Sobre o gerenciamento de cores em aplicativos Adobe

O gerenciamento de cores da Adobe o ajuda a manter a aparência das cores quando você importa imagens de origens externas, edita documentos e os transfere entre aplicativos Adobe e gera composições concluídas. A base desse sistema são as convenções desenvolvidas pelo International Color Consortium, um grupo responsável pela padronização de procedimentos e formatos de perfis para que seja possível obter cores uniformes e precisas em um fluxo de trabalho.

Por padrão, o gerenciamento de cores está ativado em aplicativos Adobe com gerenciamento de cores. Se você adquiriu o Adobe Creative Suite, as configurações de cores são sincronizadas entre os aplicativos para permitir uma exibição uniforme de cores RGB e CMYK. Isso significa que as cores têm a mesma aparência, independentemente do aplicativo no qual sejam exibidas. 

As configurações de cores do Adobe Creative Suite são sincronizadas em um local central por meio do Adobe Bridge.

Se você decidir alterar as configurações padrão, predefinições práticas e fáceis permitirão configurar o gerenciamento de cores da Adobe para atender às condições de saída comuns. Você também pode personalizar as configurações de cores para atender às necessidades de seu fluxo de trabalho com cores específico.

Lembre-se de que os tipos de imagens com os quais trabalha e seus requisitos de saída afetam a forma como você utiliza o gerenciamento de cores. Por exemplo, existem questões diferentes de uniformidade de cores em um fluxo de trabalho de impressão de fotos RGB, em um fluxo de trabalho de impressão CMYK comercial, em um fluxo de trabalho de impressão digital RGB/CMYK mista e em um fluxo de trabalho de publicação na Internet.  

Etapas básicas para a produção de cores uniformes

1. Consulte seus parceiros de produção (se houver) para garantir que todos os aspectos de seu fluxo de trabalho de gerenciamento de cores se integrem facilmente com o deles.

Discuta com os seus grupos de trabalho e fornecedores de serviços como será a integração do fluxo de trabalho com cores, como software e hardware serão configurados para integração no sistema de gerenciamento de cores e em que nível esse gerenciamento será implementado. (Consulte Precisa de gerenciamento de cores?)

2. Calibre o monitor e crie um perfil para ele.

Um perfil de monitor é o primeiro perfil que você deve criado. Ver cores com precisão é essencial se você estiver tomando decisões criativas que envolvam a cor que você especifica em seu documento. (Consulte Calibre o monitor e crie um perfil para ele.)

Adicione perfis em seu sistema para qualquer dispositivo de entrada e de saída que você planeja usar, como scanners e impressoras.

O sistema de gerenciamento de cores utiliza perfis para detectar como um dispositivo produz cores e quais são as cores reais de um documento. Perfis de dispositivos geralmente são instalados quando um dispositivo é adicionado ao sistema. Você também pode usar software e hardware de terceiros para criar perfis mais precisos para condições e dispositivos específicos. Se o seu documento destinar-se a ser impresso comercialmente, entre em contato com o provedor de serviços para determinar o perfil do dispositivo ou da condição de impressão. (Consulte Sobre perfis de cores e Instalar um perfil de cor.)

4. Configure o gerenciamento de cores em aplicativos Adobe.

As configurações de cores padrão são suficientes para a maioria dos usuários. Porém, você pode alterar as configurações de cores executando um dos procedimentos a seguir:

  • Se você usar vários aplicativos Adobe, utilize o Adobe® Bridge para escolher uma configuração de gerenciamento de cores padrão e sincronizar as configurações de cores em todos os aplicativos antes de trabalhar com documentos. (Consulte Sincronizar as configurações de cores nos aplicativos da Adobe.)

  • Se você usar somente um aplicativo Adobe ou desejar personalizar as opções de gerenciamento de cores avançadas, poderá alterar as configurações de cores de um aplicativo específico. (Consulte Configurar gerenciamento de cores.)

5. (Opcional) Visualize cores usando uma prova de monitor.

Depois de criar um documento, você pode usar uma prova de monitor para ver a aparência das cores quando impressas ou exibidas em um dispositivo específico. (Consulte Prova de cores em mídia eletrônica.)

Observação:

Somente a prova de cores em mídia eletrônica não permite ver a aparência da superimposição quando impressa em uma impressora offset. Se você trabalhar com documentos que contenham superimposições, ative a Visualização de superimposição para visualizar as superimposições com precisão em uma prova de monitor. No Acrobat, a opção Visualização de superimposição é aplicada automaticamente.

6. Use o gerenciamento de cores ao imprimir e salvar arquivos.

Manter a aparência uniforme das cores em todos os dispositivos do fluxo de trabalho é o objetivo do gerenciamento de cores. Deixe as opções de gerenciamento de cores ativadas ao imprimir documentos, salvar arquivos e preparar arquivos para exibição on-line. (Consulte Imprimir com gerenciamento de cores e Documento para gerenciar cores para visualização on-line.)

Sincronizar as configurações de cor em aplicativos Adobe

Caso utilize o Adobe Creative Suite, você poderá usar o Adobe Bridge para sincronizar automaticamente as configurações de cores nos aplicativos. Essa sincronização garante que as configurações de cor tenham a mesma aparência em todos os aplicativos Adobe com gerenciamento de cores.

Se as configurações de cores não estiverem sincronizadas, uma mensagem de aviso será exibida na parte superior da caixa de diálogo Configurações de cores de cada aplicativo. A Adobe recomenda que você sincronize as configurações de cores antes de trabalhar com documentos novos ou existentes.

  1. Abra o Bridge.
    Para abrir o Bridge em um aplicativo do Creative Suite, escolha Arquivo > Procurar. Para abrir o Bridge diretamente, escolha Adobe Bridge no menu Iniciar (Windows) ou clique duas vezes no ícone do Adobe Bridge (Mac OS).
  2. Escolha Editar > Configurações de Cor da Creative Suite.
  3. Selecione uma configuração de cor na lista e clique em Aplicar.
    Se nenhuma configuração padrão atender a seus requisitos, selecione Mostrar lista expandida de arquivos de configurações de cores para exibir outras configurações. Para instalar um arquivo de configurações personalizado, como um arquivo recebido de um provedor de serviços de impressão, clique em Mostrar arquivos de configurações de cores salvos.

Configuração do gerenciamento de cores

  1. Siga um destes procedimentos:
    • (Illustrator, InDesign, Photoshop) Escolha Editar > Configurações de cores.

    • (Acrobat) Na caixa de diálogo Preferências, selecione a categoria Gerenciamento de cores.

  2. Selecione uma configuração de cores no menu Configurações e clique em OK.

    A configuração selecionada determina as áreas de trabalho de cores usadas pelo aplicativo, o que ocorre quando você abre e importa arquivos com perfis incorporados, e como o sistema de gerenciamento de cores converte cores. Para exibir a descrição de uma configuração, selecione-a e posicione o ponteiro sobre seu nome. A descrição é exibida na parte inferior da caixa de diálogo.

Observação:

As configurações de cores do Acrobat são um subconjunto daquelas usadas no InDesign, Illustrator e no Photoshop.

Em certas situações, como quando o provedor de serviços fornece um perfil de saída personalizado, pode ser preciso personalizar opções específicas na caixa de diálogo Configurações de cores. Porém, a personalização é recomendada somente para usuários avançados.

Observação:

Se você trabalha com mais de um aplicativo Adobe, é altamente recomendável sincronizar as configurações de cores em todos os aplicativos. (Consulte Sincronizar configurações de cores em aplicativos Adobe.)

Alterar a aparência do preto CMYK (Illustrator, InDesign)

O preto CMYK puro (K=100) aparece como preto azeviche (ou rich black) quando visualizado na tela, impresso em impressora de mesa que não seja PostScript ou exportado para um formato de arquivo RGB. Se preferir ver a diferença entre preto puro e rich black como aparecerão quando impressos em impressora comercial, você poderá alterar as preferências de Aparência do preto. Essas preferências não alteram os valores de cor em um documento.

  1. Escolha Editar > Preferências > Aparência do preto (Windows) ou [nome do aplicativo] > Preferências > Aparência do preto (Mac OS).
  2. Selecione uma opção para Na tela:
    Exibir todos os pretos com precisão exibe        Exibe preto CMYK puro como cinza escuro. Essa configuração permite ver a diferença entre preto puro e rich black.
    Exibir todos os pretos como rich black Exibe preto CMYK puro como preto azeviche (RGB=000). Essa configuração faz com que preto puro e rich black tenham a mesma aparência na tela.
  3. Escolha uma opção para Impressão/Exportação:
    Saída de todos os pretos com precisão        Ao imprimir em uma impressora de mesa não PostScript ou ao exportar para um formato de arquivo RGB, o preto CMYK puro é gerado usando os números de cores no documento. Essa configuração permite ver a diferença entre preto puro e rich black.
    Saída de todos os pretos como rich black        Ao imprimir em uma impressora de mesa não PostScript ou ao exportar para um formato de arquivo RGB, o preto CMYK puro é gerado como preto azeviche (RGB=000). Essa configuração faz com que preto puro e rich black tenham a mesma aparência.

Processo de gerenciamento e cores especiais

Quando o gerenciamento de cores está ativado, qualquer cor aplicada ou criada em um aplicativo Adobe com gerenciamento de cores utiliza automaticamente um perfil de cor que corresponda ao documento. Se você alternar entre modos de cores, o sistema de gerenciamento de cores usará os perfis apropriados para converter a cor no novo modelo de cor escolhido.

Lembre-se das diretrizes a seguir para trabalhar com cores do processo e especiais:

  • Escolha uma área de trabalho CMYK que se corresponda às suas condições de saída CMYK para garantir que você possa definir e visualizar as cores do processo com precisão.
  • Selecione cores em um biblioteca de cores. Os aplicativos Adobe vêm com diversas bibliotecas de cores padrão, que você pode carregar utilizando o menu do painel Amostras.
  • (Illustrator e InDesign) Ative a Visualização de superimposição para obter uma visualização precisa e uniforme das cores especiais.
  • (Acrobat, Illustrator e InDesign) Use valores Lab (o padrão) para exibir cores especiais predefinidas (como cores das bibliotecas TOYO, PANTONE, DIC e HKS) e converter essas cores em cores de processo. A utilização de valores Lab fornece mais precisão e garante a exibição uniforme de cores em aplicativos do Creative Suite. Se desejar que a exibição e a saída dessas cores sejam correspondentes às versões anteriores do Illustrator ou do InDesign, use valores CMYK equivalentes. Para obter instruções sobre como alternar entre valores Lab e CMYK das cores spot, pesquise na Ajuda do Illustrator ou do InDesign.

Observação:

As cores especiais com o gerenciamento de cores permite exibir com mais precisão uma cor especial em um dispositivo de prova e monitor. Entretanto, é difícil reproduzir com exatidão uma cor especial em um monitor ou em um dispositivo de prova porque existem muitas tintas de cores especiais fora das gamas de cores desses dispositivos.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online