Salvar estados de imagem como instantâneos

Para gravar o estado de uma imagem a qualquer momento, crie um instantâneo. Os instantâneos são representações armazenadas de uma imagem que contêm o conjunto completo de edições feitas até o momento em que o instantâneo foi criado. A criação de instantâneos de uma imagem em vários momentos do processo de edição permite comparar facilmente os efeitos dos ajustes feitos por você. Também é possível retornar a um estado anterior, caso deseje usá-lo em outro momento. Outro benefício dos instantâneos é que eles permitem que você trabalhe a partir de várias versões de uma imagem, sem precisar duplicar o original.

Crie e gerencie instantâneos usando a guia Instantâneos da caixa de diálogo Camera Raw.

  1. Para criar um instantâneo, clique no botão Novo instantâneo  na parte inferior da guia Instantâneos.
  2. Digite um nome na caixa de diálogo Novo instantâneo e clique em OK.

    O instantâneo é exibido na lista da guia Instantâneos.

Quando trabalhar com instantâneos, execute um dos seguintes procedimentos:

  • Para renomear um instantâneo, clique nele com o botão direito do mouse (Windows) ou com a tecla Control pressionada (Mac OS) e escolha Renomear.

  • Clique em um instantâneo para alterar as configurações atuais da imagem para as configurações do instantâneo selecionado. A visualização da imagem também será atualizada.

  • Para atualizar ou substituir um instantâneo com configurações atuais da imagem, clique nele com o botão direito do mouse (Windows) ou com a tecla Control pressionada (Mac OS) e escolha Atualizar com as configurações atuais.

  • Para desfazer as alterações feitas no instantâneo, clique em Cancelar.

    Observação: Seja cauteloso ao clicar em Cancelar para desfazer as mudanças de instantâneos. Todos os ajustes de imagem feitos durante a sessão de edição atual também serão perdidos.

  • Para excluir um instantâneo, selecione-o e clique no botão Lixeira  na parte inferior da guia. Ou clique no instantâneo com o botão direito do mouse (Windows) ou com a tecla Control pressionada (Mac OS) e escolha Excluir.

Observação:

Se você aplicar instantâneos no Photoshop Lightroom, é possível editá-los na caixa de diálogo Camera Raw (e vice-versa).

Salvar, redefinir e carregar configurações do Camera Raw

É possível reutilizar os ajustes feitos em uma imagem. É possível salvar todas as configurações de imagem do Camera Raw ou qualquer subconjunto dessas imagens como uma predefinição ou um novo conjunto de padrões. As configurações padrão são aplicadas a um modelo específico de câmera, um número de série específico de câmera ou uma configuração ISO específica, dependendo das configurações na seção Configurações padrão da imagem das preferências do Camera Raw.

As predefinições são listadas por nome na guia Predefinições, no menu Editar > Configurações de desenvolvimento do Adobe Bridge, no menu de contexto para imagens do Camera Raw no Adobe Bridge e no submenu Aplicar predefinições do menu Configurações do Camera Raw na caixa de diálogo Camera Raw. As predefinições não serão listadas nesses locais se não forem salvas na pasta de configurações do Camera Raw. No entanto, você pode usar o comando Carregar configurações para procurar e aplicar configurações salvas em outros locais.

 

 

Observação:

Você pode salvar e excluir predefinições usando os botões na parte inferior da guia Predefinições.

  1. Clique no botão do menu Configurações do Camera Raw e escolha um comando no menu:

    Salvar configurações

    Salva as configurações atuais como predefinidas. Escolha as configurações a serem salvas na predefinição e, em seguida, nomeie e salve a predefinição.

    Salvar novos padrões do Camera Raw

    Salva as configurações atuais como novas configurações padrão para outras imagens realizadas com a mesma câmera, como o mesmo modelo de câmera ou a mesma configuração ISO. Selecione as opções adequadas na seção Configurações padrão de imagem das preferências do Camera Raw para especificar se deseja associar os padrões a um número de série de câmera específico ou a uma configuração ISO.

    Redefinir padrões do Camera Raw

    Restaura as configurações padrão originais da câmera, modelo da câmera ou configuração ISO atual.

    Carregar configurações

    Abre a caixa de diálogo Carregar configurações de conversão raw, na qual você navega até o arquivo de configurações, seleciona-o e clica em Carregar.

Especificação do local de armazenamento para configurações do Camera Raw

Escolha uma preferência para especificar o local em que as configurações são armazenadas. Os arquivos XMP são úteis quando você pretende mover ou armazenar os arquivos de imagem e, ao mesmo tempo, deseja preservar as configurações do camera raw. Você pode usar o comando Exportar configurações para copiar as configurações no banco de dados do Camera Raw em arquivos XMP secundários ou para incorporar essas configurações em arquivos DNG (Negativo Digital).

Quando um arquivo de imagem camera raw é processado com o Camera Raw, as configurações de imagem são armazenadas em um destes dois locais: no arquivo de banco de dados do Camera Raw ou em um arquivo secundário XMP. Quando um arquivo DNG é processado no Camera Raw, as configurações de imagem são armazenadas no próprio arquivo DNG, mas também podem ser armazenadas em um arquivo secundário XMP. As configurações dos arquivos TIFF e JPEG são sempre armazenadas no próprio arquivo.

Observação:

Quando você importa uma sequência de arquivos camera raw no After Effects, as configurações para o primeiro arquivo são aplicadas a todos os arquivos na sequência que não têm seus próprios arquivos secundários XMP. O After Effects não verifica o banco de dados do Camera Raw.

Uma preferência pode ser definida para especificar o local em que as configurações são armazenadas. Quando uma imagem camera raw é reaberta, todas as configurações assumem como padrão os valores usados na última vez em que o arquivo foi aberto. Os atributos de imagem (perfil do espaço de cores de destino, profundidade de bits, tamanho em pixel e resolução) não são armazenados com as configurações.

  1. No Adobe Bridge, escolha Editar > Preferências do Camera Raw (Windows) ou Bridge > Preferências do Camera Raw (Mac OS). Ou, na caixa de diálogo do Camera Raw, clique no botão Abrir caixa de diálogo Preferências . Ou no Photoshop, escolha Editar > Preferências > Camera Raw (Windows) ou Photoshop > Preferências > Camera Raw (Mac OS).

  2. Na caixa de diálogo Preferências do Camera Raw, escolha uma destas opções no menu Salvar configurações da imagem em:

    Banco de dados do Camera Raw

    Armazena as configurações em um arquivo de banco de dados do Camera Raw, localizado na pasta Document and Settings/[nome do usuário]/Application Data/Adobe/CameraRaw (Windows) ou Users/[nome do usuário]/Library/Preferences (Mac OS). Esse banco de dados é indexado pelo conteúdo do arquivo para que a imagem mantenha configurações do Camera Raw mesmo que o arquivo de imagem do Camera Raw seja movido ou renomeado.

    Arquivos secundários “.XMP”

    Armazena as configurações em um arquivo separado, na mesma pasta do arquivo camera raw, com o mesmo nome base e com uma extensão .xmp. Essa opção é útil para o arquivamento a longo prazo de arquivos raw com configurações associadas e para o intercâmbio desses arquivos camera raw em fluxos de trabalho de vários usuários. Esses mesmos arquivos secundários XMP podem armazenar dados do IPTC (International Press Telecommunications Council) ou outros metadados associados a um arquivo de imagem camera raw. Se os arquivos forem abertos a partir de um volume somente leitura, como um CD ou um DVD, lembre-se de copiá-los para a unidade de disco rígido antes de abri-los. O plug-in do Camera Raw não consegue gravar um arquivo XMP em um volume somente leitura e, portanto, grava as configurações no arquivo de banco de dados do Camera Raw. No Adobe Bridge, você pode exibir arquivos XMP escolhendo Exibir > Mostrar arquivos ocultos.

    Observação:

    Se você estiver usando um sistema de controle de revisão para gerenciar os arquivos e armazenando configurações em arquivos XMP secundários, lembre-se de que é necessário verificar os arquivos secundários na entrada e na saída para alterar imagens do Camera Raw. De maneira semelhante, é necessário gerenciar (por exemplo, renomear, mover e excluir) os arquivos XMP secundários juntamente com os arquivos correspondentes do Camera Raw. O Adobe Bridge, o Photoshop, o After Effects e o Camera Raw fazem essa sincronização de arquivos enquanto você trabalha com os arquivos localmente.

    Observação:

    Se você armazena as configurações do Camera Raw no banco de dados do Camera Raw e pretende mover os arquivos para um local diferente (CD, DVD, outro computador e assim por diante), use o comando Exportar configurações para XMP para exportar as configurações para arquivos XMP secundários.

  3. Se deseja armazenar todos os ajustes de arquivos DNG nos próprios arquivos DNG, selecione Ignorar arquivos secundários “.XMP” na seção Tratamento de arquivos DNG da caixa de diálogo Preferências do Camera Raw.

Cópia e colagem de configurações do Camera Raw

No Adobe Bridge, é possível copiar e colar as configurações do Camera Raw de um arquivo de imagem para outro.

  1. No Adobe Bridge, selecione um arquivo e escolha Editar > Configurações de desenvolvimento > Copiar Configurações do Camera Raw.

  2. Selecione um ou mais arquivos e selecione Editar > Configurações de desenvolvimento > Colar Configurações do Camera Raw.

    Observação:

    Você também pode clicar com o botão direito do mouse (Windows) ou com a tecla Control pressionada (Mac OS) em arquivos de imagens para copiar e colar usando o menu de contexto.

  3. Na caixa de diálogo Colar configurações do Camera Raw, escolhas as configurações a serem aplicadas.

Aplicação de configurações salvas do Camera Raw

  1. No Adobe Bridge ou na caixa de diálogo Camera raw, selecione um ou mais arquivos.
  2. No Adobe Bridge, escolha Editar > Desenvolver configurações ou clique com o botão direito do mouse em um arquivo selecionado. Ou, na caixa de diálogo Camera Raw, clique no menu Configurações do Camera Raw .
  3. Escolha uma das seguintes opções:

    Configurações da imagem

    Usa as configurações da imagem do Camera Raw selecionada. Essa opção está disponível apenas no menu Configurações do Camera Raw na caixa de diálogo Camera Raw.

    Padrões do Camera Raw

    Usa as configurações padrão salvas para uma câmera específica, o modelo da câmera ou a configuração ISO.

    Conversão anterior

    Usa as configurações da imagem anterior, da mesma câmera, do mesmo modelo de câmera ou configuração ISO.

    Nome predefinido

    Usa as configurações (que podem ser um subconjunto de todas as configurações da imagem) salvas como uma predefinição.

    Como aplicar uma predefinição
    Aplicação de uma predefinição

    Observação:

    É possível também aplicar essas predefinições na guia Predefinições.

Exportação de configurações do Camera Raw e visualizações DNG

Se você armazena as configurações de arquivos no banco de dados do Camera Raw, você pode usar o comando Exportar configurações para exportar as configurações para arquivos XMP secundários ou incorporá-las em arquivos DNG. Isso é útil para preservar as configurações de imagem junto com arquivos camera raw quando esses arquivos forem movidos.

Você também pode atualizar visualizações JPEG incorporadas a arquivos DNG.

  1. Abra os arquivos na caixa de diálogo Camera Raw.
  2. Se você estiver exportando configurações ou visualizações para vários arquivos, selecione as miniaturas correspondentes na visualização Tira de filme.
  3. No menu Configurações do Camera Rawescolha Exportar configurações para XMP ou Atualizar visualizações DNG.

    Os arquivos secundários XMP são criados na mesma pasta que os arquivos de imagem camera raw. Se os arquivos de imagem camera raw tiverem sido salvos no formato DNG, as configurações serão incorporadas aos próprios arquivos DNG.

Especificação de opções de fluxo de trabalho do Camera Raw

As opções de fluxo de trabalho especificam as configurações de todas as saídas de arquivos do Camera Raw, incluindo a profundidade de bits de cor, o espaço de cor, a nitidez da saída e as dimensões em pixels. As opções de fluxo de trabalho determinam como o Photoshop abre esses arquivos, mas não afetam o modo como o After Effects importa um arquivo camera raw. As configurações do fluxo de trabalho não afetam os dados do camera raw.

Para especificar as configurações das opções dos fluxos de trabalho, clique no texto sublinhado na parte inferior da caixa de diálogo Camera Raw.

Espaço

Especifica o perfil das cores de destino. Geralmente, defina o Espaço para o perfil de cor que você usa no seu espaço de trabalho RGB do Photoshop. O perfil de origem de arquivos de imagem camera raw é normalmente o espaço de cores original da câmera. Os perfis listados no menu Espaço estão incorporados ao Camera Raw. Para usar um espaço de cores não listado no menu Espaço, escolha ProPhoto RGB e, em seguida, converta no espaço de trabalho desejado quando o arquivo for aberto no Photoshop.

Profundidade

Especifica se o arquivo é aberto como uma imagem de 8 bpc ou 16 bpc no Photoshop.

Tamanho

Especifica as dimensões em pixels da imagem quando ela é importada para o Photoshop. As dimensões em pixels padrão são as utilizadas para fotografar a imagem. Para redefinir a resolução de uma imagem, use o menu Tamanho do corte.

Para câmeras de pixels quadrados, a escolha de um tamanho menor do que o original pode acelerar o processamento se você estiver planejando uma imagem final menor. Selecionar um tamanho maior é como aumentar a resolução no Photoshop.

Para câmeras com pixels não quadrados, o tamanho original é o que preserva com mais exatidão o número total de pixels. A seleção de um tamanho diferente minimiza a redefinição da resolução que deve ser executada pelo Camera Raw, resultando em um aprimoramento moderado da qualidade das imagens. O tamanho que representa a melhor qualidade é marcado com um asterisco (*) no menu Tamanho.

Observação: Será sempre possível alterar o tamanho de pixels da imagem após ela ter sido aberta no Photoshop.

Resolução

Especifica a resolução na qual a imagem é impressa. Essa configuração não afeta as dimensões em pixels. Por exemplo, uma imagem de 2048 x 1536 pixels, quando impressa em 72 dpi, apresenta cerca de 28-1/2 x 21-1/4 polegadas. Quando impressa em 300 dpi, a mesma imagem apresenta cerca de 6-3/4 x 5-1/8 polegadas. Você também pode usar o comando Tamanho da imagem para ajustar a resolução no Photoshop.

Tornar mais nítido para

Permite aplicar a nitidez de saída para tela, papel fosco ou papel brilhante. Se você aplicar a nitidez de saída, será possível alterar o menu pop-up Intensidade para Baixa ou Alta, para aumentar ou diminuir a intensidade da nitidez aplicada. Na maioria dos casos, a configuração Intensidade pode ficar na opção Padrão.

Abrir no Photoshop como Objetos inteligentes

Faz com que as imagens Camera Raw sejam abertas no Photoshop como uma camada de Objeto inteligente em vez de uma camada de fundo ao clicar no botão Abrir. Para anular essa preferência para imagens selecionadas, pressione Shift ao clicar em Abrir.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online