No Adobe Photoshop, saiba mais como as cores são criadas e como elas se relacionam entre si, o que ajuda você a trabalhar com mais eficiência.

Compreensão das cores

Entender como as cores são criadas e como elas se relacionam uma com a outra permite trabalhar de maneira mais eficiente no Photoshop. Em vez de obter um efeito por acaso, você produzirá resultados consistentes graças ao entendimento dos conceitos básicos das cores.

Cores primárias

As cores primárias aditivas são as três cores de luz (vermelho, verde e azul), que produzem todas as cores no espectro visível quando adicionadas em combinações diferentes. A adição de partes iguais de luz vermelha, azul e verde produz a cor branca. A ausência completa da luz vermelha, azul e verde resulta na cor preta. Os monitores de computador são dispositivos que usam as cores primárias para criar cores.

Cores cumulativas (RGB) do Photoshop
Cores aditivas (RGB)

A. Vermelho B. Verde C. Azul 

As cores primárias subtrativas são pigmentos que criam um espectro de cores quando combinadas de maneiras diferentes. De forma diferente à dos monitores, as impressoras misturam as cores primárias subtrativas (pigmentos ciano, magenta, amarelo e preto) para produzir outras cores. O termo "subtrativo" é usado porque as cores primárias são puras até serem misturadas, resultando em cores que consistem em versões menos puras. Por exemplo, o laranja é criado por meio da mistura subtrativa de magenta e amarelo.

Cores subtrativas (CMYK) do Photoshop
Cores subtrativas (CMYK)

A. Ciano B. Magenta C. Amarelo D. Preto 

Disco de cores

Caso você ainda não esteja familiarizado com o ajuste dos componentes de cor, tenha em mãos um diagrama do disco de cores padrão ao trabalhar com equilíbrio de cores. É possível utilizar o disco de cores para prever como a alteração em um componente de cor afeta as outras cores e como as alterações são convertidas entre modelos de cores RGB e CMYK.

Disco de cores do Photoshop
Disco de cores

A. Vermelho B. Amarelo C. Verde D. Ciano E. Azul F. Magenta 

Por exemplo, é possível diminuir a intensidade de qualquer cor em uma imagem aumentando a intensidade de seu oposto no disco de cores e vice-versa. As cores que estão em posições opostas entre si no disco de cores padrão são conhecidas como cores complementares. Da mesma forma, é possível aumentar e diminuir uma cor ajustando as duas cores adjacentes no disco ou até mesmo ajustando as duas cores adjacentes à cor oposta.

Em uma imagem CMYK, é possível reduzir a cor magenta reduzindo a quantidade dessa cor ou aumentando o seu complemento, a cor verde (a cor no lado oposto ao magenta no disco de cores). Em uma imagem RGB, pode-se reduzir a cor magenta removendo vermelho e azul ou adicionando verde. Todos esses ajustes resultam em um equilíbrio de cores geral com menos magenta.

Modelos, espaços e modos de cores

Um modelo de cor descreve as cores visíveis e trabalha com essas cores em imagens digitais. Cada modelo de cor, como RGB, CMYK ou HSB, representa um método diferente (geralmente, numérico) para descrever a cor.

Um espaço de cores é uma variante de um modelo de cor e tem um gamut (faixa) específico de cores. Por exemplo, dentro do modelo de cores RGB, há vários espaços de cores: Adobe RGB, sRGB, ProPhoto RGB etc.

Cada dispositivo, como o monitor ou a impressora, tem um espaço de cores próprio e pode reproduzir cores apenas nesse gamut. Quando uma imagem é movida de um dispositivo para outro, as cores da imagem podem ser alteradas, porque cada dispositivo interpreta os valores RGB ou CMYK de acordo com o seu próprio espaço de cores. Você pode usar o gerenciamento de cores quando mover imagens, para assegurar que a maioria das cores é a mesma ou bastante semelhante, o suficiente para terem uma aparência consistente. Consulte Por que as cores às vezes não correspondem.

No Photoshop, o modo de cores de um documento determina o modelo de cor usado para exibir e imprimir a imagem na qual você está trabalhando. Os modos de cores do Photoshop têm como base os modelos de cores que são úteis para imagens usadas na editoração. É possível escolher entre RGB (Vermelho, Verde e Azul), CMYK (Ciano, Magenta, Amarelo e Preto), Cores Lab (com base no CIE L*a* b*) e Tons de Cinza. O Photoshop também inclui modos para saídas de cores especializadas, como Cores Indexadas e Duotônico. Os modos de cores determinam o número de cores, o número de canais e o tamanho do arquivo de uma imagem. A escolha do modo de cor determina também as ferramentas e os formatos de arquivo disponíveis. Consulte Modos de cores.

Ao trabalhar com essas cores em uma imagem, você ajustará os valores numéricos em um arquivo. É fácil imaginar um número como uma cor, mas esses valores numéricos não são cores absolutas em si mesmos, eles apenas têm um significado de cores no espaço de cores do dispositivo que está produzindo a cor.

Ajustar matiz, saturação e brilho da cor

Com base na percepção humana da cor, o modelo HSB descreve as três características fundamentais da cor:

Matiz

Cor refletida de ou transmitida por meio de um objeto. É medida como um local no disco de cores padrão, expresso como um grau entre 0° e 360°. No uso comum, a matiz é identificada pelo nome da cor, como vermelho, laranja ou verde.

Saturação

Intensidade ou pureza da cor (às vezes, denominada croma). A saturação representa a intensidade de cinza na proporção da matiz, medida como uma porcentagem de 0% (cinza) a 100% (totalmente saturado). No disco de cores padrão, a saturação aumenta do centro para a aresta.

Brilho

A luminosidade ou escurecimento relativo da cor, geralmente medido como a porcentagem de 0% (preto) a 100% (branco).

Modelo de cores HSB do Photoshop
Modelo de cores HSB

A. Matiz B. Saturação C. Brilho 

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online