente à organização. Instituições de ensino fundamental e médio precisam usar Enterprise IDs ou Federated IDs. Você também pode usar essas IDs caso queira ter um controle mais rígido sobre o acesso dos alunos aos aplicativos. Para usar Enterprise IDs ou Federated IDs (caso já não as use), você precisa configurar a identidade.

  • As Adobe IDs pertencem aos usuários, bem como todos os dados associados à conta. Instituições de ensino fundamental e médio precisam usar Enterprise IDs ou Federated IDs. Com essa opção, os administradores de TI não têm acesso a meios de monitorar ou controlar os dados e conteúdos associados a uma conta de Adobe ID. 

Para obter mais informações, consulte os tipos de identidade aceitos no Admin Console.

Política de acesso

  • Selecione a opção Acesso aberto para permitir que todos acessem os aplicativos em um dispositivo compartilhado. Os usuários só precisam de uma conta válida de um dos tipos descritos acima, uma conta pessoal (Adobe ID) ou uma conta corporativa. Eles também podem criar uma Adobe ID gratuita e usá-la para acessar os aplicativos. Use a opção Acesso aberto em espaços abertos para o público, em que o público geral (alunos visitantes e funcionários) e os alunos acessam os computadores e seus aplicativos. Por exemplo, em computadores compartilhados em uma biblioteca pública ou em laboratórios usados para atividades extracurriculares fora do horário de aula.

  • Selecione a opção Somente usuário da organização para limitar o acesso aos usuários que você adicionou ao Admin Console. Esses usuários podem ter qualquer tipo de ID aceito no Admin Console. Essa opção é útil caso você queira limitar o acesso a alunos e funcionários aprovados. Por exemplo, um laboratório em uma instituição de ensino superior, em que os usuários podem ter qualquer tipo de identidade aceita.

  • Selecione a opção Apenas usuários com Enterprise IDs/Federated IDs para limitar o acesso a usuários com Enterprise IDs. Fazer logon com Adobe IDs pessoais não permite acesso aos aplicativos. Essa opção é útil para restringir o acesso a usuários com Enterprise IDs. Por exemplo, em uma escola de ensino fundamental e médio, use essa opção para autorizar alunos menores de idade a acessar os aplicativos e serviços.

IPs de saída

  • Os endereços ou intervalos de IP de saída impedem que os usuários acessem os aplicativos caso não estejam conectados às redes dos computadores aprovados. Isso é especialmente útil se você usa computadores portáteis e deseja restringir a execução dos aplicativos apenas para quando os computadores estiverem conectados à rede do laboratório ou da escola. Nesse caso, o uso dos aplicativos fora da rede dos laboratórios ou da escola não será permitido.

    Use esta opção para especificar intervalos de endereços IP externos. Este é o endereço IP para Internet, ao qual as estações de trabalho estão conectadas. Você poderá usá-lo para impedir o acesso a aplicativos se essas estações de trabalho forem usadas em uma rede diferente. Talvez seja necessário modificar periodicamente a configuração se sua conexão com a Internet não tiver um endereço IP estático.

Computadores associados

Você pode usar a seção Computadores associados para definir como grupos de computadores são divididos em perfis de produto diferentes.

  • Selecione a opção Por unidades organizacionais do Active Directory da Microsoft para associar todos os computadores pertencentes a uma unidade organizacional na lista a um perfil de produto. Se, por exemplo, sua instituição tiver criado unidades organizacionais de acordo com seus departamentos, você poderá criar perfis de produto para cada departamento. Os computadores pertencentes a um departamento serão associados a um perfil de produto específico.

  • Selecione a opção Por intervalo de endereços IP LAN para associar todos os computadores dentro dos intervalos de endereço IP LAN na lista a um perfil de produto. Selecione essa opção se, por exemplo, os laboratórios de informática ou os computadores compartilhados de uma biblioteca forem organizados por intervalos de endereço IP LAN definidos.

  • Selecione a opção Por pacote instalado para associar todos os computadores que tiverem os pacotes selecionados a um perfil de produto.

Observação:

As opções da seção Computadores associados são aplicadas na ordem de prioridade na lista.

Digamos que o perfil A está configurado como Unidade organizacional do Active Directory = Biblioteca, e o perfil B está configurado como Pacote = Aplicativos de vídeo. Um computador que fizer parte da unidade organizacional Biblioteca e que tiver o pacote Aplicativos de vídeo será associado ao perfil A, não ao perfil B.

Migrar para o licenciamento por dispositivo compartilhado

Observação:

Se você é um novo cliente, ignore esta seção.

Migrar de licenças por dispositivo

Se você utiliza o licenciamento por dispositivo, a Adobe oferece a você uma atualização gratuita para o licenciamento por dispositivo compartilhado. O antigo programa de licenciamento por dispositivo não dá acesso às versões mais recentes dos aplicativos da Creative Cloud. Para acessar as versões mais recentes desses aplicativos, você pode migrar suas antigas licenças por dispositivo para as novas licenças por dispositivo compartilhado. Após a migração, seus aplicativos antigos continuarão funcionando por um período de 30 dias, dentro do qual você poderá configurar e implantar os aplicativos mais recentes usando as licenças por dispositivo compartilhado. Para obter mais informações, consulte Migrar do licenciamento por dispositivo para licenciamento por dispositivo compartilhado.

Migrar de licenças por número de série

Se você usa o antigo licenciamento por número de série para gerenciar laboratórios de informática, poderá continuar usando os aplicativos antigos até os números de série perderem a validade. Se você implantar um pacote de licenças por dispositivo compartilhado e um pacote por número de série, ambos continuarão funcionando. Você pode continuar usando os aplicativos antigos até os números de série expirarem ou desinstalar os aplicativos licenciados por número de série e implantar um novo pacote de licenças por dispositivo compartilhado.

Observação:

As migrações acima são unidirecionais. Ou seja, ao concluir o processo de migração de licenças por dispositivo ou por número de série para licenças por dispositivo compartilhado, você não poderá migrar de volta para licenças por dispositivo ou por número de série.

Começar a implantação

Após determinar em quais computadores os aplicativos da Creative Cloud serão implantados, você poderá começar a implantação. Dependendo dos seus requisitos de acesso e da configuração atual, talvez seja necessário realizar algumas das ações abaixo. Recomendamos que você leia este documento na íntegra antes de começar a implantação, para que tenha todas as informações necessárias antecipadamente.

1. Configure a identidade

  • A primeira etapa é configurar a identidade, caso ainda não o tenha feito, para habilitar Enterprise IDs ou Federated IDs.
  • Você precisará mostrar a propriedade do domínio (por exemplo: @school.edu) para concluir esta etapa.
  • Pode ser necessário entrar em contato com a pessoa que gerencia o site ou os emails da sua instituição para concluir essa ação.

A Adobe recomenda o uso de Enterprise IDs ou Federated IDs para dar acesso a alunos regulares ou usuários do laboratório. Esses tipos de identidade dão à sua organização controle e monitoramento melhores.

Para obter instruções passo a passo, consulte Configurar identidade.

Antes de continuar, recomendamos assistir aos seguintes vídeos sobre como configurar uma identidade para licenciamento por dispositivo compartilhado:

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

2. Gerencie os administradores

O administrador principal da sua instituição no Admin Console é um administrador de sistema. O administrador de sistema tem direitos para realizar todas as tarefas no Admin Console. Porém, é sempre uma boa ideia delegar tarefas para outros administradores. Assim, as tarefas administrativas são descentralizadas, e tarefas especializadas podem ser delegadas a funções mais apropriadas para elas.
 

  • Crie Administradores de produto para criar perfis de produto e adicionar usuários à organização.
  • Crie Administradores de perfis de produto para gerenciar perfis de produto e adicionar usuários à organização.

Veja como gerenciar funções administrativas no Admin Console.

3. Adicione usuários ao Admin Console

Se você deseja configurar os dispositivos compartilhados para que sejam acessados apenas pelos usuários da organização, precisará adicionar esses usuários ao Admin Console.

Você pode adicionar usuários manualmente ou por meio do upload em lote usando um arquivo CSV ou configurar a ferramenta User Sync (no caso de organizações maiores).

Para obter mais detalhes, consulte Gerenciar usuários.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

4. Crie os pacotes

Criar pacotes

No Admin Console, acesse a guia Pacotes para criar pacotes de licenças por dispositivo compartilhado.

Para obter instruções passo a passo, consulte Criar pacotes de licenças por dispositivo compartilhado.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

5. Crie os perfis de produto

Se você deseja implantar licenças por dispositivo compartilhado em vários laboratórios da sua instituição, poderá mapear cada laboratório a um perfil de produto diferente no Admin Console.

Por exemplo, você pode criar um perfil de produto para determinados laboratórios e não definir restrições para ele. Assim, todos os usuários poderão usar os aplicativos da Adobe, mesmo sem uma conta de estudante. Você também pode criar perfis de produto para outros laboratórios nos quais o acesso aos aplicativos instalados precisa ser restrito a usuários com uma conta de estudante. Também é possível limitar o acesso aos aplicativos instalados nesses laboratórios de acordo com as políticas de acesso definidas para os perfis de produto correspondentes.

Para obter mais detalhes, veja como gerenciar perfis de licenças por dispositivo compartilhado.

Observação: o conteúdo e o áudio deste vídeo estão disponíveis somente em inglês no momento.

6. Defina a política de acesso

A configuração de dispositivos compartilhados oferece três opções para controlar o acesso do usuário aos aplicativos: Política de acessoEndereços IP de saída e Computadores associados. Você pode usar uma combinação dessas opções para impedir o uso não autorizado dos aplicativos e proteger as contas de seus alunos e os ativos criados por eles.

Para obter mais detalhes, consulte Configuração de dispositivos compartilhados.

7. Implante os pacotes

Após criar o pacote de licenças por dispositivo compartilhado, configure os dispositivos no laboratório com a licença.

Siga um destes métodos para implantar o pacote:

  • Use ferramentas de terceiros, como o Microsoft System Center Configuration Manager (SCCM), o Apple Remote Desktop ou o JAMF Pro para implantação remota. Saiba mais.
  • Instale clicando duas vezes no arquivo do pacote. Saiba mais.
  • Implante usando a linha de comando em computadores Windows. Saiba mais.
  • Implante usando o arquivo Info.plist em computadores macOS. Saiba mais.

Para obter informações sobre a solução de problemas de erros de instalação e desinstalação de aplicativos da Creative Cloud, consulte este documento.

O que vem por aí

Adicionar produtos e licenças

Se você é cliente do VIP (Value Incentive Plan), pode comprar produtos ou licenças por dispositivo compartilhado adicionais diretamente no Admin Console.

No canto superior direito da página Visão geral no Admin Console, clique em Comprar mais.

Na tela Adicionar produtos, adicione produtos ou adicione licenças aos produtos que você já tem.

Recuperar licenças não utilizadas

Se você implantar uma licença por dispositivo compartilhado em um computador e o computador deixar de ser usado, a licença continuará ativa e você não poderá utilizá-la em outros computadores. O status de computadores utilizados é exibido no cartão do produto na guia Produtos.

Número de licenças

Para recuperar licenças em computadores que não são mais usados, acesse o Admin Console e redefina o perfil de produto mapeado a esses computadores. Consulte este documento para obter detalhes sobre como recuperar licenças por dispositivo compartilhado.

Perguntas frequentes

Para recuperar uma licença de um computador inoperante, você precisará redefinir as licenças de todos os computadores no perfil de produto em questão.

No entanto, para recuperar a licença de um computador ao qual tem acesso, você pode desativar a licença no próprio computador.

Não. Pacotes de licenciamento por dispositivo compartilhado não podem ser instalados em máquinas virtuais.

Não. No momento, a configuração de SSO da Adobe não é compatível com a autenticação de passagem. Mesmo com a Federated ID configurada, os alunos precisam fazer logon no computador e inserir novamente suas credenciais para fazer logon na Creative Cloud.

Seu departamento de TI determina se os usuários podem fazer isso ou não nos computadores do laboratório, por meio da política de acesso do usuário.

Se a política de acesso do usuário estiver definida como Acesso aberto, os usuários poderão usar qualquer Adobe ID para fazer logon. Se eles tiverem mais de uma conta, o armazenamento de cada uma será único.

Se a sua dúvida não for respondida aqui, consulte todas as Perguntas frequentes sobre licenciamento por dispositivo compartilhado.

Se tiver mais dúvidas, pergunte à nossa comunidade.

Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta