Adicionar atributos a camadas de forma

Depois de uma camada de forma ter sido criada, você pode adicionar atributos – caminhos, operações de pintura e operações de caminho – usando o menu Adicionar no painel Ferramentas ou no painel Linha de tempo.

Por padrão, os novos atributos são inseridos no grupo ou grupos de formas selecionados de acordo com as seguintes regras:

  • Os novos caminhos são adicionados abaixo dos caminhos e grupos existentes.

  • As novas operações de caminho – como Zigue-zague e Caminhos de chocalho – são adicionadas abaixo das operações de caminho existentes. Se nenhuma operação de caminho estiver presente, as novas operações de caminho são adicionadas abaixo dos caminhos existentes.

  • As novas operações de pintura – traçados e preenchimentos – são adicionadas abaixo dos caminhos existentes e acima de traçados e preenchimentos existentes.

Para substituir essas regras e inserir um novo atributo no final do grupo, abaixo de todos os atributos, mantenha a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) pressionada enquanto clica para selecionar um item no menu Adicionar.

A operação Repetidor sempre é adicionada ao final do grupo.

Traçados e preenchimentos de formas

Andrew Devis mostra como modificar preenchimentos e traçados de gradiente para camadas de forma, além de outras opções, em um vídeo no site da Creative COW.

Os traçados e preenchimentos de formas são operações de pintura que adicionam pixels coloridos a um caminho ou à área definida por um caminho. Um traçado ou um preenchimento pode consistir em uma cor sólida ou pode usar um gradiente de cores. Os traçados podem ser contínuos ou podem consistir em uma série periódica de tracejados e espaços. Cada traçado e preenchimento possui seu próprio modo de mesclagem, que determina como interagir com outras operações de pintura no mesmo grupo.

Por padrão, as operações de pintura em um grupo são executadas de cima para baixo na ordem de empilhamento do painel Linha de tempo. Isso significa, por exemplo, que um traçado é renderizado sobre (acima) um traçado que aparece depois de ele no painel Linha de tempo. Para substituir esse comportamento padrão para um preenchimento ou traçado específico, escolha Acima do anterior no mesmo grupo para a propriedade Composta do preenchimento ou traçado no painel Linha de tempo.

Observação:

Quando você adiciona um traçado ou preenchimento usando o menu Adicionar no painel Ferramentas ou no painel Linha de tempo, a operação de pintura é adicionada abaixo dos caminhos existentes e acima dos traçados e preenchimentos existentes. Para inserir um novo traçado no final do grupo, mantenha a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) pressionada enquanto clica para selecionar um item no menu Adicionar.

As novas formas são criadas com as propriedades de preenchimento e traçado descritas pelos botões de amostra ao lado dos controles de texto sublinhados Preenchimento e Traçado no painel Ferramentas. Também é possível alterar as cores de preenchimento, cores de traçado, tipo de preenchimento e tipo de traçado para as formas selecionadas usando esses controles. Os controles Preenchimento e Traçado estão visíveis apenas no painel Ferramentas quando uma camada de forma é selecionada ou uma ferramenta de desenho está ativa.

Se várias formas forem selecionadas, com diferentes propriedades de preenchimento ou traçado, então o botão de amostra ao lado do controle Preenchimento ou Traçado contém um ponto de interrogação. Você ainda pode modificar as propriedades de preenchimento e traçado usando esses controles e as respectivas propriedades para todas as formas selecionadas são definidas para o mesmo valor.

Os preenchimentos e os traçados podem ser de qualquer um dos quatro tipos:

Nenhum

Nenhuma operação de pintura é executada.

Cor sólida

O preenchimento ou traçado inteiro consiste em uma cor.

Gradiente linear

O preenchimento ou traçado consiste em cores e valores de opacidade definidos por um gradiente linear e depois mapeados para a composição ao longo de um único eixo do Ponto inicial ao Ponto final.

Gradiente radial

O preenchimento ou traçado consiste em cores e valores de opacidade definidos por um gradiente linear, que são mapeados para a composição ao longo de um raio que se estende para fora do Ponto inicial no centro ao Ponto final na circunferência de um círculo. Você pode deslocar o ponto inicial alterando os valores Comprimento do realce e Ângulo de realce.

Observação:

Você pode animar e interpolar gradientes adicionando quadros-chave à propriedade Cores e usando o Seletor de cores no modo Editor de gradiente para adicionar, modificar e remover paradas de cor e interrupções de opacidade. Também é possível salvar gradientes como predefinições de animação. (Consulte Salvar uma predefinição de animação.)

As cores de traçados e preenchimentos para camadas de forma não são renderizadas como cores do intervalo dinâmico alto. Os valores de cor abaixo de 0,0 ou superior a 1,0 são cortados para ficarem no intervalo de 0,0 a 1,0.

Escolher tipo de traçado ou preenchimento e opções de mesclagem

  • Para escolher um tipo de preenchimento ou de traçado para novas formas, ou definir o modo de mesclagem ou a opacidade de um preenchimento ou traçado para novas formas, clique no controle de texto sublinhado Preenchimento ou Traçado no painel Ferramentas. Para percorrer os tipos de preenchimento ou tipos de traçado para formas existentes, selecione as formas antes de usar esses controles.
  • Para percorrer os tipos de preenchimento ou tipos de traçado para novas formas, clique com a tecla Alt (Windows) ou com a tecla Option (Mac OS) no botão de amostra ao lado do controle de texto sublinhado Preenchimento ou Traçado no painel Ferramentas. Para escolher um tipo de preenchimento ou tipo de traçado para formas existentes, selecione as formas antes de usar esses controles.

Escolher uma cor sólida ou editar um gradiente para um traçado ou preenchimento

  • Para escolher uma cor sólida ou gradiente para preenchimentos ou traçados para novas formas, clique no botão de amostra ao lado do controle de texto sublinhado Preenchimento ou Traçado no painel Ferramentas. Para escolher uma cor sólida ou gradiente para preenchimentos ou traçados para formas existentes, selecione as formas antes de usar os controles.

Modificar o mapeamento de cor para um gradiente

Um gradiente é uma faixa de valores de cor e de opacidade que você pode personalizar na caixa de diálogo Editor de gradiente. Também é possível personalizar o modo como essas cores são aplicadas a um traçado ou preenchimento modificando o Ponto inicial e o Ponto final, que determinam a direção e a escala do gradiente. Por exemplo, você pode modificar esses pontos para esticar as cores de um gradiente sobre uma área maior ou orientar um gradiente linear para que as cores atenuem de cima para baixo em vez da esquerda para a direita. Para um gradiente radial, defina o centro do gradiente, seu raio e o deslocamento de um realce.

Por padrão, quando você cria um caminho de forma desenhando com a ferramenta Caneta, os pontos de controle do gradiente são colocados no centro da camada. Você pode ajustar esses pontos depois de concluir o desenho.

Você pode alterar as propriedades Ponto inicial, Ponto final, Ângulo de realce e Comprimento do realce no painel Linha de tempo. Você também pode modificar essas propriedades diretamente no painel Composição.

Controles para mapear os controles de gradiente
Controles para mapear cores de gradiente no painel Composição

A. Ponto de controle de realce B. Ponto inicial C. Ponto final 
  1. Selecione o grupo em que o gradiente está contido.
  2. Com a ferramenta Seleção ativa, arraste os controles Ponto inicial, Ponto final ou Realce no painel Composição.

    A ferramenta Seleção transforma-se em um ponteiro de controle de gradiente ou em quando colocada sobre um controle de gradiente.

Definir a largura do traçado

  • Para definir a largura do traçado de novas formas em pixels (px), arraste o controle sublinhado Largura do traçado (localizado à direita dos controles Traçado no painel Ferramentas), ou clique no controle e insira um valor na caixa. Para definir a largura do traçado de formas existentes, selecione-as antes de usar o controle Largura do traçado.

Criar um traçado tracejado

Crie um traçado tracejado adicionando qualquer número de traços e lacunas ao grupo de propriedades Traços para o traçado. Os traços e as lacunas em este grupo de propriedades são repetidos quantas vezes forem necessárias para cobrir o caminho inteiro. A propriedade Deslocamento determina em qual ponto o traçado começa.

Observação:

Anime a propriedade Deslocamento para criar uma trilha em movimento de traços, como luzes em um letreiro.

  1. Expanda o grupo de propriedades de um traçado no painel Linha de tempo.
  2. Clique no botão Adicionar um traço ou uma lacuna para adicionar um traço ou uma lacuna a um ciclo do padrão de linha tracejada. É possível adicionar até três traços a cada padrão de traçado.
  3. Modifique as propriedades Traço e Lacuna para fazer os traços e as lacunas nos comprimentos desejados.

Opções de Arremate de linha para traçados

A propriedade Arremate de linha para um traçado tracejado determina a aparência das extremidades dos segmentos do traçado (traços).

Arremate limitado

O traçado termina no final do caminho.

Arremate redondo

O traçado estende-se além do fim do caminho para um número de pixels iguais à largura do traçado em pixels. O arremate é um semicírculo.

Arremate de projeção

O traçado estende-se além do fim do caminho para um número de pixels iguais à largura do traçado em pixels. O final é quadriculado.

Opções de Junção de linha para traçados

A propriedade Junção de linha para um traçado determina a aparência do traçado onde o caminho muda repentinamente de direção (se transforma em um vértice).

Junção de mitra

Uma conexão aguçada. O valor Limite de mitra determina em que condições uma junção chanfrada é usada em lugar de uma junção de mitra. Se o limite de mitra for 4, então quando o comprimento do ponto atingir quatro vezes a espessura do traçado, uma junção chanfrada será usada. Um limite de mitra de 1 resulta em uma junção chanfrada.

Junção arredondada

Uma conexão arredondada.

Junção chanfrada

Uma conexão quadrada.

Regras de preenchimento para formas

Uma operação de preenchimento funciona pintando a cor na área definida como o interior de um caminho. Determina o que será considerado o interior de um caminho é fácil quando o caminho for algo simples, como um círculo. Contudo, quando um caminho faz interseção com ele próprio, ou quando um caminho composto consiste em caminhos fechados por outros caminhos, determinar o que será considerado o interior não é tão fácil.

O After Effects usa uma de duas regras para determinar o que será considerado o interior de um caminho com a finalidade de criar preenchimentos. Ambas as regras contam o número de vezes que uma linha reta desenhada de um ponto intercepta o caminho no seu percurso fora da área delimitada por um caminho. A regra de bobinamento diferente de zero considera a direção do caminho; a regra de preenchimento par-ímpar não.

O After Effects e o Illustrator usam a regra de bobinamento diferente de zero como padrão.

Regra de bobinamento diferente de zero (esquerda) comparada com a Regra de preenchimento par-ímpar (direita)
O caminho de autointerseção com Regra de preenchimento definida para Regra de bobinamento diferente de zero (esquerda) comparada com Regra de preenchimento par-ímpar (direita)

Regra de preenchimento par-ímpar

Se uma linha desenhada em um ponto em qualquer direção interceptar o caminho um número ímpar de vezes, o ponto fica dentro; caso contrário, o ponto está fora.

Regra de bobinamento diferente de zero

A contagem de interseção de uma linha é o número total de vezes que a linha cruza uma parte da esquerda para a direita do caminho menos o número total de vezes que a linha cruza uma parte da direita para a esquerda do caminho. Se uma linha desenhada em qualquer direção do ponto tiver uma contagem de interseção de zero, o ponto fica fora; caso contrário, o ponto está dentro.

Observação:

Uma forma mais intuitiva de imaginar uma regra de bobinamento diferente de zero é considerar um caminho como um loop de sequência de caracteres. Um ponto é considerado fora do caminho se você poder colocar o dedo em esse ponto e afastar a sequência de caracteres sem ela ser apanhada, envolta ao redor de seu dedo.

A regra de bobinamento diferente de zero considera a direção de caminho. A utilização desta regra de preenchimento e a inversão da direção de um ou mais caminhos em um caminho composto é útil para criar orifícios em caminhos compostos.

Observação:

Para inverter a direção de um caminho, clique no botão Inverter direção do caminho ativado do caminho no painel Linha de tempo.

Alterar formas com operações de caminho

As operações de caminho são semelhantes aos efeitos. Essas operações em tempo real atuam não destrutivamente em um caminho de forma para criar um caminho modificado que outras operações de forma (como preenchimentos e traçados) podem aplicar. O caminho original não é modificado. Como as operações de caminho são em tempo real, você pode modificá-las ou removê-las a qualquer momento. As operações de caminho aplicam-se a todos os caminhos acima dele no mesmo grupo; como com todos os atributos de forma, você pode reordenar as operações de caminho arrastando, cortando, copiando e colando no painel Linha de tempo.

  1. No painel Composição ou no painel Linha de tempo, selecione o grupo de formas ao qual deseja adicionar a operação de caminho.
  2. Escolha uma operação de caminho no menu Adicionar no painel Ferramentas ou no painel Linha de tempo:

    Mesclar caminhos

    Combina caminhos em um caminho composto. (Consulte Opções de Mesclar caminhos.)

    Deslocar caminhos

    Expande ou contrai uma forma deslocando o caminho do caminho original. Para um caminho fechado, um valor positivo de Quantia expande a forma; um valor de Quantia negativo contrai-a. A propriedade Junção de linha especifica a aparência do caminho onde os segmentos de caminho deslocado se juntam. Uma junção chanfrada é uma conexão quadrada. Uma junção de mitra é uma conexão aguçada. O limite de mitra determina em que condições uma junção chanfrada é usada em lugar de uma junção de mitra. Se o limite de mitra for 4, então quando o comprimento do ponto atingir quatro vezes a espessura do traçado, uma junção chanfrada será usada. Um limite de mitra de 1 resulta em uma junção chanfrada.

    Dobrar e inchar

    Puxa os vértices de um caminho para fora enquanto curva os segmentos para dentro (Dobrar), ou puxa os vértices para dentro enquanto curva os segmentos para fora (inchar).

    Repetidor

    Cria várias cópias de uma forma, aplicando uma transformação especificada para cada cópia. (Consulte Usar o Repetidor para replicar formas.)

    Cantos arredondados

    Arredonda os cantos de caminhos. Os valores de Raio maiores geram maior arredondamento.

    Aparar caminhos

    Anime as propriedades Início, Fim e Deslocamento para aparar um caminho para criar resultados semelhantes aos resultados obtidos com o efeito Escrever em e a configuração Gravar em para traçados de tinta. Se a operação de caminho Aparar caminhos estiver abaixo de vários caminhos em um grupo, é possível escolher para ter os caminhos aparados simultaneamente ou tratados como um caminho composto e aparado individualmente.

    Aharon Rabinowitz apresenta um tutorial em vídeo no site da Creative COW que mostra como usar a operação Aparar caminhos para animar uma linha tracejada seguindo um caminho em um mapa.

    Torcer

    Gira um caminho de maneira mais nítida no centro do que nas bordas. Inserir um valor positivo torce em sentido horário, enquanto inserir um valor negativo torce em sentido anti-horário.

    Caminhos de chocalho

    Aleatoriza (chocalha) um caminho convertendo-o em uma série de picos e vales irregulares de tamanhos variados. A distorção é animada automaticamente, significando que muda com o tempo sem precisar definir todos os quadros-chave ou adicionar expressões.

    Diversas propriedades dessa operação de caminho se comportam como as propriedade com o mesmo nome do Seletor sinuoso da animação de texto. (Consulte Propriedades do Seletor sinuoso.) A propriedade Correlação especifica a quantidade de semelhança entre o movimento de um vértice e o movimento de seus vizinhos; valores menores criam mais resultados irregulares, pois a posição de um vértice depende menos da posição de seus vizinhos. A propriedade Correlação é semelhante à Correlação do Seletor sinuoso, exceto que a versão Caminhos de chocalho especifica a correlação entre vértices vizinhos em vez de caracteres vizinhos. Defina o comprimento máximo para caminhos de segmento usando um tamanho absoluto ou relativo. Defina a densidade das bordas irregulares (Detalhe) e escolha entre bordas suaves (Suave) ou bordas nítidas (Canto).

    Observação:

    Anime a propriedade Tamanho para atenuar o chocalho para cima ou para baixo. Para acelerar ou desacelerar o chocalho, defina Chocalhos/segundo para um valor constante de 0 e anime a propriedade fase temporal.

    Transformação de chocalho

    Aleatoriza (chocalha) qualquer combinação das transformações de posição, ponto de ancoragem, escala e rotação de um caminho. Indique a magnitude desejada do chocalho para cada uma destas transformações, definindo um valor no grupo de propriedades Transformar que esteja contido no grupo de propriedades Transformação de chocalho. As transformações de chocalho são animadas automaticamente, significando que mudam com o tempo sem precisar definir todos os quadros-chave ou adicionar expressões. A operação Transformação de chocalho é particularmente útil após uma operação Repetidor, pois permite aleatorizar as transformações de cada forma repetida separadamente. (Consulte Usar o Repetidor para replicar formas.)

    Diversas propriedades dessa operação de caminho se comportam como as propriedade com o mesmo nome do Seletor sinuoso da animação de texto. (Consulte Propriedades do Seletor sinuoso.) A propriedade Correlação especifica a quantidade de semelhança entre as transformações de chocalho de uma forma repetida e seu vizinho em um grupo de formas repetidas. A correlação só é relevante se uma operação Repetidor preceder a operação Transformação de chocalho. Quando a Correlação é de 100%, todos os itens repetidos são transformados da mesma forma; se a Correlação for de 0%, todos os itens repetidos são transformados independentemente.

    Observação:

    Ao aleatorizar formas repetidas lembre-se do seguinte: se a operação de caminho Transformação de chocalho preceder (estiver acima) da operação de caminho Repetidor, todas as formas repetidas serão chocalhadas (dispostas aleatoriamente) da mesma forma. Se a operação de caminho Repetidor preceder (estiver acima) da operação de caminho Transformação de chocalho, cada uma das formas repetidas serão chocalhadas (dispostas aleatoriamente) independentemente.

    Chris Meyer apresenta um tutorial em vídeo no site da ProVideo Coalition que mostra como usar a operação do caminho de Transformação de chocalho. Este tutorial descreve por que você deve usar várias instâncias da operação de caminho Transformação de chocalho se você desejar chocalhar várias propriedades independentemente.

    Andrew Devis mostra como usar a operação de caminho Transformação de chocalho em um vídeo no site da Creative COW.

    Ziguezague

    Converte um caminho em uma série de picos e vales irregulares de tamanho uniforme. Defina o comprimento entre picos e vales usando um tamanho absoluto ou relativo. Defina o número de arestas por segmento de caminho e escolha entre bordas onduladas (Suave) ou bordas irregulares (Canto).

Opções Mesclar caminhos

A operação de caminho Mesclar caminhos usa todos os caminhos acima dele no mesmo grupo como entrada. O resultado é um único caminho que combina os caminhos de entrada. Os caminhos de entrada permanecem visíveis no painel Linha de tempo, mas são removidos basicamente da renderização da camada de forma, por isso não aparecem no painel Composição. Um preenchimento e traçado são adicionados após o grupo de propriedades Mesclar caminhos no painel Linha de tempo se um preenchimento e um traçado não estiverem já presentes; caso contrário, o caminho de saída não será visível.

Opções Mesclar caminhos
Opções Mesclar caminhos

A. Adicionar para todas as formas B. Subtrair para quadrados C. Interseção para quadrados D. Excluir interseções para quadrados 

A operação de caminho Mesclar caminhos tem as seguintes opções, cada uma executando cálculos diferentes para determinar o caminho de saída:

Mesclar

Mescla todos os caminhos de entrada em um único caminho composto. Essa é a opção padrão usada para formas criadas a partir de caracteres de texto compostas de vários caminhos, como a letra e, ao usar o comando Criar formas a partir do texto.

Adicionar

Cria um caminho que abrange a união das áreas dos caminhos de entrada.

Subtrair

Cria um caminho que abrange apenas as áreas definidas pelo caminho do topo, subtraindo a área definida por caminhos subjacentes.

Interseção

Cria um caminho que abrange apenas as áreas definidas por interseções entre todos os caminhos de entrada.

Excluir interseções

Cria um caminho que é a união das áreas definidas por todos os caminhos de entrada, menos as áreas definidas por interseções entre todos os caminhos de entrada.

Usar o Repetidor para replicar formas

A operação de caminho Repetidor cria cópias virtuais de todos os caminhos, traçados e preenchimentos acima dele no mesmo grupo. As cópias virtuais não são representadas por entradas separadas do painel Linha de tempo, mas são renderizadas no painel Composição. Cada cópia é transformada de acordo com sua ordem no grupo de cópias e os valores das propriedades no grupo de propriedades Transformar para a instância do Repetidor.

Replicação de formas com a operação Repetidor
A forma original (superior esquerda), uma instância da operação Repetidor aplicada (superior direita) e duas instâncias da operação Repetidor aplicadas (inferior direita)

Se a forma original é numerada 0, a próxima cópia é numerada 1, e assim sucessivamente; então o resultado do Repetidor é aplicado a cada transformação no grupo de propriedades Transformar n vezes ao número de cópia n.

Considere o exemplo do Repetidor aplicado a uma forma com o valor Cópias definido para 10 e a propriedade Posição no grupo de propriedades Transformar para o Repetidor definido para (0,0, 8,0). A forma original permanece na sua posição original, (0,0, 0,0). A primeira cópia aparece em (0,0, 8,0), a segunda cópia aparece em (0,0, 16,0), a terceira cópia aparece em (0,0, 24,0), etc., até a nona cópia em (0,0, 72,0), totalizando dez formas.

Você pode aplicar várias instâncias do Repetidor no mesmo grupo. Em outras palavras, você pode repetir o Repetidor. Usar várias instâncias do Repetidor é uma maneira fácil de criar uma grade de cópias virtuais de uma única forma: basta definir a propriedade Posição para uma instância do Repetidor para modificar os valores horizontais e outra instância para modificar os valores verticais.

O valor da propriedade Deslocamento é usado para deslocar as transformações em um número específico de cópias. Por exemplo, se o valor Cópias for 10 e o valor Deslocamento for 3, a forma original é transformada por 3 vezes o valor especificado no grupo de propriedades Transformar e a última cópia é transformada por 12 vezes o valor especificado no grupo de propriedades Transformar.

Observação:

Animar a propriedade Deslocamento é uma boa maneira de criar facilmente resultados interessantes.

A opção Composta determina se as cópias são aplicadas acima (em frente a) ou abaixo (atrás) das cópias que as precedem.

Use o valor Opacidade inicial para definir a opacidade da forma original e o valor Opacidade final para definir a opacidade da última cópia. Os valores de opacidade das cópias intermediárias são interpolados.

Se você inserir o Repetidor após um caminho, acima dos grupos de propriedades de preenchimento e traçado de uma forma, então o conjunto de cópias virtuais é preenchido ou traçado como um caminho composto. Se você deixar o Repetidor abaixo do preenchimento e traçado, cada cópia é preenchida e traçada individualmente. A diferença é mais visível com preenchimentos e traçados de gradiente.

Observação:

Adicione uma operação de caminho Transformação de chocalho depois de uma operação Repetidor para aleatorizar (chocalhar) a posição, escala, ponto de ancoragem ou rotação das cópias repetidas em uma instância do Repetidor. Se a operação de caminho Transformação de chocalho preceder (estiver acima) da operação de caminho Repetidor, todas as formas repetidas serão chocalhadas (aleatorizadas) da mesma forma. Se a operação de caminho Repetidor preceder (estiver acima) da operação de caminho Transformação de chocalho, cada uma das formas repetidas serão chocalhadas (dispostas aleatoriamente) independentemente.

Eran Stern fornece um tutorial em vídeo no site da Creative COW que mostra como usar a operação Repetidor.

Chris Zwar fornece um projeto de exemplo em seu site que usa o efeito Dança de cartas e um camada de forma com a operação do Repetidor para simular uma separação de cores de meio-tom para qualquer imagem ou vídeo.

Esta obra está licenciada sob uma licença não adaptada da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0  As publicações do Twitter™ e do Facebook não são cobertas pelos termos do Creative Commons.

Avisos legais   |   Política de privacidade online