As notificações técnicas do Adobe Sign estão ordenadas abaixo com a atualização atual na parte superior e em ordem cronológica à medida que você rola a página para baixo.

[Novo] Fim do suporte para versões do Sign Mobile OS

Relatado primeiro em: maio de 2019 Atual

Fim do suporte para versões do Sign Mobile OS

A partir de 31 de agosto de 2019, para aproveitar os recursos lançados mais recentemente em aplicativos móveis do Sign.

  • O aplicativo móvel iOS do Adobe Sign requer iOS 10 e superior
  • O aplicativo móvel Android do Adobe Sign requer Android 5 e superior

Os aplicativos móveis do Adobe Sign são compatíveis com as versões mais recentes do iOS e também do Android. Continuaremos a oferecer suporte ao seguinte:

  • A versão mais recente e até duas versões anteriores do iOS
  • A versão mais recente e até quatro versões anteriores do Android

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para as versões de SO móvel compatíveis mais recentes antes de 31 de agosto de 2019 para obter acesso aos recursos mais recentes. Os aplicativos móveis do Adobe Sign em sistemas operacionais mais antigos continuarão a funcionar, mas não serão atualizados com os recursos lançados recentemente.

Consulte os Requisitos de sistema aqui >


Nova versão: Adobe Sign de maio de 2019

Relatado primeiro em: abril de 2019 Atual

A versão do produto de maio de 2019 do Adobe Sign está programada para o fim de maio.

Essa versão do produto inclui recursos novos e aprimorados para administradores e usuários finais. 

Nenhum tempo de inatividade para o serviço é esperado durante esta versão.


Aviso de segurança: o Adobe Sign encerrará o suporte para modelos de autenticação de API mais antigos em agosto de 2019

Relatado primeiro em: agosto de 2018  Atual

A Adobe está comprometida em oferecer uma experiência de produto confiável e segura para nossos clientes, aderindo aos protocolos padrão de segurança mais recentes do setor. Como parte desse processo, o Adobe Sign vai descontinuar em agosto de 2019 o suporte a modelos antigos de autenticação de APIs que permitiam o envio de nome de usuário e senha na chamada de API.

 

IMPACTO

Os clientes que usam o modelo de autenticação antigo precisarão migrar para a nova autenticação baseada em OAuth. 

 

AÇÃO NECESSÁRIA

  • Os clientes que usam uma integração devem atualizar para a versão mais recente. Consulte os guias de referência de todas as mais recentes integrações de parceiros criadas pela Adobe.
  • Os clientes que criaram sua própria integração personalizada com o Adobe Sign precisarão atualizar para a autenticação baseada em OAuth mais recente. Para obter mais detalhes, consulte o Guia de migração.
  • Usuários de dispositivos móveis precisarão atualizar para a versão mais recente do aplicativo do Adobe Sign para iOS e Android.

 


Fim de vida útil da SOAP API programado para junho de 2020

Relatado primeiro em: junho de 2018 Atual

Com o lançamento da API REST Versão 6, que fornece a melhor experiência de programação para desenvolvedores do Adobe Sign, a SOAP API foi descontinuada e não será mais suportada após junho de 2020.  A API REST é agora a interface de preferência para integradores e desenvolvedores de aplicativos e a implantação futura deve migrar para essa API.

Aqui estão algumas referências para ajudar com a transição:

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você desenvolveu uma integração ou um aplicativo para o serviço do Adobe Sign com base na API SOAP, terá que reescrever o aplicativo usando, pelo menos, a API REST Versão 6 até junho de 2020.  Comunicações diretas com desenvolveres e integradores ocorrerão ao longo de vários trimestres para garantir uma transição sem problemas para a API mais recente.


Recursos adicionais


Notificações anteriores

Nova versão: Adobe Sign para Salesforce v21

Relatado primeiro em: março de 2019 Removido da lista atual em: maio de 2019

Adobe Sign para Salesforce v21 agora está disponível. Esta versão inclui novos recursos para administradores e usuários, incluindo: 

  • Definir fluxos de assinatura de repetição - a renovação do modelo de contrato torna fácil criar e manter seus fluxos de trabalho de assinatura por meio de modelos de contrato da Adobe
  • Community Cloud - tenha os documentos assinados com o Adobe Sign em todo o portal do Salesforce (cliente, parceiro, funcionário, cidadãos).  Os usuários iniciam e controlam seus contratos direitamente de seu portal
  • Conector CPQ do Salesforce - atualização do connector CPQ para permitir a coleta dos pagamentos ao assinar o documento e ao adicionar campos de formulário
  • Id emitida pelo governo - exija que os signatários verifiquem sua ID com uma identidade emitida pelo governo

 

A atualização está disponível na lista AppExchange do Salesforce no Adobe Sign. 


Novo modelo (2019) W-4 disponível

Relatado primeiro em: janeiro de 2019 Removido da lista atual em: maio de 2019

O novo formulário IRS W-4 (2019) foi adicionado à biblioteca do Adobe Sign, chamada W-4 2019 (Certificado de retenção de permissão do funcionário)

 

AÇÃO NECESSÁRIA

O novo modelo de formulário W-4 tem um novo valor libraryDocumentId. Se você usar o valor libraryDocumentId do modelo existente nos aplicativos, precisará atualizá-lo.

A versão de 2018 será removida do sistema em maio de 2019.

Aplicativos ou APIs que estiverem usando o formulário antigo (ver 2018) deverão ser atualizados antes de 1º de maio para evitar a interrupção do serviço.

 

Para localizar o valor libraryDocumentId em uma conta habilitada para API:

1    Faça logon como um administrador de conta

2    Clique na guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação de métodos da API REST

3    Na seção GET /libraryDocuments, clique no botão OAUTH ACCESS-TOKEN 

a. Ative o escopo library_read:self

4    Clique no botão Experimente!

5. No Corpo da resposta, localize o novo modelo de formulário W-4 2019 (Employee's Withholding Allowance Certificate) (não a ver. 2018) para ver o valor libraryDocumentId. 

 

Clientes que preferem gerenciar o formulário de impostos diretamente da biblioteca da conta podem baixar um PDF com todas as tags aqui.

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.

find_librarydocid-w9oct2018


Os relatórios de auditoria imutáveis foram lançados nas contas de enterprise e business

Relatado primeiro em: fevereiro de 2019 Removido da lista atual em: abril de 2019

A versão de dezembro introduziu o novo relatório de auditoria imutável ao Adobe Sign para níveis de serviço de equipe, individual e gratuito.

A partir da versão de correção de 19 de fevereiro, as camadas de serviço enterprise e business adotaram o novo formato.

Para obter mais detalhes sobre os novos relatórios de auditoria imutáveis, consulte este artigo.


Novo modelo (2019) W-9 disponível

Reportado primeiro em: dezembro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2019

O novo formulário W-9 do IRS foi adicionado à biblioteca do Adobe Sign, chamado W-9 (Request for Taxpayer Identification Number) ver. 10/18

 

AÇÃO NECESSÁRIA

O novo modelo de formulário W-9 tem um novo valor libraryDocumentId. Se você usar o valor libraryDocumentId do modelo existente nos aplicativos, precisará atualizá-lo.

A versão de 2017 será removida do sistema em abril de 2019.

Aplicativos ou APIs que estiverem usando o formulário antigo (ver 11/17) deverão ser atualizados antes de 1º de abril para evitar a interrupção do serviço.

 

Para localizar o valor libraryDocumentId em uma conta habilitada para API:

1    Faça logon como um administrador de conta

2    Clique na guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação de métodos da API REST

3    Na seção GET /libraryDocuments, clique no botão OAUTH ACCESS-TOKEN 

a. Ative o escopo library_read:self

4    Clique no botão Experimente!

5. No Corpo da resposta, localize o novo modelo de formulário W-9 (Request for Taxpayer Identification Number) ver. 10/18 (não a ver. 11/17) para ver o valor libraryDocumentId. 

 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.

Clientes que preferem gerenciar o formulário de impostos diretamente da biblioteca da conta podem baixar um PDF com todas as tags aqui.


Aviso de segurança da integração do Adobe Sign para Salesforce

Reportado primeiro em: dezembro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2019

Versões afetadas: todas as versões até a 20.9

Clientes do Adobe Sign para Salesforce que usam um site do Salesforce deverão executar a ação. Recentemente, a equipe de segurança do Salesforce reportou um problema de vulnerabilitade. Não foi identificado um impacto a clientes do Adobe Sign, mas uma ação é obrigatória.

Você pode encontrar detalhes completos sobre a ação obrigatória nesta página, além de informações sobre como determinar se você está usando um Site do Salesforce.


Atualização da instância do Salesforce

Reportado primeiro em: dezembro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2019

O Salesforce está realizando atualizações de infraestrutura, que podem resultar na alteração do nome de sua instância do Salesforce. Se isso ocorrer, você precisará atualizar sua configuração de atualização automática. Para fazer isso, acesse a página Administrador do Adobe Sign e selecione Ativar as atualizações automáticas de status do Adobe Sign.

enable_automaticstatusupdates

Como faço para obter mais informações?

Para obter mais informações, entre em contato com o Suporte por meio do aplicativo do Adobe Sign. Suas opções de Suporte são apresentadas ao fazer logon no Adobe Sign (https://secure.echosign.com/public/login) e selecionar o ícone “?” no canto superior direito. Como alternativa, você pode entrar em contato com seu gerente de sucesso do cliente.


O suporte à integração do Adobe Sign para Salesforce v18.x e anteriores será encerrado em 1 de março de 2019.

Relatado primeiro em: novembro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2019

As atualizações de produtos e de segurança e o suporte técnico para o Adobe Sign para Salesforce v18 serão descontinuados em 1 de março de 2019.

  

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para a versão mais recente de nossa integração com o Salesforce para continuar a receber os recursos, as atualizações de segurança e o suporte técnico mais recentes.

Obtenha o Manual de atualização ›

Baixar do AppExchange >

 


Atualização v18.x da integração do Adobe Sign para Salesforce

Reportado primeiro em: dezembro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2019

Recomenda-se que todos os clientes atualizem para a versão mais recente do Adobe Sign para Salesforce antes de 1° de março de 2019.

Depois de março de 2019, autenticar novamente sua conta para receber atualizações automáticas de status do Adobe Sign não funcionará para a v18 e anteriores. 


Se você estiver executando a versão 18 ou uma anterior, é NECESSÁRIO atualizar para continuar a receber suporte.

É pratica recomendada da Adobe que clientes sempre atualizem para a versão mais recente do Adobe Sign for Salesforce, uma vez que essa versão oferece as correções de segurança mais recentes e versões “mais antigas” apresentam uma data de “Fim de suporte”. 


O Preencher e assinar é o padrão para assinar tudo o que é enviado a você

Reportado primeiro em: dezembro de 2018 Removido da lista atual em: março de 2019

Em dezembro de 2018, habilitamos a interface do Preencher e assinar como o modo padrão de assinatura de documentos enviados a você de fora do serviço do Adobe Sign.

O Preencher e assinar oferece a flexibilidade de uma experiência livre de preenchimento e assinatura, ao mesmo tempo que fornece a segurança e a confiança que você espera de assinaturas eletrônicas do Adobe Sign.

Nosso recurso clássico Somente eu assino permanece disponível para clientes Enterprise por meio de uma opção para alternar, mas será descontinuado no futuro a favor de uma experiência simplificada do Preencher e assinar.

nav_to_settings


Atualização v20.11 do Adobe Sign para Salesforce
(correção incremental)

Relatado primeiro em: janeiro de 2019 Removido da lista atual em: março de 2019

Uma nova correção para o Adobe Sign para Salesforce está disponível no AppExchange

Essa correção oferece várias melhorias e correções para os navegadores Edge e Internet Explorer.

A lista completa pode ser encontrada nas notas de versão.


Nova versão: versão de produto de dezembro de 2018 do Adobe Sign

Relatado primeiro em: novembro de 2018 Removido da lista atual em: março de 2019

A atualização do produto de dezembro de 2018 foi lançada conforme o programado com vários aprimoramentos de recursos.

Consulte o conteúdo atualizado nas notas de versão.

 


Alterações planejadas da interface do aplicativo

Relatado primeiro em: julho de 2018 Removido da lista atual em: março de 2019

Página de envio do fluxo de trabalho personalizado: a versão de junho de 2018 apresentou uma experiência de Página de envio mais consistente para usuários do fluxo de trabalho personalizado.  Atualmente, essa nova experiência é opcional para qe haja mais tempo para as atualizações de treinamento/documentação do usuário final conforme necessário.

Essa opção deve ser descontinuada nas próximas versões.

 

Ação necessária

Habilite a nova experiência (gerenciada por meio da configuração Conta > Configurações da conta > Configurações de envio > Envio do fluxo de trabalho personalizado no menu de Admin). 

custom_workflow_designercontrols-aug


Integração: o suporte para a integração do Adobe Sign para Salesforce v16 e v17 foi encerrado em 15 de novembro de 2018

Relatado primeiro em: abril de 2018 Removido da lista atual em: janeiro de 2019

As atualizações de produtos, as atualizações de segurança e o suporte técnico do Adobe Sign para Salesforce v16 e v17 foram descontinuados em 15 de novembro de 2018. 

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para a versão mais recente de nossa integração com o Salesforce para continuar a receber os recursos, as atualizações de segurança e o suporte técnico mais recentes.

Obtenha o Manual de atualização ›


Integração: suporte encerrado para o Adobe Sign para Dynamics v5

Relatado primeiro em: julho de 2018 Removido da lista atual em: janeiro de 2019

Suporte encerrado para o Adobe Sign para Dynamics v5.  O Adobe Sign para Dynamics 365 CRM v7 foi lançado em junho.

Os clientes que usam o Dynamics onPrem e o Online 365 que não atualizaram, devem atualizar para a versão mais recente disponível para download na lista Microsoft AppSource do Adobe Sign. 

 


Modo de tela cheia padrão para a interface do usuário do Adobe Sign

Relatado primeiro em: junho de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

Para melhorar a experiência em dispositivos menores e fornecer uma melhor experiência de leitura no desktop, a versão de março do Adobe Sign introduziu um UX de assinatura mais flexível e baseado na largura do navegador. 

Isso foi habilitado de maneira seletiva para as contas Enterprise e de maneira geral para todas as contas Individuais e Team. 

Em julho, essa tornou-se a configuração padrão.  Os usuários verão a interface do usuário da Web ajustada à largura dos componentes da página e da pilha, em vez de encolhê-los para se ajustarem a uma largura menor.

 

Ação necessária

Nenhuma ação é necessária para aproveitar esse novo recurso. No entanto, isso pode ser desativado por um administrador da conta, acessando Conta > Configurações globais > Apresentação de página do Adobe Sign e desmarcando a caixa. 

Como parte da versão de setembro, a capacidade de desativar esse recurso foi removida do aplicativo e a experiência do usuário mais flexível se tornou o padrão.

 


Nova versão: Adobe Sign de setembro de 2018

Relatado primeiro em: agosto de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

O lançamento da versão de setembro de 2018 do Adobe Sign está programada para o início de setembro.

Essa versão do produto inclui recursos novos e aprimorados para administradores e usuários finais. Nenhum impacto ao serviço é esperado com esta versão. 

 


O Adobe Sign agora é compatível com Aadhaar E-KYC API v2.1

Relatado primeiro em: agosto de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

O fluxo de trabalho de assinatura Aadhaar no Adobe Sign foi movido para as especificações de API mais recentes do E-KYC (conheça seu cliente eletronicamente). Isso foi feito para fins de conformidade com as novas alterações regulamentares da v2.1. Os signatários agora podem assinar um contrato usando sua ID virtual (VID). Essa atualização também melhora a experiência do signatário e corrige os problemas do Internet Explorer 11 relatados anteriormente.


O Adobe Sign cumpre a certificação personalizada de FedRAMP

Relatado primeiro em: maio de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

O Adobe Sign agora está autorizado pela GSA (Administração dos Serviços Governamentais dos EUA) a cumprir com os requisitos do Programa Federal de Gerenciamento de Autorização e Risco (FedRAMP), o que permite que o Adobe Sign seja vendido e usado por agências de defesa não-governamentais federais dos EUA. 

Esse certificado significa que o Adobe Sign foi revisado pelo assessor de segurança da GSA e aprovado para uso no nível de processo Li-SaaS.  O Adobe Sign permanecerá sob monitoramento constante necessário para manter seu status como um provedor de serviço de nuvem governamental certificado. 

Leia mais sobre o FedRAMP em https://www.fedramp.gov/


O Adobe Sign está focado em promover regulamentos de privacidade de dados

Relatado primeiro em: maio de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

O Adobe Sign estará em conformidade com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD) da União Europeia. 

Essa legislação de privacidade afeta todas as empresas que coletam informações pessoais de indivíduos cidadãos da UE.  O Adobe Sign adere à regra para coletar a quantidade mínima de informações necessária para conduzir negócios durante o processo de assinatura. 

Todos os participantes no Adobe Sign podem acessar e modificar as informações que lhe dizem respeito por meio do perfil de usuário e examinando os contratos assinados por eles. 

Os clientes do Adobe Sign em contato com clientes terão a capacidade de fornecer informações sobre o que foi coletado e remover esses dados de acordo com seus processos comerciais. Leia sobre os novos recursos de RGPD do Adobe Sign aqui.

Leia sobre as regras e regulamentações da Adobe que protegem a privacidade por padrão em todos os produtos: https://www.adobe.com/br/privacy.html.


A Adobe começou a expirar automaticamente contratos que ainda não estejam assinados e tenham mais de 1 ano

Relatado primeiro em: fevereiro de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

A partir de outubro de 2018, o Adobe Sign começou a expirar contratos que existentes há mais de 1 ano que ainda estão no estado Aguardando assinatura.

Notificações não serão enviadas aos participantes desses contratos, mas eles poderão visualizá-las na lista de Cancelados/recusados na página Gerenciar.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Os clientes podem verificar seus contratos mais antigos por meio da página Gerenciar ou ao criar um relatório dos contratos mais antigos do que 1 ano e baixar este relatório.  O filtro nos dois casos é o estado “Enviado para assinatura”. 

Essa nova regra se aplica somente a contratos não-terminais.

Contratos que foram concluídos, cancelados ou rejeitados não serão afetados.


Integração: lançamento do Adobe Sign para Salesforce v20 em julho de 2018

Relatado primeiro em: junho de 2018 Removido da lista atual em: outubro de 2018

O Adobe Sign para Salesforce versão do terceiro trimestre de 2018 (conhecido anteriormente como “versão do segundo trimestre”) foi lançada em 17 de julho de 2018.

A versão do terceiro trimestre inclui novos recursos e aprimoramentos para administradores e usuários finais. A atualização estará disponível na lista AppExchange do Salesforce no Adobe Sign. 

 

Leia as notas de versão aqui.

 


Tráfego não seguro bloqueado

Relatado primeiro em: junho de 2018 Removido da lista atual em: agosto de 2018

Em 20 de junho de 2018, encerramos o suporte a várias categorias de tráfego não seguro de rede para o Adobe Sign. Isso era necessário para atender aos requisitos específicos de conformidade com o PCI.

 

O Tráfego de entrada, ou as conexões feitas de um cliente para os nossos servidores.

Encerramos o suporte a conexões não criptografadas em nossas APIs (ou seja, as solicitações que usam “http:” em vez de “https:”).

Com essa alteração, as tentativas de estabelecer conexões não criptografadas pelos aplicativos do cliente e do parceiro falharão.

  • O comportamento de erro será específico do aplicativo.

 

O Tráfego de saída, ou as conexões feitas de nossos servidores aos servidores especificados pelo cliente.

Há duas categorias:

  • Carregar retornos de chamada para documentos carregados (descrito aqui para a nossa API REST, mas também se aplica à API SOAP herdada)
  • Retornos de chamada de status para notificar o cliente de uma alteração no status do contrato (descrito aqui para a nossa API REST, mas também se aplica à API SOAP herdada)

Para ambas as categorias de retornos de chamada, encerramos o suporte a:

  • Conexões não criptografadas (usando URLs “http:” em vez de “https:”)
  • Conexões a servidores não compatíveis com TLSv1.2 (ou seja, TLSv1.0 e TLSv1.1) não serão mais suportadas
  • Conexões a servidores com certificados inválidos. Isso inclui os certificados assinados ou expirados automaticamente, bem como os casos em que um URL usa um endereço IP ao invés de um nome de host.

 

Leia as Perguntas frequentes >


Nova versão: Adobe Sign de junho de 2018

Relatado primeiro em: maio de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

A versão de junho de 2018 do Adobe Sign foi concluída em 11 de junho.

A versão do produto de junho de 2018 inclui recursos novos e aprimorados para administradores e usuários finais. Você pode encontrar as notas de versão aqui.


Novo certificado SSL

Relatado primeiro em: abril de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

O Adobe Sign mudou para um novo certificado SSL em 2 de maio de 2018. Não há nenhuma alteração a chave pública, protocolos criptográfico subjacentes ou ao esquema. Entre em contato com o Suporte ao cliente com dúvidas.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você tiver integrações personalizadas com o Adobe Sign que usem as APIs SOAP ou REST e se qualquer uma destas integrações tiver “fixado” a chave pública existente, nenhuma ação é necessária.

Se você estiver fixando ou incluindo o certificado a uma lista de permissões por outros métodos, é possível encontrar os novos certificados do Adobe Sign nos Requisitos de sistema do Adobe Sign. O novo certificado SSL se tornou ativo em 2 de maio de 2018.


Alterações importantes em intervalos de endereço IP

Relatado primeiro em: abril de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

Se a rede existente ou a configuração do firewall fizer uma lista de permissões de forma explícita dos endereços IP no Adobe Sign, atualize as definições de configuração de rede para incluir novos endereços IP e garantir o acesso ininterrupto ao serviço.

A maioria dos endereços IP existentes continuará em serviço e não deve ser excluída ou removida da sua configuração de rede.

Veja uma lista completa de intervalos de endereços IP nos requisitos do sistema ›

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você listar endereços IP do Adobe Sign permitidos nos retornos de chamada ou firewall da API, será necessário fazer uma lista dos endereços IP adicionais permitidos nos retornos de chamada da API. Notifique terceiros que encaminham seus retornos de chamada, se aplicável.

Se você usar a integração do Adobe Sign para Salesforce, os administradores deverão fazer uma lista dos intervalos de endereços IP adicionais permitidos na conta do Salesforce.com (incluindo Sites).

ADICIONAR:

  • 40.67.155.147/32
  • 40.67.154.249/32
  • 40.67.155.185/32
  • 40.67.155.112/32

 

Se você estiver incluindo os intervalos de IP a uma lista de permissões para retransmissores de email de saída, adicione:

  • 40.67.157.141/32
  • 40.67.154.24/32
  • 40.67.158.131/32


Integração: lançamento do Adobe Sign para Dynamics v7

Relatado primeiro em: junho de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

A versão do terceiro trimestre de 2018 do Adobe Sign para Dynamics 365 CRM (v7) está programada para meados de junho.

 

Esta versão aprofunda-se no Microsoft Dynamics 365 CRM com uma interface do usuário reformulada para permitir uma navegação mais rápida, e adiciona detalhes de contato de cliente do LinkedIn para que você sempre possa “ver” seus destinatários.  Além disso, os clientes agora podem automatizar completamente os processos do Adobe Sign, incorporando o Adobe Sign diretamente nos fluxos de trabalho do Microsoft Dynamics 365 CRM.

 

A atualização está disponível na lista AppSource da Microsoft no Adobe Sign.  Nenhum impacto ao serviço é esperado com esta versão.


Integração: ação necessária para os clientes do Adobe Sign para Salesforce v19.x

Relatado primeiro em: junho de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

Se estiver executando o Adobe Sign para Salesforce versão 19.x, será necessário atualizar para a versão 19.5.2 antes de 1º ou 8 de junho de 2018, dependendo da organização Salesforce.com. A versão do terceiro trimestre de 2018 do Salesforce, executada progressivamente em junho pelo Salesforce, apresenta alterações que afetam a compatibilidade reversa com a integração do Adobe Sign para Salesforce e afetará a capacidade de enviar alguns contratos.

A partir de 1º de junho de 2018, os clientes que executam o Adobe Sign para Salesforce versão 19.x e que forem atualizados para a versão do terceiro trimestre de 2018 do Salesforce não poderão adicionar destinatários e enviar contratos na versão Lightning da página Enviar*.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se estiver executando a v19.x, atualize para o Adobe Sign para Salesforce v19.5.2 antes da atualização do Salesforce da organização para a versão do terceiro trimestre de 2018 do Salesforce:

  • Acesse o AppExchange, clique em Obter agora e siga as instruções. 

Se precisar de ajuda com a atualização, consulte o nosso Guia de atualização do Adobe Sign para Salesforce (v19).


Novo certificado SSL

Relatado primeiro em: abril de 2018 Removido da lista atual em: julho de 2018

O Adobe Sign está mudando para um novo certificado SSL em 2 de maio de 2018. Não há nenhuma alteração a chave pública, protocolos criptográfico subjacentes ou ao esquema. Entre em contato com o Suporte ao cliente com dúvidas.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você tiver integrações personalizadas com o Adobe Sign que usem as APIs SOAP ou REST e se qualquer uma destas integrações'fixou' a chave pública existente, nenhuma ação é necessária.

Se você estiver fixando ou incluindo o certificado a uma lista de permissões por outros métodos, é possível encontrar os novos certificados do Adobe Sign nos Requisitos de sistema do Adobe Sign. O novo certificado SSL se tornará ativo em 2 de maio de 2018.


Versão de março do Adobe Sign completa

Relatado primeiro em: janeiro de 2018 Removido da lista atual em: maio de 2018

A versão do produto de março de 2018 do Adobe Sign foi concluída12:00no Horário Padrão do Pacífico, 15 de março de 2018.

Para obter mais detalhes, consulte as notas de versão completas.

Notas de versão > 

O SAP SuccessFactors será lançado em abril.


Remoção da versão de 2017 do formulário de impostos W-4 US do serviço em 17/04/2018

Relatado primeiro em: abril de 2018 Removido da lista atual em: maio de 2018

A versão de 2017 do modelo do formulário W-4 de impostos dos EUA será removida da biblioteca do Adobe Sign em 17 de abril de 2018.

Os clientes que estão usando o W-4 da biblioteca do Adobe Sign por meio da API devem atualizar a ID do documento para a versão de 2018 (consulte abaixo)

 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.


A versão de 2018 do formulário W-4 de impostos dos EUA está disponível

Relatado primeiro em: março de 2018 Removido da lista atual em: maio de 2018

Em 13/03/18, um novo modelo do formulário IRS W-4 foi adicionado ao Adobe Sign. O seu título é W-4 de 2018 (Certificado de dedução na retenção do funcionário)

 

AÇÃO NECESSÁRIA

O novo modelo de formulário W-4 tem um novo valorlibraryDocumentId. Se você usa o valorlibraryDocumentIddo modelo existente em seus aplicativos, precisará atualizá-lo.

 

Para localizar o valorlibraryDocumentIdem uma conta habilitada para API:

1    Faça logon como um administrador de conta

2    Clique na guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação de métodos da API REST

3    Na seção GET /libraryDocuments, clique no botão OAUTH ACCESS-TOKEN  

a. Habilite o escopo library_read:self  

4    Clique no botão Experimente!

5. No Corpo da resposta, localize o novo modelo de formulário W-4 (não a versão de 2017) para ver o valor libraryDocumentId. 

 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.

find_librarydocid-March1

5. No Corpo da resposta, localize o novo modelo de formulário W-4 (não a versão de 2017) para ver o valor libraryDocumentId. 

 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.


Aviso de segurança: o suporte ao TLS 1.0 e ao TLS 1.1 termina em 9 de abril de 2018

Relatado primeiro em: janeiro de 2017 Removido da lista atual em: maio de 2018

A Adobe removerá o suporte para protocolos do TLS 1.0 e 1.1 em 2018 para atender às práticas recomendadas de segurança do SSL/TLS.

Em 8 de abril, será necessário o protocolo handshake do TLS 1.2 com SSL e os protocolos do TLS 1.0 e TLS 1.1 mais antigos não serão mais aceitos. Os clientes que não usam o TLS 1.2 não poderão fazer conexões de rede ao serviço do Adobe Sign.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Para os clientes que executam navegadores da Web: usar um navegador compatível (consulte Requisitos do sistema).

Para os clientes que executam aplicativos usando APIs do Adobe Sign: o suporte para TLS 1.2 pode depender do aplicativo, das bibliotecas de tempo de execução e/ou do sistema operacional. Em alguns casos, o suporte de TLS é fornecido por bibliotecas do sistema operacional, enquanto que em outros casos é fornecido por uma biblioteca de tempo de execução do aplicativo.

Para os clientes que executam o Adobe Sign para o Dynamics v5.x e anteriores, atualizem para a v6.0.

O suporte do sistema operacional para TLS 1.2 requer:

  • Servidor do Windows: use Windows Server 2008 R2 ou posterior
  • Área de trabalho do Windows: use Windows 8 ou posterior
  • OS X: use OS X 10.8 ou posterior

 

Suporte de estrutura do aplicativo para TLS 1.2:

  • Para Java: use Java 8 ou posterior. O Java 7 pode ser usado, mas requer TLSv1.2 para ser ativado explicitamente pelo aplicativo.
  • Para .NET: usar o .NET 4.6 ou posteriores. O .NET 4.5 pode ser usado, mas exige que o TLS v1.2 seja explicitamente habilitado pelo aplicativo. O .NET depende do suporte ao TLS 1.2 do Windows (veja acima).
  • Para aplicativos que usam OpenSSL: use OpenSSL 1.01 ou posterior 

Perguntas frequentes para este EOL >

Leia sobre os requisitos do sistema ›


Integração: fim da vida útil do Adobe Sign para o Microsoft Dynamics v4 e v5

Relatado primeiro em: fevereiro de 2018 Removido da lista atual em: maio de 2018

O Adobe Sign para o Microsoft Dynamics v4, v5 e anteriores (versões locais e online) agora foi descontinuado. O Adobe Sign para Dynamics v6 e versões posteriores suportam o Microsoft Dynamics local 2013, 2015, 365 e Dynamics CRM 365 Online. Entre em contato com o gerente de sucesso do cliente para solucionar suas dúvidas sobre a atualização para a versão mais recente.

Leia as Notas de versão ›

Obtenha o Manual de atualização ›

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para o Adobe Sign para o Microsoft Dynamics v6 imediatamente para as versões locais e online. Você poderá migrar todos os dados da v4 e versões anteriores para a versão mais recente.


Integração: fim de vida útil do Adobe Sign para Microsoft Dynamics v4

Relatado primeiro em: setembro de 2016 Removido da lista atual em: maio de 2018

O Adobe Sign para Microsoft Dynamics v4 e versões anteriores (versões locais e online) foram descontinuados e não funcionarão mais a partir de 30 de novembro de 2017. O Adobe Sign para Dynamics v6 e versões posteriores suportam o Microsoft Dynamics local 2013, 2015, 365 e Dynamics CRM 365 Online. Entre em contato com o gerente de sucesso do cliente para solucionar suas dúvidas sobre a atualização para a versão mais recente.

Leia as Notas de versão ›

Obtenha o Manual de atualização ›

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para o Adobe Sign para Microsoft Dynamics v6 antes de novembro de 2017 para versões locais e online. Você poderá migrar todos os dados da v4 e versões anteriores para a versão mais recente.


O modelo mais recente do formulário IRS W-9 estará disponível em 13 de fevereiro

Relatado primeiro em: fevereiro de 2018 Removido da lista atual em: abril de 2018

Em 13/02/18, um novo modelo para o formulário IRS W-9 será adicionado ao Adobe Sign. Tem como título W-9 (Request for Taxpayer Identification Number) ver. 11/17. Simultaneamente, o modelo W-9 existente será renomeado para W-9 (Request for Taxpayer Identification Number) (herdado). Esta renomeação NÃO afeta seus fluxos de trabalho.

Em 13/02/18, o último modelo, W-9 (Request for Taxpayer Identification Number) (herdado), será descontinuado. Antes de 13º/3/18, você deve agir para evitar interrupções no fluxo de trabalho.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

O novo modelo de formulário W-9 tem um novo valor libraryDocumentId. Se você usar o valor libraryDocumentId do modelo existente nos aplicativos, precisará atualizá-lo.

Para localizar o valor libraryDocumentId em uma conta habilitada para API:

  1. Faça logon como um administrador de conta
  2. Clique na guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação de métodos de API REST
  3. Na seção GET /libraryDocuments, clique no botão OAUTH ACCESS-TOKEN 
    1. Ative o escopo library_read:self
  4. Clique no botão Experimente!
  5. No Corpo da resposta, localize o novo modelo de formulário W-9 (não a versão herdada) para ver o valor de libraryDocumentId. 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.


Integração: fim de vida útil do Adobe Sign para Microsoft SharePoint v3 e inferiores

Relatado primeiro em: outubro de 2017 Removido da lista atual em: abril de 2018

O Adobe Sign para o Microsoft SharePoint v3 e anteriores (versões local e online) não funcionará mais a partir de 31 de março de 2017. O Adobe Sign para SharePoint v4 e versões posteriores suportam Microsoft SharePoint local 2013, 2016 e SharePoint Online.

 

Ação necessária:

Atualize para o Adobe Sign para SharePoint v4 imediatamente. Entre em contato com o gerente de sucesso do cliente para solucionar suas dúvidas sobre a atualização para a versão mais recente.

 

Obtenha o Manual de atualização ›


Integração: atualização importante no Adobe Sign para Salesforce v18

Relatado primeiro em: maio de 2017 Removido da lista atual em: março de 2018

O Salesforce reforçará um novo modelo de segurança para componentes do Lightning chamado LockerService em uma próxima versão. Caso você esteja no Adobe Sign para Salesforce v18, é necessário atualizar para a versão 18.27 ou superior para garantir que todos os componentes do Salesforce Lightning funcionem conforme desejado.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você estiver no Adobe Sign para Salesforce v18, será necessário atualizar para a versão 18.27 ou superior.

Saiba mais sobre o Salesforce LockerService ›

Obtenha o pacote mais recente do AppExchange ›


Integração: o suporte à integração do Adobe Sign com o Salesforce v15 terminou

Relatado primeiro em: abril de 2017 Removido da lista atual em: março de 2018

As atualizações de produtos, as atualizações de segurança e o suporte técnico do Adobe Sign para Salesforce v15 foram descontinuados em 15 de dezembro de 2017

A versão 19 está disponível no Salesforce AppExchange.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para a versão mais recente de nossa integração com o Salesforce para continuar a receber os recursos, as atualizações de segurança e o suporte técnico mais recentes.

Obtenha o Manual de atualização ›

 

IMPORTANTE 

Revise as configurações de permissões exigidas pelo Salesforce antes de iniciar a atualização para a v19 na seção Novidades na versão 19:

https://helpx.adobe.com/br/sign/help/adobe_sign_for_salesforce_upgrade_guide.html


Os modelos do Adobe Sign para o formulário I-9 IRS 2017 estão disponíveis.

Relatado primeiro em: novembro de 2017 Removido da lista atual em: fevereiro de 2018

Em 24/10, o novo modelo para o formulário I-9 IRS revisado foi adicionado ao Adobe Sign. É intitulado: I-9 (Employment Eligibility Verification) ver. 07/17/17 N.  

Atualmente, o modelo existente I-9 2017 (Employment Eligibility Verification) foi renomeado como: I-9 (Employment Eligibility Verification) ver. 07/17/17 N (legacy).

Esta renomeação NÃO afeta o fluxo de trabalho.

Entretanto, em 01/12/17, o último modelo, I-9 (Employment Eligibility Verification) ver. 07/17/17 N (legacy), foi descontinuado.

Se você estiver usando o valor libraryDocumentId do modelo herdado nos aplicativos, precisará atualizar para usar o novo valor libraryDocumentId.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

O novo modelo de formulário I -9 tem um novo valor libraryDocumentId. Se você usar o valor libraryDocumentId do modelo existente nos aplicativos, precisará atualizá-lo.

Para localizar o valor libraryDocumentId em uma conta habilitada para API:

  1. Faça logon como um administrador de conta
  2. Clique na guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação de métodos de API REST
  3. Na seção GET /libraryDocuments, clique no botão OAUTH ACCESS-TOKEN 
    1. Ative o escopo library_read:self
  4. Clique no botão Experimente!
  5. No corpo da resposta, localize o modelo de formulário I-9 revisado (I-9 (Employment Eligibility Verification) ver. 07/17/17 N) para ver o valor libraryDocumentId. 

 

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.


Alterações importantes a intervalos de endereço IP

Relatado primeiro em: junho de 2017 Removido da lista atual em: fevereiro de 2018

Se a rede existente ou a configuração do firewall fizer uma lista de permissões de forma explícita dos endereços IP no Adobe Sign, atualize as definições de configuração de rede para incluir novos endereços IP e garantir o acesso ininterrupto ao serviço.

A maioria dos endereços IP continua em serviço e não deve ser excluída ou removida da configuração de rede; contudo, remova dois intervalos de endereço IP desatualizados para a América do Norte.

Veja uma lista completa de intervalos de endereços IP nos requisitos do sistema ›

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você listar endereços IP do Adobe Sign permitidos nos retornos de chamada ou firewall da API, será necessário fazer uma lista dos endereços IP adicionais permitidos nos retornos de chamada da API. Notifique terceiros que encaminham seus retornos de chamada, se aplicável.

Se você usar a integração do Adobe Sign para Salesforce, os administradores deverão fazer uma lista dos intervalos de endereços IP adicionais permitidos na conta do Salesforce.com.

ADICIONAR:

Índia:

 

13.126.23.0/27

REMOVER:

América do Norte:

 

166.78.79.112/28

207.97.227.112/28


Integração: atualização importante no Adobe Sign para NetSuite

Relatado primeiro em: maio de 2017 Removido da lista atual em: fevereiro de 2018

A Oracle atualizou recentemente para NetSuite 17.0. A atualização causou um problema no Adobe Sign para NetSuite, no qual a guia Contrato pode não abrir para algumas funções. Atualize para o Adobe Sign para NetSuite versão 4.0.1 para garantir que as funções fornecidas pelo administrador no registro de contrato aparecerão na guia Contrato.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Faça logon no aplicativo e atualize para o Adobe Sign para NetSuite versão 4.0.1 para garantir que os usuários poderão ver a guia Contrato do Adobe Sign.

Nova versão: versão de setembro de 2017 do Adobe Sign

Relatado primeiro em: setembro de 2017 Removido da lista atual em: novembro de 2017

A versão de produto do Adobe Sign de Setembro 2017 agora está completa. Esta versão inclui novos recursos e aprimoramentos de recurso para administradores e usuários finais, incluindo:

  • Suporte para marcadores temporais compatíveis com eIDAS, certificado na lista confiável de UE (EUTL)
  • Suporte para novos serviços configuráveis de carimbo de data/hora caso sua empresa já use um provedor de carimbo de data/hora LTV
  • Suporte mais abrangente para Cloud Signature Consortium com novos parceiros anunciados
  • Suporte para conformidade de identidade Aadhaar e um novo data center na Índia (IN1)
  • Campos de formulário codificados por cores e um novo suporte de fonte do campo de formulário para uma melhor criação e experiência de usuário
  • Detecção de campo de formulário mais distribuída para o campo
  • Substitua ou adicione destinatários em voo

 

Suporte mais abrangente para produtos da Microsoft com integração nova ou melhorada para:

  • Office 365 – Outlook, Word e PPT
  • Dynamics CRM v6
  • Teams
  • Flow

Leia as Notas de versão ›


Segurança: suporte encerrado para Windows Vista SP2 e Internet Explorer 9 e 10

Relatado primeiro em: março de 2017 Removido da lista atual em: novembro de 2017

O Adobe Sign descontinuou o suporte para Windows Vista SP2 e Internet Explorer 9 e 10 em 17 de março de 2017. Os clientes que continuam a usar esses navegadores não poderão aproveitar os novos recursos e não terão acesso garantido ao Adobe Sign no futuro.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize o hardware mais antigo para configurações de sistema operacional mais recentes, incluindo Windows 7, 8 ou 10, com um dos navegadores compatíveis listado nos Requisitos de sistema do Adobe Sign para garantir que os recursos do Adobe Sign continuem funcionando como esperado.

Leia sobre os requisitos do sistema ›

A versão de Maio do Adobe Sign está concluída

Relatado primeiro em: abril de 2017 Removido da lista atual em: julho de 2017

A versão de maio do Adobe Sign está concluída. Esta versão inclui novos recursos e aprimoramentos de recurso para administradores e usuários finais. Com esta versão, as interfaces do usuário Enviar e Criação clássicas foram desativadas e a nova interface do usuário se tornou o padrão no Adobe Sign. As integrações de API que incorporaram a página Enviar também terão a interface do usuário alterada. A nova experiência Enviar mantém todas as funcionalidades da experiência Enviar clássica, exceto para o fluxo de trabalho de assinatura por fax, que foi substituído por um novo fluxo de trabalho de assinatura de digitalização e upload. As novas experiências Enviar e Criação também incluem novas funcionalidades, incluindo mensagens privadas, novas funções de destinatário e muito mais.

Os novos contratos atualizaram as opções de aparência para campos de texto atribuídos. As opções anteriores de Helvetica, Times e Courier foram substituídas por equivalentes de fonte da Adobe, como: Source Sans Pro, Source Code Pro e Source Serif Pro, respectivamente.

Nem todos os recursos nesta versão foram habilitados na implantação. Alguns recursos serão ativados em junho. Leia as Notas de versão para obter mais detalhes.

Notas de versão ›

Leia sobre as alterações da página Enviar incorporada ›

Leia sobre as alterações na assinatura escrita ›

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Nenhuma ação é necessária.
 


Novo certificado SSL e Autoridade de certificação

Relatado primeiro em: junho de 2017 Removido da lista atual em: julho de 2017

O Adobe Sign está migrando para um novo Certificado SSL e Autoridade de certificação (CA) em

22 de julho de 2017. Não há nenhuma alteração a chave pública, protocolos criptográfico subjacentes ou ao esquema. A raiz e a CA intermediária serão alteradas com esta atualização. Entre em contato com o Suporte ao cliente com dúvidas.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Se você tiver integrações personalizadas com o Adobe Sign usando as APIs SOAP ou REST, e se qualquer uma destas integrações "fixaram" a chave pública existente, nenhuma ação é necessária.

 

Se estiver fixando ou fazendo uma lista com o certificado usando outros métodos, é possível encontrar os novos certificados e CA do Adobe Sign nos Requisitos de sistema do Adobe Sign. O novo certificado SSL e autoridade de certificação serão ativos em 22 de julho de 2017.

Leia sobre os requisitos do sistema ›


API: nova configuração para personalizar o código de erro gerado em caso de expiração do URL

Relatado primeiro em: maio de 2017 Removido da lista atual em: julho de 2017

Atualmente, o código de erro do HTTP retornado quando o URL expira é 404 (página não encontrada), o que não está em conforme com os padrões do HTTP. Esses URLs podem ser gerados por chamadas de API REST, como GET/agreements/{agrID} /combinedDocument/url. Contudo, o código de erro do HTTP mais apropriado é 410 (não existe mais). Na versão de Maio, o código de erro do HTTP padrão foi alterado para 410. Uma nova configuração está disponível para permitir que um código de status do HTTP personalizado (404, 410 etc.) seja enviado nesse cenário.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Caso seus aplicativos esperem que um URL expirado acione um erro 404, é necessário solicitar uma alteração no valor desta configuração para 404. Entre em contato com o Suporte ao cliente para assistência.


Reprovação de recurso: fluxo de trabalho de assinatura por fax

Relatado primeiro em: maio de 2017 Removido da lista atual em: julho de 2017

Na versão de Maio 2017, na nova experiência Enviar se torna a padrão e, com isso, o fluxo de trabalho de assinatura por fax foi substituído pelo fluxo de trabalho de assinatura escrita usando digitalização e upload. A funcionalidade de digitalização moderna e de upload oferece precisão e auditabilidade melhoradas, além de resultados na melhor legibilidade. Os clientes que usam a API também migraram para o novo fluxo de trabalho de assinatura escrita.

A experiência Enviar clássica com assinaturas por fax estarão disponíveis por tempo limitado; contudo, será removida em 31 de outubro de 2017. Os usuários de aplicativo da Web que desejarem continuar a usar o fluxo de trabalho de assinatura por fax poderão reverter para a página Enviar clássica por meio das configurações do Enviar. Os usuários da API precisam entrar em contato com o gerente o sucesso do cliente para usar o fluxo de trabalho de assinatura por fax.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Consulte a documentação do fluxo de trabalho de assinatura escrita e informe sues usuários finais sobre as alterações. Também será preciso atualizar a documentação do usuário final e do cliente para fluxos de trabalho de assinatura escrita.

Leia sobre o novo fluxo de trabalho de assinatura escrita ›


Móvel: a Google ID e o logon do Google Apps no aplicativo móvel do Adobe Sign serão removidos

Relatado primeiro em: março de 2017 Removido da lista atual em: junho de 2017

Como tentativa de melhorar a segurança e usabilidade, o Google não permite mais solicitações de autenticação OAuth para o Google por meio de navegadores incorporados conhecidos como visualizações da Web em aplicativos móveis. Como resultado, as opções de logon no Google e Google Apps foram removidas do aplicativo móvel do Adobe Sign na versão de maio.

Os usuários do Adobe Sign ainda poderão fazer logon com as Google IDs pelo logon padrão (email e senha). A única diferença é a remoção das opções do Google e Google Apps na página de logon. Caso encontre problemas com o logon padrão e a Google ID, redefina sua senha e tente novamente.

Leia o blog do Google ›

 


Manutenção planejada com o tempo de inatividade para a América do Norte (NA1)

Relatado primeiro em: janeiro de 2017 Removido da lista atual em: abril de 2017

O Adobe Sign passará por um período de manutenção planejada no data center da América do Norte (NA1), com tempo de inatividade esperado em:

Sábado, 8 de abril de 2017, a partir das 17:00 PDT e terminando em 8 de abril às 23:00 PDT

Os clientes localizados em nossos centros de dados não deverão ser afetados.

A manutenção planejada é necessária para concluir a expansão das operações do data center da América do Norte. Durante a janela de manutenção, o serviço estará indisponível no NA1.

Para confirmar o data center da sua conta, faça logon no Adobe Sign e observe a abreviação no URL (NA1, NA2 etc.). Entre em contato com o gerente de sucesso do cliente em caso de dúvidas.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

  • Se você usar o Adobe Sign para a integração Salesforce: os administradores da integração Salesforce devem listar os intervalos de endereço IP adicionais permitidos na conta Salesforce.com para que a integração continue funcionando depois de 7 de abril de 2017. Informações da listas de permissão do Salesforce ›
  • Se você listar endereços IP do Adobe Sign permitidos nos retornos de chamada ou firewall da API, será necessário fazer uma lista dos endereços IP adicionais permitidos nos retornos de chamada da API. Notifique terceiros que encaminham seus retornos de chamada, se aplicável. Sem adicionar os novos intervalos de IP, os retornos de chamada não serão permitidos pelo firewall. Perguntas frequentes sobre intervalos de endereço IP e manutenção planejada ›


Integração: o suporte à integração do Adobe Sign com o Salesforce v14 terminou

Relatado primeiro em: setembro de 2016 Removido da lista atual em: fevereiro de 2017

As atualizações de produtos e de segurança e o suporte técnico para o Adobe Sign para Salesforce v14 foram descontinuados em 15 de dezembro de 2016. A versão 18 está disponível.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Atualize para a versão mais recente da nossa integração como o Salesforce. Os clientes que usam versões não compatíveis serão solicitados a atualizar para uma versão atual para que continuem a receber suporte técnico.

Obtenha o Manual de atualização ›

 


API: suporte ao aplicativo OAuth para a API SOAP ser descontinuada

Relatado primeiro em: novembro de 2016 Removido da lista atual em: fevereiro de 2017

Com a versão de manutenção de dezembro, os novos aplicativos OAuth só poderão acessar as APIs REST. Os aplicativos OAuth e chaves de integração já existentes continuarão tendo acesso a APIs SOAP até nova ordem.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Use as APIs REST ao desenvolver qualquer novo aplicativo. Para obter mais informações, vá até a Central de desenvolvedores.

 


API e aplicativo da Web: as regras de complexidade de senha mudarão em 2017

Relatado primeiro em: novembro de 2016 Removido da lista atual em: fevereiro de 2017

O Adobe Sign está alterando as regras de complexidade de senha para aumentar a segurança. No início de 2017, os clientes que usam o aplicativo da Web serão solicitados a atualizar a senha e terão 90 para cumprir. Clientes que fazem o logon ou provisionam usuário por meio de APIs REST ou SOAP existentes terão até o meio de 2018 para atualizar os aplicativos para cumprir com os requisitos de segurança por senha do Adobe Sign. Informações sobre como fazer a transição para as novas regras estarão disponíveis para usuários API no início de 2017.

Novo critério de senha:
• Um mínimo de 8 caracteres e máximo de 100
• Ao menos um caractere em letra maiúscula
• Ao menos um caractere em letra minúscula
• Ao menos um dígito
• Ao menos um caractere especial (pontuação), exceto espaço
• Não pode conter nome de usuário, nome ou sobrenome sem distinção
• A nova senha será rejeitada se corresponder às senhas anteriormente usadas

 

AÇÃO NECESSÁRIA

No início de 2017, os usuários de aplicativos da Web devem atualizar as senhas quando solicitados. Os clientes que provisionam usuários por meio da API terão até julho de 2018 para atualizar os aplicativos para usar a API REST e estar em conformidade com o novo critério de senha.

 


API e aplicativo Web: o suporte terminou para a sintaxe de Tag de texto mais antiga

Relatado primeiro em: junho de 2016 Removido da lista atual em: fevereiro de 2017

Suporte para tag de texto da v1.0 chegou ao fim. Enquanto as tags da v1.0 continuarão sendo honradas no serviço, nenhuma solicitação de bugs ou aprimoramentos serão aceitas para esta sintaxe.

 

AÇÃO NECESSÁRIA
Certifique-se de que seus usuário estão usando a sintaxe de tag de texto 2.0 ao criar novos modelos de documento. Consulte os aplicativos e modelos existentes que podem conter tags de texto antigas e atualize-as com a nova sintaxe de tag de texto. Consulte o Guia de referência Criar formulários com tags de texto para obter detalhes.

Leia o Guia de referência Tag de texto ›


Atualização técnica: janeiro de 2017 (Aviso prévio)

Relatado primeiro em: junho de 2016 Removido da lista atual em: fevereiro de 2017

Os modelos do Adobe Sign para formulários I-9 e W-4 IRS de 2017 agora estão disponíveis. O modelo chamado I-9 (Verificação de elegibilidade do emprego 2016) e W-4 2016 (Retenção de subsídio dos funcionários IRS) estarão indisponíveis à 00:00 PT, em 20 de janeiro de 2017.

 

AÇÃO NECESSÁRIA

Os modelos de formulário IRS de 2017 possuem novas IDs de documento. Se usar a ID de documento em seus aplicativos, será necessário atualizar as IDs de documento.

Para localizar o valor LibraryDocumentID em uma conta habilitada para API:

  1. Faça logon como um administrador de conta do Adobe Sign
  2. Gerar uma Chave de integração
  3. Navegue até a guia Conta > API do Adobe Sign > Informações da API > clique no link: Documentação dos Métodos de API REST
  4. Role para baixo até a seção Recursos e operações
  5. Na linha /libraryDocuments, clique no link Mostrar/Ocultar para exibir os métodos
  6. Clique no primeiro botão OBTER próximo á opção /libraryDocuments
  7. Cole a chave de integração no campo "Acessar-Token" 
  8. Clique no botão Experimente!
  9. Localize o I-9 e W-4 de 2017 para visualizar os valores do LibraryDocumentID

Se precisar de mais informações, entre em contato com o gerente de sucesso do cliente.

Notificações técnicas 2015 - 2016

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online