Sobre pré-composição e aninhamento

Se quiser agrupar algumas camadas que já estão em uma composição, você pode pré-compor essas camadas. A pré-composição de camadas coloca-as em uma nova composição, que substitui as camadas na composição original. A nova composição aninhada se torna a origem de uma única camada na composição original. A nova composição nova aparece no painel Projeto e está disponível para renderização ou uso em qualquer outra composição. É possível aninhar composições ao adicionar uma composição existente a outra composição, exatamente como faria com qualquer outro item de gravação a uma composição. Pré-compor uma única camada é útil para adicionar propriedades de transformação a uma camada e influenciar a ordem em que os elementos de uma composição são processados.

O aninhamento é a inclusão de uma composição em outra. A composição aninhada aparece como uma camada na composição de conteúdo.

Uma composição aninhada é geralmente chamada pré-composição, que é ocasionalmente abreviada em uso casual para precomp ou pré-composição. Quando uma pré-composição é usada como o item de gravação de origem para uma camada, a camada será chamada de camada de pré-composição.

Durante a renderização, se pode dizer que os dados da imagem e outras informações fluem de cada composição aninhada para a composição que os contém. Por essa razão, as composições aninhadas são às vezes conhecidas por serem ascendentes das composições que as contém e as composições de conteúdo são conhecidas por serem descendentes das composições aninhadas que as contêm. Um grupo de composições conectadas pelo aninhamento é chamado de rede de composição. É possível navegar em uma rede de composição com o Navegador de composição e o Minifluxograma da composição. (Consulte Abrir e navegar em composições aninhadas.)

As pré-composições no After Effects são semelhantes aos Objetos Inteligentes no Adobe Photoshop.

Usos da pré-composição e do aninhamento

A pré-composição e o aninhamento são úteis para gerenciar e organizar composições complexas. Ao pré-compor e aninhar, você poderá fazer o seguinte:

  • Aplicar alterações complexas em uma composição inteira - Você pode criar uma composição que contenha várias camadas, aninhar a composição na composição total e animar e aplicar efeitos à composição aninhada para que todas as camadas sejam alteradas da mesma forma durante o mesmo período.
  • Reutilizar tudo o que criar - Você pode criar uma animação em sua própria composição e depois arrastar essa composição para outras, quantas vezes desejar.
  • Atualizar em uma etapa - Quando você faz alterações em uma composição aninhada, essas alterações afetam todas as composições em que ela é usada, assim como as alterações feitas em um item de gravação de origem afetam todas as composições em que ele é usado.
  • Alterar a ordem de renderização padrão de uma camada - É possível especificar a renderização de uma transformação no After Effects (como uma rotação) antes de renderizar os efeitos, para que eles sejam aplicados à gravação girada.
  • Adicionar outro conjunto de propriedades de transformação a uma camada - A camada que representa a composição tem suas propriedades, além das propriedades das camadas que ela contém. Isso permite aplicar um conjunto adicional de transformações a uma camada ou conjunto de camadas.

Preferências e configurações da composição que afetam composições aninhadas

Como uma pré-composição é ela própria uma camada, você pode controlar seu comportamento usando opções de camada e opções no painel Linha de tempo. Você pode escolher se as alterações feitas nas opções nas composições de conteúdo são propagadas para a composição aninhada. Para impedir que as opções de camada afetem as composições aninhadas, escolha Editar > Preferências > Geral (Windows) ou After Effects > Preferências > Geral (Mac OS) e desmarque Opções afetam composições aninhadas.

Na guia Avançado da caixa de diálogo Configurações da composição (Composição > Configurações da composição), selecione a definição Preservar resolução quando aninhado ou Preservar taxa de quadros quando aninhado ou na fila de renderização para uma composição para manter sua própria definição ou taxa de quadros, e não sejam herdadas as configurações da composição de conteúdo. Por exemplo, se você usasse deliberadamente uma taxa de quadros em uma composição para criar um resultado irregular, animado manualmente, você necessitaria de preservar a taxa de quadros dessa composição quando estivesse aninhada. Semelhantemente, os resultados de rotoscopia podem parecer errados quando convertidos em uma taxa de quadros ou com uma resolução diferente. Use esta configuração em vez do efeito Posterizar tempo, que é menos eficiente.

Observação:

Jeff Almasol fornece um script em seu side de redefinery que faz alternar a configuração da preferência Preservar resolução quando aninhado ou Preservar taxa de quadros quando aninhado ou na fila de renderização mais conveniente.

Alterar a tempo atual em um painel atualiza o tempo atual em outros painéis associados à composição. Por padrão, o tempo atual também será atualizado para todas as composições relacionadas à composição atual por aninhamento. Para impedir que as composições relacionadas por aninhamento atualizem os tempos atuais quando você alterar o tempo atual em uma composição, desmarque a preferência Sincronizar tempo de todos os itens relacionados (Editar > Preferências > Geral (Windows) ou After Effects > Preferências > Geral (Mac OS)).

Recursos online sobre pré-composição e aninhamento

Chris e Trish Meyer compartilham dicas sobre como configurar uma hierarquia de composição para facilitar as alterações em um projeto neste artigo do site da ProVideo Coalition.

Consulte esta página no siteaescripts para o script sem pré-composição, que extrai camadas de umpré-composição,.

Consulte esta página no siteaescripts do script Zorro-The Layer Tagger, que permite agrupar camadas na composição usando tags em vez de pré-composição.

Camadas de pré-composição

A pré-composição de camadas as colocam em uma nova composição (às vezes chamada de pré-composição), que substitui as camadas na composição original. Pré-compor uma única camada é útil para adicionar propriedades de transformação a uma camada e influenciar a ordem em que os elementos de uma composição são processados.

  1. Selecione as camadas no painel Linha de tempo e escolha Camada > Pré-composição ou pressione Ctrl+Shift+C (Windows) ou Command+Shift+C (Mac OS).
  2. Selecione uma das seguintes opções:

    Deixar todos os atributos em

    Deixa as propriedades e os quadros-chave de camada pré-composta na composição original, aplicado à nova camada que representa a pré-composição. O tamanho do quadro da nova composição é igual ao tamanho da camada selecionada. Essa opção não estará disponível se você selecionar mais de uma camada, uma camada de texto ou uma camada de forma.

    Mover todos os atributos para a nova composição

    Move as propriedades e os quadros-chave das camadas pré-compostas um nível acima da composição de raiz na hierarquia da composição. Ao usar essa opção, as alterações aplicadas às propriedades das camadas permanecem com as camadas individuais na pré-composição. O tamanho do quadro da nova composição igual ao tamanho do quadro da composição original.

Efeitos podem incluir máscaras e efeitos de outras camadas

Os efeitos que usam camadas como uma entrada, como - Definir fosco e Mapa de deslocamento direcionam às máscaras e aos efeitos da camada de entrada. É possível usar essas camadas sem precisar as pré-compor com a finalidade de ser referido por um efeito. 

O controle é similar à função do menu Exibir na parte inferior do painel do Visualizador de camada que permite que você renderize a camada das posições diferentes na ordem de renderização: de sua origem, de suas máscaras, ou de seus efeitos individuais.
Para efeitos com propriedades de camada, abra o menu Parâmetro de entrada à direita da seleção de camada, escolha a camada de entrada de destino como:

  • Origem: se direciona somente à origem da camada. As máscaras e os efeitos são ignorados.
  • Máscaras: se direciona à camada depois que as máscaras são aplicadas. Os efeitos são ignorados.
  • Efeitos e máscaras: se direciona à camada após as máscaras e efeitos serem aplicados.

 

Abrir e navegar em composições aninhadas

As composições aninhadas são às vezes conhecidas por serem ascendentes das composições que as contém e as composições de conteúdo são conhecidas por serem descendentes das composições aninhadas que as contêm. A composição raiz é a mais descendente; a composição mais profundamente aninhada é a mais ascendente. Um caminho de fluxo da composição é uma cadeia de composições que estão relacionadas a outra contendo ou estando aninhadas uma dentro da outra. Uma rede de composição é o conjunto inteiro de composições que estão relacionadas a outra pelo aninhamento.

O After Effects fornece diversas maneiras para abrir uma composição aninhada (pré-composição):

  • Clique duas vezes na entrada da composição no painel Projeto.
  • Clique duas vezes em uma camada de pré-composição no painel Linha de tempo. Alt+clicar duas vezes (Windows) ou Option+clicar duas vezes (Mac OS) para abrir a camada de pré-composição como uma camada no painel Camada.

Observação:

Ao clicar duas vezes em uma camada de pré-composição quando uma ferramenta de pintura ou a ferramenta Pincel tipo rotoscópio estiver ativa, você abre a camada no painel Camada.

  • Para abrir a composição ativada mais recentemente na mesma rede de composição que a composição ativa, pressione Shift+Esc.

  • Use o Navegador de composição.

  • Use o Minifluxograma da composição.

O Navegador de composição

O Navegador de composição é uma barra ao longo da borda superior do painel Composição que mostra a composição ativa em esse visualizador em relação a outras composições na mesma rede de composição. As composições exibidas são composições mais recentemente ativadas no caminho de fluxo da composição atualmente ativa.

Navegador de composição
A. Composição (atual) ativa B. Seta para abrir o Minifluxograma da composição C. Botão do menu Painel D. Reticências 

As setas entre os nomes de composição indicam a direção em que as informações de pixels fluem para esse caminho do fluxo. O padrão é mostrar composições na barra do Navegador de composição com composições descendentes à esquerda e composições ascendentes à direita. Este padrão é indicado pela opção Fluir da direita para a esquerda no menu do painel Composição. Para mostrar composições na outra ordem, escolha Fluir da esquerda para a direita. Essa configuração é uma preferência global; ela se aplica a todas as composições e à exibição Minifluxograma da composição.

Os nomes de composições descendentes são esmaecidos para indicar que o conteúdo não é usado ou mostrado na composição ativa.

  • Para mostrar ou ocultar a barra do Navegador de composição, escolha Mostrar navegador de composição no menu do painel Composição.

  • Para ativar qualquer composição mostrada na barra do Navegador de composição, clique no nome da composição.

  • Se o caminho do fluxo é longo demais para mostrar no painel Composição, um botão de reticências aparece na extremidade esquerda ou direita da barra do Navegador de composição. Para mostrar temporariamente todo o caminho do fluxo, clique no botão de reticências.

Observação:

Para navegar por um caminho longo do fluxo, posicione o ponteiro sobre um botão de composição no Navegador de composição e gire a roda do mouse.

O Minifluxograma da composição

O Minifluxograma da composição é um controle temporário que você pode usar para navegar rapidamente em uma rede de composição. Quando você abre o Minifluxograma da composição, ele mostra as composições imediatamente ascendentes e descendentes da composição selecionada.

As cores no Minifluxograma da composição se baseiam nas cores de rótulos atribuídas às composições no painel Projeto. Se uma composição for usada várias vezes em uma composição, as várias instâncias da composição aninhada aparecem como uma entrada com um número entre parênteses indicando o número de instâncias.

Para abrir o Minifluxograma da composição, siga um destes procedimentos:

Minifluxograma da composição
A. Indicador de que a composição não flui em outras composições B. Direção do fluxo C. Composição (atual) ativa 
  • Pressione a tecla tab enquanto um painel Composição, Camada ou Linha de tempo está ativo.
  • Clique na seta à direita do nome de uma composição na barra do Navegador de composição.

  • Escolha Minifluxograma da composição no menu Composição, no menu do painel Composição ou no menu do painel Linha de tempo.

  • Clique no botão Minifluxograma da composição na parte superior do painel Linha de tempo.

Tal como com o Navegador de composição, você pode optar por mostrar a direção do fluxo da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda. As setas indicam a direção do fluxo. Se uma composição tiver ao lado dela em vez de uma seta, então a composição não tem composições fluindo para ela ou não flui para nenhuma composição.

As composições ascendentes no Minifluxograma da composição são organizadas de cima para baixo, alfabeticamente ou pela ordem de camadas. Para alternar essas ordens de classificação, pressione a tecla S quando o Minifluxograma da composição estiver aberto. Para classificar por ordem de camadas, uma composição usada várias vezes é classificada de acordo com sua instância mais alta na ordem de empilhamento. As composições descendentes são classificadas sempre alfabeticamente.

Para navegar e selecionar composições no Minifluxograma da composição, use as teclas de seta ou clique na seta ou botões em ambos os lados de uma composição. Para ativar a composição selecionada, pressione a barra de espaço ou Enter (Windows) ou Return (Mac OS). Para fechar o Minifluxograma da composição sem fazer nenhuma ação, pressione Esc, toque em Shift ou clique fora do Minifluxograma da composição.

Rich Young fornece informações adicionais sobre o painel Fluxograma e o Minifluxograma da composição no site After Effects Portal.

Pré-renderizar uma composição aninhada

Uma composição aninhada complexa pode demorar muito tempo a renderizar, para visualizações ou para a saída final. Se você tiver uma composição aninhada que não espera trabalhar mais, é possível economizar tempo durante uma operação de renderização pré-renderizando a composição aninhada em um filme e substituindo a composição pelo filme renderizado. Você ainda pode modificar a composição aninhada original, pois permanece no painel Projeto. Para fazer uma alteração significativa à composição aninhada original, renderize-a novamente.

Pré-renderizar uma composição aninhada traz benefícios especialmente quando é usada várias vezes em um projeto.

Observação:

Aplique as configurações da saída final quando você pré-renderizar a composição aninhada.

  1. Selecione a composição no painel Projeto ou Composição.
  2. Escolha Composição > Pré-renderização.

    O comando Pré-renderização adiciona a composição à fila de renderização e define a ação de pós-renderização Importar e substituir uso para substituir a composição pelo filme renderizado.

  3. No painel Fila de renderização, ajuste as configurações conforme necessário, e clique no botão Renderização para renderizar a composição.

Observação:

Uma alternativa para substituir a composição pelo filme é usar o filme renderizado como um proxy para composição aninhada.

Ordem de renderização e transformações recolhidas

Uma composição consiste em camadas empilhadas umas sobre as outras no painel Linha de tempo. Quando a composição é renderizada – para visualização ou para saída final – a camada da parte inferior é renderizada primeiro. Em cada camada rasterizada (não vetor), os elementos são aplicados nesta ordem: máscaras, efeitos, transformações e estilos de camada. Para camadas de vetor rasterizadas continuamente, a ordem de renderização padrão é máscaras, seguidas de transformações e em seguida efeitos.

As transformações são alterações a essas propriedades agrupadas sob a categoria Transformar no painel Linha de tempo, incluindo Ponto de ancoragem, Posição, Escala, Rotação e Opacidade. O que você vê no painel Camada é o resultado da renderização antes de as transformações serem executadas.

Observação:

Para ter mais controle sobre o momento em que as transformações são executadas, você pode aplicar o efeito Transformar e reorganizá-lo com relação a outros efeitos.

Em um grupo de efeitos ou máscaras, os itens serão processados de cima para baixo. Por exemplo, se você aplicar o efeito Círculo e aplicar o efeito Ampliar, o círculo é ampliado. No entanto, se você arrastar o efeito Ampliar acima (antes) do efeito Círculo no painel Controlos do efeito ou painel Linha de tempo, o círculo será desenhado após a ampliação e não é ampliado.

Depois que uma camada é renderizada, a renderização inicia para a próxima camada. A camada renderizada abaixo pode ser usada como entrada para a renderização da camada acima – por exemplo, para determinar o resultado de um modo de mesclagem.

Se uma composição contiver outras composições aninhadas dentro dela, a composição aninhada é renderizada antes das outras camadas na composição de conteúdo.

Observação:

Alguns efeitos ignoram máscaras na camada na qual são aplicados. Para que esse efeito opere em uma camada mascarada, pré-componha a camada com a máscara aplicada e aplique o efeito à camada pré-composta. (Consulte Sobre precomposição e aninhamento.)

Recolher transformações

Se a opção Recolher transformações for selecionada para uma composição aninhada, as transformações para a composição aninhada não são executadas até que as sombras e efeitos para composição de conteúdo sejam renderizados. Essa ordem de renderização permite que as transformações para a composição aninhada e a composição de conteúdo sejam combinadas – ou recolhidas – e executadas em conjunto. O mesmo se aplica para camadas vetoriais que não são rasterizadas continuamente.

Observação:

Em vez de uma opção Recolher transformações, as camadas vetoriais têm uma opção Rasterizar continuamente no mesmo local. As camadas vetoriais incluem camadas de forma, camadas de texto e camadas com arquivos gráficos vetoriais como a gravação de origem. As camadas de texto e camadas de forma sempre serão rasterizadas continuamente.

A opção Recolher transformações pode, por exemplo, preservar a resolução quando uma camada é reduzida pela metade em uma composição aninhada e a composição aninhada é ajustada acima por um fator de dois na composições de conteúdo. Nesse caso, em vez de executar ambas as transformações e perder dados de imagem no processo, uma transformação pode ser executada – não fazendo nada porque as transformações individuais cancelam a outra.

Se as transformações não estiverem recolhidas, uma composição aninhada que contenha camadas 3D é renderizada como uma imagem 2D da disposição 3D, usando a câmera de composição padrão. Essa renderização impede que composição aninhada faça interseção com camadas 3D, projete sombras em camadas 3D e receba sombras de camadas 3D na composição de conteúdo. A composição aninhada não é controlada também pelas câmeras e luzes da composição de conteúdo.

Se as transformações estiverem recolhidas, as propriedades 3D das camadas na composição aninhada ficam expostas à composição de conteúdo. Assim, a composição aninhada pode fazer interseção com camadas 3D, projetar sombras em camadas 3D e receber sombras das camadas 3D na composição de conteúdo. A câmera e luzes da composição de conteúdo também podem controlar a composição aninhada.

Basicamente, a opção recolher transformações de uma composição aninhada indica ao After Effects para não nivelar e não recortar as camadas na pré-composição. Como uma camada de ajuste funciona na composição de todas as camadas abaixo dela dentro da mesma composição, uma camada de ajuste dentro de uma composição aninhada com transformações recolhidas forçará ao nivelamento e ao corte que a opção Recolher transformações normalmente impediria.

Quando uma máscara fechada (com o modo de máscara diferente de Nenhum), um estilo de camada ou um efeito é aplicado a uma composição aninhada com transformações recolhidas, as camadas na composição aninhada são renderizadas primeiro em sua própria camada, em seguida, as sombras e os efeitos são aplicados e o resultado é composto na composição principal. Essa ordem de renderização significa que os modos de mesclagem das camadas aninhadas não são aplicados a nenhumas camadas subjacentes na composição principal e as camadas 3D acima e abaixo da camada recolhida não podem fazer interseção ou projetar sombras uma na outra.

Recursos online

Chris e Trish Meyer explicam as transformações recolhidas e a rasterização contínua neste artigo no site da ProVideo Coalition.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online