Guia do Usuário Cancelar

Gerenciar ativos usando o Adobe Asset Link

  1. Adobe para corporações e equipes: guia de administração
  2. Planejar a implantação
    1. Conceitos básicos
      1. Licenciamento
      2. Identidade
      3. Gerenciamento de usuários
      4. Implantação de aplicativo
      5. Visão geral do Admin Console
      6. Funções de administrador
    2. Guias de implantação
      1. Guia de implantação por usuário nomeado
      2. Guia de implantação SDL
      3. Implantar o Adobe Acrobat 
    3. Implantar a Creative Cloud para instituições de ensino
      1. Guia de implantação
      2. Ativar o Adobe Express no Google Classroom
      3. Integração com o Canvas LMS
      4. Integração com o Blackboard Learn
      5. Configurar SSO para portais de coordenadoria de ensino e LMSs
      6. Perguntas frequentes sobre a Kivuto
      7. Diretrizes para a qualificação de instituições de ensino fundamental e médio
  3. Configurar sua organização
    1. Configurar identidade
      1. Tipos de identidade | visão geral
      2. Configurar organização com Enterprise ID
      3. Configurar organização com Federated ID
        1. Visão geral do SSO
        2. Configurar o conector e a sincronização do Azure
          1. Configurar SSO com a Microsoft por meio do OIDC do Azure
          2. Adicionar a sincronização do Azure ao diretório
          3. Perguntas frequentes sobre o conector do Azure
        3. Configurar federação e sincronização do Google
          1. Configurar SSO com a federação do Google
          2. Adicionar o Google Sync ao diretório
          3. Perguntas frequentes sobre a federação do Google
        4. SAML genérico
          1. Configurar SSO com outros provedores de SAML
          2. Configurar SSO com o ADFS do Microsoft
          3. Perguntas frequentes sobre SSO
          4. Resolução de problemas de SSO
        5. SSO para instituições de ensino
          1. Configurar SSO para portais de coordenadoria de ensino e LMS
          2. Perguntas frequentes
      4. Verificar a propriedade de um domínio
      5. Adicionar e gerenciar domínios
      6. Vincular domínios a diretórios
      7. Gerenciar domínios e diretórios existentes
      8. Usar confiabilidade de diretório para adicionar domínios pré-reivindicados
      9. Migrar para o novo provedor de autenticação
    2. Configurações de ativos
    3. Configurações de autenticação
    4. Contatos de privacidade e segurança
    5. Configurações do console
    6. Gerenciar criptografia
  4. Gerenciar produtos e direitos
    1. Gerenciar usuários
      1. Visão geral
      2. Funções administrativas
      3. Técnicas de gerenciamento de usuários
        1. Gerenciar usuários individualmente   
        2. Gerenciar vários usuários (CSV em massa)
        3. Ferramenta User Sync (UST)
        4. Sincronização do Microsoft Azure
        5. Sincronização da federação do Google
      4. Alterar tipo de identidade do usuário
      5. Gerenciar grupos de usuários
      6. Gerenciar usuários do diretório
      7. Gerenciar desenvolvedores
      8. Migrar usuários existentes para o Adobe Admin Console
      9. Migrar o gerenciamento de usuários para o Adobe Admin Console
    2. Gerenciar produtos e perfis de produto
      1. Gerenciar produtos
      2. Gerenciar perfis de produtos para usuários corporativos
      3. Gerenciar políticas de autoatendimento
      4. Gerenciar integrações de aplicativo
      5. Gerenciar permissões de produto no Admin Console  
      6. Ativar/desativar serviços para um perfil de produto
      7. Aplicativo individual | Creative Cloud para corporações
      8. Serviços opcionais
    3. Gerenciar licenças por dispositivo compartilhado
      1. Novidades
      2. Guia de implantação
      3. Criar pacotes
      4. Recuperar licenças
      5. Migrar do licenciamento por dispositivo
      6. Gerenciar perfis
      7. Kit de ferramentas de licenciamento
      8. Perguntas frequentes sobre licenciamento por dispositivo compartilhado
  5. Gerenciar armazenamento e ativos
    1. Armazenamento
      1. Gerenciar armazenamento corporativo
      2. Adobe Creative Cloud: atualização do armazenamento
      3. Gerenciar o armazenamento da Adobe
    2. Migração de ativos
      1. Migração automatizada de ativos
      2. Perguntas frequentes sobre a migração automatizada de ativos  
      3. Gerenciar ativos transferidos
    3. Recuperar ativos de um usuário
    4. Migração de ativos de estudantes | Somente EDU
      1. Migração automática de ativos de estudantes
      2. Migrar seus ativos
  6. Serviços gerenciados
    1. Adobe Stock
      1. Pacotes de crédito do Adobe Stock para equipes
      2. Adobe Stock para corporações
      3. Usar o Adobe Stock para corporações
      4. Aprovação de licenças do Adobe Stock
    2. Fontes personalizadas
    3. Adobe Asset Link
      1. Visão geral
      2. Criar grupo de usuários
      3. Configurar o Adobe Experience Manager Assets
      4. Configurar e instalar o Adobe Asset Link
      5. Gerenciar ativos
      6. Adobe Asset Link para XD
    4. Adobe Acrobat Sign
      1. Configurar o Adobe Acrobat Sign para corporações ou equipes
      2. Adobe Acrobat Sign – Administrador de recursos para equipes
      3. Gerenciar o Adobe Acrobat Sign no Admin Console
    5. Creative Cloud para corporações – assinatura grátis
      1. Visão geral
      2. Introdução
  7. Implantar aplicativos e atualizações
    1. Visão geral
      1. Implantar e fornecer aplicativos e atualizações
      2. Planejar implantação
      3. Preparar para a implantação
    2. Criar pacotes
      1. Criar pacotes de aplicativos pelo Admin Console
      2. Criar pacotes de licenciamento por usuário nomeado
      3. Modelos da Adobe para pacotes
      4. Gerenciar pacotes
      5. Gerenciar licenças por dispositivo
      6. Licenciamento por número de série
    3. Personalizar pacotes
      1. Personalizar o aplicativo de desktop da Creative Cloud
      2. Incluir extensões no seu pacote
    4. Implantar pacotes 
      1. Implantar pacotes
      2. Implantar pacotes da Adobe usando o Microsoft Intune
      3. Implantar pacotes da Adobe com SCCM
      4. Implantar pacotes da Adobe com ARD
      5. Instalar produtos na pasta Exceptions
      6. Desinstalar produtos da Creative Cloud
      7. Uso do Adobe Provisioning Toolkit Enterprise Edition
      8. Identificadores de licença da Adobe Creative Cloud
    5. Gerenciamento de atualizações
      1. Alterar o gerenciamento para clientes corporativos e de equipes da Adobe
      2. Implantar atualizações
    6. Adobe Update Server Setup Tool (AUSST)
      1. Visão geral da AUSST
      2. Configurar o servidor de atualização interno
      3. Manter o servidor de atualização interno
      4. Casos de uso comuns da AUSST   
      5. Solucionar problemas do servidor de atualização interno
    7. Adobe Remote Update Manager (RUM)
      1. Usar o Adobe Remote Update Manager
      2. IDs do canal para usar com o Adobe Remote Update Manager
      3. Solucionar erros do RUM
    8. Solução de problemas
      1. Solucionar problemas de erros de instalação e desinstalação dos aplicativos da Creative Cloud
      2. Consultar computadores clientes para verificar se um pacote foi implantado
      3. Mensagem de erro “Falha na instalação” do pacote da Creative Cloud
    9. Criar pacotes usando a Creative Cloud Packager (CC 2018 ou aplicativos anteriores)
      1. Sobre a Creative Cloud Packager
      2. Notas de versão da Creative Cloud Packager
      3. Empacotamento de aplicativos
      4. Criar pacotes usando a Creative Cloud Packager
      5. Criar pacotes de licença por usuário nomeado
      6. Criar pacotes com licenças por dispositivo
      7. Criar um pacote de licença
      8. Criar pacotes com licenças por número de série
      9. Automação da Packager
      10. Disponibilização de produtos que não são da Creative Cloud
      11. Editar e salvar configurações
      12. Definir o idioma no nível do sistema
  8. Gerenciar sua conta
    1. Gerenciar sua conta de equipes
      1. Visão geral
      2. Atualizar detalhes do pagamento
      3. Gerenciar faturas
      4. Alterar o proprietário do contrato
      5. Alterar revendedor
    2. Atribuir uma licença a um usuário de equipes
    3. Adicionar produtos e licenças
    4. Renovações
      1. Associação de equipes: renovação
      2. Corporações no VIP: renovações e conformidade
    5. Estágios de expiração automatizados para contratos ETLA
    6. Alternar tipos de contrato em um Adobe Admin Console existente
    7. Conformidade de solicitação de compra
    8. Value Incentive Plan (VIP) na China
    9. Ajuda do VIP Select
  9. Relatórios e registros
    1. Registro de auditoria
    2. Relatórios de atribuição
    3. Registros de conteúdo
  10. Obter ajuda
    1. Entre em contato com o Atendimento ao cliente da Adobe
    2. Opções de suporte para contas de equipes
    3. Opções de suporte para contas corporativas
    4. Opções de suporte para a Experience Cloud

Para criar designs e protótipos de alta fidelidade no Adobe XD, use o Adobe Asset Link para XD. Incorpore ativos digitais do Experience Manager Assets em sua tela do XD. O Adobe Asset Link para XD possibilita a colaboração entre designers e profissionais de marketing em todo o processo de design. Saiba mais.

Use o Adobe Asset Link para melhorar a colaboração entre profissionais de criação e de marketing como parte do processo de criação de conteúdo.

Conecte-se com os ativos do Adobe Experience Manager pelo painel do Adobe Asset Link nos aplicativos de desktop da Creative Cloud: Adobe InDesign, Photoshop, Illustrator e XD. Acesse conteúdo armazenado no Experience Manager Assets sem sair do seu aplicativo da Creative Cloud. Você pode navegar, pesquisar, fazer check-out e check-in de ativos usando o painel do painel Adobe Asset Link.

Você deve ter uma associação válida à Creative Cloud para corporações para usar o Adobe Asset Link. Para obter detalhes, consulte Pré-requisitos.

Sobre o painel Adobe Asset Link

O Adobe Asset Link é instalado como uma extensão em seus aplicativos da Creative Cloud. Você pode abri-lo no menu Extensões no InDesign e no Illustrator (JanelaExtensões Adobe Asset Link).

Para abrir o painel Adobe Asset Link no Photoshop, escolha Janela > Extensões (antigo) > Adobe Asset Link.

No Adobe XD, você pode abrir o Adobe Asset Link no menu Plug-ins. Para obter mais informações, consulte Adobe Asset Link para XD.

É possível configurar sua área de trabalho para incluir o painel Adobe Asset Link. Consulte Gerenciar janelas e painéis.

Painel Adobe Asset Link

Localização atual

(A) Exibe o local do arquivo. Você pode clicar na seta suspensa para voltar a uma pasta pai.

Lista de classificação

(B) Permite classificar os ativos ou os resultados da pesquisa em ordem alfabética, por tamanho e pela última modificação.

Campo de pesquisa

(C) Permite pesquisar ativos; digite uma palavra-chave no campo de pesquisa e pressione Enter.

Local de pesquisa

(D) Permite restringir sua pesquisa a um local específico, por exemplo, uma pasta, uma coleção ou todo o repositório do Experience Manager.

Menu do painel

(E) Exibe ações que você pode executar no painel, como configurar o local de retirada de ativos e gerenciar ambientes do Experience Manager.

Opções de filtro

(F) Permite filtrar resultados de pesquisa no Experience Manager, na Creative Cloud e em pastas e coleções específicas por tipo de arquivo e data de modificação do ativo.

Exibição em lista/grade/galeria

(G) Permite alternar entre as exibições em lista, em grade e em galeria.

Ativos retirados

(H) Exibe todos os ativos que você retirou do Experience Manager Assets.

Status de retirado

(I) Exibe a miniatura de um ativo caso o ativo tenha sido retirado. Indica que o ativo está bloqueado e somente a pessoa que o retirou pode modificá-lo.

Menu de contexto

(J) Exibe as ações que podem ser executadas no ativo. Dependendo do status do ativo, as ações incluem Retirar/Registrar, Cancelar retirada, Abrir, Baixar, Inserir, Encontrar semelhante e Detalhes do arquivo. Cada ativo tem um menu de contexto.

Botão Atualizar

(K) Recarrega os ativos ou os resultados da pesquisa no painel. Pode ser útil ao fazer upload de um novo ativo ou quando vários usuários estiverem trabalhando simultaneamente na mesma pasta. Se o painel exibir uma mensagem de erro que você solucionou, clique no botão para fechar a mensagem e exibir o contexto relevante. Não é necessário reiniciar o painel.

Usar o Adobe Asset Link

Você pode usar o Adobe Asset Link para usar e modificar ativos armazenados no sistema de gerenciamento de ativos digitais da sua organização, o Adobe Experience Manager Assets. Pelo painel no aplicativo, não é necessário usar um navegador para fazer download ou upload de ativos. O painel Adobe Asset Link exibe ativos digitais do seu ambiente do Experience Manager Assets. Você não precisa entrar no Experience Manager Assets. Ao entrar no aplicativo da Creative Cloud, você é automaticamente autenticado no Experience Manager em segundo plano por meio do Adobe Identity Management System (IMS).

Use o painel Adobe Asset Link para procurar ou pesquisar ativos. Para editar um ativo, retire-o do aplicativo da Creative Cloud que estiver usando. Depois da edição, você pode registrá-lo novamente sem sair do aplicativo. Você também pode usar o Adobe Asset Link para procurar ativos somente leitura no Experience Manager Assets, incluindo logotipos, designs padrão ou modelos. Você pode baixar e incluir esses ativos em seus artefatos criativos. Contudo, não é possível modificá-los.

O Adobe Asset Link também evita conflitos, pois indica se os ativos já foram retirados, impedindo que outros usuários sobrescrevam os ativos.

As organizações podem armazenar ativos digitais em várias implantações do Experience Manager (incluindo Experience Manager Assets como um serviço na nuvem, Experience Manager Assets Essentials ou em implantações fora da nuvem). Por exemplo, uma infraestrutura de armazenamento heterogênea pode obrigar uma organização a armazenar seus ativos em diferentes implantações. Cada implantação distinta é chamada de ambiente do Experience Manager no Adobe Asset Link.

Uma organização que possui vários ativos digitais também pode segregar ativos por tamanho ou tipo MIME e armazená-los em diferentes ambientes para um gerenciamento eficiente.

Se sua organização armazena ativos em ambientes distribuídos do Experience Manager, use o painel Adobe Asset Link para acessar o ambiente onde residem seus ativos.

Ao iniciar o Adobe Asset Link, você é automaticamente conectado ao ambiente do Experience Manager ao qual tem direito de acesso. Se você tiver direito a vários ambientes, o Adobe Asset Link listará todos os seus ambientes autorizados na exibição Gerenciar ambientes.

Observação:

Se você estiver executando AMS ou Experience Manager localmente, seu administrador de TI deve configurar manualmente um ambiente antes que você possa se conectar a ele.

Dependendo de onde seus ativos estão armazenados, você pode alternar entre os ambientes. Você pode modificar as propriedades do ambiente ativo. Você também pode adicionar mais ambientes ou remover um ambiente do Experience Manager do Adobe Asset Link.

Abra a exibição Gerenciar ambientes

Para exibir a exibição Gerenciar ambientes, selecione Gerenciar ambientes no menu do painel Adobe Asset Link.

Opção de menu Gerenciar ambientes

A exibição Gerenciar ambientes lista os ambientes do Experience Manager adicionados ao Adobe Asset Link juntamente com uma indicação se você está autorizado a acessá-los. Uma marca de seleção é exibida no ambiente que você está acessando atualmente.

Exibição Gerenciar ambientes

Alternar ambiente

Para alternar de um ambiente do Experience Manager para outro, abra o menu de contexto do ambiente de destino e selecione Alternar ambiente.

Alternar ambiente

Clique em Alternar para confirmar. Uma marca de seleção é exibida no novo ambiente, indicando que agora ele está ativo.

Observação:

Se você alternar para outro ambiente do Experience Manager durante uma operação de download, upload, registro ou retirada, uma mensagem de Ação em andamento será exibida.

Modificar o ambiente

É possível modificar o nome e o URL de qualquer ambiente do Experience Manager adicionado ao Adobe Asset Link. Abra o menu de contexto do ambiente de destino e selecione Modificar.

Opção de menu Modificar o ambiente

Edite o nome e o URL do ambiente e clique em Salvar.

Modificar os detalhes do ambiente

A alteração é refletida na exibição Gerenciar ambientes.

Adicionar um ambiente

Você pode adicionar um ambiente que seu administrador configure para você no arquivo de configurações do Adobe Asset Link ao instalar o painel Adobe Asset Link. 

Para adicionar um novo ambiente, clique em + na exibição Gerenciar ambientes.

Na caixa de diálogo Adicionar ambiente, especifique um nome e o URL do ambiente do Experience Manager environment. Em seguida, clique em Salvar.

Adicionar ambiente

Observação:

Para adicionar um ambiente do Experience Manager específico, é preciso ter as permissões de acesso necessárias para o ambiente.

O novo ambiente aparecerá na lista da exibição Gerenciar ambientes.

Remover ambiente

É possível remover um ambiente do Experience Manager que não é mais necessário. Abra o menu de contexto do ambiente que você deseja excluir e selecione Remover.

Remover ambiente

Na caixa de diálogo, clique em Remover para confirmar. O ambiente é removido da exibição Gerenciar ambientes.

Observação:

O Adobe Asset Link não permite remover o ambiente do Experience Manager que você está acessando atualmente. A opção Remover não é exibida no menu de contexto do ambiente ativo.

Depois de abrir o painel Asset Link, ele exibe todos os arquivos e as pastas para os quais você tem permissão de leitura. Você pode pesquisar e procurar ativos digitais armazenados no Experience Manager Assets. Além disso, é possível pesquisar ativos armazenados na sua conta da Creative Cloud.

  • Para pesquisar ativos, pastas ou coleções, digite uma palavra-chave no campo de pesquisa e pressione Enter. Por padrão, o escopo da pesquisa é definido como Todos, ou seja, é uma pesquisa global. Todos os ativos, pastas e coleções relevantes no Experience Manager Assets são exibidos, não apenas as entidades no local atual. Ativos na sua conta da Creative Cloud Assets são exibidos em uma seção separada abaixo.
  • Para obter resultados mais rápidos e mais segmentados, pesquise diretamente em uma pasta ou coleção. Primeiro, navegue até a pasta ou coleção de nível mais baixo que contém o item que você está procurando. Em seguida, altere a opção na lista suspensa à esquerda do campo de pesquisa para Na pasta ou Na coleção. Dependendo do local, as opções na lista suspensa mudam dinamicamente.
Observação:
  1. A opção selecionada na lista suspensa de pesquisa será redefinida automaticamente para Todos assim que você fechar os resultados da pesquisa ou navegar para uma nova pasta ou coleção.
  2. Quando você pesquisa em uma pasta, todos os ativos correspondentes e pastas filho dentro dessa pasta são retornados. Quando você pesquisa em uma coleção, somente ativos correspondentes, pastas e outras coleções que são membros diretos da coleção pesquisada são exibidos.
  3. Se você procurar coleções no nível superior, apenas coleções individuais serão exibidas nos resultados de pesquisa. Os ativos ou as pastas dentro das coleções serão omitidos. Em todos os outros casos (por exemplo, dentro de uma coleção individual ou em uma hierarquia de pastas), todos os ativos, pastas e coleções relevantes serão exibidos.
  • Para fechar os resultados da pesquisa, clique em  no campo de pesquisa e você será redirecionado para o local em que estava antes da pesquisa. Você também pode excluir o texto manualmente e pressionar Enter.
  • Para navegar novamente pelas seções superiores da hierarquia de conteúdo, use a trilha ao lado de Em. Se você estiver no painel do Asset Link, poderá focar na lista suspensa usando o atalho de teclado Shift + B e, em seguida, navegar usando as teclas de seta. Para selecionar um local, pressione Enter.
Observação:

Se você estiver no painel do Asset Link, use a tecla Tab para focar no menu de contexto. Para abrir o menu de contexto de um ativo, pressione Enter. Use as teclas de seta para navegar pelo menu de contexto. Para selecionar uma ação, pressione Enter.

Para que os atalhos do teclado funcionem, você deve primeiro selecionar o painel do Asset Link. Caso contrário, as ações do teclado serão controladas por atalhos do respectivo produto, por exemplo, o Illustrator.

Observação:

O recurso de pesquisa do Experience Manager analisa os metadados, o nome e o caminho dos ativos, bem como pastas e coleções. Para garantir o melhor uso do recurso de pesquisa do Experience Manager, leia as seguintes orientações:

  • O uso de caracteres especiais (pontos, sublinhados e traços) ao pesquisar um ativo fragmenta a pesquisa em termos individuais. Todos os termos aparecem no índice de pesquisa. Por exemplo, um ativo nomeado como tênis-esportivo-azul-12.jpg retornará resultados contendo os itens tênis, esportivo, azul, 12 e jpg no índice de pesquisa.
  • Qualquer frase inserida no campo de pesquisa com caracteres especiais é fragmentada em itens separados. Todos os itens são pesquisados separadamente.
  • Use aspas duplas para converter sua pesquisa em uma frase específica em vez de pesquisar por itens individuais. Por exemplo, pesquisar “tênis esportivo azul” exige que os resultados tenham essa frase completa. Pesquisar “tênis 12” retorna resultados que incluem a palavra tênis seguida por 12, separadas por espaço ou por um caractere especial.
    • O recurso de pesquisa analisa os campos de metadados. Portanto, pesquisar números genéricos, como 12, pode gerar muitos resultados. Para obter resultados melhores, coloque a frase pesquisada entre aspas ou insira o número adjacente à palavra, sem um caractere especial (por exemplo, tênis12).
  • Para ampliar a pesquisa, use um asterisco antes ou depois da palavra pesquisada. Serão exibidas correspondências exatas à palavra. Por exemplo, pesquisar a palavra correr sem um asterisco não retornará variações da palavra (exceto se correr for usada nos metadados do ativo). Veja os seguintes exemplos:
    • Correr* retornará correram.
    • *correr retornará percorrer.
    • *correr* retornará todas as combinações possíveis.
  • Para excluir uma palavra da pesquisa, insira um traço antes dela. Por exemplo, tênis -esportivo retornará resultados contendo a palavra tênis, mas não esportivo.
  • Use o sinal de mais para remover tags de ativos dos parâmetros da pesquisa e limitar as correspondências aos nomes/títulos e metadados dos arquivos dos ativos. Por exemplo, +esportivo retornará apenas ativos que incluírem a palavra esportivo em seus metadados, mas os ativos marcados com a tag esportivo não serão incluídos.

Semelhante aos ativos proprietários, as imagens do Adobe Stock armazenadas no Experience Manager Assets, licenciadas ou não, são exibidas durante a pesquisa e a navegação. As imagens do Adobe Stock aparecem no mesmo local da pasta em que são armazenadas, juntamente com os ativos proprietários relevantes.

As imagens do Adobe Stock não licenciadas exibidas no painel contêm uma marca-d'água do Adobe Stock; as imagens licenciadas, não. Todas as imagens do Adobe Stock incluem uma referência a Adobe Stock no nome do arquivo e um ícone do Adobe Stock com a indicação “St.”

Observação:

Para trabalhar com ativos do Adobe Stock no Experience Manager Assets, você precisa de um plano corporativo do Adobe Stock e o Experience Manager 6.5 ou Experience Manager 6.4 com, no mínimo, o Service Pack 2 implantado. Para obter mais informações, consulte Usar ativos do Adobe Stock no Experience Manager Assets.

Encontrar semelhante

O Adobe Asset Link também permite que você use um ativo para pesquisar resultados visualmente semelhantes no Experience Manager Assets. Viabilizada pela aprendizagem de máquina do Adobe Sensei, a busca visual exibe resultados com as características estéticas semelhantes às da imagem de destino.

Para encontrar imagens semelhantes a um ativo, abra o menu de contexto do ativo e selecione Encontrar semelhantes. Em seguida, o campo Pesquisar mudará para o campo Semelhante com a miniatura do ativo e seu título/nome, e os ativos semelhantes serão exibidos nos resultados do painel.

Observação:

Para usar o recurso Encontrar semelhantes, verifique se o serviço de conteúdo inteligente está habilitado na sua organização e no Experience Manager 6.5. Para saber mais, consulte Marcações inteligentes aprimoradas.

Encontrar ativos semelhantes
Encontrar semelhante

Para fechar os resultados, clique em  no campo Semelhante.

Observação:

Quando você encontra ativos semelhantes, os resultados já estão classificados por relevância. O Adobe Asset Link não fornece nenhuma outra opção de classificação.

Você pode acessar as coleções do Experience Manager Assets no painel Asset Link com rapidez e facilidade. O painel exibe coleções, coleções estáticas e coleções inteligentes, de acordo com as permissões atribuídas a você. Para acessar as coleções, faça o seguinte:

  1. No painel Asset Link, vá para Experience Manager Assets Coleções.

  2. Para exibir as pastas e os arquivos em uma coleção, selecione-a.

O painel Asset Link permite que você adicione novos ativos ao Experience Manager Assets diretamente do seu aplicativo de criação. Você pode criar ativos usando os aplicativos da Creative Cloud com os quais está familiarizado, como o Photoshop, o Illustrator ou o InDesign, e fazer upload dos ativos para o Experience Manager Assets.

Para fazer upload de um ativo para o Experience Manager Assets, abra o ativo no aplicativo de criação e faça o seguinte:

  1. No painel Asset Link, vá para Experience Manager Assets > Arquivos e selecione uma pasta para fazer upload do ativo.

    Observação:

    Na versão atual do Adobe Asset Link, só é possível fazer upload para uma pasta específica, não para Coleções ou uma coleção individual.

  2. O botão Fazer upload de ativo será exibido se você tiver permissões para adicionar um ativo à pasta selecionada.

    Clique em Fazer upload de ativo.

    Fazer upload de ativo
    Fazer upload de ativo

  3. Clique em Fazer upload. Uma mensagem é exibida notificando que o ativo foi carregado.

  4. Se um ativo com o mesmo nome já existir na pasta selecionada, a caixa de diálogo Conflito de nomes será exibida.

  5. Para salvar o ativo como uma nova versão do ativo existente, clique em Criar versão.

    Se você clicar em Manter ambos, o ativo existente será mantido como está e o novo ativo será enviado com o número 1 adicionado ao nome. Por exemplo, se o nome do ativo existente for summer_brochure.jpeg, o nome do novo ativo será summer_brochure1.jpeg.

Para ver o novo ativo na pasta, clique em Atualizar ou saia da pasta e retorne a ela.

Você pode classificar os ativos no painel Asset Link por relevância, ordem alfabética, tamanho e última modificação. Para classificar os ativos, clique na lista suspensa Classificar e selecione uma opção. Por padrão, o Adobe Asset Link classifica os ativos por ordem alfabética. Entretanto, ao pesquisar ativos, o Adobe Asset Link classifica os resultados da pesquisa por relevância.

Observação:

Ao procurar ativos em pastas ou coleções, a opção de classificar ativos por relevância não está disponível porque é redundante. 

Observação:

Durante a exibição do conteúdo de uma pasta ou uma coleção, a função de classificação afeta somente a ordem dos ativos. Pastas filho e coleções são exibidas antes dos ativos por nome em ordem alfabética.

Você também pode filtrar os ativos no painel Asset Link por tipo de arquivo e pela última modificação. Para filtrar ativos, clique no ícone de filtros, selecione uma opção e clique em Aplicar.

Você também pode fazer uma pesquisa e filtrar os ativos exibidos.

Opções de filtro
Opções de filtro

Quando você aplica filtros, um ponto azul é exibido ao lado do ícone de filtros.

Os filtros permanecem aplicados enquanto você navega pelas pastas e coleções, até que você os limpe manualmente. Para limpar os filtros, clique no ícone de filtros e clique em Limpar tudo. Para confirmar, clique em Aplicar.

O Adobe Asset Link fornece várias maneiras de usar um ativo em suas criações.

  • Para incorporar um ativo no documento no qual você está trabalhando, arraste o ativo até a prancheta. Esta ação incorpora o ativo no documento.
  • Abra o menu de contexto do ativo e selecione Inserir.
  • Selecione um quadro do InDesign e arraste ou insira o ativo usando o menu de contexto. Isso incorpora o ativo no documento.
  • Baixe uma cópia do ativo. Abra o menu de contexto do ativo e selecione Baixar. O arquivo é baixado na sua pasta padrão de download.
Observação:

As ações de inserir e arrastar/soltar são equivalentes a incorporar o ativo. 

Observação:

Quando você arrasta e solta o ativo, ele é renderizado no documento no qual você está trabalhando. Para obter o ativo em alta resolução, baixe-o primeiro. Você deverá baixar o ativo todas as vezes para tê-lo em alta resolução, pois ele pode ter sido modificado enquanto você estava trabalhando.

Ao trabalhar com documentos do InDesign, você pode fazer a vinculação direta com os ativos no Experience Manager Assets usando a opção Inserir vinculado no menu de contexto. Se o ativo original for modificado no Experience Manager Assets, atualize rapidamente o vínculo para garantir que o documento do InDesign inclua a versão mais recente do ativo. Para incorporar ativos diretamente no documento do InDesign, use a opção Inserir cópia.

Opção Inserir vinculado
Opção Inserir vinculado

A incorporação de um ativo (usando a opção Inserir cópia) insere uma cópia do ativo no layout do InDesign após o download dos binários no sistema local. O Adobe Asset Link não mantém nenhum vínculo entre a cópia incorporada e o ativo original. Se o ativo original for modificado no Experience Manager Assets, exclua o ativo incorporado do arquivo do InDesign e reincorpore-o usando o Experience Manager Assets. 

Se você fizer referência a um ativo, o Adobe Asset Link manterá um vínculo para o ativo original no Experience Manager Assets. É possível determinar se o ativo original foi alterado no Experience Manager Assets analisando a coluna Status no painel Vínculos no InDesign (Janela > Vínculos). Veja a seguir uma descrição dos vários tipos de status relacionados aos ativos referenciados e a ação necessária.

Ícone

Status

Descrição

Action

Vinculado

O ativo corresponde ao ativo original no Experience Manager Assets.

Nenhuma ação é necessária.

Modificado

O ativo original no Experience Manager Assets foi modificado.

Para vincular ao ativo atualizado, clique duas vezes no ícone.

Ausente

O vínculo com o ativo original foi perdido.

Clique duas vezes no ícone e vincule a outro ativo no Experience Manager Assets.

Offline

O Adobe Asset Link não consegue acessar o ativo original.

Verifique se há problemas na rede que se conecta ao servidor do Experience Manager Assets. 

Observação:

O InDesign Server ainda não é compatível com o fluxo de trabalho de vinculação profunda.

Se o servidor do Experience Manager estiver configurado para gerar FPOs, representações de baixa resolução serão colocadas no documento do InDesign quando você usar a opção Inserir vinculado para fazer referência a ativos. 

As representações FPO são substitutos leves dos ativos originais. Elas têm a mesma proporção, mas apresentam tamanho menor que as imagens originais. Atualmente, o InDesign permite a importação de representações FPO somente para os seguintes tipos de imagem:

  • JPEG
  • GIF
  • PNG
  • TIFF
  • PSD
  • BMP

Se uma representação FPO não estiver disponível para um ativo específico no Experience Manager Assets, o ativo de alta resolução original será referenciado. Para imagens FPO, o status FPO é exibido no painel Vínculos do InDesign. 

Status FPO
Imagem FPO

Para substituir a imagem FPO pela imagem original no Experience Manager Assets, escolha Baixar original no menu pop-up. 

Baixar original
Baixar original

Após o download da imagem original, escolha Substituir FPO pelo original ou simplesmente clique duas vezes no ícone FPO.

Substituir FPO pelo original
Substituir FPO pela imagem original

Para substituir várias imagens FPO pelas respectivas imagens originais, escolha a opção Baixar todos os originais. Após o download das imagens originais, escolha Substituir todos os FPOs por originais

Observação:

Se o documento do InDesign incluir várias imagens FPO do mesmo ativo, cada uma será substituída pelo ativo original, mesmo que você substitua uma única imagem. Em outras palavras, você não pode ter uma combinação de FPO e imagens originais para o mesmo ativo no seu arquivo do InDesign.  

Importar imagens de alta resolução (300 dpi) (usando as opções Inserir cópia ou Inserir vinculado) no layout do InDesign pode fazer com que o aplicativo pareça não responder. Isso ocorre porque todos os arquivos devem ser baixados localmente. Se o servidor do Experience Manager estiver protegido por uma rede lenta, talvez seja necessário aguardar um tempo considerável antes de retomar o trabalho.

Se os FPOs estiverem disponíveis, você poderá fazer referência a várias imagens FPO no Experience Manager Assets simultaneamente e trabalhar com mais eficiência no design do layout em etapas. Após a finalização do design, basta baixar os ativos originais de alta resolução para substituir os ativos de espaço reservado. 

Você pode soltar os FPOs em qualquer lugar da página do InDesign e fazer referência ao ativo.

Imagem colocada em qualquer lugar
FPO colocado aleatoriamente

Se você fizer referência dentro de um quadro, o FPO será colocado no quadro.

Colocado no quadro
FPO colocado no quadro

Observação:

Dependendo da configuração do Experience Manager, quando representações FPO são colocadas sem um quadro, seu tamanho pode ser diferente do original (elas mantêm a proporção). Sendo assim, recomendamos que primeiro você insira os ativos vinculados do Experience Manager em um quadro.

Se você criar um pacote para um documento do InDesign 2020 com vínculos quebrados, o painel Vínculos e imagens será exibido em vez do painel Adobe Asset Link (no modo Revincular). Ao tentar vincular novamente na caixa de diálogo, o diretório local será aberto.

Quando você retira um ativo, os arquivos são armazenados em um local especificado pela configuração de retirada. O local padrão é Arquivos da Creative Cloud.

Para alterar a configuração de retirada, faça o seguinte:

  1. Escolha Configuração de retirada no menu do painel.

  2. Na lista suspensa Local de retirada, selecione Arquivos da Creative Cloud ou Disco rígido.

    Arquivos da Creative Cloud

    Os ativos retirados são sincronizados na nuvem com a Creative Cloud. No entanto, verifique se a Sincronização de arquivos está ativada e não em pausa.

    Se você estiver usando o Adobe Asset Link em outro dispositivo, os ativos também estarão disponíveis e poderão ser verificados nele.

    Disco rígido

    Os ativos são retirados para uma pasta local do seu dispositivo. Se você estiver retirando ativos paras suas pastas locais, registre o ativo no mesmo dispositivo.

    Os arquivos retirados são salvos na mesma estrutura de pastas do Experience Manager Assets. A pasta pai, no entanto, depende da sua configuração de retirada.

    Caminho do Experience Manager Assets

    Caminho da página Creative Cloud Assets

    Caminho do disco rígido

    /content/dam/pictures/fall/blue-wall-architecture.jpg

    Creative Cloud Files\AEM Assets\pictures\fall\blue-wall-architecture.jpg

    C:\Users\<Nome do usuário>\AEM Assets\pictures\fall\blue-wall-architecture.jpg

    Observação:

    Depois que os arquivos forem registrados novamente, eles não estarão mais disponíveis no local especificado na configuração de retirada.

  3. Clique em Salvar.

Para modificar seus ativos, você pode retirá-los do Experience Manager Assets diretamente no aplicativo de criação em que estiver trabalhando e começar a editá-los imediatamente. Para retirar um ativo, faça o seguinte:

  1. Clique no botão Mais opções abaixo do ativo.

  2. Clique em Retirar.

    O ativo é retirado do Experience Manager Assets e aberto no seu aplicativo da Creative Cloud. A miniatura do ativo exibe um ícone com o status “retirado”.

    Nos bastidores, os arquivos são armazenados na pasta especificada pela Configuração de retirada até que o registro seja feito novamente. Todos os ativos retirados são salvos em uma pasta mestra chamada Experience Manager Assets na Creative Cloud.

    Cuidado:

    Não mova, renomeie ou exclua um ativo do local de retirada. Alterar o caminho do arquivo interrompe o vínculo com o Experience Manager Assets, e você não poderá registrar o ativo.

Você pode colaborar com outros usuários e compartilhar uma pasta privada de sua conta da Creative Cloud com usuários específicos. A colaboração funciona perfeitamente se o local de retirada estiver definido como Arquivos da Creative Cloud. Você pode acessar o arquivo usando a Creative Cloud e compartilhá-lo.

Observação:

Depois que você registrar um ativo no painel Adobe Asset Link, o ativo não será mais exibido com seus ativos da Creative Cloud.

Para colaborar usando a página Creative Cloud Assets, faça o seguinte:

  1. Modifique e salve o ativo retirado.

  2. Navegue até o ativo usando o site Creative Cloud Assets. Como alternativa, você pode navegar até o ativo no seu dispositivo usando o Finder ou o Explorer.

    • Se você estiver no site, clique no botão Mais opções da pasta e escolha Compartilhar.
    • Se estiver no seu dispositivo, no menu de contexto, escolha uma opção para compartilhar.

    Para saber mais sobre colaboração, consulte Colaborar em bibliotecas e pastas da Creative Cloud.

Você pode registrar ativos novamente no Experience Manager Assets com o controle de versões e os comentários apropriados após terminar de editá-los no aplicativo da Creative Cloud.

Para registrar um ativo, faça o seguinte:

  1. Clique no botão Mais opções do ativo e selecione Registrar.

    Observação:

    Depois de editar seu ativo, não se esqueça de salvá-lo (Ctrl + S) antes de registrá-lo.

  2. Adicione seus comentários e clique em Registrar.

    Os comentários inseridos são exibidos no Experience Manager Assets junto com a versão do ativo.

    Observação:

    Após registrar os ativos, eles serão movidos automaticamente da pasta do Experience Manager Assets especificada na configuração de retirada para uma pasta excluída.

Para descartar as alterações feitas em um ativo retirado, você pode cancelar a retirada. O cancelamento da retirada libera o ativo e o desbloqueia para que outros usuários o retirem e o modifiquem. Cancelar a retirada resulta na perda das alterações.

  1. Clique no botão Mais opções abaixo do ativo.

  2. Clique em Cancelar retirada.

  3. Clique em Continuar.

    O ativo é liberado e removido do local de retirada. A miniatura do ativo não exibe mais um ícone com o status “retirado”.

Você pode acessar detalhes do arquivo dos ativos no Experience Manager Assets, como miniatura, metadados básicos e versões, diretamente no painel.

Para acessar os detalhes do arquivo, abra o menu de contexto e selecione Detalhes do arquivo. Você também pode clicar diretamente na miniatura ou no nome do ativo no painel e acessar os detalhes do arquivo. Para exibir todas as versões de um ativo, clique na lista Versão.

Com o Adobe Asset Link, as marcas podem facilmente conceder acesso a ativos de projetos às agências adicionando-as como um domínio confiável em seu ambiente. Para obter instruções passo a passo, consulte Domínios autorizados. Se a confiança no domínio não estiver em conformidade com a política da empresa, a empresa deverá fornecer uma licença da Creative Cloud para corporações à agência para que seus ativos pertençam à empresa.

Logotipo da Adobe

Fazer logon em sua conta